SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
“Todavia, se cumprirdes, conforme a
Escritura, a lei real: Amarás a teu
próximo como a ti mesmo, bem fazeis.
Mas, se fazeis acepção de pessoas,
cometeis pecado e sois redarguidos
pela lei como transgressores” (Tg
2.8,9).
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
TEXTO ÁUREO
Não podemos fazer acepção
de pessoas, pois o Senhor
não fez conosco.
VERDADE PRÁTICA
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
1 - Meus  irmãos,  não  tenhais  a  fé  de  nosso  Senhor 
Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.
2 - Porque,  se  no  vosso  ajuntamento  entrar  algum 
homem  com  anel  de  ouro  no  dedo,  com  vestes 
preciosas,  e  entrar  também  algum  pobre  com  sórdida 
vestimenta,
3 - e atentardes para o que traz a veste preciosa e lhe 
disserdes:  Assenta-te  tu  aqui,  num  lugar  de  honra,  e 
disserdes  ao  pobre:  Tu,  fica  aí  em  pé  ou  assenta-te 
abaixo do meu estrado,
4 - porventura  não  fizestes  distinção  dentro  de  vós 
mesmos  e  não  vos  fizestes  juízes  de  maus 
pensamentos?
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Tg 2.1-13
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
5 - Ouvi,  meus  amados  irmãos.  Porventura,  não 
escolheu  Deus  aos  pobres  deste  mundo  para  serem 
ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que 
o amam?
6 - Mas vós desonrastes o pobre. Porventura, não vos 
oprimem os ricos e não vos arrastam aos tribunais?
7 - Porventura,  não  blasfemam  eles  o  bom  nome  que 
sobre vós foi invocado?
8 - Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei 
real:  Amarás  a  teu  próximo  como  a  ti  mesmo,  bem 
fazeis.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Tg 2.1-13
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
9 - Mas,  se  fazeis  acepção  de  pessoas,  cometeis 
pecado e sois redarguidos pela lei como transgressores 
10 - Porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar 
em um só ponto tornou-se culpado de todos.
11 - Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, 
também disse: Não matarás. Se tu, pois, não cometeres 
adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei.
12 - Assim  falai  e  assim  procedei,  como  devendo  ser 
julgados pela lei da liberdade.
13 - Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele 
que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa sobre 
o juízo.
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Tg 2.1-13
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
PROPOSTA DA LIÇÃO
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
• Discriminação: inaceitável e inadmissível em nosso meio;
• A igreja deve produzir um ambiente de amor e acolhedor;
• “Juízes de maus pensamentos”: pura discriminação;
• Deus escolheu aos pobres para serem ricos na fé;
• Desonrar o pobre é pecado;
• Discriminação/favoritismo/parcialidade: combatamos;
• Lei Real: “amarás o teu próximo como a ti mesmo”;
• Lei Mosaica: não ao adultério e sim a acepção de pessoas;
• Lei da Liberdade: “assim falai, e assim procedei”.
• Verdadeira fé/acepção de pessoas não caminham juntas;
• Acepção de pessoas entre os gerados pela Palavra?
a) Discriminação:
• Ação negativa, vergonhosa e ultrajante;
• Julgamento pela aparência, posição ou conhecimento;
• Grande erro, muito mais quando praticado na igreja.
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
INTRODUÇÃO
1. EM CRISTO A FÉ É IMPARCIAL
• Não pode haver favoritismo entre os gerados de novo;
• Jesus já derrubou o muro que separava os homens;
• Ele não faz acepção de pessoa, atende a todos.
2. O AMOR DE DEUS TEM DE SER MANIFESTO.
• No tempo de Tiago havia acepção de pessoas – e hoje?
• Dever da igreja: produzir um ambiente de amor;
• José não favoreceu seus irmãos, tratou todos com
amor.
3. NÃO SEJAMOS PERVERSOS (V.4).
• Juízes de maus pensamentos: discriminavam o pobre;
• Não fomos chamados para sermos perversos “juízes”;
• José não foi perverso com seus irmãos.
I – A FÉ NÃO PODE FAZER
ACEPÇÃO DE PESSOAS (Tg 2.1-4)
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
1. A SOBERANA ESCOLHA DE DEUS
• Deus escolheu os pobres para serem ricos na fé;
• E muitos ricos também estão abraçando a fé em Jesus;
• Bem aventurados os pobres e os ricos, todos.
2. A PRINCIPAL RAZÃO PARA NÃO DESONRAR O POBRE.
• Deus escolheu os pobres – a igreja escolheu os ricos;
• Os ricos oprimiam os pobres e eram favorecidos;
• Os egípcios desonraram José depois de tudo o que fez?
3. DESONRARAM O SENHOR.
• Igreja desonrando pobres e honrando ricos na época?
• Discriminação na igreja: ato reprovável;
• O Egito não percebeu que Deus estava na vida de José.
II – DEUS ESCOLHEU OS POBRES
AOS OLHOS DO MUNDO (Tg 2.5-7)
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
1. A LEI REAL.
•Lei real: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”;
•Acepção de pessoas – quebra da essência da lei;
•Será que o Egito aprendeu a amar a José?
2. A LEI MOSAICA.
•Os judeus distinguiam os mandamentos/preceitos da lei;
•Observavam uns e ignoravam outros pontos da Lei;
•Jesus atestou isto (Mt 23.23).
3. A LEI DA LIBERDADE.
•Lei da Liberdade: o Evangelho;
•O Evangelho liberta o homem do pecado e preconceitos;
•Viver o que pregamos e não pregar o que não vivemos.
III - A LEI REAL, A LEI MOSAICA
E A LEI DA LIBERDADE (Tg 2.8-13)
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
• Acepção de pessoas: pecado;
• Deus escolheu os pobres para serem ricos na fé;
• Devemos amar a todos como a nós mesmos.
OBJETIVOS DA LIÇÃO – FORAM ALCANÇADOS
1) A igreja deve produzir um ambiente de amor;
2) Os pobres deste mundo podem se tornar ricos na fé;
3) Amar a todos e viver em liberdade sem culpas.
CONCLUSÃO
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)
Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@gmail.com
.blogspot.com
Álvares Machado (SP)
3º trim. 2014
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
ailtonsilva2000.blogspot.com.br
Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém
Setor 5 – Álvares Machado (SP)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

13
1313
13
 
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliaresMoisés - sua liderança e seus auxiliares
Moisés - sua liderança e seus auxiliares
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
Lição 5
Lição 5Lição 5
Lição 5
 
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
07 - OS MANDAMENTOS DO SENHOR
 
Lição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvezLição 5 - As aflições da viuvez
Lição 5 - As aflições da viuvez
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa Jerusalém13 - A formosa Jerusalém
13 - A formosa Jerusalém
 
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitasAs leis civis entregue por Moisés aos israelitas
As leis civis entregue por Moisés aos israelitas
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
o cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião purao cuidado ao falar e a religião pura
o cuidado ao falar e a religião pura
 
Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons EspírituaisLição 5 - A importância dos dons Espírituais
Lição 5 - A importância dos dons Espírituais
 
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
03 - Joel, o derramamento do Espírito Santo
 
Lição 12
Lição 12Lição 12
Lição 12
 
A fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obrasA fé se manifesta em obras
A fé se manifesta em obras
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
 
Lição 03
Lição 03Lição 03
Lição 03
 
Um lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no desertoUm lugar de adoração a Deus no deserto
Um lugar de adoração a Deus no deserto
 

Destaque (20)

O perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humanaO perigo da busca pela autorrealização humana
O perigo da busca pela autorrealização humana
 
O cuidado com a língua
O cuidado com a línguaO cuidado com a língua
O cuidado com a língua
 
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na práticaa Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
 
04
0404
04
 
O ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorO ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutor
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
10
1010
10
 
07
0707
07
 
A celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira PáscoaA celebração da primeira Páscoa
A celebração da primeira Páscoa
 
Lição 11
Lição 11Lição 11
Lição 11
 
05
0505
05
 
Lição 01
Lição 01Lição 01
Lição 01
 
Tiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obrasTiago - fé que se mostra pelas obras
Tiago - fé que se mostra pelas obras
 
11
1111
11
 
lição 7
lição 7lição 7
lição 7
 
Os dons de elocução
Os dons de elocuçãoOs dons de elocução
Os dons de elocução
 
Lição 14
Lição 14 Lição 14
Lição 14
 
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânicoLição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
Lição 12 - Zacarias, o reinado messiânico
 
05
0505
05
 
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre IsraelLição 03 - A longa seca sobre Israel
Lição 03 - A longa seca sobre Israel
 

Semelhante a A verdadeira fé não faz acepção de pessoas

A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
Moisés Sampaio
 
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
Pr. Andre Luiz
 
O julgamento e a soberania pertencem a Deus
O julgamento e a soberania pertencem a DeusO julgamento e a soberania pertencem a Deus
O julgamento e a soberania pertencem a Deus
Ailton da Silva
 

Semelhante a A verdadeira fé não faz acepção de pessoas (20)

2014 3 TRI LIÇÃO 6 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
2014 3 TRI LIÇÃO 6 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS2014 3 TRI LIÇÃO 6 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
2014 3 TRI LIÇÃO 6 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
 
Racismo e Direitos Humanos
Racismo e Direitos HumanosRacismo e Direitos Humanos
Racismo e Direitos Humanos
 
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS - LIÇÃO 6 - 3°TRI.2014
 
LIÇÃO 06 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
LIÇÃO 06 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOASLIÇÃO 06 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
LIÇÃO 06 - A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
 
Lição 05
Lição 05Lição 05
Lição 05
 
LIÇÃO 06 – A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
LIÇÃO 06 – A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS LIÇÃO 06 – A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
LIÇÃO 06 – A VERDADEIRA FÉ NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS
 
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 08
E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 08E.b.d   jovens 4ºtrimestre 2016 lição 08
E.b.d jovens 4ºtrimestre 2016 lição 08
 
LBJ LIÇÃO 7 - Quando o legalismo substitui a adoração
LBJ LIÇÃO 7 - Quando o legalismo substitui a adoraçãoLBJ LIÇÃO 7 - Quando o legalismo substitui a adoração
LBJ LIÇÃO 7 - Quando o legalismo substitui a adoração
 
O andar do cristão
O andar do cristãoO andar do cristão
O andar do cristão
 
Sermão o andar do cristão
Sermão  o andar do cristãoSermão  o andar do cristão
Sermão o andar do cristão
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE OS IRMÃOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE OS IRMÃOSPRELEÇÃO_LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE OS IRMÃOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE OS IRMÃOS
 
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSLIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
 
Legislador e Juiz_Lição_original com textos_942014
Legislador e Juiz_Lição_original com textos_942014Legislador e Juiz_Lição_original com textos_942014
Legislador e Juiz_Lição_original com textos_942014
 
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoasA verdadeira fé não faz acepção de pessoas
A verdadeira fé não faz acepção de pessoas
 
Os 10 mandamentos
Os 10 mandamentosOs 10 mandamentos
Os 10 mandamentos
 
Ebd lições séries 06 - 2ºtrimestre 2016
Ebd   lições séries 06 - 2ºtrimestre 2016Ebd   lições séries 06 - 2ºtrimestre 2016
Ebd lições séries 06 - 2ºtrimestre 2016
 
Pode ou não pode?
Pode ou não pode?Pode ou não pode?
Pode ou não pode?
 
Lição 11 - A tolerância cristã
Lição 11 - A tolerância cristãLição 11 - A tolerância cristã
Lição 11 - A tolerância cristã
 
O julgamento e a soberania pertencem a Deus
O julgamento e a soberania pertencem a DeusO julgamento e a soberania pertencem a Deus
O julgamento e a soberania pertencem a Deus
 

Mais de Ailton da Silva

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 

A verdadeira fé não faz acepção de pessoas

  • 1.
  • 2. “Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: Amarás a teu próximo como a ti mesmo, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado e sois redarguidos pela lei como transgressores” (Tg 2.8,9). ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP) TEXTO ÁUREO
  • 3. Não podemos fazer acepção de pessoas, pois o Senhor não fez conosco. VERDADE PRÁTICA ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 4. 1 - Meus  irmãos,  não  tenhais  a  fé  de  nosso  Senhor  Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas. 2 - Porque,  se  no  vosso  ajuntamento  entrar  algum  homem  com  anel  de  ouro  no  dedo,  com  vestes  preciosas,  e  entrar  também  algum  pobre  com  sórdida  vestimenta, 3 - e atentardes para o que traz a veste preciosa e lhe  disserdes:  Assenta-te  tu  aqui,  num  lugar  de  honra,  e  disserdes  ao  pobre:  Tu,  fica  aí  em  pé  ou  assenta-te  abaixo do meu estrado, 4 - porventura  não  fizestes  distinção  dentro  de  vós  mesmos  e  não  vos  fizestes  juízes  de  maus  pensamentos? LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Tg 2.1-13 ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 5. 5 - Ouvi,  meus  amados  irmãos.  Porventura,  não  escolheu  Deus  aos  pobres  deste  mundo  para  serem  ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que  o amam? 6 - Mas vós desonrastes o pobre. Porventura, não vos  oprimem os ricos e não vos arrastam aos tribunais? 7 - Porventura,  não  blasfemam  eles  o  bom  nome  que  sobre vós foi invocado? 8 - Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei  real:  Amarás  a  teu  próximo  como  a  ti  mesmo,  bem  fazeis. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Tg 2.1-13 ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 6. 9 - Mas,  se  fazeis  acepção  de  pessoas,  cometeis  pecado e sois redarguidos pela lei como transgressores  10 - Porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar  em um só ponto tornou-se culpado de todos. 11 - Porque aquele que disse: Não cometerás adultério,  também disse: Não matarás. Se tu, pois, não cometeres  adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei. 12 - Assim  falai  e  assim  procedei,  como  devendo  ser  julgados pela lei da liberdade. 13 - Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele  que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa sobre  o juízo. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Tg 2.1-13 ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 7. PROPOSTA DA LIÇÃO ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP) • Discriminação: inaceitável e inadmissível em nosso meio; • A igreja deve produzir um ambiente de amor e acolhedor; • “Juízes de maus pensamentos”: pura discriminação; • Deus escolheu aos pobres para serem ricos na fé; • Desonrar o pobre é pecado; • Discriminação/favoritismo/parcialidade: combatamos; • Lei Real: “amarás o teu próximo como a ti mesmo”; • Lei Mosaica: não ao adultério e sim a acepção de pessoas; • Lei da Liberdade: “assim falai, e assim procedei”.
  • 8. • Verdadeira fé/acepção de pessoas não caminham juntas; • Acepção de pessoas entre os gerados pela Palavra? a) Discriminação: • Ação negativa, vergonhosa e ultrajante; • Julgamento pela aparência, posição ou conhecimento; • Grande erro, muito mais quando praticado na igreja. ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP) INTRODUÇÃO
  • 9. 1. EM CRISTO A FÉ É IMPARCIAL • Não pode haver favoritismo entre os gerados de novo; • Jesus já derrubou o muro que separava os homens; • Ele não faz acepção de pessoa, atende a todos. 2. O AMOR DE DEUS TEM DE SER MANIFESTO. • No tempo de Tiago havia acepção de pessoas – e hoje? • Dever da igreja: produzir um ambiente de amor; • José não favoreceu seus irmãos, tratou todos com amor. 3. NÃO SEJAMOS PERVERSOS (V.4). • Juízes de maus pensamentos: discriminavam o pobre; • Não fomos chamados para sermos perversos “juízes”; • José não foi perverso com seus irmãos. I – A FÉ NÃO PODE FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS (Tg 2.1-4) ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 10. 1. A SOBERANA ESCOLHA DE DEUS • Deus escolheu os pobres para serem ricos na fé; • E muitos ricos também estão abraçando a fé em Jesus; • Bem aventurados os pobres e os ricos, todos. 2. A PRINCIPAL RAZÃO PARA NÃO DESONRAR O POBRE. • Deus escolheu os pobres – a igreja escolheu os ricos; • Os ricos oprimiam os pobres e eram favorecidos; • Os egípcios desonraram José depois de tudo o que fez? 3. DESONRARAM O SENHOR. • Igreja desonrando pobres e honrando ricos na época? • Discriminação na igreja: ato reprovável; • O Egito não percebeu que Deus estava na vida de José. II – DEUS ESCOLHEU OS POBRES AOS OLHOS DO MUNDO (Tg 2.5-7) ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 11. 1. A LEI REAL. •Lei real: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”; •Acepção de pessoas – quebra da essência da lei; •Será que o Egito aprendeu a amar a José? 2. A LEI MOSAICA. •Os judeus distinguiam os mandamentos/preceitos da lei; •Observavam uns e ignoravam outros pontos da Lei; •Jesus atestou isto (Mt 23.23). 3. A LEI DA LIBERDADE. •Lei da Liberdade: o Evangelho; •O Evangelho liberta o homem do pecado e preconceitos; •Viver o que pregamos e não pregar o que não vivemos. III - A LEI REAL, A LEI MOSAICA E A LEI DA LIBERDADE (Tg 2.8-13) ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 12. • Acepção de pessoas: pecado; • Deus escolheu os pobres para serem ricos na fé; • Devemos amar a todos como a nós mesmos. OBJETIVOS DA LIÇÃO – FORAM ALCANÇADOS 1) A igreja deve produzir um ambiente de amor; 2) Os pobres deste mundo podem se tornar ricos na fé; 3) Amar a todos e viver em liberdade sem culpas. CONCLUSÃO ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)
  • 13.
  • 14. Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @gmail.com .blogspot.com Álvares Machado (SP) 3º trim. 2014 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ailtonsilva2000.blogspot.com.br Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Belém Setor 5 – Álvares Machado (SP)