Autoconhecimento

10.498 visualizações

Publicada em

1 comentário
12 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
956
Comentários
1
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Autoconhecimento

  1. 1. AUTOCONHECIMENTO
  2. 2. O Que é?“É a capacidade inata que nos permiteperceber, de forma gradativa, tudo quenecessitamos transformar. Ao mesmotempo, amplia a consciência sobre nossospotenciais adormecidos, a fim de quepossamos vir a ser aquilo que somos emessência.”(Hammed, “Os prazeres da Alma”)
  3. 3. Por que é Importante?“O autoconhecimento nos dá a habilidade desaber como e onde agem nossos pontosfrágeis e até a quem atribuímos nossasemoções e sentimentos, facilitando-noscompreender melhor os que nos rodeiam.Caminhar no processo do autoconhecimentosignifica desenvolver gradativamente orespeito aos nossos semelhantes, impedindoque façamos projeções triviais e levianas denossas deficiências nos outros.”(Hammed, “Os prazeres da alma”)
  4. 4. Como Fazer?Convivência!!!Renova-se a criatura a cada novo contato, cadaepisódio da interação humana é um convite aocrescimento, ao estabelecimento de novosvalores na intimidade. Mesmo os desacordos edesencontros constituem escolas oportunas dereflexão e reavaliação da vida pessoal.(Ermance Dufaux, “Mereça ser feliz”)
  5. 5. Como Fazer?Reflexão!!!“O autoconhecimento requer um constanteexercício, no reino do pensamentoreflexivo, sobre as sensações externas einternas. Viver uma vida sem reflexão écomo escutar uma música sem melodia.”(Hammed, “Os prazeres da alma”)
  6. 6. Como Fazer?Reflexão!!!“Reflitamos: sentir e viver a vida interior émuito mais do que ficar pensando nela.Necessitamos tomar uma atitude deobservação interna e externa de atençãoperceptiva junto com o anseio deencontrarmos o nosso verdadeiro lugar navida, de entendermos o sentido das coisasque nos acontecem, visto que tudo tem umsignificado implícito.”(Hammed, “Um modo de entender – uma nova forma de viver”)
  7. 7. Como Fazer?Lucidez!!!“Enquanto vivermos de forma mecânica,irrefletida e sem a intervenção conscienteda lucidez e do discernimento, nosprivaremos de possuir uma mentetranquila e um coração pacificado. ”(Hammed, “Os prazeres da alma”)
  8. 8. Como Fazer?Aceitação!!!"Tenhamos em menteque não somos o que osoutros pensam e, muitas vezesnem mesmo o que pensamos ser.Mas somos, verdadeiramente, o quesentimos. Aliás, os sentimentos revelamnosso desempenho no passado,nossa atuação no presente enossa potencialidade no futuro."(Hammed, “Os prazeres da alma)
  9. 9. Como Fazer?Autorespeito!!!Nossos sentimentos são parte importante denossa vida. Se permitirmos que eles fluam em nós,então saberemos o que fazer e como nos conduzirdiante das mais variadas situações do cotidiano.Em virtude disso, não devemos nos esquecer deque, quando nos respeitamos plenamente,mostramos aos outros como eles devem nostratar. Se nós não nos aceitarmos, quem nosaceitará? Se nós não nos amarmos, quem nosamará?(Hammed, “Os prazeres da alma)
  10. 10. Escutando sentimentos...
  11. 11. Receituário oportuno• Nossos irmãos precisam ingerir comfrequência três medicações indispensáveis:
  12. 12. • A primeira é acreditar que merecem afelicidade, assim como todos os sereshumanos
  13. 13. • a segunda é parar de encontrar motivosexternos para suas dores,descobrindo-lhes ascausas íntimas
  14. 14. • A terceira é parar de pensar em felicidadepara depois da morte e tentar viver a vida domodo o mais feliz possível.
  15. 15. • A educação, convenientemente entendida,constitui a chave do progresso moral. Questão917 de O Livro dos Espíritos
  16. 16. Responsabilidade• Somos os únicos responsáveis pelos nossossentimentos.
  17. 17. Consciência• O sentimento é o espelho da vida profundado ser e expressa os recados da consciência.Nossos sentimentos são a porta que se abrepara esse mundo glorioso que se encontraoculto ,desconhecido.
  18. 18. Ética para conosco• Somos tratados como nos tratamos. Comosermos merecedores de amor do outro ,senão recebemos nem o nosso próprio?
  19. 19. Juízo de Valor• Não existem sentimentos certos ou errados
  20. 20. Automatismo e complexos• O sentimento pode ser sustentado pormecanismos alheios à vontade e à intenção
  21. 21. AutoAmor é um aprendizado• Construir um novo olhar sobre si, desenvolversentimentos elevados em relação a nós,constitui um longo caminho de experiênciasnas fieiras da educação
  22. 22. Domínio de si• Educar sentimentos é tomar posse de nóspróprios
  23. 23. Aceitação• Só existe amor a si através de uma relaçãopacífica com a sombra
  24. 24. Renovação do sistema de crenças• Superar os preconceitos.• Julgamentos formulados a partir do sistemade crenças desenvolvidas com base na opiniãoalheia desde infância.
  25. 25. Ação no bem• Integração em projetos solidários. A aquisição devalor pessoal e convivência com a dor alheia trazemgratidão,estima pelas vivências pessoais.• Cuidando bem de nós próprios ,somos,simultaneamente ,levados a estender ao próximo otratamento que aplicamos a nós.• Quando aprendemos a gostar de nós ,independentede sermos amados ,passamos a experimentar maisalegria em amar.• A ética de amor a si deve estar afinada com o amorao próximo
  26. 26. Assertividade• Diálogo interno. Uma negociação íntima parazelar pelos limites do interesse pessoal
  27. 27. Florescer a singularidade• O maior sinal de maturidade. Estamos muitoafastados do que realmente somos.
  28. 28. Identificação das intenções• Aprender a reconhecer o que queremos, qualnossa busca na vida.• Quase sempre somos treinados a saber o quenão queremos
  29. 29. Sentir-se bem consigo é sinônimo defelicidade ,acesso à liberdade.• É permitir que a centelha sagrada de DEUS seacenda em nós.Conhecer a arte de manejarcaracteres.
  30. 30. • “O amor é de essência divina e todos voz ,doprimeiro ao último ,tendes ,no fundo docoração ,a centelha desse fogo sagrado.”Fénelon
  31. 31. • Somos todos interdependentes ,precisamos uns dosoutros ,mas não a ponto de depositar em algo oualguém a responsabilidade de nos fazer felizes oudeterminar nossas escolhas .• Ouviremos a todos e refletiremos sobre tudo queaconteça ,tomando por divisa o compromisso damelhoria e do crescimento gradativo .• Acima de tudo,porém ,é bom guardar por guiainfalível os sentimentos positivos ,a consciênciaindividual.
  32. 32. Escutar os sentimentos. Nos sentimentos está omapa de nosso plano DivinoAprender a ouvi-los sem os ruídos da ilusão seráa nossa sintonia com o Deus Interno.Quem adquire autonomia fica bem consigo,torna-se ótima companhia para si e passa abuscar, automaticamente, com maisintensidade, o próximo, o trabalho.
  33. 33. Quem se ama dispensa a imponênciadas máscaras• É feliz por ser quem é. Aprendeu que “Deleporem ,depende a suavização de seus males eo ser tão feliz quanto possível na terra.”• Questão 920-Livro dos Espíritos/Allan Kardec.

×