Racionalismo 26 tp

770 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
262
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Racionalismo 26 tp

  1. 1. RACIONALISMO Componentes: Ariane e Jéssica Turma: 26TP
  2. 2. O Racionalismo é uma corrente filosófica que dá prioridade a razão e aos sentidos, baseada nas operações mentais para definir a viabilidade e efetividade das proposições apresentadas.
  3. 3.  Racionalismo foi defendido por René Descartes através de suas obras mais conhecidas como são Discurso do Método e Meditações. Essas obras de Descartes geraram dúvidas enfáticas sobre que os sentidos do corpo podem dar verdadeiro significado e defende que a razão como partida coerente para a verdadeira definição de tudo o que existe; daí vem a celebre frase: Penso, logo existo.
  4. 4.  A origem da palavra Racionalismo provém do latim ratio e significa razão. Esse termo designa a doutrina que atribui exclusivamente a confiança na razão dos seres humanos como um instrumento que seja capaz de descobrir a verdade como um todo.
  5. 5.  Para os racionalistas, o uso dos sentidos na descoberta da verdade, não são de plena confiança pelo simples fato de ao invés de oferecer- nos a verdade, nos proporciona uma distorção da realidade como um todo.
  6. 6.  Em síntese, Racionalismo é o método de observar as coisas baseando-se no que chamamos razão ou na doutrina que privilegia a razão como fonte do conhecimento.
  7. 7.  : Racionalismo Cristão  O racionalismo cristão consiste em uma filosofia espiritualista que surgiu graças a uma separação do movimento espírita brasileiro foi criado por Luiz Matos. o racionalismo cristão é uma ciência e não uma religião, e tem como objetivo abordar a evolução do espírito humano, chegando a conclusões sobre fenômenos e matérias como razão e raciocínio.
  8. 8.  Racionalismo e Empirismo  Diferentemente do empirismo, o racionalismo aceita a existência das verdades inatas e as verdades "a priori". Ambos os movimentos possuem ligações com as ciências naturais e exatas, que alcançam um grande desenvolvimento na física, astronomia, mecânica e matemática. Mas, enquanto o racionalismo utiliza de preferencia o a priori dedutivo da matemática, o Empirismo opta pelo a posteriori indutivo da experimentação.
  9. 9.  Racionalismo de Descartes  O racionalismo nasce com Descartes. O racionalismo cartesiano indica que só é possível chegar ao conhecimento da Verdade através da razão do ser humano.
  10. 10.  Para Descartes, existiam três categorias de ideias: as adventícias, as factícias e as inatas. As adventícias representam as ideias que surgem através de dados obtidos pelos nossos sentidos; factícias são as ideias que têm origem na nossa imaginação; e as ideias inatas, que não dependem da experiência e estão dentro de nós desde que nascemos. Segundo Descartes, conceitos matemáticos e a noção da existência de Deus eram exemplos de ideias inatas.

×