SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
• Reação química
Uma reação química ocorre quando certas substâncias sofrem transformações em
relação ao seu estado inicial. Para que isso possa acontecer, as ligações entre átomos
e moléculas devem ser rompidas e devem ser restabelecidas de outra maneira.
• A velocidade ou a rapidez de uma reação
A velocidade de uma reação química é definida como a relação entre a quantidade
consumida ou produzida e o intervalo de tempo utilizado para que isso aconteça.
A expressão abaixo pode ser utilizada para calcular a velocidade de uma reação:

Onde:
Vm é a velocidade média da reação.
∆n é a variação da quantidade em mols de um componente (em módulo) ou seja
(quantidade final – quantidade inicial = ∆ quantidade)
∆t é o tempo gasto em tal variação.
• A velocidade ou a rapidez de uma reação
A velocidade ou a rapidez das reações químicas podem variar em:

Rápidas

Reações Químicas

Moderadas

Lentas
• Exemplos de reações químicas rápidas

Combustão do fósforo: Reação rápida

Explosão com pólvora: Reação rápida
• Exemplos de reações químicas moderadas

Decomposição dos alimentos: Reação moderada
• Exemplos de reações químicas lentas

Formação do petróleo: Reação lenta

Oxidação do ferro: Reação lenta
• Efeito do catalisador sobre a rapidez
Catalisadores: São substâncias capazes de acelerar uma reação. Exemplo: alguns
produtos de limpeza contêm enzimas para facilitar na remoção de sujeiras. Essas
enzimas facilitam a quebra das moléculas de substâncias responsáveis pelas manchas
nos tecidos.

Um catalisador aumenta a velocidade de uma reação, e abaixa a energia de ativação (Ea).
CEDOCA – Colégio Estadual Dom Climério de Almeida
Andrade
Disciplina: Química
Professor(a): Ana Paula
2º A
Componentes do Grupo:
Airton
Igor
Iuri
Lucas
Moisés
Rafael
Uanderson

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Catalizadores quimicos
Catalizadores quimicosCatalizadores quimicos
Catalizadores quimicosLaylis Amanda
 
Correção da ficha de revisões 2 teste 11
Correção da ficha de revisões 2 teste 11Correção da ficha de revisões 2 teste 11
Correção da ficha de revisões 2 teste 11Isabel Moura
 
Bg21 transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentação
Bg21   transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentaçãoBg21   transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentação
Bg21 transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentaçãoNuno Correia
 
Eletroquímica - células eletrolíticas
Eletroquímica  -  células eletrolíticasEletroquímica  -  células eletrolíticas
Eletroquímica - células eletrolíticasstagewd
 
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisSérie Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisVitor Peixoto
 
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies Equipotenciais
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies EquipotenciaisTL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies Equipotenciais
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies EquipotenciaisLuís Rita
 
Fermentação e respiração
Fermentação e respiraçãoFermentação e respiração
Fermentação e respiraçãomargaridabt
 
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de CamõesQuando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camõesgustavocnm
 
Enquanto quis fortuna que tivesse
Enquanto quis fortuna que tivesseEnquanto quis fortuna que tivesse
Enquanto quis fortuna que tivesseHelena Coutinho
 
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)InesTeixeiraDuarte
 
Dissecação de um Coração de um Mamífero
Dissecação de um Coração de um MamíferoDissecação de um Coração de um Mamífero
Dissecação de um Coração de um MamíferoMariana Rei Ferreira
 
Pois nossas madres van a san simón
Pois nossas madres van a san simónPois nossas madres van a san simón
Pois nossas madres van a san simónHelena Coutinho
 
7. níveis de energia
7. níveis de energia7. níveis de energia
7. níveis de energiaRebeca Vale
 
Fisica 10°ano - Medicoes em quimica
Fisica 10°ano - Medicoes em quimicaFisica 10°ano - Medicoes em quimica
Fisica 10°ano - Medicoes em quimicaporquedu
 
Aspectos energeticos das reações quimicas
Aspectos  energeticos  das reações quimicasAspectos  energeticos  das reações quimicas
Aspectos energeticos das reações quimicasAdrianne Mendonça
 

Mais procurados (20)

Catalizadores quimicos
Catalizadores quimicosCatalizadores quimicos
Catalizadores quimicos
 
Correção da ficha de revisões 2 teste 11
Correção da ficha de revisões 2 teste 11Correção da ficha de revisões 2 teste 11
Correção da ficha de revisões 2 teste 11
 
Bg21 transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentação
Bg21   transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentaçãoBg21   transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentação
Bg21 transformação e utilização de energia pelos seres vivos - fermentação
 
Eletroquímica - células eletrolíticas
Eletroquímica  -  células eletrolíticasEletroquímica  -  células eletrolíticas
Eletroquímica - células eletrolíticas
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
 
Catalisadores
CatalisadoresCatalisadores
Catalisadores
 
Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)
 
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisSérie Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
 
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies Equipotenciais
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies EquipotenciaisTL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies Equipotenciais
TL II.1 - Campo Elétrico e Superfícies Equipotenciais
 
Fermentação e respiração
Fermentação e respiraçãoFermentação e respiração
Fermentação e respiração
 
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de CamõesQuando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões
Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões
 
Biomoléculas
BiomoléculasBiomoléculas
Biomoléculas
 
Enquanto quis fortuna que tivesse
Enquanto quis fortuna que tivesseEnquanto quis fortuna que tivesse
Enquanto quis fortuna que tivesse
 
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
 
Dissecação de um Coração de um Mamífero
Dissecação de um Coração de um MamíferoDissecação de um Coração de um Mamífero
Dissecação de um Coração de um Mamífero
 
Pois nossas madres van a san simón
Pois nossas madres van a san simónPois nossas madres van a san simón
Pois nossas madres van a san simón
 
7. níveis de energia
7. níveis de energia7. níveis de energia
7. níveis de energia
 
Fisica 10°ano - Medicoes em quimica
Fisica 10°ano - Medicoes em quimicaFisica 10°ano - Medicoes em quimica
Fisica 10°ano - Medicoes em quimica
 
Fermentação
FermentaçãoFermentação
Fermentação
 
Aspectos energeticos das reações quimicas
Aspectos  energeticos  das reações quimicasAspectos  energeticos  das reações quimicas
Aspectos energeticos das reações quimicas
 

Destaque

Reacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºanoReacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºanoadelinoqueiroz
 
Representação das transformações químicas
Representação das transformações químicasRepresentação das transformações químicas
Representação das transformações químicasMaiquel Vieira
 
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegação
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegaçãoTomada de decisão, planejamento, negociação e delegação
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegaçãoLudmila Moura
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)ApoioAulas ParticularesCom
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposKarol Maia
 
Reações químicas e classificações
Reações químicas e classificaçõesReações químicas e classificações
Reações químicas e classificaçõesJoanna de Paoli
 
V.3 Gimnospermas
V.3 GimnospermasV.3 Gimnospermas
V.3 GimnospermasRebeca Vale
 
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017Diogo Santos
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasRebeca Vale
 
Reações químicas lei de lavoisier
Reações químicas lei de lavoisierReações químicas lei de lavoisier
Reações químicas lei de lavoisierPiedade Alves
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicaçõesProfª Alda Ernestina
 
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e Angiospermas
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e AngiospermasEvolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e Angiospermas
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e AngiospermasSergio Nascimento
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasAndrea Barreto
 

Destaque (20)

Reacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºanoReacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºano
 
Representação das transformações químicas
Representação das transformações químicasRepresentação das transformações químicas
Representação das transformações químicas
 
Matéria
MatériaMatéria
Matéria
 
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegação
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegaçãoTomada de decisão, planejamento, negociação e delegação
Tomada de decisão, planejamento, negociação e delegação
 
Briófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitasBriófitas e pteridófitas
Briófitas e pteridófitas
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
 
V.1 Plantas
V.1 PlantasV.1 Plantas
V.1 Plantas
 
Velocidade de reação
Velocidade de reaçãoVelocidade de reação
Velocidade de reação
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Reações químicas e classificações
Reações químicas e classificaçõesReações químicas e classificações
Reações químicas e classificações
 
V.3 Gimnospermas
V.3 GimnospermasV.3 Gimnospermas
V.3 Gimnospermas
 
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017
Caderno do aluno química 3 ano vol 1 2014 2017
 
V.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e PteridófitasV.2 Briófitas e Pteridófitas
V.2 Briófitas e Pteridófitas
 
Reações químicas lei de lavoisier
Reações químicas lei de lavoisierReações químicas lei de lavoisier
Reações químicas lei de lavoisier
 
Estequiometria conceitos e aplicações
Estequiometria   conceitos e aplicaçõesEstequiometria   conceitos e aplicações
Estequiometria conceitos e aplicações
 
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e Angiospermas
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e AngiospermasEvolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e Angiospermas
Evolução das plantas Briofitas,Pteridofitas,Gimnospermas e Angiospermas
 
Aula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicasAula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicas
 
Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
 

Semelhante a Química Reações Velocidades

Cinética Química - Fisico-química
Cinética Química - Fisico-químicaCinética Química - Fisico-química
Cinética Química - Fisico-químicaDanilo Alves
 
Experimento 8 Cinética química
Experimento 8   Cinética químicaExperimento 8   Cinética química
Experimento 8 Cinética químicaSilvanildo Macário
 
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro ano
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro anoapresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro ano
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro anoIgorAngel1
 
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptx
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptxCinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptx
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptxMistaelPantojaLeao
 
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptx
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptxAula 1_Introdução a Cinética Química.pptx
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptxPettersonCristian
 
Termoquimica by professora thaiza montine
Termoquimica by professora thaiza montineTermoquimica by professora thaiza montine
Termoquimica by professora thaiza montineYana Sofia
 
Relatorio quimica geral_2 - cinetica
Relatorio quimica geral_2 - cineticaRelatorio quimica geral_2 - cinetica
Relatorio quimica geral_2 - cineticaÍngrede Silva
 
Velocidade de uma reacção química
Velocidade de uma reacção químicaVelocidade de uma reacção química
Velocidade de uma reacção químicaIsadora Girio
 
CINÉTICA QUÍMICA
CINÉTICA QUÍMICACINÉTICA QUÍMICA
CINÉTICA QUÍMICAeglailima
 
Professor José Roberto - Gases Ideais
Professor José Roberto - Gases Ideais Professor José Roberto - Gases Ideais
Professor José Roberto - Gases Ideais José Roberto Mattos
 

Semelhante a Química Reações Velocidades (20)

Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
"Somos Físicos" Reações Quimicas
"Somos Físicos" Reações Quimicas"Somos Físicos" Reações Quimicas
"Somos Físicos" Reações Quimicas
 
Apostila de química 2013 3 col 1 bim.
Apostila de química 2013  3 col  1 bim.Apostila de química 2013  3 col  1 bim.
Apostila de química 2013 3 col 1 bim.
 
Cinética Química - Fisico-química
Cinética Química - Fisico-químicaCinética Química - Fisico-química
Cinética Química - Fisico-química
 
Ana nery cinética química
Ana nery   cinética químicaAna nery   cinética química
Ana nery cinética química
 
Experimento 8 Cinética química
Experimento 8   Cinética químicaExperimento 8   Cinética química
Experimento 8 Cinética química
 
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro ano
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro anoapresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro ano
apresentação de Cinetica Quimica turma do terceiro ano
 
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptx
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptxCinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptx
Cinetica Quimica, ENSINO MÉDIO.ppt.pptx
 
Cinética Química
Cinética QuímicaCinética Química
Cinética Química
 
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptx
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptxAula 1_Introdução a Cinética Química.pptx
Aula 1_Introdução a Cinética Química.pptx
 
Cinetica
CineticaCinetica
Cinetica
 
Termoquimica by professora thaiza montine
Termoquimica by professora thaiza montineTermoquimica by professora thaiza montine
Termoquimica by professora thaiza montine
 
Relatorio quimica geral_2 - cinetica
Relatorio quimica geral_2 - cineticaRelatorio quimica geral_2 - cinetica
Relatorio quimica geral_2 - cinetica
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
Velocidade de uma reacção química
Velocidade de uma reacção químicaVelocidade de uma reacção química
Velocidade de uma reacção química
 
CINÉTICA QUÍMICA
CINÉTICA QUÍMICACINÉTICA QUÍMICA
CINÉTICA QUÍMICA
 
Cinética química aula 02
Cinética química   aula 02Cinética química   aula 02
Cinética química aula 02
 
Cinética
CinéticaCinética
Cinética
 
Professor José Roberto - Gases Ideais
Professor José Roberto - Gases Ideais Professor José Roberto - Gases Ideais
Professor José Roberto - Gases Ideais
 
Cinetica Química
Cinetica QuímicaCinetica Química
Cinetica Química
 

Mais de Airton Dos Santos (8)

Stress na Adolescência
Stress na AdolescênciaStress na Adolescência
Stress na Adolescência
 
Genoma humano
Genoma humanoGenoma humano
Genoma humano
 
Romantismo no brasil
Romantismo no brasilRomantismo no brasil
Romantismo no brasil
 
Esteróides anabolizantes
Esteróides anabolizantesEsteróides anabolizantes
Esteróides anabolizantes
 
Tecido muscular humano
Tecido muscular humanoTecido muscular humano
Tecido muscular humano
 
Óxidos
ÓxidosÓxidos
Óxidos
 
Raízes e sementes
Raízes e sementesRaízes e sementes
Raízes e sementes
 
Balaiada
BalaiadaBalaiada
Balaiada
 

Química Reações Velocidades

  • 1.
  • 2. • Reação química Uma reação química ocorre quando certas substâncias sofrem transformações em relação ao seu estado inicial. Para que isso possa acontecer, as ligações entre átomos e moléculas devem ser rompidas e devem ser restabelecidas de outra maneira.
  • 3. • A velocidade ou a rapidez de uma reação A velocidade de uma reação química é definida como a relação entre a quantidade consumida ou produzida e o intervalo de tempo utilizado para que isso aconteça. A expressão abaixo pode ser utilizada para calcular a velocidade de uma reação: Onde: Vm é a velocidade média da reação. ∆n é a variação da quantidade em mols de um componente (em módulo) ou seja (quantidade final – quantidade inicial = ∆ quantidade) ∆t é o tempo gasto em tal variação.
  • 4. • A velocidade ou a rapidez de uma reação A velocidade ou a rapidez das reações químicas podem variar em: Rápidas Reações Químicas Moderadas Lentas
  • 5. • Exemplos de reações químicas rápidas Combustão do fósforo: Reação rápida Explosão com pólvora: Reação rápida
  • 6. • Exemplos de reações químicas moderadas Decomposição dos alimentos: Reação moderada
  • 7. • Exemplos de reações químicas lentas Formação do petróleo: Reação lenta Oxidação do ferro: Reação lenta
  • 8. • Efeito do catalisador sobre a rapidez Catalisadores: São substâncias capazes de acelerar uma reação. Exemplo: alguns produtos de limpeza contêm enzimas para facilitar na remoção de sujeiras. Essas enzimas facilitam a quebra das moléculas de substâncias responsáveis pelas manchas nos tecidos. Um catalisador aumenta a velocidade de uma reação, e abaixa a energia de ativação (Ea).
  • 9.
  • 10. CEDOCA – Colégio Estadual Dom Climério de Almeida Andrade Disciplina: Química Professor(a): Ana Paula 2º A Componentes do Grupo: Airton Igor Iuri Lucas Moisés Rafael Uanderson