Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com
   Complementar o conteúdo estudado na    disciplina Engenharia de Software I,    apresentando novas técnicas para    doc...
   Quatro aulas semanais...     Quartas: 20:50 – 22:30     Quintas: 20:50 – 22:30
   Dinâmica das aulas     Sem monólogo, por favor!      ▪ Tragam seus questionamentos, ideias e experiências!      ▪ A c...
   Art. 63. O aproveitamento escolar será aferido por uma nota da avaliação continuada (AC) e uma    nota da prova final ...
   Art. 67. Não haverá segunda chamada nem prova substitutiva.   Art. 68. O aluno que obtiver média final inferior a sei...
   Simplificando...                Média Final: Para ser aprovado, a MF                precisa ser maior ou igual a 6!   ...
   Simplificando...                Mas como a Média Final é                composta?             MF = AC + PF            ...
   Simplificando...                       Avaliação Continuada             MF = AC + PF                     2
De 0 a 10 pontos, sendo:   Simplificando...   - 0 a 5: Atividades parciais (provas e                       outras ativida...
   As entregas estão sendo alinhadas com os    Professores André Evandro e Anderson   Nas próximas 2 semanas teremos as ...
   Simplificando...                       Prova Final (de 0 a 10 pontos)                       (aplicada de acordo com o ...
   Simplificando...                       Prova Final (de 0 a 10 pontos)                       (aplicada de acordo com o ...
   Em todas as aulas...     O feedback de vocês é fundamental     Ajustes na dinâmica (conteúdo, velocidade, etc.)    ...
   Em todas as aulas...     O feedback de vocês é fundamental     Ajustes na dinâmica (conteúdo, velocidade, etc.)    ...
   Pessoalmente ou através do endereço    alessandro.almeida@uol.com.br   Materiais:     www.alessandroalmeida.com    ...
O que vimos nas aulas passadas?
O que é Engenharia de Software?
   Disciplina de engenharia cujo foco está em    todos os aspectos da produção de software,    desde os estágios iniciais...
   ...todos os aspectos da produção de    software...     Não apenas processos “técnicos”, mas também as     atividades ...
Conclusão
Mas... O que é processo?
   Um conjunto de atividades inter-relacionadas    ou interativas, que transforma insumos    (entradas) em produtos (saíd...
Entrada   Processamento   Saída              ?
   Vamos ver um exemplo?                 Bolo de Limão
InsumosAtividades inter-    relacionadas
E o produto?!?!?!?!
E nas empresas?
Folha de Pagamento    Fechamento Contábil              Pagamento
Todas as empresas trabalham  orientadas a processos!
Uma reflexão sobre os pontos que fazem a diferença no resultado dasempresas
Tecnologia          Resultado da            EmpresaPessoas                  Processos
   Sobre as pessoas...     Nosso pessoal está motivado!      ▪ (Será?)     Investimos em capacitação.      ▪ (Será?)   ...
   Sobre a tecnologia...     Investimos pesado!      ▪ (Será?)     Utilizamos o que há de melhor.      ▪ (Será?)     E...
   Sobre os processos...     ?????????????????
   CONHECER e institucionalizar o fluxo de    trabalho   Identificar oportunidades de melhoria   Definir papéis e respo...
   As coisas simplesmente acontecem;   O “sucesso” nos projetos acontece “por    acaso”;     “Por acaso, temos alguns h...
   É normal estouro de prazo e custos (entre    outros problemas)   Ambiente sem controle (caos)   Grande dependência d...
   Está sempre sob pressão   Nunca tira férias   Anda sempre estressado   Nunca tem tempo para os amigos   Nunca se d...
   Os processos sempre estarão lá, mesmo se a    empresa preferir ignorá-los     Ou: Eles estão sempre lá, mesmo que a e...
Legal... Mas o que posso considerar ao definir  um processo que atenda minhas demandas          de Engenharia de Software?
RUP  SWEBoK                          SCRUM      BABoK              Etc...                         mps.BrEUP          OpenU...
   CMMI e mps.Br     Modelos de referência     Sugerem “o quê” deve ser feito, e não “como      fazer”     Podem ser u...
Capability Maturity Model Integration
   Capability Maturity Model Integration®   Modelos de maturidade mantidos pelo SEI    (Software Engineering Institute) ...
   Sponsor:     DoD (U.S. Department of Defense)   Versão 1.3 publicada em novembro de 2010
CMMI-SVC                                                    CMMI                                                    Model ...
   http://www.sei.cmu.edu/cmmi
alessandro.almeida@uol.com.brwww.slideshare.net/alessandroalmeida
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Engenharia de Software II - Aula 3
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Engenharia de Software II - Aula 3

805 visualizações

Publicada em

Slides da 3ª aula da disciplina "Engenharia de Software II".

Curso: Sistemas de Informação.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
805
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Engenharia de Software II - Aula 3

  1. 1. Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com
  2. 2.  Complementar o conteúdo estudado na disciplina Engenharia de Software I, apresentando novas técnicas para documentação de software Apresentar metodologias para desenvolvimento de software e suas aplicações em diferentes cenários de projetos
  3. 3.  Quatro aulas semanais...  Quartas: 20:50 – 22:30  Quintas: 20:50 – 22:30
  4. 4.  Dinâmica das aulas  Sem monólogo, por favor! ▪ Tragam seus questionamentos, ideias e experiências! ▪ A colaboração ajuda na construção do conhecimento.  Material em constante mudança ▪ Publicação no espaço de arquivos do UNIFIEO e no Slideshare
  5. 5.  Art. 63. O aproveitamento escolar será aferido por uma nota da avaliação continuada (AC) e uma nota da prova final escrita. (PF). Parágrafo único - A avaliação continuada será obrigatoriamente composta de no mínimo dois (2) instrumentos diferentes de avaliação, sendo um deles individual. Art. 64. As notas da avaliação continuada e da prova final serão expressas em números inteiros, de zero a dez. Art. 65. A média final (MF) é a média aritmética entre as notas da avaliação continuada (AC) e da prova final escrita (PF), segundo a fórmula: MF = AC + PF 2 Art. 66. O Calendário Escolar estabelecerá um período destinado ao lançamento das notas da avaliação continuada (AC) e do período da realização da prova final escrita.
  6. 6.  Art. 67. Não haverá segunda chamada nem prova substitutiva. Art. 68. O aluno que obtiver média final inferior a seis, mas igual ou superior a dois, poderá realizar o exame de 2ª Época, enviado pela Secretaria Geral, estabelecido no calendário, desde que satisfeita a freqüência mínima exigida. Art. 69. O aluno que obtiver média final inferior a dois é considerado reprovado, sem direito à segunda época. Art. 70. O exame de segunda época constará de uma (1) prova escrita, avaliada por nota expressa em número inteiro, de zero a dez. Art. 71. A média final de segunda época (MF 2ª época) será a média aritmética de uma (1) prova definida no artigo anterior (Ex 2ª época) mais a média final, dividido por dois, segundo a fórmula: MF 2ª. época = (Ex 2ª época) + MF 2 Fonte: Regimento Geral do Centro Universitário FIEO
  7. 7.  Simplificando... Média Final: Para ser aprovado, a MF precisa ser maior ou igual a 6! MF = AC + PF 2
  8. 8.  Simplificando... Mas como a Média Final é composta? MF = AC + PF 2
  9. 9.  Simplificando... Avaliação Continuada MF = AC + PF 2
  10. 10. De 0 a 10 pontos, sendo: Simplificando... - 0 a 5: Atividades parciais (provas e outras atividades em sala de aula) - 0 a 5: Projeto MF = AC + PF 2
  11. 11.  As entregas estão sendo alinhadas com os Professores André Evandro e Anderson Nas próximas 2 semanas teremos as definições  A data está alinhada com o momento que iniciaremos o aprendizado de UML
  12. 12.  Simplificando... Prova Final (de 0 a 10 pontos) (aplicada de acordo com o calendário da instituição) MF = AC + PF 2
  13. 13.  Simplificando... Prova Final (de 0 a 10 pontos) (aplicada de acordo com o calendário da instituição) MF = AC + PF 2
  14. 14.  Em todas as aulas...  O feedback de vocês é fundamental  Ajustes na dinâmica (conteúdo, velocidade, etc.)  Ouvidoria do UNIFIEO Em dezembro...  Avaliação sobre a disciplina
  15. 15.  Em todas as aulas...  O feedback de vocês é fundamental  Ajustes na dinâmica (conteúdo, velocidade, etc.)  Ouvidoria do UNIFIEO Em dezembro...  Avaliação sobre a disciplina
  16. 16.  Pessoalmente ou através do endereço alessandro.almeida@uol.com.br Materiais:  www.alessandroalmeida.com  www.slideshare.net/alessandroalmeida
  17. 17. O que vimos nas aulas passadas?
  18. 18. O que é Engenharia de Software?
  19. 19.  Disciplina de engenharia cujo foco está em todos os aspectos da produção de software, desde os estágios iniciais da especificação do sistema até sua manutenção, quando o sistema já está sendo usado.
  20. 20.  ...todos os aspectos da produção de software...  Não apenas processos “técnicos”, mas também as atividades de gerenciamento de projeto, por exemplo.
  21. 21. Conclusão
  22. 22. Mas... O que é processo?
  23. 23.  Um conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas, que transforma insumos (entradas) em produtos (saídas) [ABNT, 2001].
  24. 24. Entrada Processamento Saída ?
  25. 25.  Vamos ver um exemplo? Bolo de Limão
  26. 26. InsumosAtividades inter- relacionadas
  27. 27. E o produto?!?!?!?!
  28. 28. E nas empresas?
  29. 29. Folha de Pagamento Fechamento Contábil Pagamento
  30. 30. Todas as empresas trabalham orientadas a processos!
  31. 31. Uma reflexão sobre os pontos que fazem a diferença no resultado dasempresas
  32. 32. Tecnologia Resultado da EmpresaPessoas Processos
  33. 33.  Sobre as pessoas...  Nosso pessoal está motivado! ▪ (Será?)  Investimos em capacitação. ▪ (Será?)  A remuneração está adequada. ▪ (Será?)  Etc. ▪ (Será?)
  34. 34.  Sobre a tecnologia...  Investimos pesado! ▪ (Será?)  Utilizamos o que há de melhor. ▪ (Será?)  Etc. ▪ (Será?)
  35. 35.  Sobre os processos...  ?????????????????
  36. 36.  CONHECER e institucionalizar o fluxo de trabalho Identificar oportunidades de melhoria Definir papéis e responsabilidades Transformar o conhecimento tácito em conhecimento explícito Estabelecer controles “Unir” pessoas e tecnologia Colocar a casa em ordem
  37. 37.  As coisas simplesmente acontecem; O “sucesso” nos projetos acontece “por acaso”;  “Por acaso, temos alguns heróis...”  “Por acaso, o cliente era mais desorganizado...”
  38. 38.  É normal estouro de prazo e custos (entre outros problemas) Ambiente sem controle (caos) Grande dependência dos heróis (mas não é qualquer herói)
  39. 39.  Está sempre sob pressão Nunca tira férias Anda sempre estressado Nunca tem tempo para os amigos Nunca se diverte Sempre tem que trabalhar 24 horas direto Até consegue terminar o projeto, mas...
  40. 40.  Os processos sempre estarão lá, mesmo se a empresa preferir ignorá-los  Ou: Eles estão sempre lá, mesmo que a empresa não os conheça Quem controla quem?
  41. 41. Legal... Mas o que posso considerar ao definir um processo que atenda minhas demandas de Engenharia de Software?
  42. 42. RUP SWEBoK SCRUM BABoK Etc... mps.BrEUP OpenUP Extreme Programming PMBoK CMMI
  43. 43.  CMMI e mps.Br  Modelos de referência  Sugerem “o quê” deve ser feito, e não “como fazer”  Podem ser utilizados como guias para orientar o trabalho de definição / melhoria do processo  Fornecem um método para avaliação
  44. 44. Capability Maturity Model Integration
  45. 45.  Capability Maturity Model Integration® Modelos de maturidade mantidos pelo SEI (Software Engineering Institute)  http://www.sei.cmu.edu/cmmi Abrangem todo ciclo de vida para o desenvolvimento (CMMI-DEV) e operação de software (CMMI-SVC) Também aborda projetos de aquisição (CMMI-ACQ)
  46. 46.  Sponsor:  DoD (U.S. Department of Defense) Versão 1.3 publicada em novembro de 2010
  47. 47. CMMI-SVC CMMI Model Foundation CMMI-DEV CMMI-ACQFonte: -http://www.sei.cmu.edu/cmmi/models/CMMI-Services-status.html
  48. 48.  http://www.sei.cmu.edu/cmmi
  49. 49. alessandro.almeida@uol.com.brwww.slideshare.net/alessandroalmeida

×