A criança em desenvolvimento 2013

21.090 visualizações

Publicada em

0 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.090
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.480
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
800
Comentários
0
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A criança em desenvolvimento 2013

  1. 1. DA CONCEPÇÃO AOS 6 ANOS
  2. 2. Desenvolvimento• Conjunto de processos activos econtínuos que ocorrem no SerHumano, desde que nasce atéque morre.
  3. 3. Fases do desenvolvimento humano Pré natal (da concepção ao nascimento) Infância (dos 0 aos 12 anos) 1ª Infância (do nascimento aos 3 anos) 2ª Infância ( dos 3 aos 6 anos) 3ª Infância ( dos 6 aos 12 anos) Adolescência ( dos 12 aos 18/ 21 anos) Idade adulta (dos 18/ 21 anos aos 60/ 65 anos) Jovem adulto (dos 21 aos 40 anos) Meia idade (dos 40 aos 65 anos) 3ª Idade (dos 65 anos em diante)
  4. 4. Infância Período da vida desde o nascimento até os12 anos, quando se inicia a adolescência.Divide-se nas seguintes fases:
  5. 5. PRÉ-NATAL( DA CONCEPÇÃO AO NASCIMENTO)
  6. 6. •Formação da estrutura e órgãos corporais básicos.•O crescimento físico é o mais rápido de todos os períodos.•Grande vulnerabilidade às influências ambientais.Período embrionárioPeríodo fetalPeríodo pré-embrionário
  7. 7. PRIMEIRA INFÂNCIA(DO NASCIMENTO AOS 3 ANOS)
  8. 8. Do nascimento aos 2 mesesDesenvolvimento físico: Muitas capacidades físicas e percetivas estãopresentes no nascimento. Pode focar os olhos num rosto ou objeto eseguir algo em movimento. Pode ouvir bem e tem boa sensibilidade tátil egustativa. Tem pouco controle motor.
  9. 9. Desenvolvimento cognitivo:Estádio das Operações Sensório-Motoras (Sub-estádio 1)Jean PiagetAs ações do bebé são quase todas governadas pelos reflexos
  10. 10. •O bebé ainda não explora o mundointencionalmente (exploração acidental).•As capacidades para aprender e recordar estãopresentes logo nas primeiras semanas de vida.•O bebé não tem ainda uma linguagem. Emiteapenas os sons do choro e alguns sons de prazer.
  11. 11. Desenvolvimento psicossocial: O bebé mostra um conjunto decomportamentos de ligação muito eficientes:choros, pequenos sorrisos, contactos de olhosocasionais…Estes comportamentos levam os paisa cuidar dele
  12. 12. Dos 2 aos 8 mesesDesenvolvimento físico: O bebé aprende a apanhar e a segurar os objectos Aprende a sentar-seAdquire um maior controle do corpo
  13. 13. Desenvolvimento cognitivo:Estádio das Operações Sensório-Motoras (Sub-estádios 2 e 3)Jean Piaget O bebé explora e examina os objetos e as pessoasde maneira mais sitemática e repete açõesinteresantes. Quanto à linguagem, surgem os sons do balbucio eda lalação.
  14. 14. Desenvolvimento psicossocial: Agora o bebé sorri regularmente e também écapaz de manter um contacto ocular frequente.O bebé envolve-se em jogos sociais com os pais ecom outras pessoas.
  15. 15. Dos 8 aos 18 mesesDesenvolvimento físico:As capacidades motoras do bebé desenvolvem-serapidamente: pode gatinhar, aprende a andar…
  16. 16. Já é capaz de apanhar e segurarobjetos pequenos
  17. 17. Desenvolvimento cognitivo:Estádio das Operações Sensório-Motoras (Sub-estádios 4 e 5 )Jean Piaget O bebé experimenta e explora intencionalmente. Como agoratambém se movimenta por si próprio, o seu campo de exploração émuito mais amplo, o que estimula um desenvolvimento cognitivomais rápido. Surgem as primeiras palavras e as primeirascombinações de duas palavras.
  18. 18. Desenvolvimento psicossocial:Entre os 8 e os 12 meses é frequenteo aparecimento do medo de estranhos
  19. 19. Dos 18 aos 36 mesesDesenvolvimento físico: A criança cresce menos do que durante osprimeiros 18 meses de vida.Anda com segurança, corre, sobe escadas…
  20. 20. Tem um controle motor global e fino cada vez melhoresÉ capaz de segurar um lápis ou caneta e desenhare enfiar contas grandes num cordão…
  21. 21. Desenvolvimento cognitivo:Termina o Estádio Sensório – MotorAos 2 anos começa o Estádio Pré Operatório (até aos 7 anos)Jean Piaget Aos três anos de idade, a criança já pode formar algumasfrases completas usando palavras já aprendidas, e possuium vocabulário de aproximadamente 800 a mil palavras. A utilização de símbolos e a capacidade para resolverproblemas desenvolvem-se no final de segundo ano devida. No final desta faixa etária, uma criança geralmente jásabe diferenciar pessoas do sexo masculino e pessoas dosexo feminino, já começa a ter suas próprias preferências,como roupas e entretenimento por exemplo.
  22. 22. Desenvolvimento psicossocial: A criança lentamente passa a compreender melhor omundo à sua volta, e a aprender que neste mundo háregras que precisam ser obedecidas, embora aindaseja bastante egocêntrica. A criança muitas vezes prefere brincar sozinha abrincar com outras crianças da mesma faixa etária.
  23. 23. SEGUNDA INFÂNCIAIDADE PRÉ-ESCOLAR( DOS 3 AOS 6 ANOS)
  24. 24. Desenvolvimento físico: A aparência física da criança torna-se maisesguia e as proporções corporais maissemelhantes às do adulto. A lateralidade define-se.
  25. 25. As competências da motricidade finae grossa aumentam, tal como a força física
  26. 26. Desenvolvimento cognitivo:Estádio Pré operatórioJean Piaget O pensamento é um pouco egocêntrico, mas acompreensão da prespectiva do outro desenvolve-se. A memória e a linguagem desenvolvem-se. A criança desenvolve a função simbólica (capacidadepara usar símbolos ou representações mentais:palavras,números ou imagens aos quais atribuiusignificado).
  27. 27. •A criança já é capaz de organizar pessoas, objectosou acontecimentos em categorias com significado(classificação).•A criança consegue contar e lidar com quantidades
  28. 28. Desenvolvimento psicossocial: A independência, a iniciativa, o auto-controle e ocuidado consigo própria aumentam. A identidade de género desenvolve-se. O jogo torna-se mais imaginativo elaborado esocial. O altruísmo, a agressão e os medos são frequentes.
  29. 29. TERCEIRA INFÂNCIAIDADE ESCOLAR( DOS 6 AOS 12 ANOS)
  30. 30. Eixosfundamentaispara odesenvolvimentodo bebé/ criança
  31. 31. Ação
  32. 32. •A criança tem um papel activo na construção doseu Conhecimento.•A criança aprende através do envolvimento activocom pessoas, materiais e ideias.•O nosso objectivo é estimulá-la e proporcionar-lhemuitas oportunidades educativas, promovendosempre a aprendizagem activa por parte da criança.
  33. 33. Brincar
  34. 34. Brincar é uma condição essencial para odesenvolvimento da criançaBrincar estimular a curiosidade, a autoconfiança e aautonomia, proporciona o desenvolvimento dalinguagem, do pensamento, da concentração, damemória, da imaginação e da atenção
  35. 35. Motivação
  36. 36. A motivação infantil tem lugar de destaque nodesenvolvimento da nossa espécie.A motivação pode ser:• intrínseca (de dentro da criança)ou•extrínseca (de fora da criança – reforço positivo)Os pais devem:•relacionar-se bem com a criança, de modo que aauto-estima desta, seja promovida desde muito cedo( os afectos são fonte fundamental de motivação);•Encorajar a criança (desde o nascimento) nodesenvolvimento de predisposições positivas para aaprendizagem;•Reforçar positivamente o esforço apresentado emcada tarefa/ actividade.
  37. 37. Frases positivasdevem ser utilizadascom frequênciana educação da criança
  38. 38. Limites eRegras
  39. 39. Impor limites às crianças é por vezes umatarefa desgastante e cansativa, já queexige repetição e paciência, mas éfundamental para promover a capacidadede auto-controlo da criança, na medidaem que a ajuda a estabelecer os seuspróprios limites.
  40. 40. Se os pais estabelecerem limites firmes mascarinhosos desde os primeiros anos de vida,ajudarão também a criança a reconhecer os seussentimentos, a ter a percepção dos sentimentosdos outros, a desenvolver o sentido de justiça e adescobrir a alegria de dar.
  41. 41. É fundamental que as regras sejamclaras e consistentes e que se adaptemàs capacidades e necessidades de cadacriança. É também importante queambos os pais estejam de acordo com asregras estabelecidas e que façamrevisões regulares dessas mesmasregras, uma vez que, à medida que acriança cresce, será necessário ajustaralgumas delas.
  42. 42. O que podem os paisfazerpara estimular odesenvolvimento dosfilhos(de qualquer idade)
  43. 43. As crianças precisam saber que são amadas pelos paisSeja demonstrativo, não fale apenas. ..Demonstre afecto nas suas acçõesDedique tempo à sua criança
  44. 44. Elogie os esforços da criançaO seu apoio servirá deincentivo para que ela
  45. 45. ExploreQuestioneGosteeAprenda
  46. 46. Ana Lúcia Pereira2012

×