Click para avançar   Montagem: A.G.Montero/2010
Rogier van der Weyden (1399-1464)Pertence aos conhecidos como “Primitivos pintores flamengos”, do gótico tardio eprincípio...
A Descida da cruz (óleo sobre tábua)   Click para avançar
A Descida da cruz (1430-1435)Pode-se considerar como a melhor obra de Rogier van der Weyden ou pelomenos a mais conhecida,...
Esta ampliação                                                             da borda                                       ...
Estrutura da composiçãoOs eixos dos dois círculos coincidem com as duas figuras Click para avançar
María Salomé, esposa de   Cléofas. Presenciou a   crucifixão. É uma das três   Marias que costumam   aparecer nestas cenas...
O corpo de Cristo                      A falta de gravidade da                      mão exprime claramente                ...
O sangue flui das chagas                           Click para avançar
Braço de Cristo                  Mão da Virgem Maria                                   Click para avançar
José de Arimateia sustenta o corpo de Cristo.Era um homem rico que obteve a permissão paradescer Jesus da cruz e depositá-...
Uma mulher acompanhanteMaria Salomé                          Click para avançar
A Virgem Maria, exprime ador pela morte de seu filho.Click para avançar
Nicodemos (discípulosecreto), é o homem quesustenta as pernas de Cristo.A sua capa, pintada commeticulosidade, mostra a su...
Os unguentosUm seguidor de Cristoleva um pote deunguentos (bálsamo ).Junto a ele eangustiada está MariaMadalena.          ...
Rosto dolorido de S.   Rosto de NicodemosJoão Evangelista                                 Click para avançar
Detalhe de um olho chorando.Aprecia-se o gerar da lágrima                                Click para avançar
De novo “A Descida”   Click para avançar
Clicar para ver outras obrasClicar para finalizar
Filipe, o Bomduque de Borgonha             Click para avançar
O duque de Borgonha, Filipe, o Bom e o seu filho                                               Click para avançar
Retrato de uma dama, da corteborgonhesa.A transparência do toucadopermite ver a orelha e o cabelo           Click para ava...
Retrato de uma dama                      Click para avançar
O Altar de S. João Baptista (Salomé oferece a sua mãe Herodíades a cabeça de S. João)                                     ...
María Madalena lendo        Click para avançar
A Virgem com quatro Santos 1450É o que se conhece como“Sacra conversa”               Click para avançar
A PiedadeVirgem no tronoamamentando o Menino                            Click para avançar
Maria Madalena, levando o pote dos unguentos                                           Click para avançar
Tríptico da Crucifixão                         Click para avançar
Detalhe de A crucifixão(S. João Evangelista e aVirgem Maria parecemcopiados para o quadro daDescida)          Click para a...
Click para avançarTríptico dos Sete Sacramentos
Painel central dos SeteSacramentosÉ curiosa a colocação da cruzno centro da nave da igreja.             Click para avançar
A descida da cruz van der weyden
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A descida da cruz van der weyden

1.076 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.076
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
289
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A descida da cruz van der weyden

  1. 1. Click para avançar Montagem: A.G.Montero/2010
  2. 2. Rogier van der Weyden (1399-1464)Pertence aos conhecidos como “Primitivos pintores flamengos”, do gótico tardio eprincípio do Renascimento nos Países Baixos (região da Flandres). Estes artistas donorte da Europa imprimiram aos seus trabalhos uma intensidade expressiva e umminucioso detalhismo que os distingue de seus equivalentes italianos.Nasceu em Tournai (Bélgica) e era chamado “Rogelet” (pequeno Roger). Morreu emBruxelas, em 1464. Está enterrado na Catedral de Santa Búdula.O seu nome inicial (francês) era Roger de la Pasture por ser filho de Henri de la Pasture.Teve três filhos, o do meio, Pierre, foi um bom pintor.A sua obra artística inspira-se em Jan van Eyck e em Robert Campin. Estabeleceu-se emBruxelas e foi nomeado pintor desta cidade, em 1435.Trabalhou para vários membros da corte borgonhesa, entre eles o afamado coleccionistaFilipe, o Bom, duque de Borgonha. Este ducado tinha a capital em Bruxelas, enclavefundamental da indústria e do comércio, que então tinha porto de mar.As suas obras foram objeto de múltiplas cópias e acreditam tanto a sua popularidadecomo a colaboração de uma afamada oficina. Click para avançar
  3. 3. A Descida da cruz (óleo sobre tábua) Click para avançar
  4. 4. A Descida da cruz (1430-1435)Pode-se considerar como a melhor obra de Rogier van der Weyden ou pelomenos a mais conhecida, cujo original se encontra no museu do Prado. Estaobra é a parte central de um tríptico cujas laterais se perderam. Foi pintada paraa capela dos Besteiros de Lovaina na igreja de Nossa Senhora das Vitórias.As curvas diagonais do corpo de Jesus e da Virgem ficam compensadas pelaverticalidade da cruz, em segundo plano.Destaca-se a atitude sofredora dos personagens que acompanham os doisprotagonistas da cena.A obra está pintada com a nova técnica desenvolvida pelos pintores flamengos,isto é, “o óleo” sobre tábua, com elemento secativos.Com o óleo as figuras ganham vida, facilita-se la rectificação do quadro e amudança de lugar, por não estar fixados a uma superfície, como sucedia com apintura “a fresco”.O quadro foi comprado pela Rainha Maria de Hungria para o seu irmão, oimperador Carlos V, com a promessa de entregar à igreja uma cópia, queefectivamente foi realizada por Miguel Coxcie. Click para avanzar
  5. 5. Esta ampliação da borda superior permitiu o prolongamento da cruz Talhas em ilusão. Parecem ser parte do arco a que estava fixado o quadro.A perfeição das telas é tal, O olhar do espectador vai directamenteque poderiam separar-se os para o corpo luminoso de Cristo.vincos capa por capa. Click para avançar
  6. 6. Estrutura da composiçãoOs eixos dos dois círculos coincidem com as duas figuras Click para avançar
  7. 7. María Salomé, esposa de Cléofas. Presenciou a crucifixão. É uma das três Marias que costumam aparecer nestas cenas. S. João Evangelista. Consola a Virgem Maria Toucado branco, como símbolo de pureza A Virgen Maria, está vencida pela dorA túnica, em azul deultramar, indica o altopreço que tinha o quadro.O pigmento obtinha-se dolápis-lazuli importado doAfganistão. Click para avançar
  8. 8. O corpo de Cristo A falta de gravidade da mão exprime claramente que está morto. O sangue escorre pelo corpo e pela frente de Jesus Cristo.A caveira representa o pecadode Adão .Cristo é a redençãodessa falta. Click para avançar
  9. 9. O sangue flui das chagas Click para avançar
  10. 10. Braço de Cristo Mão da Virgem Maria Click para avançar
  11. 11. José de Arimateia sustenta o corpo de Cristo.Era um homem rico que obteve a permissão paradescer Jesus da cruz e depositá-l’O num sepulcro emterrenos da sua propiedade. Click para avançar
  12. 12. Uma mulher acompanhanteMaria Salomé Click para avançar
  13. 13. A Virgem Maria, exprime ador pela morte de seu filho.Click para avançar
  14. 14. Nicodemos (discípulosecreto), é o homem quesustenta as pernas de Cristo.A sua capa, pintada commeticulosidade, mostra a suaqualidade, que é indicativada classe social dopersonagem. Click para avançar
  15. 15. Os unguentosUm seguidor de Cristoleva um pote deunguentos (bálsamo ).Junto a ele eangustiada está MariaMadalena. Click para avançar
  16. 16. Rosto dolorido de S. Rosto de NicodemosJoão Evangelista Click para avançar
  17. 17. Detalhe de um olho chorando.Aprecia-se o gerar da lágrima Click para avançar
  18. 18. De novo “A Descida” Click para avançar
  19. 19. Clicar para ver outras obrasClicar para finalizar
  20. 20. Filipe, o Bomduque de Borgonha Click para avançar
  21. 21. O duque de Borgonha, Filipe, o Bom e o seu filho Click para avançar
  22. 22. Retrato de uma dama, da corteborgonhesa.A transparência do toucadopermite ver a orelha e o cabelo Click para avançar
  23. 23. Retrato de uma dama Click para avançar
  24. 24. O Altar de S. João Baptista (Salomé oferece a sua mãe Herodíades a cabeça de S. João) Click para avançar
  25. 25. María Madalena lendo Click para avançar
  26. 26. A Virgem com quatro Santos 1450É o que se conhece como“Sacra conversa” Click para avançar
  27. 27. A PiedadeVirgem no tronoamamentando o Menino Click para avançar
  28. 28. Maria Madalena, levando o pote dos unguentos Click para avançar
  29. 29. Tríptico da Crucifixão Click para avançar
  30. 30. Detalhe de A crucifixão(S. João Evangelista e aVirgem Maria parecemcopiados para o quadro daDescida) Click para avançar
  31. 31. Click para avançarTríptico dos Sete Sacramentos
  32. 32. Painel central dos SeteSacramentosÉ curiosa a colocação da cruzno centro da nave da igreja. Click para avançar

×