Successfully reported this slideshow.

Aminoácidos e proteínas

5.688 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aminoácidos e proteínas

  1. 1. Aminoácidos A estrutura geral de um aminoácido envolve umgrupo amina(NH2) e um grupocarboxila(COOH),ambos ligados a um carbonocentral, quase sempre assimétrico, dito carbonoα; que também é ligado a um hidrogênio e a umacadeia lateral, que é representado pela letra “R”,responsável pela diferenciação entre os 20 AAexistentes. É o radical quem define uma série decaracterísticas, tais como polaridade e grau deionização em solução aquosa.
  2. 2. Aminoácidos Os aminoácidos se dividem em naturais, ou não essenciais, e em essenciais.Aminoácidos essenciais (para a espécie humana) são nove: fenilalanina, histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, treonina, triptofano e valina.Aminoácidos naturais são: o ácido aspártico, ácido glutâmico, a alanina, arginina, asparagina, cisteína, cistina, glicina, glutamina, ornitina, prolina, serina, taurina e tirosina.
  3. 3. AminoácidosPropriedades Físicas• Atividade Óptica• Propriedade Elétrica (ácido/básica)• Solubilidade• Ponto de Fusão
  4. 4. AminoácidosPropriedades Químicas• Reações do grupo α-COOH• Reações dos grupos α-NH3 e ε-NH2• Reações dos radicais R
  5. 5. AminoácidosImportância Os aminoácidos representam 20% do corpo humano e são unidades fundamentais para a constituição de proteínas, que são moléculas essenciais para manter o funcionamento de qualquer organismo vivo, além de executar importantes funções como neurotransmissores, na formação de hormônios, medicamentos, metilação, etc.
  6. 6. AminoácidosExemploFenilalanina É um composto natural que está presente em todas as proteínas (vegetais ou animais). O corpo humano necessita da fenilalanina, pois é uma parte integral de todas as proteínas do nosso corpo. Os humanos não conseguem sintetizar a fenilalanina, logo é um componente essencial da nossa dieta diária, sem ela o corpo não consegue funcionar. A fenilalanina é encontrada no aspartame, um adoçante, substituto do açúcar e muito utilizado em bebidas, principalmente refrigerantes.
  7. 7. Proteínas Pertencem à classe dos peptídeos, pois são formadas por aminoácidos ligados entre si por ligações peptídicas. Uma ligação peptídica é a união do grupo amino (-NH 2 ) de um aminoácido com o grupo carboxila (-COOH) de outro aminoácido, através da formação de uma amida.
  8. 8. ProteínasEstruturasEstrutura Primária• Representado peIa sequência de aminoácidos unidos através das ligações peptídicas.
  9. 9. ProteínasEstruturasEstrutura Secundária• Representado por dobras na cadeia (α - hélice), que são estabilizadas por pontes de hidrogênio.
  10. 10. ProteínasEstruturasEstrutura Terciária• Ocorre quando a proteína sofre um maior grau de enrolamento e surgem, então, as pontes de dissulfeto para estabilizar este enrolamento.
  11. 11. ProteínasEstruturasEstrutura Quaternária• Ocorre quando quatro cadeias polipeptídicas se associam através de pontes de hidrogênio, como ocorre na formação da molécula da hemoglobina (tetrâmero).
  12. 12. ProteínasPropriedades Físicas• Especificidade: cada espécie sintetiza suas próprias proteínas, as quais apresentam estruturas primárias características.• Solubilidade: esta propriedade diz respeito às interações com a água (ambiente aquoso).• Desnaturação : a desnaturação proteica é a perda da funcionalidade em decorrência de uma alteração conformacional, originada pela ruptura de algumas ligações de sua estrutura (em nível de estruturas quaternária, terciária e secundária).
  13. 13. ProteínasPropriedades Físicas• Ponto isoelétrico (PI): A carga elétrica total de uma proteína é dada pelo somatório das cargas dos R dos aminoácidos, as quais dependem, por sua vez, dos pkas e do pH do meio.
  14. 14. ProteínasImportância• Estrutural e Contrátil - participam como matéria-prima na construção de estruturas celulares e histológicas.• Função Enzimática - As enzimas são proteínas especiais com função catalítica, ou seja, aceleram ou retardam reações bioquímicas que ocorrem nas células.• Função Hormonal - Muitos hormônios são, na verdade, proteínas especializadas na função de estimular ou inibir a atividade de determinados órgãos, sendo portando reguladores do metabolismo.• Transporte – muitas proteínas são transportadoras de nutrientes e metabólitos entre fluidos e tecidos; de uma forma geral, transportam ativamente substâncias.
  15. 15. ProteínasImportância• Função de Defesa - Em nosso sistema imunológico, existem células especializadas na identificação de proteínas presentes nos organismos invasores, que serão consideradas "estranhas". Estas proteínas invasoras denominam-se antígenos e estimulam o organismo a produzir outras proteínas especializadas no combate às invasoras. Estas proteínas de defesa são denominadas anticorpos e combinam-se quimicamente aos antígenos com o objetivo de neutralizá-los.• Função Nutritiva – qualquer proteína exerce esta função, enquanto não apresentar propriedades tóxicas
  16. 16. ProteínasImportância• Função Reguladora - Esta função é desempenhada por um grupo especial de proteínas denominadas vitaminas.• Coagulação sanguínea - vários são os fatores da coagulação que possuem natureza proteica, como por exemplo: fibrinogênio, globulina anti-hemofílica, etc.
  17. 17. Proteínas Exemplos
  18. 18. Proteínas Alimentação
  19. 19. ProteínasVestuário
  20. 20. Referências bibliográficas• http://www.johnkyrk.com/aminoacid.pt.swf , acessado em 08/06/2012• Feltre, Ricardo. Química: Química orgânica, Vol.3. São Paulo: Moderna, 1994.• http://www.enq.ufsc.br/labs/probio/disc_eng_bioq/trabalhos_pos2004/constituintes_micro org/proteinas.htm , acessado em 08/06/2012• http://pt.scribd.com/doc/2216509/Estudo-Dirigido-Aminoacidos , acessado em 08/06/2012• http://www.universitario.com.br/celo/topicos/subtopicos/citologia/bioquimica/proteinas.ht ml, acessado em 26/06/2012• http://www.ufpel.edu.br/iqg/db/Textos%20Complementares/Resumo%20sobre%20Propried ades%20das%20Prote%EDnas.pdf, acessado em 19/06/2012

×