SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
TEXTO ÁUREO

“Semelhantemente, vós, mulheres, sede
sujeitas ao vosso próprio marido, para
que também, se algum não obedece à
palavra, pelo procedimento de sua mulher
seja ganho sem palavra” (I Pe 3.1).


        Igreja Evangélica Assembléia de Deus
    Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
          Campo de Presidente Prudente - SP
VERDADE PRÁTICA


Ganhe o seu cônjuge para
Cristo, através do seu bom
testemunho.


      Igreja Evangélica Assembléia de Deus
  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
        Campo de Presidente Prudente - SP
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
        I Co 7.12-16
12 – Mas aos outros digo eu, não o Senhor: Se algum irmão
tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele,
não a deixe.
13 – E se alguma mulher tem marido descrente, e ele
consente em habitar com ela, não o deixe.
14 – Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e
a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte
os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.
15 – Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste
caso o irmão, ou irmã, não esta sujeito à servidão; mas
Deus chamou-nos para a paz.
16 – Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu
marido? Ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua
mulher?
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO
•Deus instituiu a primeira família, pois o homem estava só;
•Objetivo: convivência pacífica, evitando conflitos;
•Como criar os filhos longe dos “limites do templo”?
•Administre o tempo e evite conflitos;
•Como servir a Deus com impedimentos?
•O cônjuge convertido deve demonstrar a mudança;
•O bom testemunho pode ganhar o cônjuge?
•É uma forma clara e prática de evangelismo no lar;
•Mas ninguém é salvo pela experiência salvadora do outro.

          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO
• Deus viu que não era bom que o estivesse só (Gn 2.18);
• Família: um projeto perfeito, atacada constantemente.

a) Campo de atuação da instituição família:
• Processo de formação do individuo;
• Desenvolvimento do caráter humano;
• Primeiro grupo: para socialização do indivíduo.

b) Famílias cristãs:
• Existem lares perfeitos? Todos servindo ao Senhor?
• Cônjuges de fé diferentes? Qual a solução?
• Solução: bom testemunho do cônjuge convertido.

           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
I – CONVIVENDO
   COM O CÔNJUGE DESCRENTE
1. A CONVIVÊNCIA COM O CÔNJUGE DESCRENTE.
• A solidão do homem chamou a atenção do Criador;
• O homem ganhou uma adjutora;
• Instituição da família e do primeiro casamento;
• Quando um dos cônjuges é descrente, como proceder?
• O casal deve continuar unido, mesmo nestas condições;
• A convivência, nestas condições, é um desafio à fé.

2. SANTIFICANDO O CÔNJUGE.
• O cônjuge que serve ao Senhor santifica o não crente;
• Mas isto não garante a salvação para o descrente;
• O bom exemplo do crente poderá ganhar o descrente.
          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP
II – AGINDO
              COM SABEDORIA
1. NA CRIAÇÃO DOS FILHOS.
• Toda a família servindo a Deus, maior desejo do cristão;
• Mas é tão difícil criar os filhos nos limites do templo;
• Pais espirituais e filhos comprometidos com Deus;
• Timóteo, mãe judia, pai grego, como foi instruído?
2. NOS AFAZERES DOMÉSTICOS.
• Como agir diante das atividades domésticas? Sabedoria;
• O início e término dos cultos interferem nas tarefas?
• Os cônjuges devem administrar o tempo.

3. NA VIDA ESPIRITUAL.
• Muitos cônjuges impedem a participação nos trabalhos;
• Como agir? Devemos evitar os conflitos, com sabedoria.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
III – EVANGELIZANDO
                 O CÔNJUGE
1. COM NOVA POSTURA.
• Cônjuge convertido: novas criaturas, transformadas;
• Esta mudança deve ser notória no cônjuge convertido;
• O outro cônjuge percebe e se espelha no bom exemplo;
• Atos são mais penetrantes do que palavras;
• Não esqueçamos: o mundo nos vigia.

2. COM BOM TESTEMUNHO.
• O cônjuge convertido deve se apartar do mal (I Ts 5.22);
• “As palavras ensinam, mas os exemplos arrastam”.

           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO
          OBJETIVOS DA LIÇÃO
• Os cônjuges devem permanecer unidos para vencerem;
• O bom testemunho é uma forma prática de evangelismo.

1) Explicar: O procedimento do crente diante do descrente.
• O descrente será ganho pelo bom testemunho do crente.

2) Conscientizar-se: Sabedoria diante do cônjuge descrente.
• Os cônjuges devem compatibilizar e administrar o tempo.
• Devemos evitar os conflitos, com sabedoria.

3) Compreender: O valor da evangelização no lar.
• A mudança deve ser notória no cônjuge convertido;
• “As palavras ensinam, mas os exemplos arrastam”.
           Igreja Evangélica Assembléia de Deus
       Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
             Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

             Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@hotmail.com
.blogspot.com
facebook

Álvares Machado (SP)
                      3º trim. 2012

          Igreja Evangélica Assembléia de Deus
      Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
            Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresMoisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresAilton da Silva
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASAilton da Silva
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoAilton da Silva
 
A importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humildeA importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humildeAilton da Silva
 
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis afliçõesAilton da Silva
 
O perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humanaO perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humanaAilton da Silva
 
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosLição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosAilton da Silva
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião puraAilton da Silva
 
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasLição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasAilton da Silva
 
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraAilton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoAilton da Silva
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõesAilton da Silva
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoAilton da Silva
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja mortaAilton da Silva
 

Mais procurados (20)

Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresMoisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
 
01
0101
01
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
 
A importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humildeA importância da sabedoria humilde
A importância da sabedoria humilde
 
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
 
10
1010
10
 
02
0202
02
 
01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições
 
O perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humanaO perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humana
 
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventuradosLição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
Lição 06 - A prosperidade dos bem-aventurados
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
 
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasLição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
 
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as naçõeslição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
lição 9 - Habacuque, a Soberania Divina sobre as nações
 
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
 
07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta07 - Sardes, a igreja morta
07 - Sardes, a igreja morta
 

Destaque

LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃO
LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃOLIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃO
LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃOAilton da Silva
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaAilton da Silva
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirAilton da Silva
 
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoLição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoAilton da Silva
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente prósperaAilton da Silva
 
Lição 8 - A rebeldia dos filhos
Lição 8 - A rebeldia dos filhosLição 8 - A rebeldia dos filhos
Lição 8 - A rebeldia dos filhosAilton da Silva
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeAilton da Silva
 
13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa Jerusalém13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa JerusalémAilton da Silva
 
Lição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderLição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderAilton da Silva
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Ailton da Silva
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusAilton da Silva
 
Lição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo finalLição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo finalAilton da Silva
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezAilton da Silva
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoAilton da Silva
 
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasLIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasAilton da Silva
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaAilton da Silva
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaAilton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 06
Lição 06Lição 06
Lição 06
 
LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃO
LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃOLIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃO
LIÇÃO 3 - A MORTE PARA O VERDADEIRO CRISTÃO
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártirLição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
Lição 4 - Esmirna, a igreja confessante e mártir
 
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoLição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
 
Lição 8 - A rebeldia dos filhos
Lição 8 - A rebeldia dos filhosLição 8 - A rebeldia dos filhos
Lição 8 - A rebeldia dos filhos
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
 
13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa Jerusalém13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa Jerusalém
 
Lição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderLição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líder
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
 
Lição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo finalLição 12 - O Juízo final
Lição 12 - O Juízo final
 
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de DeusLição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
Lição 4 - Espírito Santo. O agente capacitador da obra de Deus
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
Lição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandonoLição 12 - As dores do abandono
Lição 12 - As dores do abandono
 
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra NeemiasLIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
LIÇÃO 5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à IgrejaLição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
Lição 5 - As bênçãos de Israel e o que cabe à Igreja
 
12
1212
12
 

Semelhante a Lição 07 - A divisão espiritual no lar

Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoEscol Dominical
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaNatalino das Neves Neves
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoLição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoAilton da Silva
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9  - A nova vida em CristoLição 9  - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoAilton da Silva
 
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇALBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇANatalino das Neves Neves
 
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...José Carlos Polozi
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosSergio Silva
 

Semelhante a Lição 07 - A divisão espiritual no lar (20)

Lição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto DomésticoLição 12: Culto Doméstico
Lição 12: Culto Doméstico
 
Lição 5
Lição 5Lição 5
Lição 5
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
Lição 3
Lição 3Lição 3
Lição 3
 
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igrejaLBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
LBJ Lição 13 - O que posso fazer por minha igreja
 
Lição 09
Lição 09Lição 09
Lição 09
 
Qualidade nos relacionamentos na igreja -
Qualidade nos relacionamentos na igreja - Qualidade nos relacionamentos na igreja -
Qualidade nos relacionamentos na igreja -
 
Lição 14
Lição 14 Lição 14
Lição 14
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoLição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9  - A nova vida em CristoLição 9  - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
 
E deu dons aos homens
E deu dons aos homensE deu dons aos homens
E deu dons aos homens
 
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
 
4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento4 21 15 06 15 casamento
4 21 15 06 15 casamento
 
3 nufesp-casos-especiais-enfase-2%c2%aauni%c3%83 o
3 nufesp-casos-especiais-enfase-2%c2%aauni%c3%83 o3 nufesp-casos-especiais-enfase-2%c2%aauni%c3%83 o
3 nufesp-casos-especiais-enfase-2%c2%aauni%c3%83 o
 
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇALBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
 
Lição 10 - O jovem e a consagração
Lição 10 - O jovem e a consagraçãoLição 10 - O jovem e a consagração
Lição 10 - O jovem e a consagração
 
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
[EBD Maranata] Lição 08 - O compromisso com a Palavra de Deus | Revista: Neem...
 
Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
Namoro (2)
Namoro (2)Namoro (2)
Namoro (2)
 
Curso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para PresbíterosCurso de Capacitação para Presbíteros
Curso de Capacitação para Presbíteros
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoAilton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simAilton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaAilton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaAilton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de CristoAilton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoAilton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féAilton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioAilton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaAilton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoAilton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoAilton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoAilton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoAilton da Silva
 
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorLição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorAilton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e SalvadorLição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
Lição 4 - O Senhor Jesus e Salvador
 

Lição 07 - A divisão espiritual no lar

  • 1.
  • 2. TEXTO ÁUREO “Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido, para que também, se algum não obedece à palavra, pelo procedimento de sua mulher seja ganho sem palavra” (I Pe 3.1). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. VERDADE PRÁTICA Ganhe o seu cônjuge para Cristo, através do seu bom testemunho. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE I Co 7.12-16 12 – Mas aos outros digo eu, não o Senhor: Se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe. 13 – E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe. 14 – Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos. 15 – Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não esta sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz. 16 – Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? Ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher? Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. PROPOSTA DA LIÇÃO •Deus instituiu a primeira família, pois o homem estava só; •Objetivo: convivência pacífica, evitando conflitos; •Como criar os filhos longe dos “limites do templo”? •Administre o tempo e evite conflitos; •Como servir a Deus com impedimentos? •O cônjuge convertido deve demonstrar a mudança; •O bom testemunho pode ganhar o cônjuge? •É uma forma clara e prática de evangelismo no lar; •Mas ninguém é salvo pela experiência salvadora do outro. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. INTRODUÇÃO • Deus viu que não era bom que o estivesse só (Gn 2.18); • Família: um projeto perfeito, atacada constantemente. a) Campo de atuação da instituição família: • Processo de formação do individuo; • Desenvolvimento do caráter humano; • Primeiro grupo: para socialização do indivíduo. b) Famílias cristãs: • Existem lares perfeitos? Todos servindo ao Senhor? • Cônjuges de fé diferentes? Qual a solução? • Solução: bom testemunho do cônjuge convertido. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. I – CONVIVENDO COM O CÔNJUGE DESCRENTE 1. A CONVIVÊNCIA COM O CÔNJUGE DESCRENTE. • A solidão do homem chamou a atenção do Criador; • O homem ganhou uma adjutora; • Instituição da família e do primeiro casamento; • Quando um dos cônjuges é descrente, como proceder? • O casal deve continuar unido, mesmo nestas condições; • A convivência, nestas condições, é um desafio à fé. 2. SANTIFICANDO O CÔNJUGE. • O cônjuge que serve ao Senhor santifica o não crente; • Mas isto não garante a salvação para o descrente; • O bom exemplo do crente poderá ganhar o descrente. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. II – AGINDO COM SABEDORIA 1. NA CRIAÇÃO DOS FILHOS. • Toda a família servindo a Deus, maior desejo do cristão; • Mas é tão difícil criar os filhos nos limites do templo; • Pais espirituais e filhos comprometidos com Deus; • Timóteo, mãe judia, pai grego, como foi instruído? 2. NOS AFAZERES DOMÉSTICOS. • Como agir diante das atividades domésticas? Sabedoria; • O início e término dos cultos interferem nas tarefas? • Os cônjuges devem administrar o tempo. 3. NA VIDA ESPIRITUAL. • Muitos cônjuges impedem a participação nos trabalhos; • Como agir? Devemos evitar os conflitos, com sabedoria. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. III – EVANGELIZANDO O CÔNJUGE 1. COM NOVA POSTURA. • Cônjuge convertido: novas criaturas, transformadas; • Esta mudança deve ser notória no cônjuge convertido; • O outro cônjuge percebe e se espelha no bom exemplo; • Atos são mais penetrantes do que palavras; • Não esqueçamos: o mundo nos vigia. 2. COM BOM TESTEMUNHO. • O cônjuge convertido deve se apartar do mal (I Ts 5.22); • “As palavras ensinam, mas os exemplos arrastam”. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10. CONCLUSÃO OBJETIVOS DA LIÇÃO • Os cônjuges devem permanecer unidos para vencerem; • O bom testemunho é uma forma prática de evangelismo. 1) Explicar: O procedimento do crente diante do descrente. • O descrente será ganho pelo bom testemunho do crente. 2) Conscientizar-se: Sabedoria diante do cônjuge descrente. • Os cônjuges devem compatibilizar e administrar o tempo. • Devemos evitar os conflitos, com sabedoria. 3) Compreender: O valor da evangelização no lar. • A mudança deve ser notória no cônjuge convertido; • “As palavras ensinam, mas os exemplos arrastam”. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 11.
  • 12. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @hotmail.com .blogspot.com facebook Álvares Machado (SP) 3º trim. 2012 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP