SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Desleixo e incúria na “Linha do Tua”
A Linha do Tua 1. Breve descrição A linha ferroviária do Tua é uma linha de via estreita (distância entre carris de 1 m), com uma  extensão de 133,8 km e que ligou durante quase 100 anos a estação do Tua à estação de Bragança.  A partir do início dos anos 90, o acesso a Bragança é interrompido em dois tempos. Primeiro, em  Dezembro de 1991, é encerrado o troço de 28,7 km entre Mirandela (km 54,1) e Macedo de  Cavaleiros (km 82,8), depois, em 1992, o troço entre Macedo de Cavaleiros e Bragança.  A  Linha do Tua  vê assim a sua extensão reduzida para cerca de  54 km  entre  Tua  e  Mirandela .  (Apresenta-se em seguida a localização da Linha do Tua no diagrama das linhas férreas a norte do Porto).
 
2. Cronologia da Obra ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
fotos .afasoft.net/div/ tua .html
fotos .afasoft.net/div/ tua .html
Desleixo ou incompetência? Existem meios humanos e materiais para os trabalhos de  inspecção  da linha e para as obras de  manutenção  e de  reparação  que são necessárias em qualquer obra, nomeadamente de utilização pública?  Se sim, os defeitos que a seguir se apresentam são fruto de desleixo.  Se não, são a consequência da incompetência de quem tem a responsabilidade de garantir a segurança de pessoas e bens. A linha sofre, entre outras deficiências, da falta de alinhamento dos carris, do empeno destes, do  apodrecimento das travessas de madeira, da má ligação entre os carris e as travessas, de juntas  inoperacionais ou em péssimo estado de utilização e, eventualmente, da falta de estabilização dos  taludes que ladeiam a via.  As consequências não podiam deixar de aparecer: em 120 anos de vida da obra ocorreram num único  ano (de Fevereiro de 2007 a Agosto de 2008) 4 acidentes de que resultaram 4 mortos e 31 feridos.
A reportagem fotográfica que a seguir se apresenta consta do relatório 9/08 da Manutenção Norte (MN) da EMEF (“Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, S.A.”, comparticipada da  CP) intitulado “Reportagem de Situações Irregulares da Via na Linha do Tua com Forte Impacto  na Estabilidade da Automotora e na sua Qualidade de Inscrição na Via”.  http://www.moptc.pt/tempfiles/20081028110805moptc.pdf É de assinalar que a empresa tem como objecto a manutenção de (...) material circulante e não  está vocacionada para operações de inspecção, manutenção, reparação e/ou reabilitação de vias  ferroviárias. Estes trabalhos são provavelmente da responsabilidade da REFER ou, eventualmente,  da empresa Metro de Mirandela como entidade exploradora.  Reportagem fotográfica
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Defeitos de alinhamento. Empeno
Empeno
  Travessas podres, rachadas.  (algumas têm 40 anos, outras foram substituídas há mais de 18 anos.)
Travessa podre, carril solto.
Inaceitável ligação travessa –carril
Interessante “fixação” de um carril a uma travessa
Juntas entre carris NOTA :  Uma moeda de 2 euros tem cerca de 25mmm de diâmetro e 2 mm de espessura As fotos que se seguem dispensam qualquer comentário sobre o estado do nivelamento e da largura das  juntas de dilatação entre carris.
Desnivelamento
Largura excessiva
 
 
Junta “nivelada” com 2 calços
Fecho total de junta, com sinais de rotura.
Rotura de junta
O estado das superfícies de contacto da roda com o carril. -Mesa de rolamento (superfície superior). - Faces internas do carril.
Mesa de rolamento com grande desgaste ondulatório
Face interna do carril rugosa e com grande desgaste
Mesa de rolamento com roturas do bordo inferior
Descasque do bordo da mesa de rolamento
Face interior com grande desgaste e bordo com roturas localizadas
O movimento dos carris devidos à acção térmica  (abertura e aperto das juntas de dilatação)
Abertura excessiva
Deslocamento de origem térmica (carril solto)
Fecho total de junta por contracção de origem térmica
Acidentes ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O acidente de 22 de Agosto de 2008 1 morto e 25 feridos
 
 
O que a Sr.ª Secretária de Estado dos Transportes não viu ou não soube ver, mau grado ser licenciada em engenharia civil pelo IST.
“ ...não parecem haver deficiências profundas  na infraestrutura da linha...” (declaração proferida pela Sr.ª Secretária de Estado a 22 de  Agosto de 2008)... Os carris estão desalinhados e as travessas  podres!
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Conclusão: Inspecção e manutenção das obras públicas? O que é isso? Prejuízos de vária ordem? Que o contribuinte pague. Os mortos? Que deles Deus se ocupe. Luis Leite Pinto, 8 de Dezembro de 2008  ( Eng. Civil, IST )

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Social Media Monitoring - Deutschland
Social Media Monitoring - DeutschlandSocial Media Monitoring - Deutschland
Social Media Monitoring - DeutschlandFlorian Haarhaus
 
Vocabulary lesson 7 word list
Vocabulary lesson 7   word listVocabulary lesson 7   word list
Vocabulary lesson 7 word listAndy Lombardo
 
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna Coverage
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna CoverageLow Power FM Radio Stations, Products and General Antenna Coverage
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna CoverageFrank Massa
 
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014ESADE
 
Office depot duales studium
Office depot duales studiumOffice depot duales studium
Office depot duales studiumodface
 
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...Axonn Media
 
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1Silvia Weidenauer
 

Destaque (8)

Diseño web salamanca
Diseño web salamancaDiseño web salamanca
Diseño web salamanca
 
Social Media Monitoring - Deutschland
Social Media Monitoring - DeutschlandSocial Media Monitoring - Deutschland
Social Media Monitoring - Deutschland
 
Vocabulary lesson 7 word list
Vocabulary lesson 7   word listVocabulary lesson 7   word list
Vocabulary lesson 7 word list
 
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna Coverage
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna CoverageLow Power FM Radio Stations, Products and General Antenna Coverage
Low Power FM Radio Stations, Products and General Antenna Coverage
 
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014
INFORME ECONÓMICO de ESADE - Julio 2014
 
Office depot duales studium
Office depot duales studiumOffice depot duales studium
Office depot duales studium
 
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...
140 Super Awesome Content Marketing Twitter Accounts Every Marketer Should Fo...
 
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1
Bericht Zukunftfrauen Projekt Oktober bis Dezember 2010 v1
 

Semelhante a Desleixo na Linha do Tua

LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docx
LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docxLAUDO PARA ASFALTO DENIT.docx
LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docxcesarcarlos20
 
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdfWILIANEDEALMEIDALIMA
 
TTT-A solução Chelas-Barreiro
TTT-A solução Chelas-BarreiroTTT-A solução Chelas-Barreiro
TTT-A solução Chelas-BarreiroL L P
 
Parecer EIA Mondim de Basto
Parecer EIA Mondim de BastoParecer EIA Mondim de Basto
Parecer EIA Mondim de BastoMiguel Borges
 
Trabalho do rio tua
Trabalho do rio tuaTrabalho do rio tua
Trabalho do rio tuaPedroGil100
 
Ota-Não!
Ota-Não!Ota-Não!
Ota-Não!L L P
 
Monotrilho - Uma Tragédia Anunciada
Monotrilho - Uma Tragédia AnunciadaMonotrilho - Uma Tragédia Anunciada
Monotrilho - Uma Tragédia AnunciadaCarlos Elson
 
Ota versus Alcochete
Ota versus AlcocheteOta versus Alcochete
Ota versus AlcocheteL L P
 
Plano emergencia transporte produtos perigosos
Plano emergencia transporte produtos perigososPlano emergencia transporte produtos perigosos
Plano emergencia transporte produtos perigososPaulo H Bueno
 

Semelhante a Desleixo na Linha do Tua (11)

LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docx
LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docxLAUDO PARA ASFALTO DENIT.docx
LAUDO PARA ASFALTO DENIT.docx
 
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf
18 - Album_de_projetos_tipo_dispositivos_de_drenagem_ipr_736.pdf
 
TTT-A solução Chelas-Barreiro
TTT-A solução Chelas-BarreiroTTT-A solução Chelas-Barreiro
TTT-A solução Chelas-Barreiro
 
Parecer EIA Mondim de Basto
Parecer EIA Mondim de BastoParecer EIA Mondim de Basto
Parecer EIA Mondim de Basto
 
Trabalho do rio tua
Trabalho do rio tuaTrabalho do rio tua
Trabalho do rio tua
 
Ota-Não!
Ota-Não!Ota-Não!
Ota-Não!
 
Ota2
Ota2Ota2
Ota2
 
Ota
OtaOta
Ota
 
Monotrilho - Uma Tragédia Anunciada
Monotrilho - Uma Tragédia AnunciadaMonotrilho - Uma Tragédia Anunciada
Monotrilho - Uma Tragédia Anunciada
 
Ota versus Alcochete
Ota versus AlcocheteOta versus Alcochete
Ota versus Alcochete
 
Plano emergencia transporte produtos perigosos
Plano emergencia transporte produtos perigososPlano emergencia transporte produtos perigosos
Plano emergencia transporte produtos perigosos
 

Mais de alex

Cultura Geral
Cultura GeralCultura Geral
Cultura Geralalex
 
Bilblia De Anedotas
Bilblia De AnedotasBilblia De Anedotas
Bilblia De Anedotasalex
 
O Voo do Ganso
O Voo do GansoO Voo do Ganso
O Voo do Gansoalex
 
Como tratar de Queimaduras
Como tratar de Queimaduras Como tratar de Queimaduras
Como tratar de Queimaduras alex
 
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintas
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De TintasO Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintas
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintasalex
 
Envelhecer
EnvelhecerEnvelhecer
Envelheceralex
 
Um Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografos
Um Dia Em Africa Visto Por 100 FotografosUm Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografos
Um Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografosalex
 
Fotografias com alma
Fotografias com almaFotografias com alma
Fotografias com almaalex
 
Shangai, China
Shangai,  ChinaShangai,  China
Shangai, Chinaalex
 
Antigas Profissoes em Lisboa
Antigas Profissoes em LisboaAntigas Profissoes em Lisboa
Antigas Profissoes em Lisboaalex
 
Chapada Diamantina
Chapada DiamantinaChapada Diamantina
Chapada Diamantinaalex
 
Rachel Corrie
Rachel CorrieRachel Corrie
Rachel Corriealex
 
Fotos submarinas de david doubilet
Fotos submarinas de david doubiletFotos submarinas de david doubilet
Fotos submarinas de david doubiletalex
 
O Paraiso Na Terra
O Paraiso Na TerraO Paraiso Na Terra
O Paraiso Na Terraalex
 
Japan
JapanJapan
Japanalex
 
Caricaturas Famosas
Caricaturas FamosasCaricaturas Famosas
Caricaturas Famosasalex
 
1000 ilhas
1000 ilhas1000 ilhas
1000 ilhasalex
 
Vidro Do Carro ...Sujo
Vidro Do Carro ...SujoVidro Do Carro ...Sujo
Vidro Do Carro ...Sujoalex
 
Duvidas Que Nos Perseguem
Duvidas Que Nos PerseguemDuvidas Que Nos Perseguem
Duvidas Que Nos Perseguemalex
 
Sacos Plásticos
Sacos PlásticosSacos Plásticos
Sacos Plásticosalex
 

Mais de alex (20)

Cultura Geral
Cultura GeralCultura Geral
Cultura Geral
 
Bilblia De Anedotas
Bilblia De AnedotasBilblia De Anedotas
Bilblia De Anedotas
 
O Voo do Ganso
O Voo do GansoO Voo do Ganso
O Voo do Ganso
 
Como tratar de Queimaduras
Como tratar de Queimaduras Como tratar de Queimaduras
Como tratar de Queimaduras
 
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintas
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De TintasO Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintas
O Dia Em Que Deus Derrubou A Caixa De Tintas
 
Envelhecer
EnvelhecerEnvelhecer
Envelhecer
 
Um Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografos
Um Dia Em Africa Visto Por 100 FotografosUm Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografos
Um Dia Em Africa Visto Por 100 Fotografos
 
Fotografias com alma
Fotografias com almaFotografias com alma
Fotografias com alma
 
Shangai, China
Shangai,  ChinaShangai,  China
Shangai, China
 
Antigas Profissoes em Lisboa
Antigas Profissoes em LisboaAntigas Profissoes em Lisboa
Antigas Profissoes em Lisboa
 
Chapada Diamantina
Chapada DiamantinaChapada Diamantina
Chapada Diamantina
 
Rachel Corrie
Rachel CorrieRachel Corrie
Rachel Corrie
 
Fotos submarinas de david doubilet
Fotos submarinas de david doubiletFotos submarinas de david doubilet
Fotos submarinas de david doubilet
 
O Paraiso Na Terra
O Paraiso Na TerraO Paraiso Na Terra
O Paraiso Na Terra
 
Japan
JapanJapan
Japan
 
Caricaturas Famosas
Caricaturas FamosasCaricaturas Famosas
Caricaturas Famosas
 
1000 ilhas
1000 ilhas1000 ilhas
1000 ilhas
 
Vidro Do Carro ...Sujo
Vidro Do Carro ...SujoVidro Do Carro ...Sujo
Vidro Do Carro ...Sujo
 
Duvidas Que Nos Perseguem
Duvidas Que Nos PerseguemDuvidas Que Nos Perseguem
Duvidas Que Nos Perseguem
 
Sacos Plásticos
Sacos PlásticosSacos Plásticos
Sacos Plásticos
 

Desleixo na Linha do Tua

  • 1. Desleixo e incúria na “Linha do Tua”
  • 2. A Linha do Tua 1. Breve descrição A linha ferroviária do Tua é uma linha de via estreita (distância entre carris de 1 m), com uma extensão de 133,8 km e que ligou durante quase 100 anos a estação do Tua à estação de Bragança. A partir do início dos anos 90, o acesso a Bragança é interrompido em dois tempos. Primeiro, em Dezembro de 1991, é encerrado o troço de 28,7 km entre Mirandela (km 54,1) e Macedo de Cavaleiros (km 82,8), depois, em 1992, o troço entre Macedo de Cavaleiros e Bragança. A Linha do Tua vê assim a sua extensão reduzida para cerca de 54 km entre Tua e Mirandela . (Apresenta-se em seguida a localização da Linha do Tua no diagrama das linhas férreas a norte do Porto).
  • 3.  
  • 4.
  • 5.  
  • 8. Desleixo ou incompetência? Existem meios humanos e materiais para os trabalhos de inspecção da linha e para as obras de manutenção e de reparação que são necessárias em qualquer obra, nomeadamente de utilização pública? Se sim, os defeitos que a seguir se apresentam são fruto de desleixo. Se não, são a consequência da incompetência de quem tem a responsabilidade de garantir a segurança de pessoas e bens. A linha sofre, entre outras deficiências, da falta de alinhamento dos carris, do empeno destes, do apodrecimento das travessas de madeira, da má ligação entre os carris e as travessas, de juntas inoperacionais ou em péssimo estado de utilização e, eventualmente, da falta de estabilização dos taludes que ladeiam a via. As consequências não podiam deixar de aparecer: em 120 anos de vida da obra ocorreram num único ano (de Fevereiro de 2007 a Agosto de 2008) 4 acidentes de que resultaram 4 mortos e 31 feridos.
  • 9. A reportagem fotográfica que a seguir se apresenta consta do relatório 9/08 da Manutenção Norte (MN) da EMEF (“Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, S.A.”, comparticipada da CP) intitulado “Reportagem de Situações Irregulares da Via na Linha do Tua com Forte Impacto na Estabilidade da Automotora e na sua Qualidade de Inscrição na Via”. http://www.moptc.pt/tempfiles/20081028110805moptc.pdf É de assinalar que a empresa tem como objecto a manutenção de (...) material circulante e não está vocacionada para operações de inspecção, manutenção, reparação e/ou reabilitação de vias ferroviárias. Estes trabalhos são provavelmente da responsabilidade da REFER ou, eventualmente, da empresa Metro de Mirandela como entidade exploradora. Reportagem fotográfica
  • 10.
  • 13. Travessas podres, rachadas. (algumas têm 40 anos, outras foram substituídas há mais de 18 anos.)
  • 16. Interessante “fixação” de um carril a uma travessa
  • 17. Juntas entre carris NOTA : Uma moeda de 2 euros tem cerca de 25mmm de diâmetro e 2 mm de espessura As fotos que se seguem dispensam qualquer comentário sobre o estado do nivelamento e da largura das juntas de dilatação entre carris.
  • 20.  
  • 21.  
  • 23. Fecho total de junta, com sinais de rotura.
  • 25. O estado das superfícies de contacto da roda com o carril. -Mesa de rolamento (superfície superior). - Faces internas do carril.
  • 26. Mesa de rolamento com grande desgaste ondulatório
  • 27. Face interna do carril rugosa e com grande desgaste
  • 28. Mesa de rolamento com roturas do bordo inferior
  • 29. Descasque do bordo da mesa de rolamento
  • 30. Face interior com grande desgaste e bordo com roturas localizadas
  • 31. O movimento dos carris devidos à acção térmica (abertura e aperto das juntas de dilatação)
  • 33. Deslocamento de origem térmica (carril solto)
  • 34. Fecho total de junta por contracção de origem térmica
  • 35.
  • 36. O acidente de 22 de Agosto de 2008 1 morto e 25 feridos
  • 37.  
  • 38.  
  • 39. O que a Sr.ª Secretária de Estado dos Transportes não viu ou não soube ver, mau grado ser licenciada em engenharia civil pelo IST.
  • 40. “ ...não parecem haver deficiências profundas na infraestrutura da linha...” (declaração proferida pela Sr.ª Secretária de Estado a 22 de Agosto de 2008)... Os carris estão desalinhados e as travessas podres!
  • 41.
  • 42.
  • 43. Conclusão: Inspecção e manutenção das obras públicas? O que é isso? Prejuízos de vária ordem? Que o contribuinte pague. Os mortos? Que deles Deus se ocupe. Luis Leite Pinto, 8 de Dezembro de 2008 ( Eng. Civil, IST )