SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
FILOSOFIA MEDIEVAL
CARACTERÍSTICAS DA 
FILOSOFIA MEDIEVAL 
• Relação entre razão e fé 
É um período medieval em que se travava um confronto entre os 
adeptos da religião cristã 
• Existência e natureza de Deus 
Alguns filósofos lançaram algumas ideias sobre a concepção 
filosófica de Deus, uma vez que, analisadas causam muitas 
dúvidas até mesmo para pessoas esclarecidas, pois, deixa 
transparecer que o princípio de todas as coisas é impossível de ser 
definido.
SÃO TOMÁS DE AQUINO 
• São Tomás de Aquino foi um importante teólogo, filósofo e 
padre dominicano do século XIII. 
• Foi declarado santo pelo papa João XXII em 18 de julho de 
1323. 
• Nasceu na cidade de Roccasecca na Itália. 
• Suas principais obras são “Suma contra os gentios” e “Suma 
Teológica”. 
• Sua principal frase é "O primeiro degrau para a sabedoria é a 
humildade". 
• É considerado um dos principais representantes da escolástica.
ESCOLÁSTICA 
• Foi um movimento que pretendia usar os conhecimentos 
greco-romanos para entender e explicar a revelação religiosa 
do cristianismo. As ideias dos filósofos gregos Platão e 
Aristóteles adquirem grande importância nesta fase. 
• É uma corrente filosófica nascida na Europa da Idade Média, 
que dominou o pensamento cristão entre os séculos XI e XIV. 
• Para os filósofos escolásticos a Igreja possuía um importante 
papel de conduzir os seres humanos à salvação.
SANTO AGOSTINHO 
• Foi um importante bispo cristão e teólogo. 
• Santo Agostinho analisava a vida levando em consideração a 
psicologia e o conhecimento da natureza. Porém, o 
conhecimento e as ideias eram de origem divina. 
• Nasceu na região norte da África. 
• Suas principais obras são “Da Doutrina Cristã” e 
“Confissões”. 
• Sua principal frase é "A pessoa que tem caridade no coração 
tem sempre qualquer coisa para dar." 
• Defendia o período patrístico.
PATRÍSTICA 
• O período patrístico, que durou do século I d.C. à VII d.C., 
ficou caracterizado pelos esforços dos apóstolos João e Paulo e 
dos primeiros Padres da igreja para fazer uma ligação entre a 
nova religião e o pensamento filosófico da época, que tinha o 
pensamento greco-romano em linha de frente. 
• a Patrística, é basicamente, a filosofia responsável pela 
elucidação progressiva dos dogmas cristãos e pelo que se 
chama hoje de Tradição Católica.
• Em resumo, o que vemos é que na Filosofia Medieval, os 
principais temas estão relacionados a fé, o que prova o 
argumento da intervenção da igreja neste período da filosofia. 
Relacionar a fé, que é algo sem uma explicação lógica ou 
científica com a razão, que busca o entendimento das coisas, 
era uma forma que a igreja tinha de tentar explicar o que até ali 
não tinha explicação. A existência e a natureza de Deus, para a 
filosofia, era algo complexo, pois se partirmos do pressuposto 
de que a filosofia busca explicar as coisas desde o seu início, 
buscando formas de provar o que está sendo apresentado, 
agora era uma obrigação filosófica explicar a existência de 
Deus.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolasticaOver Lane
 
Filosofia medieval 2015 manu 25t
Filosofia medieval 2015 manu 25tFilosofia medieval 2015 manu 25t
Filosofia medieval 2015 manu 25tAlexandre Misturini
 
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade MédiaJá Entendi
 
Aula 05 filosofia início da era cristã e patrística
Aula 05   filosofia início da era cristã e patrísticaAula 05   filosofia início da era cristã e patrística
Aula 05 filosofia início da era cristã e patrísticaElizeu Nascimento Silva
 
Filosofia medieval - Segundo ano
Filosofia medieval - Segundo anoFilosofia medieval - Segundo ano
Filosofia medieval - Segundo anoVictor França
 
Santo Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaSanto Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaLeandrocesarcn
 
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e Empirismo
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e EmpirismoIntrodução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e Empirismo
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e EmpirismoDiego Sampaio
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrísticaAlexandre Misturini
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medievalJanimara
 
Cap 7 Entre a Patrística e a Escolástica
Cap 7   Entre a Patrística e a EscolásticaCap 7   Entre a Patrística e a Escolástica
Cap 7 Entre a Patrística e a EscolásticaJosé Ferreira Júnior
 
Seminario filosofia medieval
Seminario filosofia medievalSeminario filosofia medieval
Seminario filosofia medievalHannah Dantas
 

Mais procurados (20)

Filosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mpFilosofia medieval julia 22mp
Filosofia medieval julia 22mp
 
Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolastica
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Filosofia medieval 2015 manu 25t
Filosofia medieval 2015 manu 25tFilosofia medieval 2015 manu 25t
Filosofia medieval 2015 manu 25t
 
3 o mundo medieval
3   o mundo medieval3   o mundo medieval
3 o mundo medieval
 
Fslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mppppppFslide de filo 22mpppppp
Fslide de filo 22mpppppp
 
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média
[Resumex Já Entendi] Filosofia Idade Média
 
Filosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 npFilosofia medieval raiana 27 np
Filosofia medieval raiana 27 np
 
Aula 05 filosofia início da era cristã e patrística
Aula 05   filosofia início da era cristã e patrísticaAula 05   filosofia início da era cristã e patrística
Aula 05 filosofia início da era cristã e patrística
 
Filosofia medieval - Segundo ano
Filosofia medieval - Segundo anoFilosofia medieval - Segundo ano
Filosofia medieval - Segundo ano
 
Santo Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaSanto Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a Patrística
 
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e Empirismo
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e EmpirismoIntrodução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e Empirismo
Introdução à Filosofia - Patrística e Escolástica, Eacionalismo e Empirismo
 
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrísticaTrabalho 26 tp   mateus e pedro - escolástica e patrística
Trabalho 26 tp mateus e pedro - escolástica e patrística
 
Filosofia medieval2 renata 21 m
Filosofia medieval2 renata 21 mFilosofia medieval2 renata 21 m
Filosofia medieval2 renata 21 m
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
1ª série filosofia medieval-
1ª série   filosofia medieval-1ª série   filosofia medieval-
1ª série filosofia medieval-
 
Filosofia medieval slide
Filosofia medieval slideFilosofia medieval slide
Filosofia medieval slide
 
Aula dia 25 11- filosofia medieval
Aula dia 25 11- filosofia medievalAula dia 25 11- filosofia medieval
Aula dia 25 11- filosofia medieval
 
Cap 7 Entre a Patrística e a Escolástica
Cap 7   Entre a Patrística e a EscolásticaCap 7   Entre a Patrística e a Escolástica
Cap 7 Entre a Patrística e a Escolástica
 
Seminario filosofia medieval
Seminario filosofia medievalSeminario filosofia medieval
Seminario filosofia medieval
 

Semelhante a Filosofia Medieval: Fé e Razão

Universidade de cuiab3
Universidade de cuiab3Universidade de cuiab3
Universidade de cuiab3ostozao
 
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Thais Madureira
 
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02Mário Oliveira
 
Filosofia na-idade-média giorgia 23m
Filosofia na-idade-média giorgia 23mFilosofia na-idade-média giorgia 23m
Filosofia na-idade-média giorgia 23mAlexandre Misturini
 
4 bimestre filosofia medieval
4 bimestre   filosofia medieval4 bimestre   filosofia medieval
4 bimestre filosofia medievalPéricles Penuel
 
Filosofia medieval camila m, camila t, sabrina, marina e luiza
Filosofia medieval   camila m, camila t, sabrina, marina e luizaFilosofia medieval   camila m, camila t, sabrina, marina e luiza
Filosofia medieval camila m, camila t, sabrina, marina e luizaAlexandre Misturini
 
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedrais
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedraisA filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedrais
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedraisBrigitte Guminiak
 
(7) a teologia diante da modernidade
(7) a teologia diante da modernidade(7) a teologia diante da modernidade
(7) a teologia diante da modernidadeAfonso Murad (FAJE)
 
05 a 08 aula períodos da historia da filosofia ocidental
05 a 08 aula   períodos da historia da filosofia ocidental05 a 08 aula   períodos da historia da filosofia ocidental
05 a 08 aula períodos da historia da filosofia ocidentalMara Rodrigues Pires
 
Teologia Contemporanea
Teologia ContemporaneaTeologia Contemporanea
Teologia ContemporaneaCarlos Alves
 
Plano de aula o problema da fé e da razão
Plano de aula o problema da fé e da razãoPlano de aula o problema da fé e da razão
Plano de aula o problema da fé e da razãoAntonio Marcelo Campos
 
Introdução à Patrística
Introdução à PatrísticaIntrodução à Patrística
Introdução à PatrísticaCursoDeFerias
 
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e HeresiasLiberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e HeresiasLuan Almeida
 

Semelhante a Filosofia Medieval: Fé e Razão (20)

Filosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tpFilosofia medieval 25tp
Filosofia medieval 25tp
 
Universidade de cuiab3
Universidade de cuiab3Universidade de cuiab3
Universidade de cuiab3
 
Filosofia Medieval
Filosofia MedievalFilosofia Medieval
Filosofia Medieval
 
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
Filosofiamedieval 130322112129-phpapp02
 
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02
Aula 2apartepatristica-120404143143-phpapp02
 
Filosofia na-idade-média giorgia 23m
Filosofia na-idade-média giorgia 23mFilosofia na-idade-média giorgia 23m
Filosofia na-idade-média giorgia 23m
 
Idade moderna modernismo
Idade moderna   modernismoIdade moderna   modernismo
Idade moderna modernismo
 
4 bimestre filosofia medieval
4 bimestre   filosofia medieval4 bimestre   filosofia medieval
4 bimestre filosofia medieval
 
1ª série filosofia medieval-
1ª série   filosofia medieval-1ª série   filosofia medieval-
1ª série filosofia medieval-
 
Gustavo 23 filo
Gustavo 23 filoGustavo 23 filo
Gustavo 23 filo
 
Filosofia medieval camila m, camila t, sabrina, marina e luiza
Filosofia medieval   camila m, camila t, sabrina, marina e luizaFilosofia medieval   camila m, camila t, sabrina, marina e luiza
Filosofia medieval camila m, camila t, sabrina, marina e luiza
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedrais
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedraisA filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedrais
A filosofia tomista aristotélica e a importancia da luz nas catedrais
 
(7) a teologia diante da modernidade
(7) a teologia diante da modernidade(7) a teologia diante da modernidade
(7) a teologia diante da modernidade
 
05 a 08 aula períodos da historia da filosofia ocidental
05 a 08 aula   períodos da historia da filosofia ocidental05 a 08 aula   períodos da historia da filosofia ocidental
05 a 08 aula períodos da historia da filosofia ocidental
 
Teologia Contemporanea
Teologia ContemporaneaTeologia Contemporanea
Teologia Contemporanea
 
Plano de aula o problema da fé e da razão
Plano de aula o problema da fé e da razãoPlano de aula o problema da fé e da razão
Plano de aula o problema da fé e da razão
 
Introdução à Patrística
Introdução à PatrísticaIntrodução à Patrística
Introdução à Patrística
 
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e HeresiasLiberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
 
Filosofia Medieval.pptx
Filosofia Medieval.pptxFilosofia Medieval.pptx
Filosofia Medieval.pptx
 

Mais de Alexandre Misturini

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anosAlexandre Misturini
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpAlexandre Misturini
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialAlexandre Misturini
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calzaAlexandre Misturini
 
Conceito de pós modernismo 35 tp
Conceito de pós modernismo 35 tpConceito de pós modernismo 35 tp
Conceito de pós modernismo 35 tpAlexandre Misturini
 
Slides pós modernidade alunas turma 33 mp
Slides pós modernidade alunas turma 33 mpSlides pós modernidade alunas turma 33 mp
Slides pós modernidade alunas turma 33 mpAlexandre Misturini
 

Mais de Alexandre Misturini (20)

Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais  21032017 2 e 3 º anosReunião de pais  21032017 2 e 3 º anos
Reunião de pais 21032017 2 e 3 º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Reunião de pais 20032017 1º anos
Reunião de pais  20032017 1º anosReunião de pais  20032017 1º anos
Reunião de pais 20032017 1º anos
 
Política filo 33 mp
Política filo 33 mpPolítica filo 33 mp
Política filo 33 mp
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
 
éTica
éTicaéTica
éTica
 
Modelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto socialModelo de divulgação do projeto social
Modelo de divulgação do projeto social
 
Filosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 npFilosofia medieval 27 np
Filosofia medieval 27 np
 
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
(Bruna castro, gabrielle rohden e helen calza
 
Filo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptpFilo 02 26tptptptp
Filo 02 26tptptptp
 
Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24Filosofia medieval 24
Filosofia medieval 24
 
Trabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tpTrabalho ética 15 tp
Trabalho ética 15 tp
 
Filosofia medieval pdf 25tp
Filosofia medieval   pdf 25tpFilosofia medieval   pdf 25tp
Filosofia medieval pdf 25tp
 
éTica 15 mateus
éTica 15 mateuséTica 15 mateus
éTica 15 mateus
 
éTica 12mp
éTica 12mpéTica 12mp
éTica 12mp
 
éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111
 
Conceito de pós modernismo 35 tp
Conceito de pós modernismo 35 tpConceito de pós modernismo 35 tp
Conceito de pós modernismo 35 tp
 
Tailson 24
Tailson 24Tailson 24
Tailson 24
 
Slides pós modernidade alunas turma 33 mp
Slides pós modernidade alunas turma 33 mpSlides pós modernidade alunas turma 33 mp
Slides pós modernidade alunas turma 33 mp
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasil
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 BrasilGoverno Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasil
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasillucasp132400
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxLírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxfabiolalopesmartins1
 
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxAD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxkarinedarozabatista
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSlides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSilvana Silva
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasil
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 BrasilGoverno Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasil
Governo Provisório Era Vargas 1930-1934 Brasil
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptxLírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
Lírica Camoniana- A mudança na lírica de Camões.pptx
 
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptxAD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
AD2 DIDÁTICA.KARINEROZA.SHAYANNE.BINC.ROBERTA.pptx
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptxSlides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
Slides 1 - O gênero textual entrevista.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 5, CPAD, Os Inimigos do Cristão, 2Tr24, Pr Henrique.pptx
 

Filosofia Medieval: Fé e Razão

  • 2. CARACTERÍSTICAS DA FILOSOFIA MEDIEVAL • Relação entre razão e fé É um período medieval em que se travava um confronto entre os adeptos da religião cristã • Existência e natureza de Deus Alguns filósofos lançaram algumas ideias sobre a concepção filosófica de Deus, uma vez que, analisadas causam muitas dúvidas até mesmo para pessoas esclarecidas, pois, deixa transparecer que o princípio de todas as coisas é impossível de ser definido.
  • 3. SÃO TOMÁS DE AQUINO • São Tomás de Aquino foi um importante teólogo, filósofo e padre dominicano do século XIII. • Foi declarado santo pelo papa João XXII em 18 de julho de 1323. • Nasceu na cidade de Roccasecca na Itália. • Suas principais obras são “Suma contra os gentios” e “Suma Teológica”. • Sua principal frase é "O primeiro degrau para a sabedoria é a humildade". • É considerado um dos principais representantes da escolástica.
  • 4. ESCOLÁSTICA • Foi um movimento que pretendia usar os conhecimentos greco-romanos para entender e explicar a revelação religiosa do cristianismo. As ideias dos filósofos gregos Platão e Aristóteles adquirem grande importância nesta fase. • É uma corrente filosófica nascida na Europa da Idade Média, que dominou o pensamento cristão entre os séculos XI e XIV. • Para os filósofos escolásticos a Igreja possuía um importante papel de conduzir os seres humanos à salvação.
  • 5. SANTO AGOSTINHO • Foi um importante bispo cristão e teólogo. • Santo Agostinho analisava a vida levando em consideração a psicologia e o conhecimento da natureza. Porém, o conhecimento e as ideias eram de origem divina. • Nasceu na região norte da África. • Suas principais obras são “Da Doutrina Cristã” e “Confissões”. • Sua principal frase é "A pessoa que tem caridade no coração tem sempre qualquer coisa para dar." • Defendia o período patrístico.
  • 6. PATRÍSTICA • O período patrístico, que durou do século I d.C. à VII d.C., ficou caracterizado pelos esforços dos apóstolos João e Paulo e dos primeiros Padres da igreja para fazer uma ligação entre a nova religião e o pensamento filosófico da época, que tinha o pensamento greco-romano em linha de frente. • a Patrística, é basicamente, a filosofia responsável pela elucidação progressiva dos dogmas cristãos e pelo que se chama hoje de Tradição Católica.
  • 7. • Em resumo, o que vemos é que na Filosofia Medieval, os principais temas estão relacionados a fé, o que prova o argumento da intervenção da igreja neste período da filosofia. Relacionar a fé, que é algo sem uma explicação lógica ou científica com a razão, que busca o entendimento das coisas, era uma forma que a igreja tinha de tentar explicar o que até ali não tinha explicação. A existência e a natureza de Deus, para a filosofia, era algo complexo, pois se partirmos do pressuposto de que a filosofia busca explicar as coisas desde o seu início, buscando formas de provar o que está sendo apresentado, agora era uma obrigação filosófica explicar a existência de Deus.