Ferramentas da web 2

273 visualizações

Publicada em

TAREFA 4 DO CURSO PIGEAD UFF

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
273
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ferramentas da web 2

  1. 1. “Ferramentas da Web 2.0 e as Comunidades de Prática” (Rosa Maria E.M. da Costa e Vânia Marins) Por Alessandra Rosa
  2. 2. “Ferramentas da Web 2.0 e as Comunidades de Prática” (Rosa Maria E.M. da Costa e Vânia Marins) • Analise as principais idéias do texto. Cada grupo deve ler os textos da aula 4a e 4b e discutir usando alguma ferramenta de comunicação (Skype ou msn) para elaborar o reporte final em que devem constar, no mínimo, 2 relatos de situações de aprendizagem que vocês sugeririam para seus alunos. • O reporte deve ser registrado em nosso grupo de discussão no yahoogroups em até 1 semana desta publicação. Por Alessandra Rosa
  3. 3. “As convicções são cárceres” ( Nietzsche)• A primeira idéia do texto é a concordância das autoras com a afirmação de Vygotsky (1978) de que o conhecimento é construído coletivamente a partir da história e da cultura de cada pessoa. É por meio das interações sociais contínuas que aprendemos (P. 01). Pensem e ampliem a discussão sobre o papel e a influência da história e da cultura de cada aluno sobre o processo de ensino aprendizagem de uma turma.
  4. 4. “Reparta o seu conhecimento. É uma forma de alcançar a imortalidade” ( Dalai Lama)• A Web 2.0 é apresentada pelas autoras como uma nova geração de comunidades e serviços para o incentivo de criatividade, compartilhamento e colaboração de conteúdos. Outro conceito introduzido no texto é o de mídia social que trata-se de uma tecnologia para disseminar conteúdo e provocar o compartilhamento ao máximo (p. 02) Analisem as mídias citadas no texto e avaliem de que forma o professor pode otimizar o uso da Web 2.0, ou seja, segundo o texto, avaliem de que forma é possível adotar uma “atitude 2.0”
  5. 5. “Suba o primeiro degrau com fé. Mesmo que você não veja toda a escada, apenas dê o primeiro passo” (Martin Luther King) As autoras citam Póvoa (2007) para afirmar que o uso• da Web 2.0 deve ser dinâmico e alguns princípios explicam a utilidade da ferramenta: 1 – Os sites devem ser considerados como aplicativos em função da sua dinâmica; 2 – Os sites buscam simplicidade para que o usuário não se frustre nem se canse ao navegar; 3 – Os sites devem ampliar a comunicação e muitos se utilizam de uma possibilidade de interação com redes sociais; 4 – O usuário possui autonomia e gera seu próprio conteúdo a ser compartilhado. (pp. 02,03 e 04) Analisem os princípios acima e discutam de que forma a tecnologia desafia a educação e vice versa.
  6. 6. “Uma comunidade é como um navio; todos devem estar preparados para tomar o leme” (Henrik Ibsen) A comunidade de prática é definida pelas autoras como uma comunidade que aprende, mas para enfatizar• ainda mais a sua especificidade, citam Wenger (2002), que afirma que os membros de uma comunidade de prática aprendem, constroem e gerem o conhecimento. Há estágios sobre os quais uma comunidade de prática se apóia: uma situação problema é percebida (potencial), as pessoas buscam os potenciais do grupo (coalizão), o grupo se organiza para desenvolver estratégias (ativa), os contatos diminuem e ocorrem quando necessário (dispersão) e por fim, a experiência permanece na memória de cada participante, compondo a identidade individual dos mesmos. (pp. 04 -05) Discutam como é possível implantar uma comunidade de prática em sala de aula.
  7. 7. “Ambientes Virtuais de Aprendizagem” (Vânia Marins e Rosa Maria E.M. da Costa ) As autoras afirmam que os AVA são programas que auxiliam a criação de cursos acessíveis pela internet. (p. 02) Simples, gratuitos e acessíveis, estas ferramentas são largamente utilizadas. Contudo, há críticas, em especial as que se referem ao oferecimento de condições de funcionamento das ferramentas. Citando Rezende (2003), as autoras enfatizam que além da linguagem, a disponibilidade técnica é fundamental para a motivação do aprendizado. (p. 03)
  8. 8. “Não seremos limitados pela informação que temos. Seremoslimitados por nossa habilidade de processar esta informação.” (Peter Drucker ) Não é possível imaginar que a gama de informações disponibilizadas pela internet seja integralmente absorvida pelos alunos num curso de EAD. As autoras afirmam que é preciso atenção à visualização da informação. Uma série de ferramentas são citadas para orientar o professor interessado em racionalizar a exposição do conteúdo numa situação de aprendizagem(pp. 05-08) Discutam as formas possíveis de favorecer a visualização das informações nos ambientes de EAD.
  9. 9. “Se os seus princípios são rígidos e inabaláveis, você, pessoalmente, já não precisa ser tanto” (Millor Fernandes) Os textos desta semana mostram que a tecnologia é uma aliada do professor, mas este precisa estar atento para as armadilhas que o volume de informações e a facilidade de acesso às mesmas trazem para o cenário educacional. O professor precisa ter seus objetivos bem definidos para que a melhor estratégia seja adotada para a transmissão da informação a fim de que a interação social aconteça e como resultado, a aquisição de conhecimento.
  10. 10. • Tecnologia educa?• Educar é transmitir informação?• Toda informação educa?• Qualidade de conteúdo ou quantidade de informação?• Ferramentas de mediação bastam para educar?• EAD funciona?• Web 2.0 como salvação?• Qual é o peso da tecnologia na educação?
  11. 11. Nos “vemos” no nosso grupo de discussão ...

×