Regionalização Brasileira

1.121 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.121
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
162
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regionalização Brasileira

  1. 1. Brasil: dinâmicasterritoriais e econômicas
  2. 2. DIVISÃO REGIONAL OU Dividir em macrorregiões que se individualizem por Condições
  3. 3. A DIVISÃO REGIONAL DO IBGE(2007) O Brasil, segundo o IBGE, está dividido em 5 grandes regiões.  Cada uma dessas regiões apresenta características específicas do quadro natural, da demografia e da economia que as individualizam.
  4. 4. PRECISO DA PARTICIPAÇÃO DE VOCÊS. POR QUE REGIONALIZAR?  Além de servir para descentralizar a administração e, assim, planejar melhor as ações governamentais, a regionalização também facilita a reunião de informações e a realização de estudos sobre determinado território.
  5. 5. DIVISÃO REGIONAL
  6. 6. MAS...NEM SEMPRE FOI ASSIM.VAMOS ENTENDER UM POUCO DA REGIONALIZAÇÃO DO NOSSO PAÍS.
  7. 7. Em 1942 foi realizada a primeira divisão regional do Brasil sob atutela do IBGE, o país foi dividido em 5 grandes regiões; Norte, Nordeste, Leste, Centro-oeste e Sul. OBSERVEM O MAPA:
  8. 8. A divisão regional de 1970 levou em conta as novas descobertas do território em função do avanço tecnológico e também a mudança do país no tocante à urbanização eindustrialização, foi uma divisão de múltiplos aspectos; os naturais, os sociais e os econômicos.
  9. 9. REGIONALIZAÇÃO DE 1980 A região Centro-Oeste ganha um novo Estado. Qual??????? Muito bem!!!
  10. 10. As 5 regiões que conhecemos hoje , são as mesmas de 1970 com a exceção de Tocantins, presente na região Norte e a supressão da sua área da região Centro Oeste.
  11. 11.  Outras mudanças dentro da regionalização brasileira: 1960: transferência da capital nacional para Brasília e criação do Distrito Federal no estado de Goiás; 1977: desmembramento do Mato Grosso e criação do Mato Grosso do Sul; 1982: território do Guaporé passa a ser reconhecido como estado de Rondônia; 1988: territórios do Amapá e Roraima passam a ser reconhecidos como estados;- Fernando de Noronha deixa de ser território federal e passa a ser um município de Pernambuco;- Goiás é desmembrado e sua porção norte passa a ser o estado do Tocantins
  12. 12. A título de conhecimento. As Regiões e os respectivos Estados: 1 – Norte – AM, AP, AC, PA, TO, RO e RR; 2 – Nordeste – BA, PE, CE, PB, MA, RN, AL, SE e PI; 3 – Sudeste – SP, RJ, MG e ES; 4 – Centro-Oeste – MS, MT, GO e DF; 5 – Sul – PR, SC e RS.
  13. 13. Divisão geoeconômica (Complexos Regionais)  Divisão que separa o Brasil em 3 grandes complexos regionais. Essa divisão foi proposta pelo geógrafo Pedro Pinchas em 1967, considerando as diferentes formações históricas e econômicas das regiões sem se ater as delimitações das fronteiras políticas interestaduais, não havendo a preocupação em colocar os estados por completos em um mesmo complexo.
  14. 14. OU SEJA... NÃO SEGUE A REGIONALIZAÇÃO POLÍTICA- ADMINISTRATIVA.VEJAMOS O MAPA... DESIGUALDADE REGIAONAL???
  15. 15. Políticas regionais no Brasil Com o objetivo de diminuir as desigualdades socioeconômicas existentes entre as regiões brasileiras e estimular o desenvolvimento regional, foram criadas instituições governamentais, são elas:- SUDENE - SUDESUL- SUDAM- SUDECO
  16. 16. Nenhuma divisão feita no Brasil foi mais marcante do que essa dos três complexos regionais que identifica com bastante precisão o Brasil da Amazônia e sua intimidade com a natureza, o Brasil do Nordeste comos seus graves problemas sociais e oBrasil do Centro-Sul, dinâmico e forte na sua economia.
  17. 17. VEJAMOS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DE CADA COMPLEXO...
  18. 18. AMAZÔNIA Espaço gigantesco com aproximadamente 5 milhões de Km² ou 60% do país. Apenas 7% dos brasileiros vivem nessa imensidão de planícies e terras baixas. Grandes extensões de rios navegáveis e grande potencial hidroelétrico já avaliado e parcialmente utilizado. Clima equatorial quente e úmido com a presença da exuberante floresta Amazônica.
  19. 19. NORDESTE Região com cerca de 1,5 milhão de km2 abrangendo cerca de 18% do território nacional. População estimada em 30% de todos os brasileiros, É sem dúvida uma região problema, mas não devido à seca que ocorre em apenas uma das várias partes do seu território. A maior parte da população desse território nordestino concentra-se na faixa mais úmida que é a zona da mata. O que individualiza o nordeste é o seu quadro social marcado pela pobreza e a sua economia tradicional
  20. 20. CENTRO-SUL Com 2 milhões de km², representa cerca de 25% do território e quase 70% da população do país. É a região mais populosa e a mais povoada do país, marcada por um grande dinamismo nas atividades econômicas, possuindo os melhores índices de desenvolvimento humano (IDH). Em 1960 as regiões sul e sudeste somadas apresentavam 91% do valor da transformação industrial e agropecuária do país e em 1994 representavam 78% do PIB nacional. PIB de SP equivalia ao PIB de 21 estados da federação formadores das regiões norte, nordeste , centro oeste e sul.
  21. 21. PELOS NOVOS PROJETOS SERIAM CRIADOS... Na Região Norte, os Estados de Solimões e Tapajos, Alto Rio Negro e Jupiá. A Região Nordeste ganharia os Estados do Maranhão do Sul, Rio São Francisco. O Sudeste, por sua vez, teria três novos Estados: São Paulo do Leste, Minas do Norte e Triângulo. Além disso, seria recriado o Estado da Guanabara. No Centro-Oeste, seria o Araguaia. Apenas a Região Sul continuaria com os atuais três Estados: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
  22. 22. PROJETOS DE CRIAÇÃO DENOVOS ESTADOS
  23. 23. OS QUATRO “BRASIS”
  24. 24. A ECONOMIA AGROEXPOSTADORA Economia açucareira (séculos XVIExploração da e XVII)Borracha (final século XIX e início do século XX) Cafeicultura Mineração (século XIX) (séculos XVII e XVIII) Pecuária (séculos XVII e XVIII) Mineração+Pecuária =

×