Idade moderna 2 26

429 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
429
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
210
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Idade moderna 2 26

  1. 1.  Racionalismo tem como principal defensor René Descartes.  Defende que a razão como partida da verdade definição de tudo que existe.  “Penso, logo existo”  Para os racionalistas, o uso dos sentidos na descoberta da verdade, não são de plena confiança pelo simples fato de ao revés de oferecer-nos a verdade.
  2. 2.  O Racionalismo é baseado na busca da certeza e da demonstração.  O Racionalismo se tornou central ao pensamento liberal, que, por sua vez, pretende propor e estabelecer caminhos para alcançar determinados fins em nome do interesse coletivo. Assim, o Racionalismo está na base do planejamento da organização econômica e espacial da reprodução social, abrindo espaço para as soluções racionais de problemas econômicos e urbanos com base em soluções técnicas e eficazes.
  3. 3.  O renascimento foi um movimento cultural, de mudanças de valores e tradições medievais para um novo mundo.  Esse movimento predominou na Itália, com interferência na literatura, religião, politica, e na arte. A expressão renascimento foi atribuída à Giorgio Vasari que teria usado essa expressão para explicar o esplendor artístico e cultural na Itália neste período.
  4. 4.  Iniciou-se no dia 29 de maio de 1453, data que registra a conquista turca de Constantinopla, mas ela não representa um consenso entre os historiados; outros estudiosos apontam outras datas para o início da Idade Moderna como: a viagem de Vasco da Gama às Índias ou a viagem de Cristóvão Colombo às Américas.  Seu final acompanha a Revolução Francesa de 14 de julho de 1789.
  5. 5.  O modernismo é conceituado no âmbito pela arte moderna, de certo modo o modernismo menospreza o que é mais antigo, ou tradicional.  O modernismo se aplica especialmente na renovação da arte e na literatura.
  6. 6.  No sentido filosófico podemos compreender comportamentos de alguns profissionais tais como médico, jornalista, advogado, politico, entre outros.  A ética abrange dois tipos: ética profissional que trata do comportamento de um individuo na sua profissão. A ética e a cidadania. Constitui conceito de uma sociedade prospera.
  7. 7.  Designa-se de Ética Moderna as várias tendências que apareceram nesse campo a partir do século XVI até o inicio do século XIX. E, apesar de não ser fácil sistematizar todas os princípios éticos que se desenvolveram nesse período, podemos dizer que em aversão à ética teocêntrica religiosa, a ética moderna segue a tendência antropocêntrica.
  8. 8.  Em termos políticos, necessitamos observar que Absolutismo era forma de governo constituída, segundo a qual as palavras do Rei valiam enquanto lei e sua vontade e desejo eram uma ordem. Sem surpresa, essa forma de dominação era fundamentada pelas teorias de "predestinação divina", que marcavam o rei como eleito de Deus e textos laicos, como o de Nicolau Maquiavel, autor de “O Príncipe”, obra onde, grosso modo, demonstra formas de governo aos príncipes para que eles pudessem manterem-se soberanos no seu relativos reinos.
  9. 9.  No fim do século XV, muitos países que compõem a diversidade europeia já estavam formados: Inglaterra, França, Espanha, Suíça e Polônia. A Alemanha e a Itália, apesar de não formarem um Estado unificado, tinham uma identidade cultural.
  10. 10.  Se se compara essa situação com o início da Idade Média, ou mesmo do século X, observa-se que o mapa da Europa no final do século XV tornou-se mais simples. Os inumeráveis senhorios, nos quais seus chefes tinham grande independência, agruparam-se em estados sob a direção de um rei.
  11. 11.  Cada vez mais as populações têm a consciência de que pertencem a uma comunidade, uma nação, diferente de seus vizinhos. É na Idade Média que se forma, portanto, o mapa político da Europa contemporânea.

×