SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
FILO CNIDARIAFILO CNIDARIA
ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.
DIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIAL
TUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETO
MECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTOR
FORMA DO CORPOFORMA DO CORPO
MEDUSAMEDUSAPÓLIPOPÓLIPO
Classe Características Exemplo
Hydrozoa Pólipos predominantes Hidra, Physalia
Scyphozoa Medusas predominantes Aurelia
Anthozoa Exclusivamente polipóides Actinia
RECIFES DE CORAISRECIFES DE CORAIS
CONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAIS
Substrato calcário.
Ondas fortes: garantindo boa oxigenação da água e
suprimento de nutrientes.
Salinidade constante: entre 32 e 35%.
Pouca profundidade: até 70 metros, o que assegura boa
luminosidade.
Temperatura alta: acima de 20 °C.
Águas limpas: com poucos sedimentos em suspensão.
Substrato calcário.
Ondas fortes: garantindo boa oxigenação da água e
suprimento de nutrientes.
Salinidade constante: entre 32 e 35%.
Pouca profundidade: até 70 metros, o que assegura boa
luminosidade.
Temperatura alta: acima de 20 °C.
Águas limpas: com poucos sedimentos em suspensão.
A3 b3   filo cnidaria
A3 b3   filo cnidaria

Mais conteúdo relacionado

Destaque (16)

FILO PLATYHEMLMINTES
FILO PLATYHEMLMINTESFILO PLATYHEMLMINTES
FILO PLATYHEMLMINTES
 
FILOS ANIMAIS
FILOS ANIMAISFILOS ANIMAIS
FILOS ANIMAIS
 
FILO NEMATODA
FILO NEMATODAFILO NEMATODA
FILO NEMATODA
 
Apostila - Zoologia
Apostila - ZoologiaApostila - Zoologia
Apostila - Zoologia
 
ROTEIRO PARA OBSERVAÇÃO DE ARTRÓPODES NO LABORATÓRIO
ROTEIRO PARA OBSERVAÇÃO DE ARTRÓPODES NO LABORATÓRIOROTEIRO PARA OBSERVAÇÃO DE ARTRÓPODES NO LABORATÓRIO
ROTEIRO PARA OBSERVAÇÃO DE ARTRÓPODES NO LABORATÓRIO
 
2013 a2 - embriologia
2013   a2 - embriologia2013   a2 - embriologia
2013 a2 - embriologia
 
2011 fungos
2011   fungos2011   fungos
2011 fungos
 
A1 taxionomia aula 1 - nocoes de evolucao
A1   taxionomia aula 1 - nocoes de evolucaoA1   taxionomia aula 1 - nocoes de evolucao
A1 taxionomia aula 1 - nocoes de evolucao
 
virus - caract, estrut, infeccao viral, ciclo hiv
virus - caract, estrut, infeccao viral, ciclo hivvirus - caract, estrut, infeccao viral, ciclo hiv
virus - caract, estrut, infeccao viral, ciclo hiv
 
Reinos, dominios, cladogramas e arvores filogeneticas
Reinos, dominios, cladogramas e arvores filogeneticas Reinos, dominios, cladogramas e arvores filogeneticas
Reinos, dominios, cladogramas e arvores filogeneticas
 
B1 viroses
B1   virosesB1   viroses
B1 viroses
 
Vírus face
Vírus faceVírus face
Vírus face
 
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomialA1   taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
A1 taxionomia aula 2 - lineu categorias e nomenclatura binomial
 
Bacterioses
BacteriosesBacterioses
Bacterioses
 
B1 protozoários
B1   protozoáriosB1   protozoários
B1 protozoários
 
REINO MONERA
REINO MONERAREINO MONERA
REINO MONERA
 

Semelhante a A3 b3 filo cnidaria

Semelhante a A3 b3 filo cnidaria (20)

Necrose
NecroseNecrose
Necrose
 
Excreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power PointExcreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power Point
 
Aula cordados
Aula cordadosAula cordados
Aula cordados
 
Filo cordados
Filo cordadosFilo cordados
Filo cordados
 
Membrana Plasmática .pdf
Membrana Plasmática .pdfMembrana Plasmática .pdf
Membrana Plasmática .pdf
 
Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)
 
Aula zoologia de vertebrados1
Aula zoologia de vertebrados1Aula zoologia de vertebrados1
Aula zoologia de vertebrados1
 
Filo porifera-1
Filo porifera-1Filo porifera-1
Filo porifera-1
 
Ciclóstomos e peixes
Ciclóstomos e peixesCiclóstomos e peixes
Ciclóstomos e peixes
 
Ciclóstomos e peixes
Ciclóstomos e peixesCiclóstomos e peixes
Ciclóstomos e peixes
 
Emater mg alimentacao_gado_leiteiro
Emater mg alimentacao_gado_leiteiroEmater mg alimentacao_gado_leiteiro
Emater mg alimentacao_gado_leiteiro
 
Credenciamento saude
Credenciamento saudeCredenciamento saude
Credenciamento saude
 
RIO ITAPECERICA / DIVINÓPOLIS
RIO ITAPECERICA /  DIVINÓPOLISRIO ITAPECERICA /  DIVINÓPOLIS
RIO ITAPECERICA / DIVINÓPOLIS
 
Características dos seres vivos meio ambiente
Características dos seres vivos meio ambienteCaracterísticas dos seres vivos meio ambiente
Características dos seres vivos meio ambiente
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Desafios osmóticos do ambiente aquático e terrestre
Desafios osmóticos do ambiente aquático e terrestreDesafios osmóticos do ambiente aquático e terrestre
Desafios osmóticos do ambiente aquático e terrestre
 
Porifera e Cnidaria
Porifera e CnidariaPorifera e Cnidaria
Porifera e Cnidaria
 
Portofolio
PortofolioPortofolio
Portofolio
 
Portofolio
PortofolioPortofolio
Portofolio
 
Aula Pós IAC - Manejo de Recursos Genéticos de Plantas Perenes - Parte 2
Aula Pós IAC - Manejo de Recursos Genéticos de Plantas Perenes - Parte 2Aula Pós IAC - Manejo de Recursos Genéticos de Plantas Perenes - Parte 2
Aula Pós IAC - Manejo de Recursos Genéticos de Plantas Perenes - Parte 2
 

Mais de Alexandre Pusaudse (20)

2019 gabarito tarefa 1 1 ano b1
2019   gabarito tarefa 1 1 ano b12019   gabarito tarefa 1 1 ano b1
2019 gabarito tarefa 1 1 ano b1
 
2019 efeito estufa
2019   efeito estufa2019   efeito estufa
2019 efeito estufa
 
2019 relatorio socrative reproducao
2019    relatorio socrative reproducao2019    relatorio socrative reproducao
2019 relatorio socrative reproducao
 
2019 relatorio teste socrative ciclos bioenergetica
2019 relatorio teste socrative ciclos bioenergetica2019 relatorio teste socrative ciclos bioenergetica
2019 relatorio teste socrative ciclos bioenergetica
 
Estrategia enem apostila carbono e efeito estufa
Estrategia enem apostila carbono e efeito estufaEstrategia enem apostila carbono e efeito estufa
Estrategia enem apostila carbono e efeito estufa
 
Efeito estufa
Efeito estufaEfeito estufa
Efeito estufa
 
Efeito estufa
Efeito estufaEfeito estufa
Efeito estufa
 
2019 cnidaria
2019   cnidaria2019   cnidaria
2019 cnidaria
 
Primeiros seres pluricelulares
Primeiros seres pluricelularesPrimeiros seres pluricelulares
Primeiros seres pluricelulares
 
Ciclo do carbono 2019
Ciclo do carbono 2019Ciclo do carbono 2019
Ciclo do carbono 2019
 
Ciclo da agua
Ciclo da aguaCiclo da agua
Ciclo da agua
 
Cap 13 aula 2
Cap 13 aula 2Cap 13 aula 2
Cap 13 aula 2
 
2019 execicios ecologia 1
2019   execicios ecologia 12019   execicios ecologia 1
2019 execicios ecologia 1
 
2019 cap 3
2019 cap 3 2019 cap 3
2019 cap 3
 
2019 REPRODUÇÃO ASSEXUADA
2019 REPRODUÇÃO ASSEXUADA2019 REPRODUÇÃO ASSEXUADA
2019 REPRODUÇÃO ASSEXUADA
 
Como montar mapas conceituais
Como montar mapas conceituaisComo montar mapas conceituais
Como montar mapas conceituais
 
Camada de ozônio e chuva ácida
Camada de ozônio e chuva ácidaCamada de ozônio e chuva ácida
Camada de ozônio e chuva ácida
 
Dinâmica de populações
Dinâmica de populaçõesDinâmica de populações
Dinâmica de populações
 
Fragmentacao de habitat
Fragmentacao de habitatFragmentacao de habitat
Fragmentacao de habitat
 
2018 tecido conjuntivo cartilaginoso
2018   tecido conjuntivo cartilaginoso2018   tecido conjuntivo cartilaginoso
2018 tecido conjuntivo cartilaginoso
 

A3 b3 filo cnidaria

  • 1. FILO CNIDARIAFILO CNIDARIA ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS.ÁGUA VIVA, ANÊMONA-DO-MAR, CORAIS. DIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIALDIBLÁSTICOS, SIMETRIA RADIAL TUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETOTUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETO MECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTORMECANISMO SENSITIVO-NEUROMOTOR
  • 2. FORMA DO CORPOFORMA DO CORPO MEDUSAMEDUSAPÓLIPOPÓLIPO
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Classe Características Exemplo Hydrozoa Pólipos predominantes Hidra, Physalia Scyphozoa Medusas predominantes Aurelia Anthozoa Exclusivamente polipóides Actinia
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. RECIFES DE CORAISRECIFES DE CORAIS CONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAISCONDIÇÕES FAVORÁVEIS AOS CORAIS Substrato calcário. Ondas fortes: garantindo boa oxigenação da água e suprimento de nutrientes. Salinidade constante: entre 32 e 35%. Pouca profundidade: até 70 metros, o que assegura boa luminosidade. Temperatura alta: acima de 20 °C. Águas limpas: com poucos sedimentos em suspensão. Substrato calcário. Ondas fortes: garantindo boa oxigenação da água e suprimento de nutrientes. Salinidade constante: entre 32 e 35%. Pouca profundidade: até 70 metros, o que assegura boa luminosidade. Temperatura alta: acima de 20 °C. Águas limpas: com poucos sedimentos em suspensão.