Idade moderna (modernismo) 1 26

603 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
207
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Idade moderna (modernismo) 1 26

  1. 1. Componentes: Andrei Da Ré,Eduardo Carraro, Maurício Barossi, William Souza.
  2. 2. Racionalismo É uma corrente filosófica baseada nas operações mentais para definir a efetividade das proposições exibidas. Essa corrente surgiu para enfatizar que tudo que é existente é decorrente de uma causa. Na Idade Moderna, o Racionalismo obteve grande crescimento como corrente filosófica e não se pode desvincular esses conceitos das aplicações matemáticas.
  3. 3. O Racionalismo se tornou central ao pensamento liberal, que pretende estabelecer caminhos para alcançar determinados fins em nome do interesse coletivo.
  4. 4. Ética Antropocêntrica no Mundo Moderno A ética antropocêntrica no mundo moderno sucede à sociedade feudal da Idade Média mudanças em todas as ordens: econômica forças produtivas; as relações capitalistas de produção; científica constituição da ciência moderna (Galileu e Newton); social nova classe social a burguesia – política revoluções na Holanda, Inglaterra e França;
  5. 5. A Ética de Kant Kant Kant defendia que o valor da ação depende unicamente da interação com que são praticadas.
  6. 6. Modernismo cientifico Este é um estudo sobre a influência do pós-modernismo na política científica da Psicologia contemporânea. Investigam-se os pressupostos epistemológicos adotados pelo Construcionismo Social e suas conseqüências político-acadêmicas. A conseqüente rejeição dos pressupostos da ciência moderna leva necessariamente à interpretação da ciência como uma atividade sem privilégios epistemológicos. Sem critérios de relevância objetivos, o volume da produção passa a ser o único critério de produtividade acadêmica, mergulhando a Psicologia pós-modernista no que pode ser denominado .
  7. 7. Ciência moderna Galileu é considerado por muitos o pai da ciência moderna porque foi o primeiro a combinar observação experimental com a descrição dos fenômenos num contexto teórico, com leis expressas em formulação matemática.
  8. 8. Legado; Os livros abordam temáticas que não tinham sido muito consideradas, como a relação do modernismo e o cinema e a visão de autores que não estão no panteão dos grandes nomes do movimento, como Pedro Nava e Cornélio Pena diz o crítico. Além de Helena e Jardim, a mesa vai ser composta também pelo filósofo Pedro Duarte, que deseja abordar uma perspectiva mais filosófica da ideia do movimento e o relacionamento das pessoas hoje com a ideia de modernismo: Nossa relação é ambígua, de distância e proximidade. Da mesma forma que o rompimento estético que o movimento propunha é algo distante hoje, é curioso observar como os termos que vieram depois, como pós-modernismo, antimodernismo, por mais que queiram afastá-lo, sempre carregam a palavra “modernismo” no nome. Mário de Andrade tem uma frase que sintetiza isso: Nós, modernistas, não devemos servir de exemplo, mas sim de lição. O modernismo é marcado pelo desejo de liberdade. Nosso desafio hoje é saber o que fazer com essa liberdade adquirida sem banalizá-la.
  9. 9. Política Na idade moderna; Devemos lembrar que Absolutismo era forma de governo situada, segundo a qual as palavras do Rei valiam enquanto lei e sua vontade e desejo eram uma ordem. Essa era a forma de dominação que era motivada pelas teorias de "predestinação divina", que apontavam o rei como eleito de Deus. Vale lembrar que em aproximadamente quatro séculos, os monarcas europeus observaram seu poder cair por meio de várias revoluções liberais, até que a Revolução francesa inicia o procedimento que derrubará definitivamente o Antigo Regime.
  10. 10. Renascimento; O renascimento do comércio fez nascer uma nova classe social: os burgueses. Estes seriam os homens que conduziriam as alterações sociais no novo período através do desenvolvimento do nascente capitalismo. O Renascimento proporcionou a retomada da cultura greco-latina, que passou a representar um momento de apogeu cultural da humanidade ofuscado pelo período medieval. A retomada da cultura fez o homem alterar seus conceitos de interpretação do mundo, germinando novos questionamentos.
  11. 11. A Idade Moderna é um período de retomada de valores culturais e grande ampliação dos mesmos. É também a época do nascedouro do capitalismo, o que introduziu significativas mudanças na humanidade. A História Moderna é identificada pelos historiadores como limitada pela Revolução Francesa, o que iniciaria uma nova fase da humanidade, a História Contemporânea.

×