Apresentacao Diretor Ailza Amorim

337 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao Diretor Ailza Amorim

  1. 1. ESCOLA HOJE. E AMANHÃ ?<br />Uma reflexão sobre a responsabilidade da escola no <br />futuro dos alunos.<br />
  2. 2. Meus tempos de criança<br />Francisco Petrônio<br />Composição : Ataulfo Alves<br />Eu daria tudo que tivessePra voltar aos tempos de criançaEu não sei porque a gente cresceE não sai da mente esta lembrança<br />
  3. 3. <ul><li>Rio de Janeiro...</li></ul>Manhã de 7 de abril de 2011...<br /><ul><li>Escola Municipal Tasso da Silveira...
  4. 4. 12 crianças e adolescentes mortos...17 feridos...
  5. 5. Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anosNão tinha passagens pela polícia nem registros de crimes anteriores.</li></li></ul><li>Resultado:Pânico, sofrimento, lágrimas, famílias desesperadas, dor, indignação, medo, vidas abreviadas...<br />
  6. 6.
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9.
  10. 10. O aluno ouve...<br />Este menino não aprende nada!<br />Um caso deste, só Deus!<br />A família não ajuda<br />Nem o conselho tutlelar dá conta<br />A família é desestruturada<br />Já fizemos de tudo por ele e nada!<br />Você não vai dar em nada na vida<br />
  11. 11.
  12. 12. Reflexões... Está o nosso sistema educacional preparado para acolher a diferença em suas salas de aula?<br /> Como acolher o aluno com necessidades especiais se não se consegue lidar saudavelmente com as diferenças inerentes à própria existência humana?<br />Como lidar com as diferenças na escola, na sala de aula?Nós educadores: gestores, especialistas, professores estamos preparados?<br /><ul><li>O que fazer?</li></li></ul><li>Algumas dicas:<br /><ul><li>Não se auto-excluir;
  13. 13. Aceitar suas próprias características;
  14. 14. A atitude mais correta não é tentar eliminar as diferenças ou negá-las, mas aprender a viver com elas ou a ultrapassá-las;
  15. 15. Lembre-se: a solidariedade e a generosidade das crianças são imensas! Em regra, aproximam-se e tentam ajudar como podem.</li></li></ul><li>Uma escola pode ser considerada inclusiva, quando não faz distinção entre seres humanos, não seleciona ou diferencia com base em julgamentos de valores como “perfeitos e não perfeitos”, “normais e anormais”.É aquela que proporciona uma educação voltada para todos, de forma que qualquer aluno que dela faça parte, tenha condição de conhecer, aprender, viver e ser, num ambiente livre de preconceitos que estimule suas potencialidades e a formação de uma consciência crítica.<br />
  16. 16. <ul><li>Como já é difícil para o homem estar em contato, ser capaz de pular para o outro lado, não ser só empático, mas estar presente e confirmar o outro, suspendendo seus preconceitos, permanecendo aberto para a fenomenologia de outro ser, sem que haja qualquer diferença visível ou manifestação de necessidades especiais...
  17. 17. O que dirá quando estas estiverem realmente presentes? Como conseguir falar e conversar com a alma de outro ser e não só com a sua cabeça?</li></li></ul><li>Ela só poderá acontecer realmente quando aquele que tem a função de plantar, ou seja, o professor e toda a equipe que faz parte do funcionamento da escola, desde a direção até o servente, mudarem sua atitude em relação  ao lidar com a diferença, aceitando-a, estabelecendo novas formas de relação, de afetividade, de escuta e de compreensão, suspendendo juízos de valores que abarcam pena, repulsa e descrença.<br />.<br />
  18. 18. <ul><li>A Inclusão Escolar depende antes de tudo de um reconhecimento humilde por parte da Escola e da Sociedade, da qual aquela faz parte, da necessidade de se educarem a si mesmas para lidar com a diferença, antes de criarem técnicas, estratégias ou métodos.
  19. 19. Que todos nós aprendamos a lidar com as diferenças, não para anulá-las, mas para podermos usá-las como fonte de contato verdadeiro e de amadurecimento mútuo.</li></li></ul><li>Hoje é um dia de luto para a educação brasileira; uma tragédia sem precedentes”, afirmou Haddad.<br />“A Unesco repudia ataques à escola do Rio e se solidariza com as famílias. A escola deve ser um lugar para reconstruir a paz e a cultura”. <br />
  20. 20. "A educação modela as almas e recria os corações. Ela é a alavanca das mudanças sociais” (Paulo Freire)<br />A escola sozinha não muda as condições de injustiças sociais... Resta perguntar: Está fazendo tudo que pode?" (Paulo Freire)<br />Na essência somos iguais, nas diferenças nos respeitamos.<br />(Agostinho)<br />
  21. 21. Dificuldades e obstáculos são fontes valiosas de saúde e força para qualquer sociedade.(ALBERT EINSTEIN)<br />Ailza Gabriela Almeida Amorim<br /> ailza.amorim@terra.com.br<br />

×