Computadores para educar?

Aline Michelle Bruno da Costa
Tecnófobo
O que acontece com um estudante que se
acostuma a aprender com computadores?


Há uma época adequada para cada desenvolvi...
Computadores e Imaginação
Computadores não incentivam a imaginação e a
criatividade, pelo contrário, eles as prejudicam.
Computador como fator
antissocial
 Os computadores usados cedo demais
contribuam para criar adultos insensíveis e
amorais...
Computador: aliado da
educação
O uso do computador na educação dependerá de
professores preparados.
 licenciaturas precis...
Conclusão


Devemos tratar o computador com aliado
na educação, e não com prioridade. Um
professor pode custar mais caro ...
Bibliografia


Uma revisão de argumentos a favor do uso de
computadores na educação elementar
Valdemar W. Setzer/USP.


...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Computadores para educar

68 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
68
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Computadores para educar

  1. 1. Computadores para educar? Aline Michelle Bruno da Costa Tecnófobo
  2. 2. O que acontece com um estudante que se acostuma a aprender com computadores?  Há uma época adequada para cada desenvolvimento infantil e juvenil. Qualquer aceleração indevida produz algum prejuízo; em particular, pensamos que atividades intelectuais precoces tendem a roubar das crianças a sua infância, necessária para um desenvolvimento equilibrado, o qual deveria abarcar aspectos físicos, psicológicos, artísticos, sociais e intelectuais.  Os computadores podem tornar crianças mais conscientes de seu próprio processo de pensar, isso significa que essas crianças são forçadas a se comportarem conscientemente como adultos. Crianças não deveriam ter o mesmo grau de consciência que adultos.
  3. 3. Computadores e Imaginação Computadores não incentivam a imaginação e a criatividade, pelo contrário, eles as prejudicam.
  4. 4. Computador como fator antissocial  Os computadores usados cedo demais contribuam para criar adultos insensíveis e amorais, comportando-se e reagindo como máquinas, incapazes de sentir interesse e compaixão por outras pessoas e sem responsabilidade de agir socialmente.
  5. 5. Computador: aliado da educação O uso do computador na educação dependerá de professores preparados.  licenciaturas precisam incorporar o computador na formação dos professores.  E colocar o computador como complemento da aula, e não como substituto do professor. 
  6. 6. Conclusão  Devemos tratar o computador com aliado na educação, e não com prioridade. Um professor pode custar mais caro para instituições educacionais, porém promovem convívio social entre crianças de todos os tipos. E quando colocamos os computadores como prioridade, significa a destruição de algumas de nossas mais essenciais caraterísticas humanas, que nos distinguem dos animais e das máquinas.
  7. 7. Bibliografia  Uma revisão de argumentos a favor do uso de computadores na educação elementar Valdemar W. Setzer/USP.  Os computadores e a educação. Aspectos gerais A. S. Alves/Esc. Sec. da Quinta das Flores

×