Homo

576 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Homo

  1. 1. Homo, mutatis mutandis.
  2. 2. O homem <ul><li>S.m. Indivíduo dotado de inteligência e linguagem articulada, bípede, bímano, classificado como mamífero da família dos primatas, com a característica da posição ereta e da considerável dimensão e peso do crânio. </li></ul>
  3. 3. A mudança <ul><li>S.f. Ato ou efeito de mudar. Alteração,modificação, transformação, conversão, troca, substituição, remoção, deslocamento. </li></ul>
  4. 4. A comunicação <ul><li>S.f. Ação de comunicar. Aviso, mensagem, informação. Transmissão da informação no interior de um grupo, ou entre grupos, considerada em suas conexões com a estrutura desse(s) grupos(s). </li></ul>
  5. 5. O homem comunica-se. <ul><li>O homem ao transmitir informações utiliza-se da comunicação, que é uma ação comum e única ao mesmo tempo. </li></ul><ul><li>COMUNICAÇÃO = COMUM + ÚNICA + AÇÃO. </li></ul>
  6. 6. O comum <ul><li>Adj. Diz-se de uma coisa que pertence a todos ou da qual cada um pode participar. Que se faz em conjunto, em reunião. Que é próprio de grande número de pessoas. Geral, universal, habitual. </li></ul>
  7. 7. A única <ul><li>Adj. Que é só no seu gênero, na sua espécie. Incomparável, ímpar. </li></ul>
  8. 8. A ação <ul><li>S.f. O que resulta do fato de agir, tudo aquilo que se faz. Manifestação de uma força agente. Sequencia de acontecimentos. </li></ul>
  9. 9. Onde acontece esta comunicação?
  10. 10. Qual é esse “todo” em que estamos inseridos?
  11. 11. Cosmovisão <ul><li>Tentativa de compreensão e expressão do real, constituindo significações particulares e provisórias. A realidade de um mundo vital simbolicamente estruturado e reproduzido pela ação comunicativa. </li></ul>
  12. 12. REALIDADE ≠ SISTEMAS REALIDADE ∑ SISTEMAS REALIDADE  SISTEMAS
  13. 13. A realidade <ul><li>“Toda abordagem da realidade é pessoal, incompartilhável e única. Não percebemos as mesmas coisas, não as compreendemos, nem aos outros, do mesmo modo, e nos expressamos sempre de maneira original.” </li></ul><ul><li>Maria Ângela Mirault </li></ul>
  14. 14. O sistema <ul><li>O sistema é a sociedade, onde os homens organizam-se, pelas necessidades de sobrevivência e adaptação, formando associações grupais constituintes de simbolos. </li></ul>
  15. 15. Os simbolos <ul><li>S.m. Objeto físico a que se dá uma significação abstrata. Qualquer signo convencional figurativo. Qualquer representação significante de uma idéia consciente ou inconsciente. </li></ul>
  16. 16. O código = o signo <ul><li>Codificar = significante A </li></ul><ul><li>Decodificar = significado A </li></ul><ul><li>Recodificar = significado (A1 + A2 + A3 + An) </li></ul>
  17. 17. Uma gramática antiga <ul><li>Existe uma tradição antiga na qual a Esfinge é composta por quatro partes: corpo de boi, tórax de leão, asas de águia e cabeça de homem. </li></ul>
  18. 18. A mais antiga linguagem Vida mental (intelectual e espiritual) Cabeça Águia Vida emocional Tórax Leão Consciênca e domínio dos três inconscientes anteriores. Conjunto Homem Vida instintiva e vegetativa Abdômen Boi
  19. 19. A teoria da comunicação <ul><li>Pierce: </li></ul><ul><li>Primaridade – sentir </li></ul><ul><li>Secundidade – identificar </li></ul><ul><li>Terceiridade – racionar </li></ul>
  20. 20. <ul><li>“ Tudo se expressa em linguagem como fenômeno d produção de significação e sentido.” </li></ul><ul><li>Lúcia Santaella </li></ul>
  21. 21. <ul><li>A comunicação só se completa na recepção, e nesta a percepção e / ou a reação, do receptor das mensagens pode ser de modo consciente e / ou inconsciente. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>Na percepção consciente de mensagens corretamente avaliadas, </li></ul><ul><li>O acordo dos componentes: confirma a verdade da intenção convencionalmente exteriorizada; e </li></ul><ul><li>O desacordo dos componentes: revela oposição à intenção convencionalmente exteriorizada. </li></ul>
  23. 23. O aprendizado <ul><li>O aprendizado é a capacidade do homem de produzir e promover em si as busca, apreensão e compreensão do que necessita para manter-se vivo em Corpo, Mente e Espírito. </li></ul>
  24. 24. A sociedade <ul><li>A realidade que a sociedade formada por sistemas nos oferece é o contexto necessário para o aprendizado, que é uma tarefa individual, com interdependência coletiva, resultante do esforço e da vontade pessoal de organização e sobrevivência. </li></ul>
  25. 25. Construção <ul><li>A associação entre o homem, a sociedade e o aprendizado é que constroi, destroi e reconstroi a comunicação. </li></ul>
  26. 26. Agir <ul><li>Na comunicação o homem assume a condição de um ser simbólico, produtor de signos e significados, agindo no mundo e comunicando-se através dele, com ele e seus semelhantes. </li></ul>
  27. 27. A troca <ul><li>“Mas, o que há, enfim, de tão perigoso no fato de as pessoas falarem e de seus discursos espalharem-se indefinidamente? Onde, afinal, está o perigo?” </li></ul><ul><li>Michel Foucault </li></ul>
  28. 28. O resultado <ul><li>As partes e o todo </li></ul><ul><li>Pensamento estruturado </li></ul><ul><li>Dançando conforme a música </li></ul><ul><li>QI ou IA? </li></ul><ul><li>Quebra-cabeças </li></ul><ul><li>Ver o que se quer </li></ul><ul><li>Efeito borboleta </li></ul>

×