[Programa Jovem Aprendiz] Raciocínio Lógico (Aula 2)

2.315 visualizações

Publicada em

Slides da segunda aula da disciplina "Raciocínio Lógico", apresentada no programa Jovem Aprendiz do Centro Social Comunidade Carisma.

Publicada em: Negócios
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
166
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Programa Jovem Aprendiz] Raciocínio Lógico (Aula 2)

  1. 1. AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com 26/06/2013
  2. 2.  De acordo com o Dicionário Houaiss: ▪ “atividade mental que, por meio de instrumentos indutivos ou dedutivos, fundamenta o encadeamento lógico e necessário de um processo argumentativo, especialmente no interior de demonstrações científicas, filosóficas ou matemáticas”
  3. 3.  É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral  Parte da experiência sensível, dos dados particulares
  4. 4.  É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral  Parte da experiência sensível, dos dados particulares Pedro joga basquete e é alto. Logo, todo jogador de basquete é alto.
  5. 5.  É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral  Parte da experiência sensível, dos dados particulares Meu pai, meu avô e meu irmão são engenheiros. Logo, eu também serei engenheiro.
  6. 6.  É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral  Parte da experiência sensível, dos dados particulares Todas as tardes saio para observar o céu e vejo que ele está azul. Logo, o céu é azul.
  7. 7.  É o raciocínio que, após considerar um número suficiente de casos particulares, conclui uma verdade geral  Parte da experiência sensível, dos dados particulares  O raciocínio indutivo possui maior probabilidade de erro  Será que minha “verdade geral” se aplica a todos os casos?
  8. 8.  Raciocínio que parte de uma proposição geral (referente a todos os elementos de um conjunto) e conclui com uma proposição particular (referente a parte dos elementos de um conjunto), que se apresenta como necessária, ou seja, que deriva logicamente das premissas.
  9. 9.  Proposição  Frases que podem ser submetidas a uma análise lógica (examinar se é falsa ou verdadeira). Ela propõe um conceito.  Para construir um argumento, precisamos de proposições.Tanto as premissas quanto a conclusão de um argumento são proposições  Perguntas e exclamações não são proposições
  10. 10.  Proposição  Exemplos de proposições: 1. Raciocínio lógico é uma disciplina interessante. 2. Odeio o professor! 3. Quando vai parar de chover? 4. Que dia lindo, hein? 5. No final de semana não vai chover. 6. Ler é um ótimo passatempo.
  11. 11.  Raciocínio que parte de uma proposição geral (referente a todos os elementos de um conjunto) e conclui com uma proposição particular (referente a parte dos elementos de um conjunto), que se apresenta como necessária, ou seja, que deriva logicamente das premissas.
  12. 12.  Exemplos: Todo brasileiro é sul-americano. (Premissa maior) Ora, todo paulista é brasileiro. (Premissa menor) Logo, todo paulista é sul-americano. (Conclusão)
  13. 13.  Exemplos: Todos os números pares são divisíveis por 2. (Premissa maior) Ora, 4 é um número par. (Premissa menor) Logo, 4 é divisível por 2. (Conclusão)
  14. 14.  Indução:  Quando, em determinado assunto, consideramos casos particulares e tiramos conclusões gerais sobre ele  Maior chance de errar  Dedução:  Quando partimos de uma afirmação geral (ou afirmações) e extraímos uma conclusão relativa a um caso particular  Menor chance de errar
  15. 15.  Fonte dos slides anteriores:  Indução - http://educacao.uol.com.br/disciplinas/filosofia/logica ---inducao-casos-particulares-se-tornam-lei- geral.htm  Dedução - http://educacao.uol.com.br/disciplinas/filosofia/logica ---deducao-partindo-do-geral-para-chegar-ao- particular.htm  Proposição - http://educacao.uol.com.br/disciplinas/filosofia/logica ---proposicoes-universais-particulares-afirmativas- negativas.htm
  16. 16. 1. Verifiquem quais são os números que devem ser colocados nos espaços que estão marcados com um ponto de interrogação. Para isso, convém observar atentamente os demais números e os elementos que aparecem em cada diagrama, com o objetivo de obter a regra pela qual se formam.
  17. 17. A. a
  18. 18. A. A seta que aponta para baixo multiplica por 2 o número situado no retângulo do qual parte; a seta da direita soma 3; a seta da esquerda subtrai 6. Assim, a solução é mostrada a seguir:
  19. 19. A. a 4640 37 22
  20. 20. B. a
  21. 21. B. O produto do número central (6) pelo situado à sua direita (5) é igual ao que se encontra na parte superior (30); o produto do número central (6) pelo número à sua esquerda (2) dá-se no retângulo inferior (12). Desse modo, a solução é indicada a seguir:
  22. 22. B. a 8 14
  23. 23. C. a
  24. 24. C. Os números situados nos retângulos aos quais apontam as setas são os divisores do número que ocupa o retângulo do centro, ordenados do menor para o maior em sentido anti-horário e começando pelo retângulo superior. Então, a solução é:
  25. 25. C. a 1 15 5 3
  26. 26. D. a
  27. 27. D. Os números aos quais apontam as setas, lidos em sentido horário e começando pelo retângulo de cima, são as sucessivas potências (incluindo o expoente nulo) do número situado no retângulo do centro. A solução, portanto, é:
  28. 28. D. a 4 27
  29. 29. E. a
  30. 30. E. Se olharmos para os retângulos situados na parte superior esquerda, podemos observar que a soma de dois números que ocupam os retângulos adjacentes em uma mesma fileira dá, como resultado, o número que aparece logo abaixo.Assim, é possível ir calculando os números que faltam, resultando:
  31. 31. E. a 1 3 2 6 5 10 5 6 10 15 11 16 21 117 27 53 64 3726
  32. 32. 2. Coloque os números de 1 a 7 sem repeti-los, cada um em um quadrado, de modo que, somando-se os três dígitos situados em qualquer fileira e na coluna central, o resultado obtido seja 11.
  33. 33. 2. Coloque os números de 1 a 7 sem repeti-los, cada um em um quadrado, de modo que, somando-se os três dígitos situados em qualquer fileira e na coluna central, o resultado obtido seja 11. 7 3 1 6 5 2 4 3 1 7 6 5 4 2
  34. 34. 3. Nas próximas atividades, os números são apresentados em grupos de acordo com certo critério que abrange todos, exceto um. Vocês devem identificar qual é o número que “sobra” e determinar a razão pela qual ele não faz parte do grupo no qual está inserido.
  35. 35. A. A
  36. 36. A. Todos os números tem três algarismos, com exceção do 3, que tem somente um. Logo, o que destoa é o 3 (fácil esse, não?)
  37. 37. A. A
  38. 38. B. A
  39. 39. B. Ao somar os três algarismos de cada número obtém-se 14, exceto com o número 326, cujo resultado é 11. Dessa forma, o 326 que fica excluído.
  40. 40. B. A
  41. 41. 4. Osasco teve um apagão geral. Não havia fornecimento elétrico nas casas, nos estabelecimentos públicos e nem nas ruas. Um homem, completamente vestido de preto, cruzou aAvenida dos Autonomistas diante de um carro em movimento com as luzes apagadas. O motorista imediatamente freou o automóvel para não atropelar o distraído pedestre. Como conseguiu vê-lo?
  42. 42. 4. Osasco teve um apagão geral. Não havia fornecimento elétrico nas casas, nos estabelecimentos públicos e nem nas ruas. Um homem, completamente vestido de preto, cruzou aAvenida dos Autonomistas diante de um carro em movimento com as luzes apagadas. O motorista imediatamente freou o automóvel para não atropelar o distraído pedestre. Como conseguiu vê-lo? Resposta Simples: era dia.
  43. 43. 5. O que pesa mais: um quilo de palha ou um quilo de chumbo?
  44. 44. 5. O que pesa mais: um quilo de palha ou um quilo de chumbo? Resposta O volume de um quilo de palha é maior do que um quilo de chumbo, mas o peso é o mesmo.
  45. 45. 6. E o que é maior, meio metro quadrado ou a metade de um metro quadrado?
  46. 46. 6. E o que é maior, meio metro quadrado ou a metade de um metro quadrado? Resposta Cuidado! Não são a mesma coisa! Meio metro quadrado é um quadrado de meio metro de lado, porém, a metade de um metro quadrado é o retângulo resultante da divisão em duas partes iguais de um quadrado de um metro de lado. O seguinte desenho esclarece a situação:
  47. 47. 6. E o que é maior, meio metro quadrado ou a metade de um metro quadrado? Se os quadrados tivessem um metro de lado, a superfície sombreada da esquerda seria meio metro quadrado, enquanto que o retângulo sombreado da direita seria a metade de um metro quadrado.
  48. 48. 7. Um pai e seus dois filhos, um menino e uma menina, pretendem cruzar um rio muito profundo, mas dispõem apenas de um bote que pode suportar até 90 kg. Seus respectivos pesos são de 90 kg, 50 kg e 40 kg. O que os três podem fazer para chegarem até a outra margem do rio?
  49. 49. 7. Um pai e seus dois filhos, um menino e uma menina, pretendem cruzar um rio muito profundo, mas dispõem apenas de um bote que pode suportar até 90 kg. Seus respectivos pesos são de 90 kg, 50 kg e 40 kg. O que os três podem fazer para chegarem até a outra margem do rio? Resposta Em primeiro lugar, sobem no bote o filho e a filha e vão até a outra margem. Um deles (a filha, por exemplo) sai do bote e fica ali; o filho retorna à margem onde está seu pai. O pai entra no bote e o filho fica na margem. Ao chegar à outra margem, o pai sai e entra a filha, que irá recolher seu irmão na primeira margem, para voltarem juntos à segunda, onde está seu pai.
  50. 50. 8. Observe o ônibus da figura a seguir: ele se desloca para a esquerda ou para a direita?
  51. 51. 8. Observe o ônibus da figura a seguir: ele se desloca para a esquerda ou para a direita? Resposta Desloca-se para a esquerda. Se o fizesse para a direita, veríamos suas portas. Isto é, se considerarmos que não é um ônibus da Inglaterra, onde circula-se pela via esquerda
  52. 52. 9. Pode um homem casar-se com a irmã de sua viúva?
  53. 53. 9. Pode um homem casar-se com a irmã de sua viúva? Resposta Até o momento não há registro de que um homem morto tenha se casado. Repare que se é viúva, o morto é o homem, não sua mulher.
  54. 54. 10. Dois amigos caminham um ao lado do outro enquanto conversam. Uma hora mais tarde, um havia percorrido cinco quilômetros e o outro seis. Como poderiam estar conversando entre si todo esse tempo se não dispõem de telefones?
  55. 55. 10. Dois amigos caminham um ao lado do outro enquanto conversam. Uma hora mais tarde, um havia percorrido cinco quilômetros e o outro seis. Como poderiam estar conversando entre si todo esse tempo se não dispõem de telefones? Resposta Eles estão em uma academia, caminhando sobre esteiras rolantes, que se movem a velocidades diferentes.
  56. 56. 11. Depois de amanhã será sexta-feira. Que dia da semana foi anteontem?
  57. 57. 11. Depois de amanhã será sexta-feira. Que dia da semana foi anteontem? Resposta Segunda-feira, evidentemente.
  58. 58. 12. Minha irmã tinha sete maças e comeu todas, exceto três. Quantas maçãs restam à minha irmã?
  59. 59. 12. Minha irmã tinha sete maças e comeu todas, exceto três. Quantas maçãs restam à minha irmã? Resposta Se ela comeu todas exceto três, devem restar justamente três.
  60. 60. 13. Você se encontra em um refúgio nas montanhas numa noite fria de intenso inverno. Possui apenas um único palito de fósforo. Sobre a mesa há uma vela e na chaminé um pedaço de lenha e um pouco de carvão. O que você acenderia primeiro?
  61. 61. 13. Você se encontra em um refúgio nas montanhas numa noite fria de intenso inverno. Possui apenas um único palito de fósforo. Sobre a mesa há uma vela e na chaminé um pedaço de lenha e um pouco de carvão. O que você acenderia primeiro? Resposta O palito de fósforo, obviamente.
  62. 62. 14. Como você poderia espetar um balão de maneira que não faça barulho nem se escape o ar?
  63. 63. 14. Como você poderia espetar um balão de maneira que não faça barulho nem se escape o ar? Resposta Espetando-o quando estiver vazio.
  64. 64. 15. O filho de Roberto tem duas mochilas. Dentro de cada mochila há três bolsas. Em cada bolsa tem três estojos. Em cada estojo, cinco lápis. Quantos lápis tem Roberto?
  65. 65. 15. O filho de Roberto tem duas mochilas. Dentro de cada mochila há três bolsas. Em cada bolsa tem três estojos. Em cada estojo, cinco lápis. Quantos lápis tem Roberto? Resposta Roberto não tem lápis algum, quem tem é seu filho.
  66. 66. 16. Quantas vezes se pode subtrair 10 de 150?
  67. 67. 16. Quantas vezes se pode subtrair 10 de 150? Resposta Uma vez só. Na seguinte estaríamos subtraindo de 140, não de 150.
  68. 68. 17. Em uma gaveta há 18 meias pretas e 14 meias brancas. A residência está completamente às escuras e não há uma forma de adivinhar a cor das meias. Qual é o menor número de meias que você tem de retirar para estar seguro de que há, pelo menos, um par de meias da mesma cor?
  69. 69. 17. Em uma gaveta há 18 meias pretas e 14 meias brancas. A residência está completamente às escuras e não há uma forma de adivinhar a cor das meias. Qual é o menor número de meias que você tem de retirar para estar seguro de que há, pelo menos, um par de meias da mesma cor? Resposta Três meias. Se retiram-se duas, é possível que sejam de cores diferentes, mas como há somente meias de duas cores, a terceira será igual uma das duas, assim você já terá um par de meias iguais.
  70. 70. 18. Meu tio tem um irmão que não é meu tio. Quem é?
  71. 71. 18. Meu tio tem um irmão que não é meu tio. Quem é? Resposta Meu pai.
  72. 72. 19. Se uma calça leva uma hora para secar ao sol, quanto tempo quatro calças levarão para secar?
  73. 73. 19. Se uma calça leva uma hora para secar ao sol, quanto tempo quatro calças levarão para secar? Resposta O mesmo tempo: uma hora.
  74. 74. Como posso aplicar o Raciocínio Lógico em minha empresa?
  75. 75.  Algumas situações...  Tomada de decisões  Resolução de problemas  Análise de dados
  76. 76.  O que este gráfico nos diz? Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2010/12/01/esperanca-de-vida-ao-nascer-no-brasil-chega-a-7317-anos-diz-ibge.htm
  77. 77.  Em grupos de até 5 alunos, realizem as atividades propostas  Na análise dos dados, vocês estarão aplicando o raciocínio lógico
  78. 78. alessandro.almeida@uol.com.br www.alessandroalmeida.com www.slideshare.net/alessandroalmeida

×