Fra Fre Fri Fro Fruta!

371 visualizações

Publicada em

Livro infantil de autoria de Mirna Brasil Portela com ilustrações de Aline Haluch. Publicado pela Escrita Fina Edições.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fra Fre Fri Fro Fruta!

  1. 1. Mirna Brasil Portella é carioca, nascida em 1974. Formou-se em direito pela PUC-Rio e trocou a amarga realidade dos processos judiciais pelo doce sabor das histórias. Pós graduada em Formação do Leitor, pela Cátedra Unesco de Leitura - PUC-Rio, é autora de Chuá! Chuá! – Gota d’água, céu e mar. Este é o seu segundo livro publicado. Aline Haluch nasceu em Curitiba em 1969. Formada em design pela UFPR, tem mestrado em design pela PUC-Rio. Cores, frutas, flores são grandes paixões, e nesse livro suculento conheceu muitas frutas novas e diferentes maneiras de representá-las. Também ilustrou A lenda do Alecrim, editado pela Escrita Fina. Fruta! Mirna Brasil Portella ilustrações Aline Haluch Banana, laranja, uva. Tudo isso é fruta, Coisa boa de comer... Vamos juntos conhecer? foto:acervopessoalfoto:acervopessoal Fra,Fre, Fri,Fro,
  2. 2. Fra,Fre,Fri,Fro, Fruta!
  3. 3. Mirna Brasil Portella ilustrações Aline Haluch Fra,Fre,Fri,Fro, Fruta!
  4. 4. Copyright© 2012 de texto by Mirna Brasil Portella Copyright© 2012 de ilustração by Aline Haluch Copyright© 2012 desta edição by Escrita Fina Edições Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, em vigor no Brasil desde 1o de janeiro de 2009. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. É proibida a reprodução total ou parcial sem a expressa anuência da editora. Coordenação editorial: Laura van Boekel Editoras assistentes: Mariana Lima e Mariana Oliveira Ilustrações, projeto gráfico e diagramação: Aline Haluch | Studio Creamcrackers CIP-Brasil. Catalogação na fonte. SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ P877f Portella, Mirna Brasil Fra, fre, fri, fro, fruta! / Mirna Brasil Portella; ilustrações Aline Haluch. 1ª – Rio de Janeiro: Escrita Fina, 2012. 24p.: il.color. ISBN 978-85-63877-68-0 1. Poesia infantojuvenil brasileira. I. Haluch, Aline, 1969-. II. Título. 12-6310. CDD: 028.5 CDU: 087.5 Escrita Fina Edições [marca da Gráfica Editora Stamppa Ltda.] Rua João Santana, 44 | Ramos Rio de Janeiro, RJ | 21031-060 Tel.: (21) 3833-5817 editoraescritafina.blogspot.com Printed in Brazil/Impresso no Brasil Para Vinicius e Rafael, frutos preciosos da minha existência. Para minha avó Cordélia, por todos os suculentos cajus do seu quintal que ajudaram a adoçar as tardes da minha infância.
  5. 5. Fra,Fre,Fri,Fro, Fruta!
  6. 6. bergamota ou mexerica. Pera, maçã e banana prata, d’água ou nanica. A tangerina é também
  7. 7. A pitomba, uma bolinha com uma casca marrom e dentro uma surpresinha que até parece bombom.
  8. 8. Mas não confunda com a manga tommy, aden, ubá, espada – a rosa é sensacional! O caju trava na língua, por isso como com sal. A mangaba, só madura, pois verde faz muito mal.
  9. 9. do cacau: o chocolate. E sabia que são frutas azeitona e tomate? Misturado com sorvete, dá b om creme o abacate. D a groselha: bom refresco,
  10. 10. O chiclete, uma surpresa: é feito de sapoti! E – duvido! – quem chupou picolé de buriti? São frutas bem saborosas e já plantadas aqui. Da China trouxeram pêssego, lichia, caqui e kiwi.
  11. 11. Do limão faz-se uma torta, em cima de um biscoitinho, que é tão boa sobremesa! Chantili vai com m orango, inesquecível é o jambo, delicada, a framboesa.
  12. 12. E quem já se deu o deleite de, escondidinho, furtar a cereja triunfante que vem o bolo enfeitar?
  13. 13. Um d ocebemconhe cido, é a tal de marmelada, feita do tal de marmelo.de um fruto bem amarelo,
  14. 14. Acerola é bom pra gripe. Puxa vida, carambola! Uma frutinha gostosa é a danada da amora, e um sorvete apetitoso é feito com graviola.
  15. 15. No Nordeste – que beleza! – são dos quintais, das esquinas, cajarana e cajá, duas frutas que são primas.
  16. 16. A musse então... nem te conto: É melhor que a de maracujá. Cupuaçu é do Norte, tem aroma bom e forte. Dele se faz bala, doce e o suco é de refrescar.
  17. 17. Pequi é fruta famosa da região do cerrado. Comem com arroz e feijão e com frango desfiado.
  18. 18. E, pra ter sorte no ano, sementinha de romã. Um suco bem refrescante é abacaxi com hortelã.
  19. 19. Laranjas, existem muitas: Seleta, Pera, Bahia – Lima é doce feito mel! Por isso, lá no Recife, chama-se mimo do céu.
  20. 20. Açaí com guaraná é gostoso de tomar. E de uma fruta – eu aposto! – ninguém quase ouviu falar: nasce na beira do rio e o seu nome é ingá.
  21. 21. a tâmara é muito antiga, de tempos que já lá vão. Coco é na beira da praia, mamão docinho é papaia, que faz bem à digestão. Abiu, ameixa, damasco, pitanga azedinha eu tasco, umbu é lá do sertão. Pupunha se come cozida,
  22. 22. Uva faz bem à saúde, seu suco é bom amiúde e alegra o coração. Jaca, jabuticaba, melão, melancia, goiaba, pinha, figo, fruta-pão. Cada um tem o seu gosto. Eu, por exemplo, confesso: morro por um jamelão!
  23. 23. Toda fruta tem seu jeito: umas podem ser docinhas, outras podem amargar. Só não vale preconceito, se é gostoso eu aproveito, o bom de tudo é provar!
  24. 24. Apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, vivi a minha infância em Rio Branco, no Acre, norte do país. Minha mãe é acriana e meu pai, pernambucano, lá do Nordeste, na outra ponta do mapa. No Acre existe uma variedade de frutas muito grande, fácil de encontrar. Na minha casa, por exemplo, tinha mangueira, goiabeira, mamoeiro, pé de jambo, carambola, pitanga, laranja e limão. Imagina? Quando iam plantar um pé de fruta novo, eu e meus irmãos disputávamos pra saber quem ia ser o dono. “A mangueira é minha!” “Não, é minha!” Uma farra só! Fora isso, tinha todos os pés de fruta da vizinhança. Hummm, no final da rua, tinha um enorme pé de jamelão, que também é conhecido como “azeitona roxa”. Passei muitas tardes encostada naquele pé de jamelão – uma fruta dos deuses, docinha, docinha. Lembro-me também de uma casa na minha rua que tinha um pé de cajá. A gente, molecada mesmo, se juntava para invadir o quintal da casa e roubar a danada da fruta. Sim, porque vou contar uma coisa: pode até não ser nada certo, mas fruta roubada de pé tem gosto especial, de aventura! Uma vez, numa dessas invasões de quintal dos outros, apareceu um cachorro e... “pernas, pra que te quero!”. Foi um tal de pular muro correndo que só vendo! Além de tudo, como falei, meu pai era pernambucano e viajávamos muito para o Nordeste, onde conheci outro tantão de fruta. A pitomba, por exemplo, me marcou muitíssimo. Experimentei no Recife pela primeira vez; é uma fruta deliciosa e tem uma casquinha que é boa à beça de abrir, dá um estalinho quando a gente abre: plect! A pinha foi em Natal, no Rio Grande do Norte. Cada fruta, uma lembrança. Mas tem um lugar onde podemos encontrar uma grande variedade de frutas: a feira. Ah, sim! A feira é um lugar especial. Não pense que é só porque as frutas não estão no pé que não têm valor. Tem fruta de tudo que é jeito, de tudo que é lugar. Cada uma com uma cor, uma forma, um cheiro, um sabor e uma história diferente. Experimentar: esse é o segredo da vida. Só quem experimenta descobre coisas novas e gostosas. E quem não tem coragem de provar, pode passar a vida sem
  25. 25. saber que existe uma coisa deliciosamente boa esperando para ser descoberta. Agora que você já sabe, corra pra feira com a mamãe, o papai, a titia, o amigo, a vizinha e faça uma gincana, um desafio: quem vai provar mais frutas? As frutas que você não gostar,deixedelado,eseacharqueafrutaélinda,experimente outra vez, que os olhos também têm apetite! Quem sabe você não acaba gostando?  As frutas aprovadas você aproveita e guarda na caixinha de coisas boas da vida. Boa fruta pra você! Mirna Brasil Portella
  26. 26. Primeira edição: novembro de 2012. Impressão: Gráfica Stamppa, RJ
  27. 27. Mirna Brasil Portella é carioca, nascida em 1974. Formou-se em direito pela PUC-Rio e trocou a amarga realidade dos processos judiciais pelo doce sabor das histórias. Pós graduada em Formação do Leitor, pela Cátedra Unesco de Leitura - PUC-Rio, é autora de Chuá! Chuá! – Gota d’água, céu e mar. Este é o seu segundo livro publicado. Aline Haluch nasceu em Curitiba em 1969. Formada em design pela UFPR, tem mestrado em design pela PUC-Rio. Cores, frutas, flores são grandes paixões, e nesse livro suculento conheceu muitas frutas novas e diferentes maneiras de representá-las. Também ilustrou A lenda do Alecrim, editado pela Escrita Fina. Fruta! Mirna Brasil Portella ilustrações Aline Haluch Banana, laranja, uva. Tudo isso é fruta, Coisa boa de comer... Vamos juntos conhecer? foto:acervopessoalfoto:acervopessoal Fra,Fre, Fri,Fro,

×