Demonstração de como é formada a chuva ácida

2.776 visualizações

Publicada em

Tcc (Como é formada a chuva ácida e os efeitos que provoca no meio ambiente)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.776
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Demonstração de como é formada a chuva ácida

  1. 1. DEMONSTRAÇÃO DE COMO É FORMADA A CHUVA ÁCIDA E OS EFEITOS QUE PROVOCAM NO MEIO AMBIENTE
  2. 2. Aline Pereira de Vasconcelos Oliveira Claudia Gonçalves Dias Maria Joana de Oliveira Santos Maroisa Vilalva da Silva Nilton Zanesco
  3. 3. RESUMO Com os avanços tecnológicos ocorridos após a Revolução Industrial, estenderam-se também a necessidade de produção e consumo. Hoje o crescimento da população mundial ultrapassa a marca de 7 bilhões de habitantes, resultando um maior lançamento de poluentes na atmosfera. Entre os principais problemas de impacto ambiental, destacamos a chuva ácida. As principais causas para a formação das chuvas ácidas são os óxidos de nitrogênio e enxofre, que geram no momento da combustão; o nitrogênio é aportado pela atmosfera e não há forma de evitá-lo; as chuvas ácidas e os nevoeiros ácidos farão parte do cotidiano do planeta. Estes compostos em forma de gotas de chuva e de nevoeiro causam grande impacto na saúde da população; que pode ser irritação de mucosas, em humanos e animais, ou deterioração na cutícula das folhas dos vegetais. Faremos uma demonstração em aula prática, mostrando como é formada a chuva ácida, e suas consequências ao meio ambiente. Para isto utilizaremos vidro com tampa, enxofre em pó, fitas de papel colorido, pétalas de flor colorida, colher, pedaços de fios, caixa de fósforos e caneta.
  4. 4. • Colocando uma fita de papel colorido e uma pétala de flor na parte de dentro da tampa do vidro com cerca de 5 cm de água, depois faça uma nova fita de papel colorido e o umedeça com água. E mais um pequeno gancho e pendure por dentro do vidro. Será feita a observação da queima do enxofre. Para observação dos resultados. Acreditando que o conhecimento não é imposto, e sim construído a partir de vivências, dependendo do modo cultural, econômico e tecnológico de diferentes grupos. Serão realizadas pesquisas para o fundamento de dados a partir de fontes bibliográficas como: livros, revistas científicas, fontes digitais confiáveis, e jornais. Para demonstrar através de uma aula prática como é formada: e quais os efeitos que a chuva ácida provoca no meio ambiente. Porque para caminharmos rumo à sustentabilidade é necessário o reconhecimento, e esclarecimento, dos limites da inserção humana na natureza: Para evitarmos as consequências das chuvas ácidas no meio ambiente. Palavras-chave: Poluentes na Atmosfera; Chuva Ácida; Meio Ambiente.
  5. 5. ABSTRACT With technological advances occurring after the Industrial Revolution, have extended the need of production and consumption. Today the growth of world population surpasses 7 billion people, resulting in a greater release of pollutants into the atmosphere. Among the main problems of environmental impact, include acid rain. The main causes for the formation of acid rain are oxides of nitrogen and sulfur, which generate at time of combustion, nitrogen is contributed by the atmosphere and there is no way to avoid it; acid rain and acid fog will form part of the everyday the planet. These compounds in droplets of rain and fog cause great impact on population health, that may be irritation of mucous membranes in humans and animals, or damage the cuticle of plant leaves. We will make a demonstration in classroom practice, showing how acid rain is formed, and its consequences for the environment. For this we use glass lid, sulfur powder, strips of colored paper, colorful flower petals, spoon, pieces of wire, matchbook and pen. Putting a ribbon of colored paper and a flower petal on the inside of the glass cover with about 5 cm of water, then make a new tape colored paper and moisten with water. Plus a small hook and hang on the inside of the glass. The observation is made by burning sulfur. To observe the results. Believing that knowledge is not fixed, but constructed from experiences, depending on how cultural, economic and technological development of different groups. Surveys will be conducted for the foundation of data from literature sources such as books, journals, reliable digital sources, and newspapers. To demonstrate through a practical class as is formed: and what effects acid rain has on the environment. Because to walk towards sustainability requires recognition and clarification of the limits of integration in human nature: To avoid the effects of acid rain on the environment. Keywords: Pollutants in the Atmosphere; Acid Rain; Environment.
  6. 6. INTRODUÇÃO Para compreendermos os motivos que causa as chuvas ácidas faremos uma aula prática para demonstrarmos como a chuva acida é formada, e qual é as suas consequências no meio ambiente, para entendermos o porquê da degradação das matas, e o descontrole do ecossistema. Antes de falarmos sobre o assunto, vamos definir o que são ácidos, bases e escala de pH; que são elementos essenciais para compreensão das precipitações ácidas. Gilbert Newton Lewis definiu os ácidos e bases da seguinte forma: ‘’Ácida é uma substância capaz de receber um par de elétrons solitários; E bases é uma substância capaz de doar um par de elétrons solitários’’ (Nilson Antonio Brena 2009 p. 31).
  7. 7. • As chuvas ácidas encontram-se entre os principais problemas de impactos ambientais. Segundo Caroline Faria (2007), este termo foi primeiramente utilizado pelo climatologista inglês, Robert Angus Smith em 1872 após ter presenciado o fenômeno na cidade de Manchester, Inglaterra logo no início da Revolução Industrial. Em ambientes aquáticos o aumento de pH, acarreta a morte de milhares de espécimes, no solo, a acidez diminui a abundância de cobertura vegetal, propiciando de forma direta o desmatamento. Para Brena (2002)’’a chuva ácida pode exercer efeitos prejudiciais à folha, caule, ao solo, reduzindo a clorofila. Prejudica o transporte de nutrientes, dificultando o desenvolvimento da planta’’. (BRENA, N. A. 2002 p. 119) Então, o presente trabalho tem por objetivo a conscientização de todos os alunados através de uma aula prática, para demonstrar como é formada a chuva ácida, e quais as suas consequências no meio ambiente; Justificando-se da importância do conhecimento, para evitarmos a formação da chuva ácida.
  8. 8. Soren Peder Lauritz um bioquímico dinamarquês, em 1909 definiu uma escala química, a escala de pH, que apresenta um ponto neutro, o valor 7; valores maiores que 7 indicam soluções básicas ou alcalinas e, valores menores que 7, soluções básicas; as chuvas ácidas possuem um pH por volta de 4,5.
  9. 9. • A acidez da chuva é causada pela solubilização de alguns gases presentes na atmosfera terrestre, cuja hidrólise seja ácida. Entre estes se destacam os gases contendo óxidos de enxofre, e os óxidos de azoto, os quais reagem com a água atmosférica para formar ácidos fortes como o ácido sulfúrico e o nítrico. Proveniente das impurezas da queima dos combustíveis fósseis para a produção de energia térmica, e energia elétrica. Em decorrência desta acidez e as características corrosivas, os efeitos na natureza provocados pelas “chuvas ácidas” têm aumentado; Áreas florestais e lagos podem ser os mais prejudicados, sendo parcial, ou totalmente acidificados perdendo completamente sua vida. No entanto, não é só a natureza que sofre com os efeitos das chuvas ácidas: Casas, prédios, monumentos, alguns materiais utilizados nas estruturas, como nas barragens; as turbinas de geração de energia enfrentam sérios problemas, a população em geral também sofre com os iões tóxicos liberados através das chuvas ácidas. O cobre pode ser uma das causas que implicam nas epidemias de diarreias em crianças e jovens; e acredita-se também que à ocorrência de doenças de Alzheimer, tem uma ligação entre o abastecimento de água contaminada com alumínio.
  10. 10. MATERIAIS E MÉTODOS • • • • • • • • • • • • • • Para fazer a demonstração de uma chuva ácida são necessários os seguintes materiais. * 1 vidro com tampa (como os de maionese ou café solúvel) * Enxofre em pó (1 colher de chá cheia) * 4 fitas de papel colorido azul (3 cm cada uma) * 2 pétalas de flor colorida * 1 colher de plástico * 2 pedaços de fios de cobre (15 cm cada um) * 1 caixa de fósforos * 1 caneta Para realizar o experimento: 1. Coloque uma fita de papel colorido e uma pétala de flor na parte de dentro da tampa do vidro. Utilizando a colher de plástico, polvilhe um pouco do enxofre em pó sobre a fita e sobre a pétala (não utilize todo o enxofre, apenas o suficiente para manchar parte do papel colorido e da pétala de flor). 2. Coloque cerca de 5 cm de água da torneira no vidro, e com o auxílio da colher (limpa), retire um pouco de água e coloque sobre o enxofre que está sobre a pétala e o papel colorido. Observe o que acontece com a água em contato com o enxofre, e se houve alteração na cor do papel e na pétala. 3. Pegue uma nova fita de papel colorido e o umedeça com água. 4. Monte o seguinte esquema: Coloque em uma das extremidades do fio de cobre uma nova pétala e um pouco separado coloque um novo papel colorido azul. Na outra extremidade do fio, faça um pequeno gancho e pendure por dentro do vidro que já tem um pouco de água. Tome cuidado para que a pétala ou fita não entrem em contato com a água. Veja a ilustração (figura 02).
  11. 11. • 5. Pegue o outro fio de cobre e enrole parte deste na ponta da caneta, formando um pequeno cone de cerca de 1 cm. Faça um pequeno gancho na outra ponta do fio, retire a caneta e encha o cone com enxofre em pó, com cuidado (use a colher). Pendure o fio de cobre por dentro do vidro (sem atingir a água). • 6. Posicione um fósforo aceso abaixo do cone para iniciar a queimar o enxofre e rapidamente retire o fósforo e tampe o vidro. Observe se o enxofre está realmente queimando. Aguarde 5 minutos. • 7. Retire os fios de cobre de dentro do vidro rapidamente. Feche o vidro e agite a solução cuidadosamente.
  12. 12. RESULTADOS E DISCUSSÃO • A chuva ácida é composta por diversos ácidos como, por exemplo, o óxido de nitrogênio e os dióxidos de enxofre, que são resultantes da queima de combustíveis fósseis (carvão, óleo diesel, gasolina entre outros), quando caem em forma de chuva ou neve, estes ácidos provocam danos no solo, plantas, construções históricas, animais marinhos e terrestres. Este tipo de chuva pode até mesmo provocar o descontrole de ecossistemas, ao exterminar determinados tipos de animais e vegetais, e poluindo rios e fontes de água; a chuva pode também prejudicar diretamente a saúde do ser humano, causando doenças pulmonares.
  13. 13. • A chuva ácida refere-se à deposição úmida de constituintes ácidos, os quais se dissolvem nas nuvens e nas gotas de chuva para formar uma solução com pH inferior a 5,6 o gás carbônico CO2 atmosférico dissolve-se nas nuvens e na neblina para formar um ácido fraco, o ácido carbônico (H2CO3) este ácido confere a chuva um pH de 5,6. Este valor de pH resultante da contribuição de um gás naturalmente presente na atmosfera indica que a água da chuva já é levemente ácida. Entretanto, valores de pH inferiores a 5,6 indicam frequentemente que a chuva encontra-se poluída com ácidos fortes como o ácido sulfúrico (H2SO4) e o ácido nítrico (HNO3) e eventualmente com outros tipos de ácidos como o clorídrico (HCl) e os ácidos orgânicos. Essa deposição ácida é causada principalmente pelas emissões de dióxido de enxofre (SO2) os dióxidos de nitrogênio, pois são gases de espécies formadoras de ácidos fortes mais frequentes emitidos pela atividade antropogênica, por exemplo: Os combustíveis fósseis liberam enxofre na forma de óxidos: combustíveis fósseis usados em indústrias, como o carvão mineral e, em automóveis, como derivado do petróleo, principalmente o óleo diesel.
  14. 14. CONCLUSÃO • O que podemos fazer para reduzirmos as emissões de dióxido de enxofre e de nitrogênio: é reduzirmos o uso de combustíveis fósseis, fazendo uso de transportes públicos, porque isto está ao nosso alcance para reduzirmos toneladas de emissões de óxido de nitrogênio e usarmos menos benefícios da energia do ambiente, porque a energia utilizada vem a partir de combustíveis fósseis, o que pode levar à chuva ácida. Por exemplo, desligando as luzes em ambiente que não estão sendo utilizado, reduzindo o uso de ar condicionado, usar menos possível a energia elétrica; substituindo aparelhos antigos por aparelhos mais novos, que consomem menos energia. Uma fonte de energia alternativa, também pode ser usada em usinas de energia para reduzir as emissões: estas alternativas são: a energia geotérmica, energia solar, a energia eólica: A água (fonte renovável de energia = hidroelétrica), o hidrogênio (fonte renovável de energia = célula a combustível) e a radiação solar (fonte renovável de energia = células fotovoltaicas). Todas as energias renováveis são excelentes opções para reduzirmos as causas das chuvas acidas.
  15. 15. • Em conclusão, as duas principais fontes que provocam a formação de chuvas ácidas é o dióxido de enxofre e óxido de azoto; os automóveis são as principais fontes de emissão de óxido de nitrogênio, e as fábricas de serviços públicos são as principais fontes de emissões de dióxido de enxofre. Estes gases evaporam para a atmosfera e em seguida, são oxidados em nuvens formando ácido nítrico ou ácido sulfúrico, quando estes ácidos retornam não causam danos apenas ao ambiente, mas também à saúde humana, causando problemas no sistema respiratório, afetando diretamente a saúde quando inalado ou consumido através de alimentos contaminados.
  16. 16. • Governos aprovam leis para reduzir as emissões de dióxido de enxofre e óxido de nitrogênio, mas não adianta; a menos que as pessoas comecem a trabalhar juntas para impedir o lançamento desses poluentes; pois bastam as fontes naturais de poluição atmosférica que temos em nosso planeta. Se a chuva ácida destrói o meio ambiente; eventualmente, se cruzarmos os braços e nada fizermos para mudarmos esta realidade, nos destruirá também.
  17. 17. • Confiantes que a educação ambiental é hoje, o instrumento mais eficaz para mudarmos a realidade do nosso planeta; e consequentemente para que cada indivíduo mude de hábitos e assuma novas atitudes; elaboramos o presente trabalho, com a intenção de contribuirmos para diminuir as emissões de gases poluentes e evitarmos a formação das chuvas ácidas, pois acreditamos que a partir do momento que a população compreender que agredindo a natureza, agride-se a si mesmo, teremos menos chuvas ácidas, e automaticamente uma melhor qualidade de vida. Esperamos que com este trabalho possamos proporcionar uma melhor compreensão de como é formada as chuvas ácidas, e quais os efeitos que causam no meio ambiente.
  18. 18. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • A CHUVA ÁCIDA - As suas causas e as consequências. Disponível em; <http://www.explicatorium.com/Chuvas-acidas. php.>. Acesso em: 09 de maio 2013 • A LIGAÇÃO entre o abastecimento de água contaminada com alumínio e escala de Ph 4,5. Disponível em:< http://www.slideshare.net/IEDLP/chuva-cida-5045823.>. Acesso em: 26 de maio 2013 • A POPULAÇÃO em geral também sofre com os iões tóxicos libertados através das chuvas ácidas URL: Disponível em < http://www.grupoescolar.com/pesquisa/a-chuva-acida.html>. Acesso em: 05 de maio 2013 • ÁREAS florestais os lagos podem ser os mais prejudicados. Disponível em:<//http://amanatureza.com/conteudo/artigos/chuva-acida>. Acesso em: 11 de maio 2013
  19. 19. • As chuvas ácidas possuem um pH por volta de 4,5. Disponível em:< http://www.vivaterra.org.br/vivaterra_chuva_acida.htm> Acesso em 20 de novembro de 2013 • BRENA, Nilson Antônio. A Chuva Ácida e os seus Efeitos sobre as Florestas. Disponível em: <http://www.nilsonantoniobrena.com.br/leia_agora_chuva_acida.html.>. Acesso em: 03 de maio 2013 • BRENA, Nilson Antônio. Chuva Ácida: Como se forma, problemas ambientais, clima, poluição do ar, combustíveis fósseis, gases tóxicos. Disponível em: <http://www.todabiologia.com/ecologia/chuva_acida.htm.>. Acesso em: 07 de maio 2013 • BRILHANTE, OM., and CALDAS, LQA., coord. Gestão e avaliação de risco em saúde ambiental. Disponível em: <http://www.creasp.org.br/biblioteca/wpcontent/uploads/2012/09/brilhante-8585676566.pdf.>. Acesso em: 10 de maio 2013
  20. 20. • CUNHA, Prof. Dr. Antônio Brito da / FERRI, Prof. Dr. Mário Guimarães, Biologia da Poluição, 28 Edição S.P: E.P.U. 1982. Camada de Ozônio, Chuva Ácida e Efeito Estufa. Disponível em: <http://www.zemoleza.com.br/gmini/trabalho19245.html.>. Acesso em: 30 de maio 2013 • EFEITO da chuva acida. Disponível em: <//www.jcpaiva.net/files/ensino/alunos/20022003/proj/9703 03002/Projecto/Efeitos%20da%20chuva%20%E1cida.htm>. Acesso em: 22 de maio 2013 • EXPERIMENTO e questões sobre chuva ácida Disponível em: <http://www.usp.br/qambiental/chuva_acidaExperimento.ht ml.>. Acesso em: 16 de maio 2013 • FARIA, Caroline. A chuva ácida. Disponível em: <http://www.infoescola.com/quimica/chuva-cida/.>. Acesso em: 08 de maio 2013.
  21. 21. • FIGURA 01: URL: Disponível em <http://www.usp.br/qambiental/chuva_acidaExperi mento.html>. Acesso em: 16 de maio 2013. • FIGURA 02: URL: Disponível em <http://www.usp.br/qambiental/chuva_acidaExperi mento.html>. Acesso em: 16 de maio 2013. • Fontes de energia renováveis. Disponível em: <http://www.infoescola.com/desenvolvimentosustentavel/fontes-renovaveis-de-energia/>. Acesso em: 05 de setembro de 2013 • Fontes naturais de poluição atmosférica. Disponível em:<http://www.unesp.br/pgr/manuais/subs_quimi cas.pdf> acesso em 04 de novembro 2013
  22. 22. • MARQUES, Aparecido. O que significa PH: Ácido- Neutro- Alcalino. Disponível em: <http://www.amadeuw.com.br/aMateria.php?c=62&id=205&t=O+que+signifi ca+pH%3A+%C1cido+%96+Neutro+%96+Alca lino.>. Acesso em: 20 de maio 2013 • Soren Peder Lauritz um bioquímico dinamarquês, em 1909. Disponível em <http://www.nilsonantoniobrena.xpg.com.br /a_chuva_acida.pdf> Acesso em: 20 de maio 2013

×