Acofi cap02 diferencas_contabfinancas

1.344 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.344
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
137
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acofi cap02 diferencas_contabfinancas

  1. 1. Capítulo importante! 2. Entendendo Aspectos Importantes das Demonstrações Contábeis Adriano Leal Bruni [email_address]
  2. 2. Observação importante <ul><li>Estes slides foram elaborados com o objetivo de facilitar a transmissão dos conteúdos do livro “A Análise Contábil e Financeira” de Adriano Leal Bruni publicado pela Editora Atlas. </li></ul>
  3. 3. Para conhecer o livro ... www.MinhasAulas.com.br Site do livro, apresenta todos os recursos complementares www.EditoraAtlas.com.br Site da Editora Atlas, oferece a possibilidade de aquisição do livro
  4. 4. Tópico importante! Separando caixa e lucro
  5. 5. Carangão Automóveis Quase Novos Ltda. <ul><li>Comprou um Fusquinha por $8 mil, pagando 50% no ato e o restante após 30 dias. Vendeu por $10 mil, recebendo $1 mil como entrada e o resto em 60 dias. </li></ul><ul><li>Comprou um Chevette por $6 mil, com pagamento em 60 dias. Vendeu por $5 mil a vista. </li></ul><ul><li>Qual operação gerou caixa? </li></ul><ul><li>Qual operação gerou lucro? </li></ul>
  6. 6. Pontos importantes Caixa Lucro Vendeu? + Recebeu? + Consumiu? - Pagou? - Uma empresa lucrativa é sempre um bom negócio?
  7. 7. Separando ... <ul><li>Alhos de Bugalhos ... </li></ul>
  8. 8. Os diferentes lucros! Ativos Obrigações Capital dos sócios Receita bruta de vendas (-) Deduções Receita líquida de vendas (-) Custo Mercadoria Vendida Resultado bruto (-) Despesas Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido (-) Despesas adm e comerciais LAJIR (-) Juros LAIR ou Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido Operacionais Financeiros
  9. 9. Separando as decisões Ativos Obrigações JUROS Operacional IR Capital dos sócios Lucro Líquido Financeira Como dividir? LAJIR
  10. 10. Finanças versus Contabilidade <ul><li>Receita bruta de vendas </li></ul><ul><li>(-) Deduções </li></ul><ul><li>Receita líquida de vendas </li></ul><ul><li>(-) Custo Mercadoria Vendida </li></ul><ul><li>Resultado bruto </li></ul><ul><li>(-) Despesas </li></ul><ul><li>Resultado operacional </li></ul><ul><li>(-) IR e CS </li></ul><ul><li>Resultado líquido </li></ul>Contabilidade Finanças AC RLP AP PC ELP PL Investimentos de giro Investimentos estruturais Financiamentos de Giro Financiamentos estruturais Receita bruta de vendas (-) Deduções Receita líquida de vendas (-) Custo Mercadoria Vendida Resultado bruto (-) Despesas adm e comerciais LAJIR (-) Juros LAIR ou Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido LAJIR e LAIR
  11. 11. Para pensar sobre juros ... <ul><li>Pedro Paga Juros andava preocupado ... </li></ul><ul><li>O DRE do seu negócio indicava a presença de sucessivos prejuízos ... </li></ul><ul><li>Ele estava cético e desmotivado ... </li></ul>
  12. 12. DRE de Pedro Ano 1 2 3 Receita 500 550 620 (-) Ded -50 -50 -50 (-) CMV -250 -250 -250 (-) Desp -320 -380 -460 Resultado -120 -130 -140
  13. 13. Comentou com um especialista <ul><li>Preocupado com a situação. Pedro Procurou Armando Gastos Distintos, seu amigo há muitos anos, que entendia um pouco de Finanças. </li></ul><ul><li>De imediato, Armando resolveu questionar o empresário. </li></ul><ul><li>Alertou que seria preciso pensar com mais cuidado. </li></ul><ul><li>Boa parte das despesas do DRE são juros, decorrentes do alto endividamento, não inerente ao negócio! </li></ul>
  14. 14. Armando Gastos Distintos É preciso separar os juros! Juros decorrem do endividamento e não do negócio!
  15. 15. Alterando a forma de pensar É preciso separar os juros das demais despesas adm e com Ano 1 2 3 Receita 500 550 620 (-) Ded -50 -50 -50 (-) CMV -250 -250 -250 (-) Desp -320 -380 -460 Resultado -120 -130 -140 (-) Desp Pr -50 -50 -50 LAJIR 150 200 270 (-) Juros -270 -330 -410 LAIR -120 -130 -140
  16. 16. Em Finanças .... Investimentos de giro Investimentos estruturais Financiamentos de Giro Financiamentos estruturais Operacional Financeiro
  17. 17. Entendendo o ... Em Português ... LAJIDA, Lucro antes dos Juros, Imposto de Renda, Depreciação e Amortização. Representa a geração operacional de caixa da companhia. Corresponde, em outras palavras, ao Fluxo de Caixa Operacional acrescido do Imposto de Renda. mortization arnings E efore B nterest Rates, I axes, T epreciation and D A
  18. 18. Visões importantes Lucro Caixa Registro contábil Decisão financeira EBITDA
  19. 19. Para pensar ... Lucro é bom ... Mas EBITDA é melhor !!!
  20. 20. Números da Sadia ...
  21. 21. Pensando em números ... Contabilidade Receitas (-) Gastos Lucro Finanças Entradas (-) Saídas Caixa O Caixa representa, de fato, a movimentação de dinheiro no tempo
  22. 22. Ao analisar a operação <ul><li>Receita bruta de vendas </li></ul><ul><li>(-) Deduções </li></ul><ul><li>Receita líquida de vendas </li></ul><ul><li>(-) Custo Mercadoria Vendida </li></ul><ul><li>Resultado bruto </li></ul><ul><li>(-) Despesas operacionais próprias </li></ul><ul><li>desembolsáveis </li></ul><ul><li>EBITDA </li></ul>Bens + Direitos Obrigações PL Fluxo de Caixa Livre Ebitda Não consideramos: Juros Depreciações IR
  23. 23. A importância do EBITDA <ul><li>O EBITDA representa o quanto a empresa gera de recursos apenas em sua atividade, sem levar em consideração os efeitos financeiros e de impostos. É um importante indicador para avaliar a qualidade operacional empresa. Ou seja, a qualidade e os ganhos decorrentes dos seus ativos. </li></ul><ul><li>Na literatura financeira, existe a expressão EBIT Earnings Before Income Taxes, ou Lucro Antes do Imposto de Renda. O EBIT é conhecido como o lucro na atividade. A diferença entre este indicador e o EBITDA refere-se apenas à depreciação e amortização. O EBIT considera estes efeitos contábeis enquanto o EBITDA não considera. </li></ul>
  24. 24. Separando as dívidas Não confunda a operação com o seu endividamento !

×