01/04 - Psicologia das Massas

1.272 visualizações

Publicada em

IPOG - Antropologia do Consumo Digital

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.272
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01/04 - Psicologia das Massas

  1. 1. MBA Executivo em MidiasDigitaisAntropologia do Consumo Digital22 de junho de 2012 - noiteUnidade 1/4 - Psicologia das MassasAlexandre Regattieri Bessaalexandre.bessa@ymail.comwww.linkedin.com/alexandrebessa 1
  2. 2. Psicologia das massasUNIDADE I22 de junho de 2012 - noite Estudo do comportamento das massas Psicologia das massas: Edward Bernays Consumo e Consumismo: Alan de Button Valores intrínsecos e extrínsecos, escassez, call to action Exercício em grupoAlexandre Regattieri Bessaalexandre.bessa@ymail.comwww.linkedin.com/alexandrebessa 2
  3. 3. o que são marcas? 3
  4. 4. brandingLogorama - Curta metragem vencedor do Oscar de melhor animação em 2009https://vimeo.com/10149605 4
  5. 5. 5
  6. 6. 6
  7. 7. 7
  8. 8. 8
  9. 9. 9
  10. 10. 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. 13
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19
  20. 20. 20
  21. 21. 21
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24. 24
  25. 25. 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. 28
  29. 29. 29
  30. 30. 30
  31. 31. 31
  32. 32. 32
  33. 33. 33
  34. 34. 34
  35. 35. 35
  36. 36. 36
  37. 37. 37
  38. 38. o que são marcas? 38
  39. 39. 39
  40. 40. 40
  41. 41. 41
  42. 42. 42
  43. 43. 43
  44. 44. 44
  45. 45. 45
  46. 46. 46
  47. 47. 47
  48. 48. 48
  49. 49. 49
  50. 50. 50
  51. 51. 51
  52. 52. DANIEL, QUE MARCA É ESSA?http://www.youtube.com/watch?v=sjejiSnrZHI 52
  53. 53. Características decomunicação de massaCoca-Cola Classic 53
  54. 54. escassez é um dos modos de se gerar valor preço é um atributo de seleção distribuição não igualitária, todos não podem ter a mesma coisa qual a diferença entre valor e preço? 54
  55. 55. atributos intrínsecos inerentes ao produto “gelado” “refrescante” “doce e diet” “acurado, preciso” “utilitário” “metálico” “à prova d`água” 55
  56. 56. atributos intrínsecos 56
  57. 57. atributos intrínsecosAS COMADRINHAS DA FARINHA LÁCTEA NESTLÉhttp://www.youtube.com/watch?v=U4oqjqof21g 57
  58. 58. atributos extrínsecos crença coletiva “carinho de mãe” “une a família” “espírito de natal” “meigo, fofo, lindo” 58
  59. 59. atributos extrínsecos crença coletiva “se sujar faz bem” “liberdade” “carpe diem” “aqui se brinca” 59
  60. 60. atributos extrínsecosBRIDGSTONE - EMAILSuper Bowl XLV Commercial Ad 2012 60
  61. 61. Exemplo e exercícios 61
  62. 62. The Life Story of a Coke Bottlehttp://www.youtube.com/watch?v=vBNscAAmIxY 62
  63. 63. Coca-Cola“the life story of a coke bottle” onde está a escassez? valores intrínsecos valores extrínsecos oportunidade - a narrativa oferecida para convencer o consumidor comportamento esperado 63
  64. 64. Lojas CEMEspecial de Natal - Multiplique seu Natal nas Lojas Cemhttp://www.youtube.com/watch?v=I0gYKybl13c 64
  65. 65. Lojas Cem“multiplique seu natal nas lojas cem” onde está a escassez? valores intrínsecos valores extrínsecos oportunidade - a narrativa oferecida para convencer o consumidor comportamento esperado 65
  66. 66. Ikea - TANGOhttp://www.youtube.com/watch?v=6kE5De-imh0 66
  67. 67. Ikea“Tango” onde está a escassez? valores intrínsecos valores extrínsecos oportunidade - a narrativa oferecida para convencer o consumidor comportamento esperado 67
  68. 68. Desejo de Status 68
  69. 69. “Quando a desigualdade é a regrageral na sociedade, as maioresdesigualdades não atraemnenhuma atenção.Mas quando tudo é mais oumenos nivelado, mesmo asmenores variações não passamdespercebidas”Alexis de Tocqueville 69
  70. 70. Documentário: “Status Anxiety” (2004) - Alan de Bottonhttp://vimeo.com/30947972 70
  71. 71. Por que as pessoasconsomem coisas quenão precisam?Qual a noção deutilidade? 71
  72. 72. Documentário: “Status Anxiety” (2004) - Alan de Bottonhttp://vimeo.com/30947972 72
  73. 73. Reconhecendo os padrões 73
  74. 74. Como funciona o treinamento de cãesPAVLOV - Treinamento de cães 74
  75. 75. comportamentomotivaçãooportunidade 75
  76. 76. comportamento sãomotivações filtradaspor oportunidades 76
  77. 77. 77
  78. 78. THE CENTURY OF THE SELF. DOCUMENTÁRIO DA BBC, DIRIGIDO POR ADAM CURTIS.Trecho da aula - http://www.youtube.com/watch?v=fbEITBXwZ1AVideo completo - http://video.google.com/videoplay?docid=6718420906413643126# 78
  79. 79. como mudar umcomportamento? 79
  80. 80. estimular a demanda“transformar objetos e serviçosirrelevantes em poderosossímbolos emocionais de comoqueremos ser vistos pelos outros” 80
  81. 81. estimular a demanda crie uma narrativa consistente dê-me uma razão para comprar justifique meu comportamento com uma oportunidade 81
  82. 82. você é o que você consome... 82
  83. 83. você é o que você posta... 83
  84. 84. Como mudarcomportamentos? Identificar Oferecer uma Determinar oTEMPO Verificar o comportamento oportunidade comportamento resultado final atual diferente final desejado NARRATIVAS PESQUISA PÓS-ESTIMULO MÉTRICAS VANTAJOSASACAO NO PUBLICO ALVO O que fazem? Por que Desafio criativo para Qual o residual da Percepção, vendas, fazem? Qual a montar uma narrativa comunicação. O que as menções, market oportunidade que é que desperte a pessoas devem share, cadastros, etc... oferecida nesse atenção já com um guardar. O call to momento em que tipo “call to action” action funcionou? de linguagem. envolvido. 84
  85. 85. Weetabix Chocolate Spoonsize (2011)http://www.youtube.com/watch?v=3LsPPebYmFM 85
  86. 86. Volkswagen – THE FORCEhttp://www.youtube.com/watch?v=sUaCjBz8s4g 86
  87. 87. Freud e estruturapsicológica ID - O INSTINTO BÁSICO O id é o reservatório inconsciente dos impulsos, regido pelo princípio do prazer. O id exige satisfação imediata desses impulsos, de forma inconsequente. EGO - O “EU” O ego é regido pelo princípio da realidade, e é responsável por reprimir ou satisfazer os impulsos do id, quando surge uma oportunidade. SUPEREGO - A CULTURA O superego é um grande censor das funções do ego, contendo ideais vindos dos valores culturais da época. O superego é responsável por sentimentos de culpa e punição. 87
  88. 88. O nascimento do “self” 88
  89. 89. O deslocamento do “self”Documentário: “BBC Horizon - The Secret You” (2009)http://vimeo.com/30948602 89
  90. 90. Mudanças de percepçãoDocumentário: “BBC Horizon - The Secret You” (2009)http://vimeo.com/30948734 90
  91. 91. Psicologia e Marketing Ernest DItcher 91
  92. 92. Uma terapia degrupo sobreprodutos eserviços... 92
  93. 93. Será que asmotivações sãoatendidas? 93
  94. 94. E as narrativas?São vistas comovantajosas? 94
  95. 95. No final, ocomportamentoresultante é odesejado para amarca? 95
  96. 96. THE CENTURY OF THE SELF. DOCUMENTÁRIO DA BBC, DIRIGIDO POR ADAM CURTIS. 3’28”Por que as pessoas consomem como consomem?Trecho da aula - http://vimeo.com/23885242 96
  97. 97. THE CENTURY OF THE SELF. DOCUMENTÁRIO DA BBC, DIRIGIDO POR ADAM CURTIS. - 2’01”Por que as pessoas consomem como consomem?Trecho da aula - http://vimeo.com/23885413 97
  98. 98. MBA Executivo em MidiasDigitaisAntropologia do Consumo Digital22 de junho de 2012 - noiteAlexandre Regattieri Bessaalexandre.bessa@ymail.comwww.linkedin.com/alexandrebessa 98

×