Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2013)

539 visualizações

Publicada em

Slides da aula apresentada no dia 19 de março de 2013.

Disciplina: Gestão de Projetos e Empreendedorismo.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2013)

  1. 1. 1° Semestre de 2013Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com19/03/2013
  2. 2.  O ciclo de vida foi definido e divulgado Os projetos foram identificados e validados com a análise de viabilidade Você conhece a estrutura organizacional É hora de começar a gestão!
  3. 3. É hora de gerenciar o projeto!
  4. 4.  As “melhores práticas”, frameworks e modelos de referência sugerem vários passos, templates e controles para a gestão de um projeto
  5. 5.  Não é o objetivo da disciplina (e nem temos tempo para) detalhar as melhores práticas ou navegar em todas as opções de templates e controles para a gestão de um projeto
  6. 6.  Nosso objetivo é provocar reflexões e fornecer os conceitos básicos, para que vocês possam aplicá-los e trazer suas dúvidas para as aulas
  7. 7.  O método que será apresentado (hoje e nas próximas aulas) é fictício e não foi criado com a intenção de ter aderência com frameworks, modelos, etc., mas tem como objetivo destacar alguns pontos críticos dentro da gestão de um projeto
  8. 8. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  9. 9. A concepção do projeto!
  10. 10. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  11. 11. EncerramIniciação Planejamento Execução ento Monitoramento
  12. 12.  Como o próprio nome diz, é uma etapa para iniciar o projeto  Ou seja, não tem que ser demorada! Suas atividades podem ser contempladas pela fase de Planejamento As principais entregas da Iniciação são:  Termo de Abertura do Projeto  Realização do kick-off do projeto
  13. 13. Iniciação 1. Preencher 3. Criar 2. Criar 4. Realizar o Termo de versão inicial versão inicial Kick-off do Abertura do do da EAP Projeto projeto Cronograma
  14. 14.  Termo de Abertura do Projeto  Também conhecido como Project Charter  Documento que formaliza a existência do projeto, o seu escopo e outras definições iniciais
  15. 15.  Termo de Abertura do Projeto  Também conhecido como Project Charter  Documento que formaliza a existência do projeto, o seu escopo e outras definições iniciais O que é escopo?
  16. 16.  “gama ou limite de operações”  Fonte: Dicionário Houaiss Soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos na forma de projeto  Fonte: PMBoK, 4ª Edição
  17. 17.  O trabalho que deve ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificadas  Fonte: PMBoK, 4ª Edição Não basta definir o que faz parte do escopo, mas, principalmente, o que está fora do escopo
  18. 18.  O Termo de Abertura fornece informações básicas sobre o projeto, entre elas podemos citar:  Objetivo do projeto  Papéis e responsabilidades  Stakeholders  Cronograma macro  Premissas e restrições  Escopo e principais entregas
  19. 19.  Situação que devemos evitar...
  20. 20. Fonte:www.facebook.com/circulodeprojetos
  21. 21.  EAP...  Estrutura Analítica do Projeto  Também conhecida como WBS: Work Breakdown Structure Decomposição das entregas que compõem o projeto
  22. 22.  Como seria a estrutura analítica de uma bicicleta?
  23. 23. Fonte:www.hubnride.blogspot.com.br/2010/06/basic-knowledge-about-our-bike-anatomy.html
  24. 24. Bicicleta Controle Itens de ControleEstrutura Freio da Direção Segurança de Tração Alavanca Quadro Guidão Lanterna Corrente de freio Cabo de Luvas Farol Pedal aço Garfo Pastilhas Coroa dianteiro Pedivela
  25. 25.  Uma EAP bem estruturada ajuda a organizar e definir o escopo do projeto!  Também facilita a estruturação do cronograma É muito mais fácil gerenciar as “partesmenores”! (especialmente em grandes projetos)
  26. 26. Fonte: www.facebook.com/circulodeprojetos
  27. 27.  Linha do tempo com as datas planejadas para realização das atividades
  28. 28. SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO 1 2 3 4 1 2 3 4 5 1 2 3 4DOCUMENTAÇÃO Plano de Testes Criar plano de testes Validar com Gerente Realizar testes Diagrama de Caso de Uso Levantar requisitos Criar diagrama de Caso de Uso Validar com o clienteSISTEMA Cadastro de Pedreiros Codificar módulo Realizar testes unitários Encaminhar módulo para a célula de testes
  29. 29.  Mesmo sendo versões iniciais, ajudam a organizar os próximos passos e identificar os pontos de atenção que requerem atuação imediata...
  30. 30.  “Ritual” para formalizar o início do projeto  Reunião ou evento Todos os stakeholders podem participar  Talvez seja necessário um kick-off específico para cada público Exemplo...
  31. 31. Iniciando o “Projeto TCC”
  32. 32.  Criem o Termo de Abertura do Projeto TCC  Aproveitem para montar as versões iniciais do Cronograma e da EAP
  33. 33.  A atividade é opcional...  Quem realizou todas as atividades propostas até o momento (e não pretende faltar nas aulas), pode optar por não participar da atividade de hoje  Os alunos que ficaram sem realizar alguma atividade, devem aproveitar a oportunidade para “quitar os débitos”
  34. 34.  ... mas é uma oportunidade para vocês organizarem o Projeto TCC  Por isso, recomendo que todos participem
  35. 35. alessandro.almeida@uol.com.brwww.alessandroalmeida.com/unifieo.htmwww.slideshare.net/alessandroalmeida

×