facebook/aitproeg	  Por	  	  Clarice	  Ferreira	  
  De	  onde	  venho?	    Onde	  estou?	  	    Para	  onde	  quero	  ir?	               Passado	            Presente	   ...
  12º	  princípio	  do	  Manifesto	  Àgil	    	  “Em	  intervalos	  regulares,	  a	  equipe	  reflete	     sobre	  como	 ...
  SCRUM	  Guide	  define:	  “A	   retrospectiva	   do	   Sprint	   é	   uma	   oportunidade	    para	  a	  Equipe	  do	   ...
  Avaliar	  “O	  que	  funcionou	  bem”	  na	  Sprint	  que	    terminou	  e	  seria	  interessante	  ser	  mantido.	   ...
  O	  que	  devemos	  parar	  de	  fazer?	    O	  que	  devemos	  continuar	  fazendo?	    O	  que	  devemos	  começar	...
  Os	  itens	  foram	  identificados.	    Nenhuma	  ação	  e	  tomada	  em	  relação	  aos	    dados	  recolhidos.	    A...
  Pontos	  para	  discutir	  com	  o	  time	  e	  sugestões	     de	  mudanças.	    	  É	  importante	  que	  esses	  po...
  Criar	  listas	  com	  coisas	  a	  serem	  melhoradas	    sem	  considerar	  a	  viabilidade.	    Isso	  traz	  desap...
  Ações	  criadas	  e	  não	  possuem	  donos.	    "Melhorar	  a	  comunicação"	  e	  "Fazer	  mais	     refactoring",	 ...
  Nenhum	  processo	  é	  uma	  bala	  de	  prata	  e	  ela	     precisa	  ser	  refinada	  constantemente.	    O	  ideal...
  Não	  transformar	  a	  reunião	  de	  retrospectiva	     em	  uma	  mera	  busca	  de	  culpados.	    	  O	  foco	  d...
  Cada	  ação	  tem	  um	  objetivo	  a	  longo	  prazo	  e	     uma	  ação	  para	  ser	  feita	  agora.	  	    Objetiv...
  Dividir	  responsabilidades	  de	  tomar	  as	  ações	    entre	  os	  membros	  da	  equipe	  para	  que	  as	    muda...
  A	  melhoria	  proposta	  está	  sendo	  realizada?	    Está	  gerando	  o	  valor	  esperado?	    O	  acompanhamento...
  O	  	  desenhar	  alguns	  traços	  em	  papéis.	  	    5	  minutos	  pra	  desenharem	  nos	  papéis	  o	  que	  o	  ...
  TAVARES,	  Hugo	  Lopes.	  Apresentando	  Retrospectivas.	     Disponível	  em:	  <http://hltbra.blogspot.com.br/2010/0...
  BÚRIGO,	  Murilo.	  Retrospectiva.	  Disponível	  em:	  <http://   www.cicloprojetos.com/2011/03/retrospectiva_18.html>...
Obrigada!	  =)	  
Retrospectivas - Mr Squiggle
Retrospectivas - Mr Squiggle
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Retrospectivas - Mr Squiggle

330 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre retrospectiva ágil com enfoque na técnica Mr. Squiggle

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Retrospectivas - Mr Squiggle

  1. 1. facebook/aitproeg  Por    Clarice  Ferreira  
  2. 2.   De  onde  venho?    Onde  estou?      Para  onde  quero  ir?   Passado   Presente   Futuro  
  3. 3.   12º  princípio  do  Manifesto  Àgil     “Em  intervalos  regulares,  a  equipe  reflete   sobre  como  se  tornar  mais  eficiente,  depois   aprimora  e  ajusta  seu  comportamento  em   conformidade”  
  4. 4.   SCRUM  Guide  define:  “A   retrospectiva   do   Sprint   é   uma   oportunidade   para  a  Equipe  do   Scrum  inspecionar-­‐se  e  criar   um   plano   de   melhorias   que   deve   se   valer   durante  o  próximo  Sprint.”  
  5. 5.   Avaliar  “O  que  funcionou  bem”  na  Sprint  que   terminou  e  seria  interessante  ser  mantido.    Levantarmos  “O  que  precisa  ser  melhorado”   na  próxima  Sprint,  com  base  nas  questões  que   "não  funcionaram  bem”  na  Sprint  passada.    
  6. 6.   O  que  devemos  parar  de  fazer?    O  que  devemos  continuar  fazendo?    O  que  devemos  começar  a  fazer?  
  7. 7.   Os  itens  foram  identificados.    Nenhuma  ação  e  tomada  em  relação  aos   dados  recolhidos.    A  retrospectiva  serviu  apenas  como  uma   conversa  e  lição  de  vida.  
  8. 8.   Pontos  para  discutir  com  o  time  e  sugestões   de  mudanças.     É  importante  que  esses  pontos  sejam  feitos  a   partir  de  observação  de  fatos  e  não  de   opiniões  (“achismo”).      Dizer  exatamente  quando  aconteceu,  porque   aconteceu  e  qual  foi  o  resultado.    
  9. 9.   Criar  listas  com  coisas  a  serem  melhoradas   sem  considerar  a  viabilidade.    Isso  traz  desapontamento  à  equipe,  porque   não  conseguiram  fazer  o  que  planejaram    E  a  cada  retrospectiva  são  adicionadas  mais   ações.    
  10. 10.   Ações  criadas  e  não  possuem  donos.    "Melhorar  a  comunicação"  e  "Fazer  mais   refactoring",  não  deveriam  ser  ações.    São  problemas  que  devem  ser  trabalhados.      Se  não  houver  discussão,  a  equipe  não  vai   saber  como  implementar  tais  "pseudoações".  
  11. 11.   Nenhum  processo  é  uma  bala  de  prata  e  ela   precisa  ser  refinada  constantemente.    O  ideal  é  que  toda  retrospectiva  ao  final  de   todo  sprint  tenha  algo  a  ser  mudado.    Senão  tiver...algo  está  errado.  
  12. 12.   Não  transformar  a  reunião  de  retrospectiva   em  uma  mera  busca  de  culpados.     O  foco  deve  estar  sempre  na  solução.    Anotar  os  acontecimentos  bons  e  ruins  ao   longo  do  sprint  em  post-­‐its  para  não  esquecer  
  13. 13.   Cada  ação  tem  um  objetivo  a  longo  prazo  e   uma  ação  para  ser  feita  agora.      Objetivo  a  longo  prazo:  Ter  testes  de   aceitação  automatizados    Ação  para  agora:  Fulano  vai  automatizar  o   teste  ABC  usando  XYZ.  
  14. 14.   Dividir  responsabilidades  de  tomar  as  ações   entre  os  membros  da  equipe  para  que  as   mudanças  realmente  aconteçam.       De  nada  adianta  reuniões  de  retrospectivas   que  apontam  problemas  que  nunca  são   resolvidos  por  ninguém.    
  15. 15.   A  melhoria  proposta  está  sendo  realizada?    Está  gerando  o  valor  esperado?    O  acompanhamento  deve  ser  diário.    Não  deixar  para  tratar  de  melhoria  apenas  nas   reuniões  de  retrospectiva  
  16. 16.   O    desenhar  alguns  traços  em  papéis.      5  minutos  pra  desenharem  nos  papéis  o  que  o   projeto  ou  a  Sprint  representou.    Explique  seu  desenho  para  a  equipe.  
  17. 17.   TAVARES,  Hugo  Lopes.  Apresentando  Retrospectivas.   Disponível  em:  <http://hltbra.blogspot.com.br/2010/05/ apresentando-­‐retrospectivas.html>.  Acesso  em:  10  out.   2012.    CASTRO,  Vitor.  É  hora  da  Retrospectiva,  e  agora  ?   Disponível  em:  <http://coyoti.com.br/blog/e-­‐hora-­‐da-­‐ retrospectiva-­‐e-­‐agora/>.  Acesso  em:  10  out.  2012.    AUDY,  Jorge  Kotick.  Compartilhando  vivências  na  adoção   de  métodos  ágeis.  Disponível  em:  <http:// jorgekotickaudy.wordpress.com/tag/retrospectiva/>.  Acesso   em:  10  out.  2012.  
  18. 18.   BÚRIGO,  Murilo.  Retrospectiva.  Disponível  em:  <http:// www.cicloprojetos.com/2011/03/retrospectiva_18.html>.   Acesso  em:  11  out.  2012.    GOMES,  André  Faria.  Retrospectivas  Ágeis.  Disponível  em:   <http://blog.andrefaria.com/retrospectivas-­‐ageis>.  Acesso   em:  11  out.  2012.      CAMARGO,  Reinaldo  B..  Retrospectiva  e  evolução  do  time.   Disponível  em:  <http://www.cafeagile.com.br/tag/ retrospectiva/>.  Acesso  em:  11  out.  2012.    
  19. 19. Obrigada!  =)  

×