SlideShare uma empresa Scribd logo

Brigitte Bardot

Ou a amamos ou a odiamos. Ela não tem mais a eugenia dos anos 1950 e 1960, a Pygmalioa dos maiores artistas da época, desde Gainsbourg, Vadim e Godard, e passando por Distel e Halliday, o símbolo da emancipação das mulheres, tanto os modelos das moças recatadas, quanto das diabolicamentes provocantes...

1 de 46
Baixar para ler offline
Florimage apresenta
Brigitte Bardot E Deus criou a mulher E o cinema criou...
Ou a amamos ou a odiamos. Ela não tem mais a eugenia dos anos 1950 e 1960, a Pygmalioa dos maiores artistas da época, desde Gainsbourg, Vadim e Godard, e passando por Distel e Halliday, o símbolo da emancipação das mulheres, tanto os modelos das moças recatadas, quanto das diabolicamentes provocantes, tal é  Brigitte Bardot.
 
Ela foi amada pela sua beleza e sua paixão, e detestada pelo seu modo franco de falar. Ela tem conquistado admiradores por sua adesão sem limites a causa dos animais e sua simpatia confessada pela extrema direita. A legendária Brigitte Bardot tem recursos da midia e do jornalismo para viver, há mais de 70 anos, livre e independente.
Uma jovenzinha ingênua de 15 anos... ... que já posa como modelo!
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Apresentacoes em telas e poesias
Apresentacoes em telas e poesiasApresentacoes em telas e poesias
Apresentacoes em telas e poesiasAmadeu Wolff
 
A diferença entre Casa e Lar
A diferença entre Casa e LarA diferença entre Casa e Lar
A diferença entre Casa e LarAmadeu Wolff
 
Cidade do Porto-Portugal
Cidade do Porto-PortugalCidade do Porto-Portugal
Cidade do Porto-PortugalBiaEsteves
 

Destaque (6)

Tempo
TempoTempo
Tempo
 
Museo tiflologico
Museo tiflologicoMuseo tiflologico
Museo tiflologico
 
Praha Smetana
Praha SmetanaPraha Smetana
Praha Smetana
 
Apresentacoes em telas e poesias
Apresentacoes em telas e poesiasApresentacoes em telas e poesias
Apresentacoes em telas e poesias
 
A diferença entre Casa e Lar
A diferença entre Casa e LarA diferença entre Casa e Lar
A diferença entre Casa e Lar
 
Cidade do Porto-Portugal
Cidade do Porto-PortugalCidade do Porto-Portugal
Cidade do Porto-Portugal
 

Mais de Amadeu Wolff

Aos filhos o que posso
Aos filhos o que possoAos filhos o que posso
Aos filhos o que possoAmadeu Wolff
 
Mulheres com mais de 40
Mulheres com mais de 40Mulheres com mais de 40
Mulheres com mais de 40Amadeu Wolff
 
Museu das capelas medici
Museu das capelas mediciMuseu das capelas medici
Museu das capelas mediciAmadeu Wolff
 
Porcelana de coleccion
Porcelana de coleccionPorcelana de coleccion
Porcelana de coleccionAmadeu Wolff
 
Porcelana de coleccion 2
Porcelana de coleccion 2Porcelana de coleccion 2
Porcelana de coleccion 2Amadeu Wolff
 
Israel ou Palestina
Israel ou PalestinaIsrael ou Palestina
Israel ou PalestinaAmadeu Wolff
 
Navidad en las canteras
Navidad en las canterasNavidad en las canteras
Navidad en las canterasAmadeu Wolff
 
Arte foto de gerard hourdin
Arte foto de gerard  hourdinArte foto de gerard  hourdin
Arte foto de gerard hourdinAmadeu Wolff
 
Saudade que nos faz pensar
Saudade que nos faz pensarSaudade que nos faz pensar
Saudade que nos faz pensarAmadeu Wolff
 
Quem é jesus cristo
Quem é jesus cristoQuem é jesus cristo
Quem é jesus cristoAmadeu Wolff
 

Mais de Amadeu Wolff (20)

Italie la nuit
Italie la nuitItalie la nuit
Italie la nuit
 
Aos filhos o que posso
Aos filhos o que possoAos filhos o que posso
Aos filhos o que posso
 
George petty
George pettyGeorge petty
George petty
 
Mulheres com mais de 40
Mulheres com mais de 40Mulheres com mais de 40
Mulheres com mais de 40
 
Museu das capelas medici
Museu das capelas mediciMuseu das capelas medici
Museu das capelas medici
 
Parabens a voce
Parabens a voceParabens a voce
Parabens a voce
 
Porcelana de coleccion
Porcelana de coleccionPorcelana de coleccion
Porcelana de coleccion
 
Porcelana de coleccion 2
Porcelana de coleccion 2Porcelana de coleccion 2
Porcelana de coleccion 2
 
Israel ou Palestina
Israel ou PalestinaIsrael ou Palestina
Israel ou Palestina
 
Navidad en las canteras
Navidad en las canterasNavidad en las canteras
Navidad en las canteras
 
L'amour courtois
L'amour courtoisL'amour courtois
L'amour courtois
 
Donald zolan
Donald zolanDonald zolan
Donald zolan
 
Chocolates
ChocolatesChocolates
Chocolates
 
Artista de rua
Artista de ruaArtista de rua
Artista de rua
 
Artesãos hindus
Artesãos hindusArtesãos hindus
Artesãos hindus
 
Arte foto de gerard hourdin
Arte foto de gerard  hourdinArte foto de gerard  hourdin
Arte foto de gerard hourdin
 
Arte em pinturas
Arte em pinturasArte em pinturas
Arte em pinturas
 
A fuga do judeu
A fuga do judeuA fuga do judeu
A fuga do judeu
 
Saudade que nos faz pensar
Saudade que nos faz pensarSaudade que nos faz pensar
Saudade que nos faz pensar
 
Quem é jesus cristo
Quem é jesus cristoQuem é jesus cristo
Quem é jesus cristo
 

Último

Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 

Brigitte Bardot

  • 2. Brigitte Bardot E Deus criou a mulher E o cinema criou...
  • 3. Ou a amamos ou a odiamos. Ela não tem mais a eugenia dos anos 1950 e 1960, a Pygmalioa dos maiores artistas da época, desde Gainsbourg, Vadim e Godard, e passando por Distel e Halliday, o símbolo da emancipação das mulheres, tanto os modelos das moças recatadas, quanto das diabolicamentes provocantes, tal é Brigitte Bardot.
  • 4.  
  • 5. Ela foi amada pela sua beleza e sua paixão, e detestada pelo seu modo franco de falar. Ela tem conquistado admiradores por sua adesão sem limites a causa dos animais e sua simpatia confessada pela extrema direita. A legendária Brigitte Bardot tem recursos da midia e do jornalismo para viver, há mais de 70 anos, livre e independente.
  • 6. Uma jovenzinha ingênua de 15 anos... ... que já posa como modelo!
  • 7. Esta mulher que tornou-se a paixão secreta de milhões de homens de toda a terra nasceu em Paris, no distrito quinze, em 28 setembro de 1934, no seio de uma família burguesa de boa situação. Brigitte e sua irmã Marie-Jeanne receberam uma educação clássica e tradicional. Seu pai, Engenheiro, orientou Brigitte para as atividades artisticas, dansa, música e canto.
  • 8. Com 18 anos em plena fogosidade amorosa com o diretor Roger Vadim.
  • 9. Ela foi muito precoce. Sua beleza fez rapidamente dela uma moça notada, senão notável.Ela posa pela primeira vez, com 15 anos, para o célebre magazine Elle. Hoje a lei proibiria. Depois com 18 anos, faz sua estréia no cinema, em "Le trou normand", de Jean Boyer, au lado do grande Bourvil.
  • 10.  
  • 11. Em 1950, com a idade de 18 anos, ela conheceu o diretor Roger Vadim, que a desposará alguns meses mais tarde, em 20 dezembro de 1952, contra a vontade de seus pais, pois que é ainda menor.Nessa época a maioridade era aos 21 anos. Tudo anda muito rápido para esta soberba mulher que faz rodar as cabeças até nos Estados Unidos, onde ela filma "Act of Love" com Kirk Douglas em 1953.
  • 12. E Deus criou a mulher...
  • 13. Muitos empresários se aproximam dessa jovem atriz fora do comum, de olhar adolescente de convento, por sua beleza contagiante, mas sobretudo por sua juventude provocadora e impúdica. Porque Brigitte Bardot sabe que possue um corpo atraente, que não hesita em desnudar cada vez que a ocasião se apresenta...
  • 14. O furacão Bardot surge em 1956 com o filme "Et dieu créa la femme", realizado por seu marido Roger Vadim. Este filme é um dos maiores escândalos da história do cinema. Ele conta a história de Juliette que, de maneira julgada indecente, é cobiçada por três homens muito diferentes. Brigitte ai aparece nua, em frente a Jean-Louis Trintignant, numa cena tornada mítica.
  • 15.  
  • 16. O filme "Et Dieu créa la femme" provoca um verdadeiro furor em volta da atriz e faz nascer uma "bardôlatrie" sem igual que pricipita o casamento de Vadim no caos. A paixão amorosa cede lugar para as disputas violentas. O divorcio é declarado em dezembro de 1957. A aventura com Vadim durou 5 anos.
  • 17. Transformada numa verdadeira estrela. a jovem mulher de 23 anos, que permanece de fundo emotivo e tímido, é muito sensível às críticas.As mulheres jovens fazem dela seu ídolo, se vestem e se penteiam como ela. Os homens sucumbem ao seu charme.Os mídias e os cineastas se engalfiam. Nada parará mais o mito BB. Estas duas iniciais farão a volta ao mundo.
  • 18.  
  • 19. São os anos gloriosos. Brigitte encadeia os filmes e as conquistas. Entre elas , Sacha Distel e Jacques Charrier. Este último, jovem comediante, se tornará em 1959 seu segundo marido. Eles terão um filho Nicolas-Jacques Charrier, nascido em 11 janeiro de 1960.
  • 20. Para as cenas de um filme, Brigitte está sobre os tetos de Paris, ela que sofre de vertigem!
  • 21. Ela se consagra enteiramente ao cinema e esta paixão lhe custa o casamento. Ela se divorcia de novo em 1962 e perde a guarda de seu filho. Ela desposa um industrial alemão, Gunther Sachs. É uma fase perturbada e intensa para a jovem mulher que, exausta pelos nervos, tenta se suicidar.
  • 22.  
  • 23. Tornando-se a favorita de Serge Gainsbourg em 1967, Brigitte se lança na canção. Gainsbourg vai lhe escrever seus maiores sucessos: Harley Davidson, Bonnie and Clyde, Contact, Comic Strip, Bubble Gum, Je t'aime moi non plus, Nue au soleil, etc. Ao todo , Brigitte Bardot interpretará algo em torno de 80 canções que lhe permitirá assegurar definitivamente a situação de cantora.
  • 24.  
  • 25. Em 1968, o governo da França convida Brigitte para servir de modelo para o busto de Marianne em todas as prefeituras francesas! É uma consagração oficial que atinge o seu apogeu em 1985 quando ela recebe o título de Cavaleiro da Legião de Honra..
  • 26.  
  • 27. Em 1973, em plena gloria, a carreira de Brigitte dá uma meia volta.Cansada desta vida pública, ela resolve parar o cinema e o canto, após um último filme com Francis Huster "L'histoire très bonne et très joyeuse de Colinot trousse-chemise". Doravante, ela se dedicará inteiramente à defesa dos animais, causa pela qual ela já havia utilizado a sua notoriedade em 1962.
  • 28.  
  • 29. Desde então, Brigitte Bardot torna-se uma militante engajada. Em 1977, ela denuncia vigorosamente o massacre dos bebês focas do Canada. Sua ação contra o massacre provoca boicotes do uso de peles e obriga o governo do Canadá a tomar medidas importantes. Mas a atriz se torna inimiga de todos os caçadores de focas do Canadá e de outros paises.
  • 30.  
  • 31. Brigitte alarga em seguida sua ação à proteção de todas as espécies animais, coelhos e cobaias de laboratório, cachorros e macacos abatidos para servir de alimentação em alguns paises da Ásia, massacre de gatos na Bulgária, métodos de abate dos animais dos açouques, etc.
  • 32.  
  • 33. Ela chegou mesmo a leiloar sua célebre propriedade La Madrague, de St-Tropez, assim como numerosos objetos pessoais, para recompor a caixa de sua Fundação. Ela obteve uma importante vitoria em 1986 quando sua Fundação foi declarada « Association d'utilité publique" pelo governo francês.
  • 34.  
  • 35. Casada uma quarta vez em 1992 com Bernard D'Ormale, ela foi cada vez mais se retirando do mundo. Se ela aparece ainda na crônica é por causa de seu falar franco e reações a certas idéias de extrema direita, o que lhe valeu o ódio de alguns movimentos e numerosas mídias e jornalistas.
  • 36. Mas apesar da idade, das rugas e dos cabelos brancos, Brigitte permanece sempre o símbolo da feminilidade, e um mito indestrutível. Com mais de 50 filmes e 80 canções em seu ativo em somente 20 anos de carreira, ela é uma das artistas francesas mais prolíficas entre as mais magistrais.
  • 37.  
  • 38. Ela publicou suas memórias nos anos 90 sob o título«Initiales BB». Ela também escreveu para a Grasset «Le carré de Pluton», bem como um livro muito controvertido em 2003, «Un cri dans le silence», que lhe ocasionou uma condenação em junho de 2004 por expressões racistas.
  • 39.  
  • 40. Agora, é o repouso da guerreira.. Septuagenária, Brigitte Bardot não tem mais o que provar. Ela continua dirigindo sua Fundação em favor da proteção dos animais, mas ela se torna cada vez mais discreta. Ela tem bem merecido este descanso, ela que participou de todos os acontecimentos e de todas as perturbações.
  • 41. Brigitte, tornou-se mulher madura e sábia, tudo deixou para assumir a defesa dos animais.
  • 42. Os anos passam, mas o olhar é sempre altivo.
  • 43. Que determinação no olhar de mulher! BRIGITTE BARDOT
  • 44. I Love Paris - Orchestre Mantovani Création Florian Bernard Tous droits réservés – 2005 [email_address]
  • 45. Ce diaporama privé, à usage non commercial, n'est pas destiné à un site internet. Il est envoyé gratuitement , par courrier électronique, à une liste de personnes qui en acceptent les conditions d'abonnement. Il est interdit de le modifier. Pour tous renseignements concernant les conditions d'abonnement, communiquez avec l'auteur à l'adresse ci-dessous. * * * SVP: Ne pas envoyer de pièces jointes à cette adresse car elles seront automatiquement refusées et retournées à l'expéditeur. Cette adresse n'accepte que des messages en texte seulement, sans fichier annexé. Florian Bernard [email_address] ® Florimage est une marque déposée
  • 46. Esta tradução livre, sem autorização, foi feita sem fim que não seja o acesso cultural ao texto francês, por parte dos assistentes do trabalho belíssimo de FLORIAN BERNARD HELSAN-PROMOÇÕES SAIR ? TECLE ESC Saiba Sobre Terapia e Curso de Regressão de Memória