Proposta de valor do Programa

2.177 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.177
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.374
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta de valor do Programa

  1. 1. PROPOSTA DE VALOR GIPi Summit 2014
  2. 2. PROPOSTA DE VALOR “O PROGRAMA DE INTERCÂMBIOS CORPORATIVOS DA AIESEC DESENVOLVE LIDERANÇA NO AMBIENTE CORPORATIVO, ONDE O INTERCAMBISTA PARTICIPA DE UM ESTÁGIO INTERNACIONAL, PROPORCIONANDO EXPERIÊNCIA DE MULTICULTURALISMO ATRAVÉS DO TRABALHO QUE REALIZA ” Mercado mais competitivo / Inovação Inovação/Criatividade – aprender é experimentar: um misto de visão e coragem traz ao líder a disposição para testar coisas novas, assumindo ele próprio a iniciativa e os riscos. O líder contudo deve ser sábio para perceber os limites deste processo, sendo criativo sem ser louco, e corajoso sem ser temerário. Através do Benchmarking internacional e diferencial técnico que nosso intercambista traz, conseguimos trazer inovação para o mercado através de experiências de multiculturalismo. Diferenciação Cultural empresarial Convivendo com a diversidade – saber reconhecer e conviver com pessoas diferentes, que não possuem os mesmos valores e potencialidades, mas que podem contribuir para um fim comum. Empatia - outra condição essencial à liderança é a capacidade de relacionamento, o que chamamos inteligência interpessoal. Quem não gosta de lidar com pessoas deve ficar em casa, escrevendo livros. Entender pessoas pressupõe a prática da empatia – colocar-se no lugar do outro, ou seja “ser” o outro – para entender melhor seus sentimentos e necessidades. Suprimento de Gaps internos / Solução de RH Pensamento Flexível: O líder está em constante evolução pessoal – a liderança é parte de seu aprendizado. Ele é consciente dessa condição e deve estar sempre receptivo a coisas novas, à experimentação e ao erro. Aceitar responsabilidade – o líder assume as decisões e suas consequências, mesmo quando os resultados são negativos. Quando o grupo ou um de seus membros erra, o líder toma a frente e incorpora o fracasso como seu. Isto o faz respeitado pelo grupo e pela comunidade externa. Ações para o Intercambista: Sempre buscar por comportamentos citados. Ações para a empresa: Proporcionar ambiente desafiador e propício ao desenvolvimento das mesmas. Para conhecer mais sobre o desenvolvimento do programa, clique aqui: LINK
  3. 3. Como desenvolvemos a liderança que o mundo precisa? Promovendo uma jornada de liderança: Responsabilida des e metas individuais Definir metas pessoais Reflexão sobre a própria experiência Ambiente e atividades desafiadoras Propósito de sua Jornada para a Sociedade Colaboração com múltiplos stakeholders Jornada Sistema de Suporte Reinventar a si mesmo Entender valores pessoais Jornada
  4. 4. Inner Journey Outer Journey Responsabil idades e metas individuais Ambiente e atividades desafiadora s Colaboração com múltiplos stakeholders Sistema de Suporte Responsabilidade individual e metas claras, são os primeiros passos para o desenvolvimento externo de liderança . Ambiente e atividades , proporcionam uma saída da zona de conforto e permite um maior aprendizado. A diversidade de stakeholders influencia o desenvolvimento de liderança . Por exemplo, interação com diversas culturas ou diferentes stakeholders (chefe – cliente – colega; AIESEC – Empresa – ONG, etc.) Para o desenvolvimento de liderança externa, devemos ter um sistema de suporte para o desenvolvimento interno. Pode ser através de um mentor, um coach, buddy, etc. Esse sistema de suporte pode ser proporcionado pela AIESEC ou qualquer stakeholder Propósito De sua Jornada para a Sociedade Essa experiência permite que jovens enxerguem a conexão do desenvolvimento da sociedade com seu próprio desenvolvimento. Esses elementos conectam o densevolvimento interno com o externo. Desenvolvimento externo deve prover uma experiência com propósito e que ofereça as ferramentas para que o desenvolvimento internto exista e faça O processo de desenvolvimento de liderança começa com a compreensão de onde estamos e onde queremos chegar, definindo metas para o desenvolvimento pessoal. Fazer exercìcios de auto-reflexão para entender como estamos atingindo nossas metas pessoais, nos adaptando as experiências e absorvendo Através da vivência experiências e dessa experiência, realizações. unido à reflexões internas, entendemos realmente como nos comportamos frente as situações – nossos valores e como eles impactam nossas decisões diárias. Absorvendo aprendizados dessa experiência, podemos usar tudo isso no futuro, através do autoconhecimento desse “novo eu”. Definir metas pessoais Reflexão sobre a própria experiênci a Entender valores pessoais Reinvent ar a si mesmo
  5. 5. MANUAL DE LIDERANÇA (COMPLETO) Proposta: Internacionalização de nossas empresas; Network Internacional; Diferenciação Cultural empresarial; Crescimento pessoal de jovens profissionais; Expansão de Mercados; Internacionalização da cidade. O que o programa da AIESEC proporciona? Convivendo com a diversidade – saber reconhecer e conviver com pessoas diferentes, que não possuem os mesmos valores e potencialidades, mas que podem contribuir para um fim comum. Empatia - outra condição essencial à liderança é a capacidade de relacionamento, o que chamamos inteligência interpessoal. Quem não gosta de lidar com pessoas deve ficar em casa, escrevendo livros. Entender pessoas pressupõe a prática da empatia – colocar-se no lugar do outro, ou seja “ser” o outro – para entender melhor seus sentimentos e necessidades.
  6. 6. Proposta: Importação de Tecnologia; Motivação a Globalização O que o programa da AIESEC proporciona? Inovação/Criatividade – aprender é experimentar: um misto de visão e coragem traz ao líder a disposição para testar coisas novas, assumindo ele próprio a iniciativa e os riscos. O líder contudo deve ser sábio para perceber os limites deste processo, sendo criativo sem ser louco, e corajoso sem ser temerário. Proposta: Melhoria do mercado do Brasil e Mercado mais competitivo O que o programa da AIESEC proporciona? Fazer mais do que 100% - o líder é a fonte inspiradora, do líder sempre se espera algo a mais, que é o que mobilizando os outros para o trabalho. O líder deve ser comprometido em atuar nas ações qualitativas, diferenciadas, que promovam o crescimento da equipe. Esta linha de pensamento cria mais um atributo essencial – a responsabilidade pelas suas ações e sua inércia, consciente do papel que representa face às expectativas do grupo
  7. 7. Proposta: Solução de RH para o mercado; Suprimento de Gaps internos O que o programa da AIESEC proporciona? Pensamento Flexível: – O líder está em constante evolução pessoal – a liderança é parte de seu aprendizado. Ele é consciente dessa condição e deve estar sempre receptivo a coisas novas, à experimentação e ao erro. Planejamento e Organização – Os objetivos e metas são perseguidos com determinação, com convicção. O líder indica a direção e administra a coerência entre ações e objetivos, representando um referencial para o grupo, tendo o domínio de ferramentas e processos. Maior será o desempenho quanto maiores forem as possibilidades de execução. Autonomia – o líder encontra dentro de si a energia necessária para iniciar processos e projetos - a força motivadora é retro-alimentada não pela liderança em si, mas pelos seus êxitos e fracassos – as convicções do líder, sua capacidade de aprender e empreender são o combustível de suas realizações. Aceitar responsabilidade – o líder assume as decisões e suas consequências, mesmo quando os resultados são negativos. Quando o grupo ou um de seus membros erra, o líder toma a frente e incorpora o fracasso como seu. Isto o faz respeitado pelo grupo e pela comunidade externa. Formar outros líderes – o trabalho do líder pode ser perpetuado mediante sua capacidade de identificar e desenvolver novos líderes; quando o líder não possui (ou não deseja) este efeito multiplicador pode gerar equipes dependentes e fracas, comprometendo a continuidade do trabalho do grupo. O que mais a AIESEC pode fazer para que isso ocorra? Ações integradas ao Comitê local (LEADs, INDUCTIONS)

×