Nm rotogravura

710 visualizações

Publicada em

Graphics; Gráfica

Publicada em: Serviços
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nm rotogravura

  1. 1. Nuno Manuel O Processo de Rotogravura Escola Profissional Val do Rio Curso Técnico de Artes Gráficas Curso Técnico de Indústrias Gráficas
  2. 2. 2 Processo de Rotogravura Nuno O que é? – Trata-se de um processo de impressão directa, cujo nome deriva da forma cilíndrica e do princípio rotativo das impressoras utilizadas.
  3. 3. 3 Processo de Rotogravura Nuno O que é?
  4. 4. 4 Processo de Rotogravura Nuno Enquadramento histórico • A 1ª máquina com uma matriz em baixo relevo, foi patenteada em 1784 por Thomas Bell. No entanto o projecto só avançou em 1860, e deve-se a Karl Klic, que é considerado o pai da rotogravura.
  5. 5. 5 Processo de Rotogravura Nuno Características do Processo • Quanto à matriz: – Grande durabilidade – Geometricamente cilíndrica – Metálica em baixo relevo – Possibilidade de imagens contínuas
  6. 6. 6 Processo de Rotogravura Nuno Características do Processo • Quanto à tinta: – Líquida – Secagem por evaporação dos solventes – Secagem logo após a impressão
  7. 7. 7 Processo de Rotogravura Nuno Características do Processo • Quanto ao suporte – Lisos – Flexíveis – Semi-rígidos – Macios
  8. 8. 8 Processo de Rotogravura Nuno Características do Processo • Quanto ao sistema de impressão – Directo – Alta velocidade – Possibilidade de frente e verso – Possibilidade de acoplar corte e vinco ao sistema de saída – Imprime todas as cores numa única entrada de máquina
  9. 9. 9 Processo de Rotogravura Nuno Características do Processo • Quanto à viabilidade comercial – Caro ou não dependendo da natureza dos trabalhos – Obriga a uma análise atenta das características do trabalho a executar
  10. 10. 10 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Embalagem – Flexível ex.: celofane, plásticos (polipropileno, nylon polietileno, poliéster, etc), alumínio – Semi-rígida ex.: caixas para detergentes em pó
  11. 11. 11 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Editorial – Revistas e jornais (Brasil e E.U.A.)
  12. 12. 12 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Diversos – Papel de valor – Papel para decoração – Papel de embrulho decorado – Suportes para transferência em aglomerados de madeira e cerâmica
  13. 13. 13 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Embalagem – Alta tiragem • A matriz resiste até 10 milhões de cópias, contra 1 milhão no Offset – Impressão sobre substratos impermeáveis • Plásticos ou alumínio exigem uma tinta de secagem imediata, após a impressão de cada cor, que contenha solventes altamente voláteis
  14. 14. 14 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Embalagem – Alta qualidade • A exigência do mercado obrigou este sistema a evoluir em qualidade e técnica – Impressão em contínuo • Permite imprimir layouts que não podem ter interrupções no padrão ou desenho
  15. 15. 15 Processo de Rotogravura Nuno Mercados alvo • Diversos – Papel de valor • Faz parte do processo de impressão, imprimindo certos detalhes que evitam a falsificação – Papel para decoração e de embrulho • Permite a impressão em contínuo. (só os papéis de embrulho de alta qualidade são impressos em rotogravura)
  16. 16. 16 Processo de Rotogravura Nuno Equipamentos de impressão • Embalagem – Entrada: Bobina – Saída: Bobinas, folhas, sacos – Boca: até 1,2 m – Corpos impressores: 4 ou mais
  17. 17. 17 Processo de Rotogravura Nuno Equipamentos de impressão • Editorial – Entrada: Bobina – Saída: Cadernos – Boca: até 2,5 m – Corpos impressores: múltiplos de 4 ou 5
  18. 18. 18 Processo de Rotogravura Nuno Equipamentos de impressão • Diversos – Entrada: Bobina – Saída: Bobina e folhas – Boca: até 1 m – Corpos impressores: 4 ou mais
  19. 19. 19 Processo de Rotogravura Nuno Características da matriz • A matriz cilíndrica oca ou maciça • Corpo em ferro, revestido de níquel, cobre e crómio
  20. 20. 20 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Electrodeposição (electrólise)
  21. 21. 21 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Electrodeposição – Niquelagem • Permite que o cobre se fixe, uma vez que não adere directamente ao ferro. 10 a 30 microns.
  22. 22. 22 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Electrodeposição – Cobre Base • Determina as dimensões finais do cilindro para posterior rectificação. 0,5 a 3 mm.
  23. 23. 23 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Rectificação – Tem como fim a regularização da face do cilindro uma vez que há maior depósito de cobre nas extremidades
  24. 24. 24 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Electrodeposição – Cobre camisa: Serve de suporte à gravação e é aplicada sobre uma camada de nitrato de prata ou sulfato de níquel para permitir a sua remoção rápida e o reaproveitamento do cilindro. 80 a 150 microns. Remoção do cobre camisa
  25. 25. 25 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Polimento – Tem a finalidade de deixar a superfície do cilindro pronta para receber a gravação
  26. 26. 26 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Gravação – Consiste na transposição para a camisa de cobre do layout a imprimir, com: • estiletes diamantados • laser • processo químico Verificação da gravação Gravadora laser
  27. 27. 27 Processo de Rotogravura Nuno Execução da matriz • Cromagem – Feita depois da gravação, é necessária para aumentar a sua durabilidade protegendo-a do atrito. 4 a 7 microns.

×