TRÊS PORQUINHOS<br />		Adaptado por: Maísa Allana Rabello<br />
Existiam três porquinhos que moravam juntamente com a sua mamãe Porca. Certa vez, os três porquinhos decidiram ter sua vid...
O primeiro porquinho decidiu construir sua casa pelo meio do caminho. Como era muito preguiçoso, resolveu ali mesmo juntar...
O segundo porquinho já estava cansado de tanto caminhar, e vendo algumas madeiras caídas pelo caminho, teve a ideia de con...
Porém o terceiro porquinho era muito esperto e obedecia sua mamãe, que sempre dizia: “- Cuidado com o lobo meu filhinho. L...
Um lobo que rondava por ali faminto, vendo a casa do primeiro porquinho quis passar por ali para fazer o porquinho seu alm...
O porquinho saiu correndo encontrar a segundo porquinho para ficar com ele, pois o lobo havia derrubado sua casa de palha....
Na casa de seu irmão encontraram abrigo, mas o lobo que ainda não havia se dado por vencido foi correndo atrás dos porquin...
Os três porquinhos agora unidos, forma morar juntos na casa de tijolos e nunca mais o lobo veio incomodá-los. Vivendo feli...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Três Porquinhos

1.025 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Três Porquinhos

  1. 1. TRÊS PORQUINHOS<br /> Adaptado por: Maísa Allana Rabello<br />
  2. 2. Existiam três porquinhos que moravam juntamente com a sua mamãe Porca. Certa vez, os três porquinhos decidiram ter sua vida independente e resolveram cada um serguir o seu caminho.<br />
  3. 3. O primeiro porquinho decidiu construir sua casa pelo meio do caminho. Como era muito preguiçoso, resolveu ali mesmo juntar algumas palhas e construir sua casinha. Entretanto mamãe havia sempre avisado: “- Cuidado com o lobo meu filhinho. Mas o porquinho era tão preguiçoso que não quis dar ouvidos a mamãe e foi logo arrumando sua casa.<br />
  4. 4. O segundo porquinho já estava cansado de tanto caminhar, e vendo algumas madeiras caídas pelo caminho, teve a ideia de construir sua casa de madeira. Como estava muito cansado por causa do longo caminho que havia percorrido, também não deu ouvidos a mamãe que sempre dizia: “- Cuidado com o lobo meu filhinho. E já foi começando a construção...<br />
  5. 5. Porém o terceiro porquinho era muito esperto e obedecia sua mamãe, que sempre dizia: “- Cuidado com o lobo meu filhinho. Lembrando de suas palavras procurou um lugar apropriado para construir sua casa. Comprou tijolos, cimento, e foi preparando todos os materiais para a construção de sua casa. Este porquinho pensava em construir sua casa bem forte e resistente, para que em qualquer imprevisto estivesse salvo em seu lar.<br />
  6. 6. Um lobo que rondava por ali faminto, vendo a casa do primeiro porquinho quis passar por ali para fazer o porquinho seu almoço. Chamou pelo porquinho que apavorado não quis abrir a porta, então o lobo encheu seu pulmão de ar e assoprou, assoprou, assoprou, até que toda casa caiu ao chão.<br />
  7. 7. O porquinho saiu correndo encontrar a segundo porquinho para ficar com ele, pois o lobo havia derrubado sua casa de palha. O lobo não se dando por vencido foi a trás do porquinho. Chegando viu um casa de madeira. Então o lobo chamou os dois porquinhos que não quiseram abrir a porta para o lobo. Assim, o lobo furioso encheu seus pulmões de ar e assoprou, assoprou, assoprou, até a casa cair ao chão. Os dois porquinhos desesperados foram para casa de seu outro irmão.<br />
  8. 8. Na casa de seu irmão encontraram abrigo, mas o lobo que ainda não havia se dado por vencido foi correndo atrás dos porquinhos. Chegando lá encontrou uma casa forte feita de tijolos, mas não quis se importar com isso, então chamou pelos porquinhos pedindo para que abrisse a porta, mas eles se recusaram. Então o lobo encheu seus pulmões de ar e assoprou, assoprou, assoprou, mas nada aconteceu. Assim fincado ainda mais brabo, tenteou assoprar novamente, ficando totalmente sem fôlego, porém a casa nem se mexeu. O lobo cada vez mais furioso resolveu subir pela chaminé. Mal sabia ele que os porquinhos haviam preparado um caldeirão cheio de água fervendo dentro. Quando o lobo desceu a chaminé, ficou todo queimado pela água quente. E nunca mais quis incomodar os porquinhos. <br />
  9. 9. Os três porquinhos agora unidos, forma morar juntos na casa de tijolos e nunca mais o lobo veio incomodá-los. Vivendo felizes para sempre...<br />

×