O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Catequse orante redor_mesa power point - net

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Lectio
Lectio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 15 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (19)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Semelhante a Catequse orante redor_mesa power point - net (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Catequse orante redor_mesa power point - net

  1. 1. CatequeseCatequese orante ao redororante ao redor da mesada mesa LeomarLeomar BrustolinBrustolin
  2. 2. PrepararPreparar  da mesa da Palavra em cada sala deda mesa da Palavra em cada sala de catequese e de uma mesa maior quecatequese e de uma mesa maior que reúne ao seu redor os catequizandos parareúne ao seu redor os catequizandos para refletir a mensagem cristã.refletir a mensagem cristã.
  3. 3. ObjetivosObjetivos  na mesa da Palavrana mesa da Palavra pretende-se que a Leitura dapretende-se que a Leitura da Bíblia, na catequese, não sejaBíblia, na catequese, não seja mero estudo de um livro, masmero estudo de um livro, mas seja acolhida da Palavra deseja acolhida da Palavra de Deus que nos fala por esteDeus que nos fala por este Livro Santo da nossa fé. O fatoLivro Santo da nossa fé. O fato ir até essa mesa, postar-se deir até essa mesa, postar-se de pé, trocar a toalha de acordopé, trocar a toalha de acordo com o tempo litúrgico, porcom o tempo litúrgico, por exemplo, revela a necessidadeexemplo, revela a necessidade celebrar a Palavra. Solenizarcelebrar a Palavra. Solenizar sua leitura, celebrar suasua leitura, celebrar sua mensagem. Gestos, posturas emensagem. Gestos, posturas e lugares determinam o quelugares determinam o que pensamos e como valorizamospensamos e como valorizamos cada momento da vida.cada momento da vida.
  4. 4. Leitura Orante da BíbliaLeitura Orante da Bíblia  Uma antiga prática vem sendo, então, nos últimos anos,Uma antiga prática vem sendo, então, nos últimos anos, muito estimulada: amuito estimulada: a lectio divinalectio divina (leitura divina), uma(leitura divina), uma leitura meditada e orante da Sagrada Escritura.leitura meditada e orante da Sagrada Escritura.  O objetivo dessa prática é o encontro com o Senhor.O objetivo dessa prática é o encontro com o Senhor.  Foi Guigo II quem construiu um sistema (escada) deFoi Guigo II quem construiu um sistema (escada) de quatro passos (degraus): é aquatro passos (degraus): é a Scala ClaustraliumScala Claustralium. Esses. Esses passos são:passos são:  1)1) lectiolectio (leitura),(leitura),  2)2) meditatiomeditatio (meditação),(meditação),  3)3) oratiooratio (oração) e(oração) e  4)4) contemplatiocontemplatio (contemplação)(contemplação)
  5. 5. Leitura Orante na CatequeseLeitura Orante na Catequese ::  Inicia-se com uma oração ao Espírito Santo (pode serInicia-se com uma oração ao Espírito Santo (pode ser cantada);cantada);  LeituraLeitura: ler com calma e atentamente o texto da Bíblia.: ler com calma e atentamente o texto da Bíblia. Reler o texto para entender o que o texto diz. ImaginarReler o texto para entender o que o texto diz. Imaginar as pessoas, o lugar, as coisas (“entrar” na cena);as pessoas, o lugar, as coisas (“entrar” na cena);  MeditaçãoMeditação: meditar, procurando ver o que a Palavra de: meditar, procurando ver o que a Palavra de Deus tem a nos dizer, atualizando o texto e ligando-oDeus tem a nos dizer, atualizando o texto e ligando-o com a vida;com a vida;  OraçãoOração: rezar, interiorizando o que o texto nos leva a: rezar, interiorizando o que o texto nos leva a dizer a Deus. Falar com o próprio Deus (ouvir,dizer a Deus. Falar com o próprio Deus (ouvir, agradecer);agradecer);  Contemplação:Contemplação: contemplar o mistério de Deus na nossacontemplar o mistério de Deus na nossa história e buscar compromissos para viver a Palavra dehistória e buscar compromissos para viver a Palavra de Deus. Prestar atenção ao mistério e ver qual palavra ouDeus. Prestar atenção ao mistério e ver qual palavra ou frase mais tocou a vida (memorizá-la ou escrevê-la).frase mais tocou a vida (memorizá-la ou escrevê-la).
  6. 6. O ESPAÇO DA CATEQUESE NÃOO ESPAÇO DA CATEQUESE NÃO É O ESCOLAR!!!É O ESCOLAR!!!  Uma única mesa com cadeiras;Uma única mesa com cadeiras;  Sem quadro negro;Sem quadro negro;  Bíblia em destaqueBíblia em destaque  Providenciar que toda sala de catequese tenhaProvidenciar que toda sala de catequese tenha uma pequena Mesa da Palavra, com a toalhauma pequena Mesa da Palavra, com a toalha de acordo com o tempo litúrgico, providenciarde acordo com o tempo litúrgico, providenciar também vela, flores e água benta...;também vela, flores e água benta...;  Ambiente arejado, alegre, sem muitos cartazesAmbiente arejado, alegre, sem muitos cartazes pendurados nas paredes (o que é mais típicopendurados nas paredes (o que é mais típico de ambiente escolar). Não poluir o visual, focarde ambiente escolar). Não poluir o visual, focar em Jesus Cristo e na Palavra de Deus;em Jesus Cristo e na Palavra de Deus;  Imagem de Jesus, Crucificado ouImagem de Jesus, Crucificado ou RessuscitadoRessuscitado
  7. 7. Estrutura do EncontroEstrutura do Encontro I. AcolhidaI. Acolhida II. Ao redor da PalavraII. Ao redor da Palavra III. Ao redor da mesa,III. Ao redor da mesa, nas cadeirasnas cadeiras IV. Na mesa da PalavraIV. Na mesa da Palavra
  8. 8. I. AcolhidaI. Acolhida  Iniciar o encontro com boa acolhida. Dar tempoIniciar o encontro com boa acolhida. Dar tempo para chegar, falar um pouco, se acomodar aopara chegar, falar um pouco, se acomodar ao redor da mesa nas cadeiras! É importanteredor da mesa nas cadeiras! É importante acalmar a mente e o coração para começar. Paraacalmar a mente e o coração para começar. Para isso não basta dizer “silêncio!”;isso não basta dizer “silêncio!”;  Se possível colocar uma música de fundo;Se possível colocar uma música de fundo;  Preparar o texto bíblico previsto para o dia. ÉPreparar o texto bíblico previsto para o dia. É preciso fazer a leitura prévia, rezar sobre o textopreciso fazer a leitura prévia, rezar sobre o texto e estudar os pontos que este subsídio apontae estudar os pontos que este subsídio aponta para cada encontro;para cada encontro;
  9. 9. II. Ao redorII. Ao redor da Palavrada Palavra  Após a acolhida, o grupo muda de espaço,Após a acolhida, o grupo muda de espaço, dirigindo-se á mesa da Palavra: todosdirigindo-se á mesa da Palavra: todos permanecem em pé, como gesto de disposição àpermanecem em pé, como gesto de disposição à escuta atenta da Palavra de Deus.escuta atenta da Palavra de Deus.  1. Sinal da Cruz (pode-se usar água benta);1. Sinal da Cruz (pode-se usar água benta);  2. Canto de aclamação à Palavra e acendimento2. Canto de aclamação à Palavra e acendimento da vela;da vela;  3. Um catequizando lê a Palavra;3. Um catequizando lê a Palavra;  4. Outro catequizando lê novamente;4. Outro catequizando lê novamente;  5. A catequista faz uma terceira leitura5. A catequista faz uma terceira leitura destacando alguns pontos e expressões;destacando alguns pontos e expressões;  6. Beijar a Bíblia como gesto de veneração e6. Beijar a Bíblia como gesto de veneração e amor à Palavra proclamada;amor à Palavra proclamada;
  10. 10. III. Ao redor da mesa, nasIII. Ao redor da mesa, nas cadeirascadeiras  1. Voltar para a mesa, sentar. Reconstruir o texto1. Voltar para a mesa, sentar. Reconstruir o texto com a participação de todos, lembrando oscom a participação de todos, lembrando os cenários, as personagens, as falas maiscenários, as personagens, as falas mais significativos;significativos;  2. Cada um pode dizer a parte do texto: palavra,2. Cada um pode dizer a parte do texto: palavra, frase ou gesto que mais lhe chamou atençãofrase ou gesto que mais lhe chamou atenção (nesse momento não haja a preocupação de que(nesse momento não haja a preocupação de que se explique o porquê, apenas sejam feitas asse explique o porquê, apenas sejam feitas as citações livremente);citações livremente);  3. A catequista explica o contexto da passagem e3. A catequista explica o contexto da passagem e trabalha alguns versículos selecionados paratrabalha alguns versículos selecionados para explicar o significado do texto;explicar o significado do texto;
  11. 11. 4. Atualizar o texto bíblico: através de um símbolo ou de alguma imagem de revista ou de algum outro recurso visual, demonstrar como o texto se aplica aos nossos dias, como ele pode iluminar o nosso cotidiano; 5. Propor uma atividade (dinâmica de grupo ou arte) como fixação do tema desenvolvido no encontro (aqui se tenha o cuidado de evitar atividades de estilo escolar: redações, exercícios escritos, leituras, etc..);
  12. 12. IV. Na mesa daIV. Na mesa da PalavraPalavra  1. Dedicar um tempo1. Dedicar um tempo apropriado, semapropriado, sem apressar-se, para oraçãoapressar-se, para oração sobre o temasobre o tema desenvolvido. Pode serdesenvolvido. Pode ser ao redor do ambão ou naao redor do ambão ou na igreja. Importante é nãoigreja. Importante é não fazer o momento defazer o momento de oração com o grupooração com o grupo desmotivado, ou apenasdesmotivado, ou apenas para cumprir uma tarefa.para cumprir uma tarefa. É preciso criar climaÉ preciso criar clima favorável para essefavorável para esse momento conclusivo.momento conclusivo.  2. Distribuir tarefas para2. Distribuir tarefas para o próximo encontro:o próximo encontro: leituras, quem traz flores,leituras, quem traz flores, quem prepara o símbolo,quem prepara o símbolo, imagens, músicas, etc...imagens, músicas, etc...
  13. 13. VÓS SOIS MEU PASTOR Ó SENHOR. NADAVÓS SOIS MEU PASTOR Ó SENHOR. NADA ME FALTARÁ SE ME CONDUZISME FALTARÁ SE ME CONDUZIS

×