PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO DO NORTE
Secretaria Municipal de Educação
Secretaria Municipal de Esporte e Juventude
Reg...
1
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Índice
Mensagem aos Participantes do XIV JEJUNO’s 2012 2
Comissão Central Organizadora – C...
2
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
MENSAGEM AOS PARTICIPANTES DO XVI JEJUNO’s 2014
O esporte, além dos inquestionáveis
benefí...
3
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
COMISSÃO CENTRAL ORGANIZADORA (CCO)
Presidente da Comissão Central (PCG)
Antônio Ferreira ...
4
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
DATAS IMPORTANTES
Inscrições:
14 de Julho 08 de Agosto de 2014 até às 17:00 horas.
www.jua...
5
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
CAPÍTULO I - DA FINALIDADE
Art. 1º - Os XVI Jogos Estudantis de Juazeiro do Norte –
JEJUNO...
6
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
CAPÍTULO IV – DAS COMISSÕES E ÓRGÃOS DIRIGENTES
Art.4º - A organização dos XVI JEJUNO´s 20...
7
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Art. 6º – Compete ao Coordenador Geral Administrativo (CGTA):
Parágrafo Primeiro - Gerenci...
8
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Nono - Fazer com que as Regras Oficiais das várias
modalidades sejam obedecidas ...
9
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Primeiro - Julgar os casos apresentados pelo CCO e
aplicar as penas disciplinare...
10
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Art. 13º - Compete ao Coordenador de Transporte:
Parágrafo Primeiro - Controlar os horári...
11
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
CAPÍTULO V - DAS MODALIDADES
Art. 17º - As modalidades que serão disputadas nos XVI JEJUN...
12
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Quarto – Para categoria 12 a 14 anos serão inscritos
alunos nascidos a partir d...
13
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Sexto - As competições de natação serão compostas das
seguintes provas:
12 A 14...
14
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Oitavo: As competições de Karatê serão compostas das
seguintes provas:
Categori...
15
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
dentro do período estabelecido e que emitam diplomas de
conclusão dos respectivos cursos....
16
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
dos XVI JEJUNO´s 2014 sem que seu nome conste da relação
nominal da modalidade, aprovada ...
17
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Décimo – No ato da inscrição da categoria 12 e 14
anos o Delegado(a) devidament...
18
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
participantes transformar ou remanejar sua equipe ou
aluno/atleta para outra modalidade o...
19
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
CAPÍTULO XI - DOS CAMPEONATOS OU TORNEIOS
Art. 31º – Os vários campeonatos ou torneios ma...
20
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
FUTSAL
I - Campeonato de Futsal será regido pelas Regras Oficiais da
CBFS, o que dispuser...
21
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
VOLEIBOL
I - As competições de Voleibol serão regidas pelas Regras
Oficiais da FIVB, o qu...
22
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
II - A escola poderá inscrever no máximo 02 (dois) atletas;
III - Na classificação final ...
23
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
VI- Haverá uma Comissão de Pesagem para o feminino e outra para
o masculino.
V - As pesag...
24
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
estabelecido neste regulamento e as decisões do Congresso
Técnico.
II - Cada Escola poder...
25
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
c) Os alunos do sexo masculino ou feminino poderão ser pesados
utilizando short e camiset...
26
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
1 (uma) mão e as nádegas=3,5 (três) meio pontos para o
adversário.
As duas mãos e as náde...
27
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
03 (três) pontos por vitória;
01 (um) ponto por empate;
00 (zero) ponto por derrota.
Pará...
28
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
expulso cumprirá uma suspensão automática independente do
julgamento e deverá permanecer ...
29
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Art. 42º– O atleta ou membro da Comissão Técnica, inclusive o
professor, cumprindo suspen...
30
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Parágrafo Segundo – As delegações deverão comparecer à
cerimônia, devidamente uniformizad...
31
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
do árbitro servirá como denúncia e/ou esclarecimento, para
aplicação da pena, exceto os c...
32
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Art. 57º – As modalidades individuais, xadrez, tênis de mesa,
natação e atletismo serão r...
33
JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral
Caso contrário, será computado o W x O normal, ou seja,
vitória, observando o escore míni...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Regulamento do jejuno´s 2014

633 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento do jejuno´s 2014

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO DO NORTE Secretaria Municipal de Educação Secretaria Municipal de Esporte e Juventude Regulamento Geral
  2. 2. 1 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Índice Mensagem aos Participantes do XIV JEJUNO’s 2012 2 Comissão Central Organizadora – CCO 3 Datas Importantes 4 Locais de Jogos 4 REGULAMENTO GERAL Capítulo I - Da Finalidade 5 Capítulo II - Dos Objetivos 5 Capítulo III – Da Organização do Certame 5 Capítulo IV – Das Comissões e Órgãos Dirigentes 6 Capítulo V - Das Modalidades 10 Capítulo VI - Das Inscrições e Participações 15 Capítulo VII - Das Competições 17 Capítulo VIII - Do Sistema de Disputa 18 Capítulo IX - Do Congresso Técnico 18 Capítulo X - Da Classificação 19 Capítulo XI - Dos Campeonatos ou Torneios 19 Capítulo XII - Da Pontuação 27 Capítulo XIII - Dos Critérios de Desempate 28 Capítulo XIV - Das Penalidades 28 Capítulo XV - Da Premiação, Rainha e Cerimônia de Abertura 30 Capítulo XVI - Dos Protestos e Julgamentos 31 Capítulo XVII - Das Disposições Finais 32
  3. 3. 2 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral MENSAGEM AOS PARTICIPANTES DO XVI JEJUNO’s 2014 O esporte, além dos inquestionáveis benefícios à saúde, proporciona a sociabilidade das pessoas contribuindo de forma educativa e eficaz para o convívio saudável e competitivo dentro de normas e regras que complementam o ser humano no respeito ao outro em função de uma vivência coletiva. Contudo, no esporte reside grande importância na formação do caráter, na construção de valores tanto morais quanto sociais e éticos contribuindo para formação do ser humano para o exercício da cidadania. Conscientes de tais fundamentos, nos propormos a realizar os XVI JOGOS ESTUDANTIS DE JUAZEIRO DO NORTE-CE – JEJUNO´S 2014 objetivando a promoção das relações interpessoais em consonância com o Poder Público estabelecendo uma parceria de responsabilidades conjuntas, na qual, Poder Público e Comunidade se unam tornando-se fortes para bem servir. A realização de um evento desta magnitude em parceria com a Comunidade Juazeirense nos faz felizes e gratos aos protagonistas, diretos e indiretos, dos XVI JEJUNO´S 2014. A nossa gratidão especial aos alunos/atletas, professores, gestores escolares, equipes de apoio escolares, equipe técnica, equipe de arbitragem, pais de alunos/atletas e a Comunidade Juazeirense pelo apoio à Municipalidade na realização deste magnífico evento esportivo JEJUNO´S 2014. Raimundo Macêdo Prefeito Municipal Antônio Ferreira dos Santos Secretario de Esporte e Juventude Comissão Central Organizadora dos XVI JEJUNO´S 2014
  4. 4. 3 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral COMISSÃO CENTRAL ORGANIZADORA (CCO) Presidente da Comissão Central (PCG) Antônio Ferreira dos Santos Coordenação Geral Administrativa (CGA) Hermógenes Silva Gomes Coordenação Geral Técnica (CGT) Francisco Clemente da Silva (Ninô) Secretaria Geral dos Jogos (SGJ) Coordenadores: Joyce Maria Leite e Silva Ana Paula Braga Gomes Comissão de Comunicação Social e Cerimonial (CSC) Coordenador: Gilberto Ricarte Clementino Viviane Maria Guilherme Carneiro Comissão Disciplinar (CD) Coordenador: Sandro leandro Nunes Leandra Zaira Ribeiro Batista Comissão de Saúde (CS): Secretaria Municipal de Saúde Coordenador: Iracema Moreira de Sousa Maria Sandra Silva Maria do Socorro Glauciane França da Silva Comissão de Segurança (CSG): Secretaria Municipal de Segurança Pública Coordenador: Cícero Lacerda de Maria Flavio Eduardo Vital Soares Gutemberg Patricio Campos Comissão de Transporte (CTR) Coordenador: Cicero Hélio Pereira Silva José David Araújo da Silva Luiz Callou Benjamim Neto Comissão de Alimentação (CA) Coordenadores: Maria de Fátima Santos Eliene de Jesus Costa Maria Socorro Alves de Sousa Comissão de Arbitragem (CA) Coordenador: Francisco Clemente da Silva Comissão de Infraestrutura e Finanças (CIF) Coordenador: Cicero Luciano Ferreira de Castro Antônio Alisson Almeida Queiroz
  5. 5. 4 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral DATAS IMPORTANTES Inscrições: 14 de Julho 08 de Agosto de 2014 até às 17:00 horas. www.juazeiro.ce.gov.br Congresso Técnico: Data: 14 de Agosto de 2014 Horário: às 15h00 Local: Ginásio Poliesportivo Realização dos Jogos: 22 a 31 de Agosto de 2014 LOCAIS DE JOGOS Ginásio Poliesportivo Estádio O Romeirão SESI – Und. Juazeiro do Norte Cajuína São Geraldo EEF João Alencar de Figueiredo EEF Lili Neri 2º BPM
  6. 6. 5 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral CAPÍTULO I - DA FINALIDADE Art. 1º - Os XVI Jogos Estudantis de Juazeiro do Norte – JEJUNO´s 2014 tem por finalidade, promover ampla mobilização do segmento escolar, incentivando o esporte como forma de inclusão escolar e estimulando a participação do aluno em atividades esportivas no contra turno escolar além de identificar e desenvolver talentos esportivos. CAPÍTULO II - DOS OBJETIVOS Art. 2º - Os XVI JEJUNO´s 2014 têm por objetivos: Parágrafo Primeiro - Fomentar a prática do esporte escolar com fins educativos; Parágrafo Segundo - Possibilitar a identificação de talentos desportivos nas Instituições de Ensino; Parágrafo Terceiro - Desenvolver o intercâmbio sócio-cultural e desportivo entre os participantes; Parágrafo Quarto - Contribuir para com o desenvolvimento integral do aluno-atleta como ser social, autônomo, democrático e participante, estimulando o pleno exercício da cidadania através do esporte; Parágrafo Quinto - Garantir o conhecimento do esporte de modo a oferecer, mais oportunidade de acesso à prática do esporte escolar aos alunos-atletas. CAPÍTULO III – DA ORGANIZAÇÃO DO CERTAME Art. 3º - Os XVI JEJUNO´s 2014 são fomentados e custeados com recursos da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte e promovidos pela Secretaria Municipal de Esporte e Juventude em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.
  7. 7. 6 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral CAPÍTULO IV – DAS COMISSÕES E ÓRGÃOS DIRIGENTES Art.4º - A organização dos XVI JEJUNO´s 2014 terão as seguintes comissões de trabalho: Parágrafo Primeiro - Comissão Central Organizadora (CCO): a) – Presidente da Comissão Central (PCG); b) – Coordenação Geral Administrativa (CGA); c) – Coordenação Geral Técnica (CGT). Parágrafo Segundo - Secretaria Geral dos Jogos (SGJ): a) – Secretária Geral (SG). Parágrafo Terceiro - Comissão de Comunicação Social e Cerimonial (CSC): a) - Coordenador da Comissão (CCSC); Parágrafo Quarto - Comissão Disciplinar (CD) a) - Coordenador da Comissão (CCJD) b) - Membros Parágrafo Quinto - Comissão de Saúde (CS): a) - Coordenador da Comissão de Saúde (CCS) Parágrafo Sexto - Comissão de Segurança (CSG): a) - Coordenador da Comissão de Segurança (CCSG) Parágrafo Sétimo - Comissão de Transporte (CTR) a) - Coordenador da Comissão de Transporte (CCTR) Parágrafo Oitavo - Comissão de Alimentação (CA) a) - Coordenador da Comissão de Alimentação (CCA) Parágrafo Nono - Comissão de Arbitragem (CA) a) – Coordenador da Comissão de Arbitragem (CCA) Parágrafo Décimo - Comissão de Infraestrutura e Finanças (CIF) a) – Coordenador da Comissão de Infraestrutura (CCIF) Art. 5º - A Comissão Central Organizadora (CCO) será presidida pelo Secretário Municipal Esporte e Juventude, o qual nomeará ad referendum do Senhor Prefeito Municipal, os demais membros das várias comissões.
  8. 8. 7 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Art. 6º – Compete ao Coordenador Geral Administrativo (CGTA): Parágrafo Primeiro - Gerenciar o evento no seu todo; Parágrafo Segundo - Determinar as funções de cada membro das diversas comissões; Parágrafo Terceiro - Aprovar o programa das competições e tabela dos jogos, confeccionados pela CT; Parágrafo Quarto - Zelar pelo cumprimento do Regulamento e instrumento. Art. 7º – Compete ao Coordenador Geral Técnico (CGT): Parágrafo Primeiro - Assumir o controle geral de todas as atividades técnicas; Parágrafo Segundo - Coordenar as modalidades do evento e planejar as suas atividades; Parágrafo Terceiro - Organizar o programa da competição e tabela dos jogos; Parágrafo Quarto - Verificar os locais e materiais das competições; Parágrafo Quinto - Providenciar para que no momento oportuno, as instalações e o material técnico estejam em condições de uso e a disposição de todos; Parágrafo Sexto - Decidir todos os assuntos de ordem técnica; Parágrafo Sétimo - Zelar pelo estrito cumprimento do Regulamento e horário para as diversas competições; Parágrafo Oitavo - Zelar por todas as instalações e materiais destinados à competição e tê-las sempre em boas condições de uso;
  9. 9. 8 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Nono - Fazer com que as Regras Oficiais das várias modalidades sejam obedecidas rigorosamente. Art. 8º – Compete ao Secretário Geral (SG): Parágrafo Primeiro - Receber a documentação e fazer as inscrições nos JEJUNO’s de acordo com o estabelecido neste Regulamento; Parágrafo Segundo - Organizar o cadastro geral; Parágrafo Terceiro - Fornecer a todos os atletas e dirigentes inscritos nos jogos, alvarás, bem como, os membros das diversas comissões e pessoas envolvidas no evento. Art. 9º – Compete ao Coordenador de Comunicação Social e Cerimonial (CCS): Parágrafo Primeiro - Promover a divulgação dos jogos na forma mais ampla possível; Parágrafo Segundo - Contatar com órgãos de publicidade e a imprensa de um modo geral para a cobertura dos jogos e apresentá-la CCO, para firmar compromisso; Parágrafo Terceiro - Distribuir diariamente à imprensa, o boletim oficial. Parágrafo Quarto - Organizar e promover as solenidades de abertura e encerramento dos jogos; Parágrafo Quinto - Escolher e providenciar a confecção de medalhas e troféus; Parágrafo Sexto - Organizar a entrega de troféus e medalhas aos campeões. Art. 10º – Compete ao Coordenador Disciplinar (CD):
  10. 10. 9 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Primeiro - Julgar os casos apresentados pelo CCO e aplicar as penas disciplinares de acordo com o Código Brasileiro de Justiça e Disciplina Desportiva – CBJDD Parágrafo Segundo - Apreciar e Julgar as infrações de ordem geral cometidas pelo membro das delegações, ou seja, pelos atletas, dirigentes e por pessoas físicas e jurídicas, diretas ou indiretas ligadas às delegações ou a serviço de qualquer uma delas, bem como, as infrações contra este Regulamento. Parágrafo Terceiro - A CD terá competência a partir da sua instalação, até o julgamento final de todos os casos pendentes levados à sua apreciação. Parágrafo Quarto - A CD terá reuniões com dia e hora marcados de acordo com as necessidades. Art. 11º – Compete ao Coordenador de Saúde (CS): Parágrafo Primeiro - Manter plantão permanente de atendimento nos locais de jogos e competições; Parágrafo Segundo - Assumir inteira responsabilidade na parte de primeiros socorros e atendimento médico - hospitalar de todos os participantes dos jogos; Parágrafo Terceiro - Manter reserva durante as competições em hospitais e pronto socorro; Parágrafo Quarto - Providenciar ambulância em caso de acidente, para toda e qualquer pessoa envolvida nos jogos; Art. 12º – Compete ao Coordenador de Segurança: Parágrafo Primeiro - Executar a segurança dos locais dos jogos e competições; Parágrafo Segundo - Providenciar presença de Policiais Militares, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiro, Juizado de Menores e Escoteiros e órgãos afins.
  11. 11. 10 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Art. 13º - Compete ao Coordenador de Transporte: Parágrafo Primeiro - Controlar os horários de chegada e saída dos veículos; Parágrafo Segundo - Providenciar veículos para o deslocamento das escolas, quando necessário; Parágrafo Terceiro - Providenciar veículos de acordo com as necessidades para o deslocamento de qualquer membro da coordenação e apoio dos jogos. Art. 14º - Compete ao Coordenador de Alimentação: Parágrafo Primeiro - Coordenar o cardápio diário; Parágrafo Segundo - Determinar horários de atendimentos na distribuição de lanches, sucos e refeições. Parágrafo Terceiro - Distribuir senhas de acordo com o atendimento. Art. 15º - Compete ao Coordenador de Arbitragem: Parágrafo Primeiro - Organizar e contratar a equipe de arbitragem e apresentá-la para apreciação do coordenador geral; Parágrafo Segundo - Zelar pela boa atuação da equipe de arbitragem e fazer as escalas dos árbitros para as diversas competições; Art. 16º - Compete ao Coordenador de Infraestrutura e Finanças: Parágrafo Único - Providenciar toda infraestrutura e financeira necessária para a realização do evento.
  12. 12. 11 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral CAPÍTULO V - DAS MODALIDADES Art. 17º - As modalidades que serão disputadas nos XVI JEJUNO´s 2014 serão as seguintes: Parágrafo Primeiro – Modalidades Individuais: Atletismo, Judô, Karatê, Capoeira, Natação, Tênis de Mesa e Xadrez, exceto os revezamentos, todas nos naipes feminino e masculino. Parágrafo Segundo - Modalidades Coletivas: Basquetebol, Futsal, Futebol de Campo, Handebol, Voleibol, Vôlei de Praia, Carimba e Câmbio, todas nos naipes feminino e masculino. Parágrafo Terceiro – Cada delegação poderá ser composta pelo quantitativo de alunos-atletas e técnico e assistentes técnicos indicados nas modalidades (individuais e coletivas), conforme tabela a seguir: 12 a 14 anos 15 a 17 anos Modalidade Alunos Técnicos Alunas Alunos Técnicos Alunas Atletismo 18 02 18 18 02 22 Judô 08 02 08 08 02 08 Karatê 30 02 30 30 02 30 Capoeira 17 02 17 Natação 14 02 14 16 02 16 Tênis de Mesa 02 02 02 02 02 02 Xadrez 02 02 02 02 02 02 Basquetebol 12 02 12 12 02 12 Futsal 12 02 12 12 02 12 Handebol 14 02 14 14 02 14 Voleibol 12 02 12 12 02 12 Vôlei de Praia 02 02 02 02 02 02 Carimba - 02 20 - - - Câmbio 12 02 12 - - - Futebol de Campo 15 02 - 18 02 -
  13. 13. 12 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Quarto – Para categoria 12 a 14 anos serão inscritos alunos nascidos a partir de 2000,2001 e 2002 para a categoria 15 a 17 anos nascidos a partir de 1997,1998 e 1999. Nas modalidades de carimba (feminino) e câmbio (masculino e feminino), só poderão participar alunos nascidos no ano 2002. Parágrafo Quinto - As competições de atletismo compor-se-ão das seguintes provas: 12 A 14 ANOS a) 100m rasos – masculino e feminino b) 200m rasos – masculino e feminino c) 400m rasos – feminino d) 800m rasos – masculino e) 80m com barreira - masculino e feminino f) Salto em Altura – masculino e feminino g) Salto em Distância – masculino e feminino h) Revezamento 4 x 100 – masculino e feminino i) Arremesso de peso j) Lançamento de dardo 15 A 17 ANOS a) 100m rasos – masculino e feminino b) 200m rasos – masculino e feminino c) 400m rasos – masculino e feminino d) 800m rasos – masculino e feminino e) 1500m rasos – masculino e feminino f) 3000m rasos – feminino g) 5000m rasos masculino h) 100m com barreira – masculino e feminino i) Salto em Altura – masculino e feminino j) Salto em Distância – masculino e feminino k) Revezamento 4 x 100 – masculino e feminino l) Arremesso de peso m) Lançamento de dardo
  14. 14. 13 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Sexto - As competições de natação serão compostas das seguintes provas: 12 A 14 ANOS a) 25 m nado livre – masculino e feminino b) 25 m nado costa – masculino e feminino c) 25 m nado peito – masculino e feminino d) 25 m nado borboleta – masculino e feminino e) 50 m nado livre – masculino e feminino f) Revezamento 4 x 25 – masculino e feminino g) Revezamento 4 x 25 – Misto 15 A 17 ANOS a) 25 m nado livre – masculino e feminino b) 25 m nado costa – masculino e feminino c) 25 m nado peito – masculino e feminino d) 25 m nado borboleta – masculino e feminino e) 50 m nado livre – masculino e feminino f) 50 m nado peito – masculino e feminino g) 100m nado livre – masculino e feminino h) Revezamento 4 x 25 – masculino e feminino i) Revezamento 4 x 25 – Misto Os revezamentos mistos serão compostos obrigatoriamente por 02(dois) homens e 02(duas) mulheres. Parágrafo Sétimo: As competições de Judô serão compostas das seguintes provas: Categoria Peso 12 A 14 ANOS 15 A 17 ANOS Feminino Masculi no Feminino Masculi no Super Ligeiro Até 28 Até 28 Até 36 Até 36 Ligeiro +28/31 +28/31 +36/40 +36/40 Meio Leve +31/34 +31/34 +40/44 +40/44 Leve +34/38 +34/38 +44/48 +44/48 Meio Médio +38/42 +38/42 +48/53 +48/53 Médio +42/47 +42/47 +53/58 +53/58 Meio Pesado +47/52 +47/52 +58/64 +58/64 Pesado +52 +52 + 64 + 64
  15. 15. 14 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Oitavo: As competições de Karatê serão compostas das seguintes provas: Categoria Peso 12 A 14 ANOS 15 A 17 ANOS Feminino Masculino Feminino Masculino Kata Branca – Laranja Branca – Laranja Branca – Laranja Branca - Laranja Kata Verde – Preta Verde – Preta Verde – Preta Verde - Preta Kumite Até 30 Kg Até 30 Kg Até 35 Kg Até 35 Kg Kumite +31/35 Kg +31/35 Kg +36/40 +36/40 Kumite +36/40 Kg +36/40 Kg +41/45 Kg +41/45 Kg Kumite +40 +40 +45 Kg +45 Kg Parágrafo Nono - As competições de Capoeira serão realizadas em 03 modalidades de disputa: a) Solo b) Duplas (Jogo de Corte) c) Individual (Luta): Categoria Peso 15 a 17 ANOS Feminino Masculino Individual (Luta) Pena Até 40 Até 50 Meio Leve +40/44 +50/55 Leve +55/62 +60/67 Médio +63/66 +69/77 Meio Pesado +67/70 +78/87 Pesado +76/80 +88/100 CAPÍTULO VI - DAS INSCRIÇÕES E PARTICIPAÇÕES Art. 18º - Poderão participar dos XVI JEJUNO´s 2014 as Unidades Escolares das redes públicas e privadas de ensino fundamental e médio de Juazeiro do Norte que realizarem suas inscrições
  16. 16. 15 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral dentro do período estabelecido e que emitam diplomas de conclusão dos respectivos cursos. Art. 19º - Poderá participar dos XVI JEJUNO´s 2014 o aluno- atleta nascido a partir de 2000,2001 e 2002 para 12 a 14 anos nascidos a partir de 1997,1998 e 1999 para 15 a 17 anos, e que tenha sido matriculado de acordo com o calendário escolar de matricula da rede pública e privada e que esteja frequentando regularmente a Instituição de Ensino. Parágrafo Primeiro – O aluno-atleta que se transferir de Instituição de Ensino 30(trinta) dias antes da data do inicio dos jogos estará impedido do participar dos XVI JEJUNO´s 2014 com exceção ao aluno/atleta transferido de outra cidade ou estado. Parágrafo Segundo – O aluno-atleta que estiver matriculado e frequentando regularmente duas Instituições de Ensino diferentes, só poderá participar representando a Instituição de Ensino de sua preferência. Art. 20º - A Instituição de Ensino composta por duas ou mais unidades de ensino somente poderá participar, por modalidade coletiva e naipe, com equipes formadas por alunos-atletas da mesma unidade de ensino. Parágrafo Único – Considera-se unidade de ensino o endereço da unidade onde o aluno-atleta está devidamente matriculado e cursando. Art. 21º - A Cédula de Identidade Expedida pela Secretaria Segurança Pública é o documento que dará condição de participação aos alunos-atletas na competição, sendo seu porte obrigatório para a categoria 15 a 17 anos. Para as categorias 12 e 14 anos na ausência da Cédula de Identidade Expedida pela Secretaria de Segurança Pública, será obrigatório o registro de nascimento, a Secretaria Geral dos JEJUNO´s irá providenciar a credencial que será obrigatória sua apresentação nas competições. Parágrafo Único – Um representante da equipe de arbitragem procederá à conferência da cédula de identidade e as credenciais em todas as participações dos atletas. Art. 22º - Nenhum componente das delegações poderá participar
  17. 17. 16 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral dos XVI JEJUNO´s 2014 sem que seu nome conste da relação nominal da modalidade, aprovada pela Comissão Organizadora. Art. 23º - As inscrições serão realizadas em formulário próprio na Secretaria de Esporte e Juventude – SEJU, e através do site www.juazeiro.ce.gov.br para todas as categorias. Parágrafo Primeiro – O atleta inscrito só poderá participar de uma modalidade coletiva e três individuais, podendo ainda completar um revezamento na natação ou atletismo. Parágrafo Segundo – O atleta que disputar pela categoria 15 a 17 anos não poderá competir na de 12 a 14 anos. Parágrafo Terceiro – Cada escola deverá no ato da sua inscrição nos jogos indicar o nome do seu representante (delegado ou delegada) junto à organização dos jogos. Parágrafo Quarto – Não será permitida a participação do atleta de voleibol de quadra no vôlei de praia. Cada escola poderá inscrever uma dupla masculina e uma dupla feminina por categoria. Parágrafo Quinto – O atleta de natação só poderá ser inscrito na súmula, mediante apresentação do documento de identificação e exame médico em dia com data de validade no mínimo até o dia da competição. A Comissão Organizadora providenciará um médico para fazer o exame de todos os atletas no dia da competição uma hora antes do seu inicio. Parágrafo Sexto – Exceto o atleta, qualquer membro eliminado pela CD poderá ser substituído, para isso, a sua inscrição deverá ser confirmada pela SGJ. Parágrafo Sétimo – As inscrições de atletas serão confirmadas na SGJ, até a data determinada para termino das inscrições. Parágrafo Oitavo – Os atletas inscritos regularmente, poderão ser substituídos até 02 (dois) dias antes do início dos jogos, em, no máximo, 04 (quatro) atletas por modalidade coletiva e individual. Parágrafo Nono – O atleta inscrito que sofrer algum acidente (devidamente comprovado por laudo médico), o mesmo poderá ser substituído. Desde que o atleta não tenha participado da competição dos XVI JEJUNO´s 2014 em outras modalidades.
  18. 18. 17 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Décimo – No ato da inscrição da categoria 12 e 14 anos o Delegado(a) devidamente credenciado pela escola deverá levar à SGJ, em formulários próprios, os seguintes documentos: a) Cópia da Certidão de Nascimento ou Cédula de Identidade do aluno/atleta, assinado e carimbado pela secretária da escola atestando que a referida Cópia esta de acordo com os documentos escolares que consta nos registos da escola; b) 01 (um) retrato recente 3 x 4 do aluno/atleta; CAPÍTULO VII - DAS COMPETIÇÕES Art. 24º – As competições terão início no horário fixado pela Comissão Técnica, sendo considerada perdedora por não comparecimento (observadas as eventuais tolerâncias) a escola que não se apresentar no local marcado para a competição. Art. 25º – Somente a Comissão Técnica poderá transferir jogos ou competições, não necessitando para isto, da aprovação dos competidores. As mudanças serão avisadas através dos boletins com previsão de início, horário, somente do 1º jogo, e com uma antecedência de 24h quando houver mudança na tabela. Art. 26º – Quaisquer jogos ou competições que venham a ser suspensos ou transferidos por motivos alheios aos participantes terão um horário marcado pela Comissão Técnica para sua realização, observando o artigo anterior. Parágrafo Primeiro - O jogo suspenso após seu início por quaisquer motivo terá seu restante disputado em data e horário marcados pela Comissão Técnica para sua realização, com uma antecedência de, pelo menos 24h. Parágrafo Segundo - Caso o jogo tenha sido suspenso com a duração de 80% (oitenta por cento) do tempo normal, o seu resultado será mantido. Desde que não tenha sido provocado por uma das equipes. Parágrafo Terceiro – Só haverá a competição nas modalidades esportivas quando no mínimo duas equipes ou dois alunos/atletas estiverem inscritos na competição. Parágrafo Quarto - No caso de não haver competidores suficientes conforme o parágrafo anterior, será permitido aos
  19. 19. 18 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral participantes transformar ou remanejar sua equipe ou aluno/atleta para outra modalidade ou prova, quando a modalidade (coletivas ou individual) não estiver atingido o número máximo de inscritos. CAPÍTULO VIII - DO SISTEMA DE DISPUTA Art. 27º – O sistema de disputa será: Até 05 (cinco) equipes - jogos entre si; 06 equipes ou mais – chaves de 03 (três) ou 04 (quatro) equipes. CAPÍTULO IX - DO CONGRESSO TÉCNICO Art. 28º - O Congresso Técnico será realizado em dia e hora determinado pela CGA dos XVI JEJUNO´s 2014. Art. 29º - No Congresso Técnico só terá direito a voto o representante legal da Unidade Escolar, que esteja inscrito na modalidade. Parágrafo Único - As Confirmações das modalidades deverão ser feitas até o dia, hora e local (Secretaria de Esporte e Juventude) determinado para recebimento dentro do expediente comercial de 07:30h às 11:30h e 13:30h às 17:30h. CAPÍTULO X - DA CLASSIFICAÇÃO Art. 30º – Na contagem de pontos para campeão geral será obedecido o seguinte critério: 10, 06, 04, 03, 02, 01 pontos para os 1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 6º lugares respectivamente. Parágrafo Primeiro - Para a classificação geral, serão computados os campeonatos masculino e feminino somados. Parágrafo Segundo - No caso de empate na contagem geral, será vencedora a escola que tiver obtido o maior número de 1º lugares nas diferentes modalidades. Persistindo o empate verificar-se-á quanto ao número de 2º lugares e assim sucessivamente até se conhecer o campeão.
  20. 20. 19 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral CAPÍTULO XI - DOS CAMPEONATOS OU TORNEIOS Art. 31º – Os vários campeonatos ou torneios masculino e feminino serão disputados como segue: ATLETISMO I - Os campeonatos de atletismo, masculino e feminino, serão regidos pelo que dispõe a IAAF, salvo o explícito neste Regulamento; II - Nos campeonatos de atletismo, masculino e feminino, será vencedora a escola que obtiver o maior número de pontos, computando-se para a colocação de seus atletas classificados em 1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 6º lugares, respectivamente 10, 06, 04, 03, 02 e 01 pontos nas provas individuais e 20, 10, 08, 06, 04 e 02 nos revezamentos; III - No caso de empate, verificar-se-á o número de 1º lugares e assim sucessivamente até se conhecer o vencedor; IV - Cada escola terá direito de inscrever dois (02) atletas nas provas do campeonato de atletismo, sendo que cada atleta poderá competir em três provas individuais e no revezamento, respeitando as peculiaridades deste Regulamento; V - Cada escola poderá inscrever uma equipe nas provas de revezamento masculino, feminino: 4 X 100. VI - A confirmação por prova será efetuada um dia antes do congresso técnico, e só poderão ser substituídos os atletas inscritos nos revezamentos, por outros já inscritos na modalidade do atletismo. BASQUETEBOL I - O campeonato de Basquetebol será regido pelas Regras Oficiais da FIBA e pelo que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico. Será permitida, no máximo, a inscrição de 12 (doze) atletas. FUTEBOL DE CAMPO I - O campeonato de Futebol de Campo será regido pelo que dispõem as Regras Oficiais da FIFA, este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - Cada escola poderá inscrever no máximo 18 (dezoito) atletas.
  21. 21. 20 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral FUTSAL I - Campeonato de Futsal será regido pelas Regras Oficiais da CBFS, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - Cada escola poderá inscrever no máximo 12 (doze) atletas; III - Em caso de empate no tempo normal, em jogos que se faz necessário um vencedor, será uma prorrogação de 10 (dez) minutos, sem intervalo; IV – Caso permaneça o empate, será disputado nas penalidades máximas em uma série de 3 (três) penalidades alternadas, caso permaneça ainda empatado será disputado com 01 (uma) penalidade alternada até se conhecer o vencedor, sempre com atletas diferentes. HANDEBOL I - O campeonato de Handebol será regido pelas Regras Oficiais da IHF, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - Cada escola poderá inscrever no máximo 14 (quatorze) atletas; III - Em caso de empate, no tempo normal, em jogos que se faz necessário um vencedor, haverá tantas quantas forem necessárias, prorrogações de 5 (cinco) minutos. NATAÇÃO I - As competições de Natação, masculina e feminina, serão regidas pelas Regras Oficiais da FINA, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - A escola poderá inscrever no máximo 02 (dois) atletas por categoria. A classificação final levará em consideração a soma de pontos dos atletas classificados; III - A escola vencedora será a que obtiver o maior número de pontos, computando-se para a colocação dos seus atletas classificados em 1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 6º lugares, respectivamente 10, 06, 04, 03, 02, 01 pontos nas provas individuais e 20, 10, 08, 06, 04, e 02 nos revezamentos; IV - A escola só poderá inscrever uma equipe nas provas de revezamento: 4 X 25 ou 4 X 50 ou revezamento misto; V - Se houver empate, será classificada a equipe que obtiver o maior número de 1º lugares, persistindo o empate, verificar-se- á quanto ao número de 2º lugares e assim sucessivamente, até se conhecer o vencedor.
  22. 22. 21 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral VOLEIBOL I - As competições de Voleibol serão regidas pelas Regras Oficiais da FIVB, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - A escola poderá inscrever no máximo 12 (doze) atletas; III – Os jogos serão disputados em 2 (dois) sets vencedores de 25 pontos e se necessário um terceiro set, este será de 15 pontos. VÔLEI DE PRAIA I - As competições de Voleibol – Dupla de Areia, serão regidas pelas Regras Oficiais da FIVB, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II – Os jogos serão disputados em 02 (um) set de 21 pontos e se necessário um terceiro set, este será de 15 pontos; TÊNIS DE MESA I - O campeonato de Tênis de Mesa será regido pelas Regras Oficiais da ITTF, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - A escola poderá inscrever no máximo 02 (dois) atletas por categoria. A classificação final levará em consideração a soma de pontos dos atletas classificados; III - O sistema de disputa será de 02 (dois) sets vencedores de 11 (Onze) pontos cada; IV - As disputas serão: Simples masculina Simples feminina V - A escola que se classificar 02 (duas) vezes entre os 06 (seis) primeiros colocados, só marcará ponto na melhor classificação, desaparecendo automaticamente a sua menor pontuação e subindo assim a escola seguinte: Ex.: A escola marca ponto ficando em 1º e 3º lugares. Desaparece o 3º lugar e classifica subindo automaticamente a escola seguinte. VI – Caso a menor classificação da escola dê direito a medalha, o atleta receberá a mesma, não marcará ponto e nem terá direito a troféu. XADREZ I - O campeonato de Xadrez, será regido pelas Regras Oficiais da FIDE, o que dispuser este Regulamento e as decisões do Congresso Técnico;
  23. 23. 22 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral II - A escola poderá inscrever no máximo 02 (dois) atletas; III - Na classificação final será levada em consideração a soma dos pontos dos atletas classificados; IV - A escola que se classificar 02 (duas) vezes entre os 06 (seis) primeiros colocados, só marcará ponto na melhor classificação, desaparecendo automaticamente a sua menor pontuação e subindo assim a escola seguinte: Ex.: A escola marca ponto ficando em 1º e 3º lugares. Desaparece o 3º lugar e classifica subindo automaticamente a escola seguinte. CARIMBA I - Os jogos de Carimba, serão regidos pelas Regras da modalidade com , o que dispuser este regulamento e as decisões do Congresso Técnico; II - Cada escola poderá inscrever no máximo 20 (vinte) atletas; III - No caso de empate se for necessário conhecer um vencedor, haverá prorrogação de 5 (cinco) minutos, quantas vezes forem necessárias. IV – A idade será de até 12 anos; V – Para o início de cada partida a equipe terá que ter no máximo 10 atletas, caso contrário essa equipe já começa com o número insuficiente. CÂMBIO I - Os jogos de Câmbio serão regidos pelas as regras de voleibol com as devidas modificações necessárias para a prática do mesmo e as decisões do Congresso Técnico; II - Cada escola poderá inscrever no máximo 12 atletas; III – Será disputado em 3 (três) sets de 15 pontos. JUDÔ I - A competição de Judô será regida de acordo com as regras oficiais da Federação Internacional de Judô (IJF), reconhecidas pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), salvo o estabelecido neste regulamento e as decisões do Congresso Técnico. A competição será disputada em torneio individual em cada uma das 08 (oito) categorias de peso, em um único dia separados por faixas etárias. II - Cada Escola poderá inscrever 01 (um) aluno por categoria e peso. III - A pesagem será realizada sob a responsabilidade de uma Comissão nomeada no Congresso Técnico, que deverá ser composta de, no mínimo, 03 (três) membros, com data a ser definida.
  24. 24. 23 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral VI- Haverá uma Comissão de Pesagem para o feminino e outra para o masculino. V - As pesagens serão no dia anterior as competições. Não haverá tolerância de peso, será válida para a competição individual, obedecendo aos seguintes critérios: a) Local da Pesagem será no local no Ginásio Poliesportivo com data, hora e local a ser definida; b) O (a) atleta terá direito apenas a uma única pesagem oficial; c) Os atletas do sexo masculino deverão pesar de sunga; d) As atletas do sexo feminino poderão pesar de collant. e) O (a) atleta deverá apresentar, no ato da pesagem e antes de cada confronto, a Carteira de Identidade ou documento com foto (carteirinha do aluno/atleta; VI - O sistema de apuração nas competições individual, será definido no congresso técnico: a) Em caso de Rodízio em que o atleta desista de prosseguir, serão desconsideradas todas as lutas que participou da fase. b) Quando o número de competidores em cada categoria de peso for igual ou superior a 06 (seis) a apuração será feita pelo sistema de Eliminatória, com repescagem (Sistema Olímpico), apurando os 02 (dois) finalistas e os 02 (dois) finalistas da repescagem para a segunda fase, Rodízio apurando 02 (dois) para a fase final. c) Fase Final: Melhor de 03 (três) confrontos, levando resultado da luta vencida das fases anteriores para a final, o tempo de luta será de 03 (três) minutos para ambos os naipes, para faixa etária de 12 e 15 anos. VII - Para a classificação e desempate entre os atletas será obedecido o seguinte critério: Número de vitórias; Contagem de pontos, conforme a seguir: Vitória por Ippon ou equivalente......................10 pontos Vitória por Waza-Ari ou equivalente...................07 pontos Vitória por Yuko ou equivalente.......................05 pontos Vitória por KoKa ou equivalente.......................03 pontos Vitória por Yusei-Gashi ou equivalente................01 ponto KARATÊ I - A Competição de Karatê será realizada de acordo com as regras oficiais da Federação Mundial de Karatê (WKF), salvo
  25. 25. 24 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral estabelecido neste regulamento e as decisões do Congresso Técnico. II - Cada Escola poderá inscrever 01 (um) aluno por categoria e peso. III - Nas categorias Kumite é obrigatório o uso de protetores de boca e mão, e opcional, o uso de protetores de perna, pé e kokilha. a) Protetor de seios é obrigatório para as categorias Kumite feminino. IV - O tempo de luta será de 3 (três) minutos. V - A competição acontecerá pelo sistema de eliminatória simples. VI - As categorias de kata serão disputadas com (TOKUI KATA) kata livre inclusive podendo repetir. VII - O uniforme dos atletas deve seguir as especificações oficiais enquanto os técnicos devem apresentar-se bem trajados (quimono) ou (calça comprida, camisa com mangas e tênis ou sapato). CAPOEIRA I - A competição de Capoeira será regido pelo Regulamento Desportivo da Federação Internacional de Capoeira FICA),Confederação Brasileira de Capoeira (CBC) e Regulamento Desportivo Nacional de Capoeira (DNC) para Competições Amadoras,e adaptadas as escolas, tendo em vista a seguinte consideração: A competição será realizada em 03 modalidades de disputa: a)Solo b)Individual (Luta) - não terá a disputa Individual (luta) na categoria 12 a 14 anos. c)Duplas (Jogo de Corte) II - Cada escola poderá inscrever alunos por categoria e peso nas modalidades. a)1 (um) aluno por naipe na Prova Solo; b)1 (um) aluno por prova e naipe na Prova Individual (Lutas); c)Na modalidade Dupla (Jogo de Cortes) a escola poderá escrever duas duplas por naipe. III - A pesagem será realizada por pessoas indicadas pela Comissão dos XVI JEJUNO’s 2014. IV - As pesagens serão no dia anterior das Competições. Não haverá tolerância de peso, será válida para todas as disputas (1,2 e 3) masculino e feminino. a) A Pesagem será no local do evento com data e hora a serem definidos; b) O aluno terá direito apenas a uma única pesagem oficial.
  26. 26. 25 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral c) Os alunos do sexo masculino ou feminino poderão ser pesados utilizando short e camiseta ou camisa meia-manga. d) O aluno deverá apresentar, no ato da pesagem e antes de cada confronto, a Carteira de Identidade. V - Da pontuação: Prevalecerá adjudição de pontos, notas de 0 (zero) a 10 (dez) para quesito, sendo os vencedores os capoeiristas (alunos) que obtiveram maiores pontos na somatória geral. VI - Nas disputas solo e duplas (Jogo de Corte), serão atribuídos pelos árbitros os conceitos que são definidos em: a) 0 - Péssimo b) 1 a 2 - Ruim c) 3 a 4 - Regular d) 5 a 6 - Bom e) 7 a 8 - Muito Bom f) 9 - Ótimo g) 10 - Excelente VII - Na disputa solo o aluno deverá apresentar conhecimentos técnicos na ginga, nos movimentos defensivos, nos golpes traumatizantes, nos desequilibrantes e nos movimentos acrobáticos. a) Na disputa solo o aluno deverá fazer todos e quaisquer golpes com movimentação. VIII - Na disputa individual (Luta) o aluno deverá demonstrar habilidade, flexibilidade, agilidade, destreza e equilíbrio nos movimentos dos golpes aplicados: traumatizantes e desequilibrantes, ou seja, executar quaisquer golpes com técnica, pois deverá acontecer o contato físico. No entanto, em hipótese alguma, poderá ferir a integridade física do seu adversário. Os golpes traumatizantes deverão ser aplicados abaixo da linha dos ombros e acima da linha da cintura. Em momento algum, o aluno deverá tentar atingir o rosto do adversário. Não haverá nocaute na disputa. IX - Pontuação na disputa individual (Luta): a) 0 (zero) a 5 (Cinco) pontos. b)Qualquer golpe traumatizante dependendo da aplicação no local permitido de 0 (zero) a 3 (três) pontos. c) Qualquer golpe desequilibrador autorizado: 0 (zero) a 5 (cinco) pontos. I)Se o aluno for atingido por qualquer golpe desequilibrador e encostar no chão. 1 (uma) mão 1,0 ponto para o adversário 2 (duas) mãos 2,0 pontos para o adversário II)Se o aluno for atingido com um golpe desequilibrador (encostar no chão) As nádegas 3,0 (três) pontos para o adversário.
  27. 27. 26 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral 1 (uma) mão e as nádegas=3,5 (três) meio pontos para o adversário. As duas mãos e as nádegas 4,0 (quatro) pontos para o adversário III)Os ombros (costas) 5,0 (cinco) pontos para o adversário. Se o aluno por qualquer motivo, independente do que seja sair da área de luta (Área de Jogo), perderá 2,0 (dois) pontos. IV) O aluno que aplicar intencionalmente qualquer golpe proibido e vier a atingir o seu adversário será desclassificado da competição. X - Na disputa de duplas (Jogo de Corte) participarão alunos de uma mesma categoria de idade e peso, terão oportunidade de demonstrar a criatividade através de um jogo harmonioso, mantendo a tradição da Capoeira. Os alunos deverão, obrigatoriamente, executar a forma de jogo determinada pelo rítmo do berimbau e os mesmos deverão demonstrar eficiência, volume de jogo, atacar e defender no tempo adequado na aplicação dos golpes lineares e giratórios exigidos numa distância que permita atingir o seu adversário. XII - Uniforme dos alunos (atletas): Calça (Abadá) branco em elanca ou algodãozinho, sem bolso, sem zíper, com o comprimento até o maléolo (tornozelo). Camiseta branca com manga curta, sem ou com o logotipo da escola a qual ele estará representando. XIII - São terminantemente proibidos os seguintes golpes: Cabeçadas na face; Agarrões; Cotoveladas; Forquilha ou cegueira (dedos nos olhos); Cutilada; Telefone; Tesoura nos braços ou no pescoço; Asfixiante; Tombo da Ladeira; Chave de Braços; Rasteiras nos braços; Movimentos de proteção; Movimentos baixos que venham à atingir os órgãos genitais; Vôo do Morcego e do Dragão; Atingir o adversário quando Ele estiver no chão; Vôo da Águia; CAPÍTULO XII - DA PONTUAÇÃO Art. 32º – Serão computados os pontos ganhos, obedecendo aos seguintes critérios:
  28. 28. 27 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral 03 (três) pontos por vitória; 01 (um) ponto por empate; 00 (zero) ponto por derrota. Parágrafo Único – As pontuações seguem as regras oficiais das modalidades. CAPÍTULO XIII - DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE Art. 33º – No caso de empate em qualquer fase classificatória em número de pontos ganhos, serão observados os seguintes critérios para desempate: Parágrafo Primeiro - Maior número de vitórias; Parágrafo Segundo - Confronto direto, caso sejam 02 (duas) equipes; Parágrafo Terceiro - Maior saldo de gols, sets ou pontos; Parágrafo Quarto - Maior número de gols, sets ou pontos prós; Parágrafo Quinto – Disciplinar, atentando para a seguinte ordem: vermelho, amarelo para futebol, futsal, handebol e voleibol. No tocante ao basquete será atribuído o critério de menor numero de atletas excluídos. Parágrafo Sexto - Sorteio. Parágrafo Sétimo - Estes requisitos, Critérios de Desempate e da Pontuação, não serão levados em consideração na contagem geral de pontos dos JEJUNO’s e nem nas modalidades que já constam estes itens neste Regulamento. CAPÍTULO XIV - DAS PENALIDADES Art. 34º – O atleta ou membro da Comissão Técnica expulso de qualquer partida será punido conforme a gravidade da expulsão, sendo que a pena poderá ser de acordo com o CBJDD e/ou a critério da CJD. Art. 35º – O atleta ou membro da Comissão Técnica que for
  29. 29. 28 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral expulso cumprirá uma suspensão automática independente do julgamento e deverá permanecer fora do recinto do jogo até o seu término, sob pena de ser eliminado dos jogos. Art. 36º – Todo e qualquer participante, bem como o diretor da escola inscrito que tentar ou agredir fisicamente ou moralmente qualquer participante dos JEJUNO’s será sumariamente eliminado dos jogos e cumprirá uma suspensão de até 02 (dois) anos e/ou a critério do CJD, conforme a gravidade de agressão. Parágrafo Único – Qualquer participante inscrito que se envolver em tumulto, nas dependências onde estão sendo realizados os jogos, incorrerá nas penas deste capítulo XIV. Art. 37º – Se durante os jogos as equipes e/ou torcidas se envolverem em tumultos generalizados, serão eliminados da competição. Art. 38º – Qualquer participante credenciado que durante ou extra – jogo tentar ou agredir fisicamente o adversário, seu companheiro ou qualquer pessoa envolvida nos jogos, será eliminado das competições e cumprirá uma suspensão de até 2 (dois) anos. Tal ato terá que ser comprovado através de testemunhas que prestarão depoimento perante a CJD. No caso da arbitragem, o árbitro constará no seu relatório ou denunciará através de ofício, sem necessidade de testemunhas. Art. 39º – O responsável por equipe que ocasionar um W x O, prejudicando o seu time, será punido com a suspensão nos jogos e ficará impossibilitado de participar do próximo JEJUNO’s. O mesmo acontecerá nas modalidades individuais. Art. 40º – O atleta que participar irregular: documento trocado, idade estourada, competir sem estar inscrito, competir estando suspenso por qualquer motivo, exceder ao número de modalidades e/ou provas permitidas, será punido conforme este Regulamento e/ou a critério da CD. Parágrafo Único – O professor responsável pela inscrição também será punido com a eliminação do próximo JEJUNO’s. Art. 41º – A equipe que não comparecer ao jogo, abandonar a disputa ou concorrer com atleta irregular, será eliminado da competição e ficará impossibilitada de participar na modalidade nos jogos do ano seguinte a critério da CD.
  30. 30. 29 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Art. 42º– O atleta ou membro da Comissão Técnica, inclusive o professor, cumprindo suspensão não poderá participar de qualquer atividade, caso isto aconteça, a equipe será desclassificada na modalidade. O professor que for suspenso, automaticamente estará impossibilitado de participar por qualquer escola. Art. 43º – O atleta ou membro da comissão técnica expulso, será julgado pela CD. Art. 44º – A escola que comprovadamente cometer ato de fraude na documentação de qualquer atleta será eliminada da modalidade, em disputa, e suspensa da mesma modalidade no próximo JEJUNO’s, em qualquer fase, independente de protesto e julgamento. Art. 45º – Qualquer participante credenciado poderá sofrer punições, estando ou não no seu horário de disputa, caso desrespeite os membros da arbitragem, bens e espaço físico onde estiver havendo a competição, independente do Relatório do Árbitro. Art. 46º – O atleta que participar irregular será eliminado das competições e ficará impossibilitado de competir nos jogos do próximo JEJUNO’s e/ou a critério da CD. CAPÍTULO XV - DA PREMIAÇÃO, RAINHA E CERIMÔNIA DE ABERTURA Art. 47º - Serão concedidos os seguintes prêmios aos participantes: Parágrafo Único: Para as modalidades coletivas e individuais – Troféus para as equipes campeãs, vice-campeãs e 3º lugar e medalhas para os alunos classificados em 1º, 2º e 3º lugares em cada naipe. Art. 48º - A Cerimônia de Abertura será realizada no dia, hora e local (Ginásio Poliesportivo) confirmado pela CGAD. Parágrafo Primeiro – A participação na cerimônia de abertura é obrigatória para todas as escolas inscritas no evento.
  31. 31. 30 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Parágrafo Segundo – As delegações deverão comparecer à cerimônia, devidamente uniformizada, sendo que a definição do número de participantes por delegação será decidida no congresso Técnico, contando 10 (dez) pontos para cada escola que participar da cerimônia de abertura na contagem geral. Parágrafo Terceiro – A cerimônia de premiação será organizada de acordo com a programação estabelecida pela Comissão Organizadora, devendo está presente todos os atletas participantes do XVI JEJUNO´S. Art. 49º - Cada escola deverá indicar uma Rainha para apreciação do público na solenidade de abertura, que concorrerão para a escolha da rainha dos jogos. Parágrafo Primeiro - A Rainha deverá estar regularmente matriculada na instituição de ensino, e com frequência ativa na escola e não ser necessariamente atleta; Parágrafo Segundo - A escolha da Rainha do XVI JEJUNO´s 2014 será realizada na solenidade de abertura dos jogos; Parágrafo Terceiro - O desfile será com traje escolar (farda de Educação Física); Parágrafo Quarto - A Rainha receberá uma coroa do XVI JEJUNO´s 2014, além de premiação que será oferecida pela Secretaria Municipal de Esporte e Juventude; CAPÍTULO XVI - DOS PROTESTOS E JULGAMENTOS Art. 50º – A escola que se achar prejudicada, durante a realização do seu jogo poderá lançar o protesto à Comissão de Justiça e Disciplina. Parágrafo Primeiro - Para que o protesto seja aceito, o capitão da equipe escreverá na súmula do jogo “PROTESTO ESTE JOGO” e assina. Até 04 (quatro) horas após, deverá entregar à Comissão de Justiça e Disciplina um ofício indicando o (s) motivo (s) do protesto e apresentar as provas que o fundamentem. Se o jogo for após as 18h este prazo começará a vigorar a partir das 7h30min. do dia seguinte. Parágrafo Segundo - Os casos disciplinares serão julgados de acordo com o CBJD e/ou a critério da CD, sendo que o relatório
  32. 32. 31 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral do árbitro servirá como denúncia e/ou esclarecimento, para aplicação da pena, exceto os casos nos itens das Penalidades que já constam as punições. Parágrafo Terceiro - A quem acusa caberá apresentar as provas do delito. Parágrafo Quarto - O fato de o indiciado pedir desculpas pela ação praticada não o exime de culpa, nem diminui a pena. Art. 51º – A equipe protestante pagará uma taxa de R$ 50,00 (Cinquenta Reais) no ato da entrega do ofício fundamentando o protesto, que só será devolvida se houver procedência. O protesto será feito sobre, até 3 pessoas ou fatos. Art. 52º – O protesto julgado procedente dará a equipe protestante o direito dos pontos perdidos na partida e para efeito de resultado será consignado o placar mínimo para a vitória exigido em cada modalidade, mesmo que, esse jogo seja o de classificação. CAPÍTULO XVII - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 53º – Cada escola deverá inscrever junto à Comissão Central um representante oficial, o qual, responderá como Chefe da Delegação e somente ele poderá falar em nome da escola, assinar protesto e fazer requerimento. Art. 54º – A equipe que perder por W x O, estando presente no local de competição, não será punida para os JEJUNO’s seguintes, e nem eliminada dos jogos, para isto terá que estar devidamente uniformizada em condições de jogo. Parágrafo Primeiro – O mesmo acontecerá nas competições individuais. Parágrafo Segundo - O responsável pelo W x O, será suspenso por 02 (Duas) partidas na modalidade. Art. 55º – A equipe trocará de camisas quando houver coincidência de cores (padrão) ou vestirá os coletes, a que estiver do lado esquerdo da tabela. Art. 56º – É facultativo o uso do número no calção e na frente da camisa ou camiseta.
  33. 33. 32 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Art. 57º – As modalidades individuais, xadrez, tênis de mesa, natação e atletismo serão realizados em horários exclusivos e deverá competir com o uniforme da escola. Art. 58º – A escola poderá credenciar representantes, tantos quantos forem necessários, para acompanhar as equipes durante a competição. Art. 59º – Em todos os jogos ou competições será obrigatória a presença de um representante da escola disputante previamente inscrito na SGJ, o qual deverá permanecer junto à equipe, não podendo em hipótese alguma a equipe ficar sem um responsável legal do estabelecimento de ensino, respeitando as Regras Oficiais da modalidade. Art. 60º – A escola só poderá participar dos jogos, fazendo a sua inscrição e confirmando as modalidades junto à SGJ no período marcado. Art. 61º – É facultativo o uso de meiões iguais. São obrigatórios os calções de igual cor, não levando em consideração as listras, sendo que as camisas deverão ser absolutamente padronizadas. Art. 62º – O não cumprimento do Artigo 59 implicará na perda de pontos pela escola, não havendo qualquer outra punição adicional para a equipe. Art. 63º – O relatório do árbitro em quaisquer modalidades, coletiva ou individual, servirá de denúncia e/ou esclarecimento para decisões da CD. Art. 64º – Os horários dos jogos serão de acordo com a tabela, com uma tolerância de até 15 (quinze) minutos. Art. 65º – A equipe que vencer por W x O, receberá tantos gols, sets ou pontos, necessários à sua classificação. A equipe perdedora será desclassificada, caso já esteja classificada e não haverá prejuízo para uma terceira equipe. SE isto acontecer, haverá um jogo extra entre a equipe que venceu por W x O e aquela terceira equipe, prevalecendo à vitória. Parágrafo Único – O W x O dando todas as condições de classificação terá que ser o último jogo da equipe na tabela.
  34. 34. 33 JEJUNO´s2014|RegulamentoGeral Caso contrário, será computado o W x O normal, ou seja, vitória, observando o escore mínimo de acordo com a modalidade. Art. 66º – As mudanças ou emendas neste Regulamento só serão feitas mediante a aprovação da maioria das escolas participantes mais a Comissão Central Organizadora, a não ser depois de 02 (dois) anos da última modificação. Art. 67º – As decisões da CJD, uma vez prolatadas, serão finais e irreversíveis. Art. 68º – Cada equipe deverá inscrever previamente uma comissão técnica de acordo com o previsto nas regras oficiais da modalidade. Parágrafo Único – O responsável pela equipe, responderá solidariamente pelos atos praticados pela comissão técnica, principalmente atos disciplinares. Art. 69º – Nenhuma punição poderá ultrapassar a 02 (dois) anos. Art. 70º – Qualquer escola que recorrer à justiça comum perderá o direito de participar dos JEJUNO’s no ano em curso. Art. 71º – Os casos omissos serão resolvidos pela CCO. Art. 72º - Em ano de eleição não será permitida propaganda eleitoral nos uniformes dos alunos, nem em qualquer espaço institucional onde os jogos realizar-se-ão, respeitadas as manifestações livres e permitidas pela lei eleitoral dos próprios eleitores. Parágrafo primeiro – Não será permitida sob nenhuma hipótese propaganda de candidatos a cargos eletivos. Art. 73º - Está vedada a venda, uso e consumo de bebidas alcóolicas nas dependências onde se realizarão os jogos. Juazeiro do Norte/Ceará, 2014.

×