Bem vindo ao Percurso VAI
Encontros para reflexão na cidade
de São Paulo sobre o Programa VAI
Oficina de Elaboração de Pro...
O QUE É O PROGRAMA VAI ?
O Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais - VAI, foi criado pela lei 13540 e regulam...
COMO FUNCIONA O PROGRAMA VAI?
A seleção dos projetos é anual e inicia-se com a abertura do edital, seguida da entrega de p...
QUEM PODE E QUEM NÃO PODE PARTICIPAR
PODERÁ concorrer a recursos do Programa VAI toda pessoa física, maior de 18 anos, com...
QUAIS AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NO PROGRAMA VAI?
•A criação de duas modalidades, o VAI 1 e o VAI 2.
•Recursos destinados some...
QUAIS SÃO AS MODALIDADES DO PROGRAMA:

VAI 1 - até R$ 30.000
VAI 2 - até R$ 60.000

destinada a projetos de grupos e colet...
QUAIS AS LINGUAGENS DOS PROJETOS?
Uma das características do Programa é a diversidade de linguagens que abarca. Importante...
CONSTITUEM AÇÕES CULTURAIS PASSÍVEIS
DE APOIO NA MODALIDADE VAI II
I – ações de criação, produção, fruição e difusão e exp...
COMO É A LIBERAÇÃO DOS RECURSOS?
Os recursos são liberados em DUAS parcelas, sendo a primeira adiantada e as demais
condic...
CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO DOS PROJETOS
A Comissão selecionará os projetos analisando a adequação aos objetivos do programa, n...
CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO VAI 2
Além dos critérios do VAI 1 (exceto a idade)
•consistência do portfólio, com comprovação das ...
COMO ESCREVER
UM PROJETO PARA O
PROGRAMA VAI
O QUE PRECISO ESCREVER NO PROJETO
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•

Capa;
Nome do Projeto;
Resumo do projeto;
Objetivos a s...
CAPA
Iniciem seu projeto com uma boa apresentação, faça uma bela capa contendo:
•Nome do projeto;
•Qual a categoria que es...
PRIMEIRA PÁGINA – CONTRA CAPA
Na contra capa é importante já colocarmos os principais dados do projeto como:
DADOS DO PROJ...
JUSTIFICATIVA DO PROJETO
Este é o momento de demonstras os “porquês” do projeto. Neste item é importante o grupo
demonstra...
OBJETIVOS DO PROJETO
Este é o momento de nos falar sobre “para que, para quem e o que se pretende” com o projeto.
Para fac...
METODOLOGIA
Aqui falaremos dos Métodos “quais os tipos de abordagens” que utilizaremos nas ações de
nosso projeto, como po...
PLANO DE TRABALHO
No Plano de Trabalho iremos contar como serão desenvolvidas as atividades do projeto relato o
dia-a-dia ...
OBJETIVO
AÇÃO

ATIVIDADE

RECURSOS
NECESSÁRIOS

RESPONSÁVEL
TEMPO DE DURAÇÃO DO PROJETO
O Programa VAI financia projetos de ate 8 meses de duração, porém seu projeto também
pode ter ...
CRONOGRAMA DE ATIVIDADES
Como vocês já sabem TODAS as atividades que irão desenvolver no decorrer do projeto, fica
muito f...
Ação

Atividade

Atividade

jan

Local

fev

mar

Prazo

abr

mai
FICHA TÉCNICA DO PROJETO
Esse é um item especifico para projetos nos projetos para o Programa VAI.
Nessa ficha, você deve ...
CURRÍCULOS DOS INTEGRANTES DA EQUIPE
Para apresentar o projeto para o Programa VAI é necessário enviar um currículo comple...
HISTÓRICO DE ATUAÇÃO DO GRUPO
É importante dizer quem são vocês.
Essas informações ajudam quem avalia o projeto a entende-...
AUTORIZAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS
Quando o projeto envolver produção de espetáculo, exposições, filme, edição de livros, re...
PORTFÓLIO
Projetos que concorrem à Modalidade II devem apresentar portfólio do grupo com histórico de, no
mínimo, 2 (dois)...
ORÇAMENTO DO PROJETO
Esta é a parte mais gostosa (muitos começam montar seu projeto por aqui) pois é onde vamos
saber o qu...
O QUE O PROJETO FINANCIA
•

Recursos humanos e materiais necessários;

•

Material de consumo;

•

Locação de espaço e equ...
ORÇAMENTO PROJETO
Para projetos da modalidade I, não é permitido aplicação de recursos para construção ou
conservação de b...
CARTA DE AUTORIZAÇÃO
Este item é apenas obrigatório se o projeto for ocorrer em parceria
com outro espaço seja público ou ...
APLICAÇÃO EM BENS IMÓVEIS
Umas das maiores vantagens do Programa VAI é a possibilidade de

aquisição de bens

permanentes ...
ANEXOS
Tinha achado que terminou? ainda não: na hora entrega do projeto você ainda precisa entregar
DOIS anexos.

(ANEXO 1...
ANEXOS DIGITAIS
Você também pode mandar anexos digitais com ações que vocês já realizaram como:
•Fotos
•Vídeos
Como fazer ...
O QUE PRECISO PARA ME INSCREVER
Para se inscrever o jovem devera ate o dia 07/02 realizar sua inscrição nos locais indicad...
ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES?
CENTRO
SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Av. São João, 473 – 9ºAndar - Centro
Telefones: 33...
ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES?
OESTE
CASA DE CULTURA DO BUTANTÃ
Av. Junta Mizumoto, 13, no Jardim Peri-Peri
Telefone 374...
ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES?
LESTE
CEU ARICANDUVA
Rua Olga Fadel Abarca, S/Nº - Vila Aricanduva – Cidade Líder
Telefon...
SERÃO DESCLASSIFICADOS OS PROJETOS QUE:
I - orçamento superior a R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para projetos inscritos n...
INFORMAÇÕES E CONTATOS
programavai.blogspot.com.br
facebook.com/percursoprogramavai
facebook.com/programavai
observatoriop...
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos

1.150 visualizações

Publicada em

Esta apresentação tem o objetivo de auxiliar os cursos de elaboração de projetos culturais do programa VAI 2014 - Percursos VAI 2014.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.150
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
574
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Percursos VAI 2014 - Curso de elaboração de projetos

  1. 1. Bem vindo ao Percurso VAI Encontros para reflexão na cidade de São Paulo sobre o Programa VAI Oficina de Elaboração de Projetos Sociais
  2. 2. O QUE É O PROGRAMA VAI ? O Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais - VAI, foi criado pela lei 13540 e regulamentado pelo decreto 43823/2003 com alterações pela Lei Municipal nº 15.897/2013, a qual constitui duas modalidade VAI1 e VAI2, com finalidade de apoiar financeiramente, por meio de subsídio, atividades artístico-culturais, principalmente de jovens e adultos de baixa renda e de regiões do Município desprovidas de recursos e equipamentos culturais. QUAIS OS OBJETIVOS DO PROGRAMA VAI ? • Estimular a criação, o acesso, a formação e a participação do pequeno produtor e criador no desenvolvimento cultural da cidade; • Promover a inclusão cultural; • Estimular dinâmicas culturais locais e a criação artística em geral;
  3. 3. COMO FUNCIONA O PROGRAMA VAI? A seleção dos projetos é anual e inicia-se com a abertura do edital, seguida da entrega de projetos por parte dos interessados (na sede da Secretaria e em mais oito pontos de fácil acesso na cidade). Findo o prazo para entrega de projetos, neste ano 07 de fevereiro, a Comissão de Avaliação os analisa, atentando à atividade proposta, idade e perfil dos proponentes e o local de realização, pois há prioridade para jovens e adultos de baixa renda, não profissionais, bem como para as regiões do Município que são desprovidas de recursos e equipamentos culturais. A Comissão é composta por representantes do governo e da sociedade civil.
  4. 4. QUEM PODE E QUEM NÃO PODE PARTICIPAR PODERÁ concorrer a recursos do Programa VAI toda pessoa física, maior de 18 anos, com domicílio comprovado no Município de São Paulo há, no mínimo, 2 (dois) anos. NÃO PODERÃO concorrer aos recursos do Programa VAI funcionários públicos municipais, membros da Comissão de Avaliação, seus parentes em primeiro grau e cônjuges. Cada proponente ou grupo poderá ter somente um projeto selecionado, bem como cada proponente e cada integrante de grupo somente poderão integrar a ficha técnica de um projeto selecionado. É imprescindível que o proponente do projeto selecionado esteja em condições de abrir conta corrente no Banco do Brasil, exclusiva para recebimento do subsídio.
  5. 5. QUAIS AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NO PROGRAMA VAI? •A criação de duas modalidades, o VAI 1 e o VAI 2. •Recursos destinados somente a pessoas físicas. •O VAI 1 mantém o foco na faixa de 18 a 29 anos. •O VAI 2 é para jovens e adultos com experiência em projetos em áreas periféricas. • As ações coletivas continuam sendo prioritárias. QUANTAS VEZES É POSSÍVEL PARTICIPAR DO VAI? Nesses dez anos, o limite foi de duas vezes. Agora, a Comissão de Avaliação terá a alternância de projetos como diretriz, mas não haverá limite legal que restrinja a participação.
  6. 6. QUAIS SÃO AS MODALIDADES DO PROGRAMA: VAI 1 - até R$ 30.000 VAI 2 - até R$ 60.000 destinada a projetos de grupos e coletivos compostos por pessoas físicas, prioritariamente jovens de baixa renda, com idade entre 18 (dezoito) e 29 (vinte e nove) anos destinada a projetos de grupos e coletivos compostos por pessoas físicas, jovens ou adultos de baixa renda, que tenham histórico de, no mínimo, 2 (dois) anos de atuação ou que foram contemplados na modalidade VAI I, Qual o montante de recursos destinado ao Programa? No ano de 2014 serão investidos R$ 8 milhões, sendo garantido o apoio a, no mínimo, 175 projetos da modalidade I e o restante da modalidade ll. Este valor poderá ser modificado de acordo com a publicação do orçamento municipal aprovado para o exercício de 2014.
  7. 7. QUAIS AS LINGUAGENS DOS PROJETOS? Uma das características do Programa é a diversidade de linguagens que abarca. Importante dizer que são raros os projetos em que há linguagens únicas, predominando a mescla de linguagens e intervenções. •Há montagem, produção e apresentação de espetáculos e performances nas áreas de teatro, dança e música; •Há exibição e produção de vídeos e gravação de cds; oficinas ligadas às diversas linguagens artísticas, eventos culturais com manifestações de rua e em espaços fechados; •há festivais, cultura indígena, cultura popular, capoeira, rádio, hip hop, produção e publicação de jornais, revistas e livros, saraus, contadores de histórias, biblioteca, videoteca, memória, formação de produtores culturais, cultura digital, desenho, moda, poesia, artesanato; • há culturas tradicionais, cultura cigana, cultura LGBT, processos que incluam o conceito de cultura na sua dimensão antropológica, como modos de vida e consolidação de identidades; entre outros.
  8. 8. CONSTITUEM AÇÕES CULTURAIS PASSÍVEIS DE APOIO NA MODALIDADE VAI II I – ações de criação, produção, fruição e difusão e expressões artísticas e culturais, como: II – ações culturais e/ou eventos que ocorrem periodicamente, formal ou informalmente, inseridos na agenda local ou municipal; III – processos de articulação de redes e fóruns coletivos em torno de temas da cultura; IV – gestão de espaços culturais e/ou arranjos coletivos que sejam referências em suas localidades; V – iniciativas relacionadas à economia solidária e à economia da cultura, geradoras de produtos, como livros, cds e dvds, entre outros, ou arranjos produtivos locais, como estúdios comunitários, produtoras culturais, editoras, entre outros. VI – ações de formação cultural, como propostas de autoformação, profissionalização para linguagens, formação para gestão e mediação cultural, entre outras.
  9. 9. COMO É A LIBERAÇÃO DOS RECURSOS? Os recursos são liberados em DUAS parcelas, sendo a primeira adiantada e as demais condicionadas a aprovação das prestações de contas, que incluem relatórios, demonstrativos de despesas, extratos bancários, notas fiscais e recibos. COMO É A PRESTAÇÃO DE CONTAS? A prestação de contas do projeto ocorrera ate em três vezes, conforme cronograma de desembolso. O Programa VAI disponibiliza um manual de orientações para prestação de contas e um treinamento quanto aos procedimentos.
  10. 10. CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO DOS PROJETOS A Comissão selecionará os projetos analisando a adequação aos objetivos do programa, no que diz respeito ao perfil dos proponentes e ao mérito das propostas, como também segundo a clareza e coerência do projeto e a adequação do orçamento à ação proposta. Prioridade para jovens e Adultos de baixa renda, que desenvolvam propostas coletivas, em qualquer área de atuação cultural, em regiões com precariedade de recursos ou de acesso a equipamentos culturais. Para o VAI 1 não é necessário ter experiência, embora atividades em andamento tenham prioridade.
  11. 11. CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO VAI 2 Além dos critérios do VAI 1 (exceto a idade) •consistência do portfólio, com comprovação das ações já desenvolvidas pelo grupo ou coletivo com no mínimo 2 anos; •capacidade de fortalecer e ampliar circuitos e redes; •perspectivas de continuidade da ação após o término do projeto; •resultados e impactos gerados pelas atividades desenvolvidas no âmbito do Programa VAI – modalidade I ou pelas atividades apresentadas como comprovação de atuação do grupo ou coletivo na cidade. Como possíveis impactos gerados, considera-se ações que contribuam, por exemplo: para o acesso da população à produção de bens culturais, principalmente para crianças, jovens, idosos e pessoas com deficiência; ações afirmativas; transversalidade da cultura na relação com outras áreas; articulação com equipamentos públicos e/ou espaços comunitários e/ou agentes de cultura
  12. 12. COMO ESCREVER UM PROJETO PARA O PROGRAMA VAI
  13. 13. O QUE PRECISO ESCREVER NO PROJETO • • • • • • • • • • • • • • • • Capa; Nome do Projeto; Resumo do projeto; Objetivos a serem alcançados; Plano de trabalho (desenvolvimento e duração); Tempo de duração do projeto (máximo de 8 meses); Cronograma de atividades contendo data(s) e local(is) ; Como pretende interagir com as redes sócio cultural; Ficha técnica do projeto (nome e a função dos participantes) Currículo completo de todos participantes, incluindo contatos e endereço de residência; Histórico de atuação do grupo (fotos, material de divulgação) Orçamento descritivo do projeto; Custo total do projeto; Carta de autorização do responsável pelo espaço onde será desenvolvida atividade do projeto; outras informações que julgar necessárias para a avaliação do projeto.
  14. 14. CAPA Iniciem seu projeto com uma boa apresentação, faça uma bela capa contendo: •Nome do projeto; •Qual a categoria que está concorrendo (VAI 1 ou VAI 2); •Principal linguagem do projeto; •Nome, RG e CPF do proponente; •Endereço completo do proponente; •Telefones e email do proponente. NOME DO PROJETO Procure um nome criativo e que represente a essência do que vocês realizarão Caso ainda não tenha um nome, espere até escrever o projeto inteiro, leia-o e ache um nome coerente
  15. 15. PRIMEIRA PÁGINA – CONTRA CAPA Na contra capa é importante já colocarmos os principais dados do projeto como: DADOS DO PROJETO (resumo geral) Nome do projeto: Data e local da realização: Tempo de duração: (quantos meses) Custo total do projeto: Apresentação do projeto: (resumo da ação) neste item faça um resumo de no máximo 10 linhas sobre o que é seu projeto, apresente da forma mais simples e que desperte o interesse de lerem o restante do projeto O Resumo é geralmente o último item a ser feito e o primeiro a ser apresentado.
  16. 16. JUSTIFICATIVA DO PROJETO Este é o momento de demonstras os “porquês” do projeto. Neste item é importante o grupo demonstrar que tem conhecimento de causa sobre o que se esta propondo. Podemos escrever a justificativa do projeto dividindo-o inicialmente em partes: •Inicie fazendo uma reflexão do macro para o micro ; •Contando em qual contexto o projeto esta inserido, quais são os problemas a serem enfrentados. •Agora conte como vocês vão enfrentar estes problemas; •Contando qual o diferencial do projeto, seu potencial no território e com o publico pretendido atender. Agora basta juntar todas estas informações em um texto. No edital 2014 do Programa VAI não exige a Justificativa, mas certamente ela faz diferença em um projeto bem-feito
  17. 17. OBJETIVOS DO PROJETO Este é o momento de nos falar sobre “para que, para quem e o que se pretende” com o projeto. Para facilitar podemos dividir os objetivos em: •OBJETIVO GERAL É o objetivo mais amplo, ao qual se pretende chegar ao final do projeto •OBJETIVO ESPECÍFICO É os objetivos que vão sendo alcançados a cada ação do projeto. Os objetivos podem ser apresentado de maneira ESQUEMÁTICA (por itens) ou DISCURSIVA. Neste caso é indicado o uso de verbos na forma infinitiva.
  18. 18. METODOLOGIA Aqui falaremos dos Métodos “quais os tipos de abordagens” que utilizaremos nas ações de nosso projeto, como por exemplo. •Nas oficinas – serão empregados os métodos da educação popular ou convencional •Na mobilização do publico - será apenas virtual ou terá corpo a corpo, porque? •Na comunicação – quais os instrumentos a serem utilizados e porque? No edital 2014 do Programa VAI não exige a metodologia, mas certamente ela faz diferença em um projeto bem-feito
  19. 19. PLANO DE TRABALHO No Plano de Trabalho iremos contar como serão desenvolvidas as atividades do projeto relato o dia-a-dia da ação. Um bom Plano de Trabalho deve ser bem detalhado. Tem que conter as ações a serem desenvolvidas, todas as atividades do projeto, os responsáveis e os recursos necessários por cada uma delas. Lembrando sempre que todas as ações devem responder aos objetivos e as atividades detalham como as ações serão desenvolvidas. Atente-se para o fato de que o recurso aqui não é financeiro e sim material ou pessoal , isso nos ajudará na hora de montar o orçamento do projeto Um plano de trabalho é mais bem-visualizado e compreendido quando feito em uma tabela, veja exemplo:
  20. 20. OBJETIVO AÇÃO ATIVIDADE RECURSOS NECESSÁRIOS RESPONSÁVEL
  21. 21. TEMPO DE DURAÇÃO DO PROJETO O Programa VAI financia projetos de ate 8 meses de duração, porém seu projeto também pode ter duração de 1, 2, 3, 4 ou até 8 meses Coloque prazos reais e avalie se é possível realizar tudo no tempo previsto. Você irá visualizar melhor as datas na construção do Cronograma de Atividades.
  22. 22. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES Como vocês já sabem TODAS as atividades que irão desenvolver no decorrer do projeto, fica muito fácil determinar os prazos. O cronograma pode ter vários níveis de detalhe tendo como variável o prazo do projeto (ias, semanas, meses ou anos), metodologia do projeto, o nível de detalhamento no plano de trabalho, entre outros Porem aqui vamos conhecer duas formas mais indicadas para o VAI. Em alguns casos, é apresentado também a equipe técnica necessária e os custos de cada fase do Projeto.
  23. 23. Ação Atividade Atividade jan Local fev mar Prazo abr mai
  24. 24. FICHA TÉCNICA DO PROJETO Esse é um item especifico para projetos nos projetos para o Programa VAI. Nessa ficha, você deve especificar o nome dos integrantes do grupo e suas funções no projeto. NOME FUNÇÃO Se já tiver Convidados que participarão do desenvolvimento do projeto, também podem ser inseridos aqui culturais e exigido
  25. 25. CURRÍCULOS DOS INTEGRANTES DA EQUIPE Para apresentar o projeto para o Programa VAI é necessário enviar um currículo completo do proponente e resumido dos demais integrantes do grupo. Currículo completo •Cabeçalho: nome, endereço, contatos, documentos •Formação Acadêmica; •Participação e Formação Complementar •Experiência profissional Currículo resumido •Cabeçalho: nome, endereço, contatos, documentos •Um resumo da formação e experiência com no máximo 10 linhas
  26. 26. HISTÓRICO DE ATUAÇÃO DO GRUPO É importante dizer quem são vocês. Essas informações ajudam quem avalia o projeto a entende-los melhor e saber das motivações do grupo. Podemos escrever o histórico do grupo dividindo-o inicialmente, em partes •Escreva o que cada um grupo tem de especial; •Conte como e há quanto tempo vocês se conhecem; •Fale um pouco do território que vocês mora ; •O que vocês já realizaram juntos e aonde; •Conte como surgiu a ideia deste projeto; Agora basta juntar todas estas informações em um texto.
  27. 27. AUTORIZAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS Quando o projeto envolver produção de espetáculo, exposições, filme, edição de livros, revista, publicações em geral, apresentar também: •autorização do detentor dos direitos autorais; •compromisso de realização a preços populares, discriminando o período das apresentações e o preço dos ingressos, quando não resultarem em evento gratuito; •outras informações que julgar necessárias para a avaliação do projeto;
  28. 28. PORTFÓLIO Projetos que concorrem à Modalidade II devem apresentar portfólio do grupo com histórico de, no mínimo, 2 (dois) anos de atuação em ações culturais. O portfólio poderá ser composto por matérias e reportagens na imprensa, indicação de sites, blogs, páginas em redes sociais, cartazes, folders, fotos, vídeos, certificados, entre outros materiais de divulgação, quando houver. No edital 2014 do Programa VAI não exige Portfólio para quem vai concorrer VAI 1, mas certamente ela faz diferença em um projeto bem-feito
  29. 29. ORÇAMENTO DO PROJETO Esta é a parte mais gostosa (muitos começam montar seu projeto por aqui) pois é onde vamos saber o quanto vale o nosso trabalho. Muitas pessoas acham que esta é a parte mais difícil, mas se o plano de trabalho foi bem detalhado, esta tarefa agora fica muito mais fácil. Pegue a lista de recursos necessários inseridas no plano de trabalho. Faça uma pesquisa de preço de todos os itens. Depois levante os outros gastos neste item é importante saber o que o edital financia
  30. 30. O QUE O PROJETO FINANCIA • Recursos humanos e materiais necessários; • Material de consumo; • Locação de espaço e equipamentos; • Compra de equipamentos; • Custos de manutenção e administração de espaço; • Custo de produção; • Material gráfico e publicações; • Divulgação; • Transporte; • Alimentação; • Pesquisa e documentação; • Despesas bancárias; • Impostos e encargos diversos.
  31. 31. ORÇAMENTO PROJETO Para projetos da modalidade I, não é permitido aplicação de recursos para construção ou conservação de bens imóveis. Para projetos na modalidade II, poderão ser previstos recursos para conservação e adaptação de espaço físico, até o limite de 30% (trinta por cento) do valor total do projeto. Veja um exemplo. Necessariamente, o orçamento deve ser feito em uma tabela.
  32. 32. CARTA DE AUTORIZAÇÃO Este item é apenas obrigatório se o projeto for ocorrer em parceria com outro espaço seja público ou privado.
  33. 33. APLICAÇÃO EM BENS IMÓVEIS Umas das maiores vantagens do Programa VAI é a possibilidade de aquisição de bens permanentes como equipamentos , o que possibilita os grupos se estruturarem. Porém no que diz respeito a Bens Imóveis, fica a seguinte regra: •Para projetos da modalidade I, não é permitido aplicação de recursos para construção ou conservação de bens imóveis. •Para projetos na modalidade II, poderão ser previstos recursos para conservação e adaptação de espaço físico, até o limite de 30% (trinta por cento) do valor total do projeto.
  34. 34. ANEXOS Tinha achado que terminou? ainda não: na hora entrega do projeto você ainda precisa entregar DOIS anexos. (ANEXO 1) Ficha de Inscrição devidamente preenchida, (ANEXO 2) Declaração de residência no município de São Paulo assinada, sob as penas da lei, de que o responsável tem domicílio na cidade de São Paulo há mais de 2 (dois) anos e cópias do projeto. Estes anexos estão disponíveis junto com o edital no blog do VAI OUTRAS INFORMAÇÕES QUE JULGAR NECESSÁRIO PARA A AVALIAÇÃO DO PROJETO
  35. 35. ANEXOS DIGITAIS Você também pode mandar anexos digitais com ações que vocês já realizaram como: •Fotos •Vídeos Como fazer um vídeo falando ideia do projeto Grave tudo em um DVD e encaminhe junto com projeto Esta não é uma exigência do Programa VAI mas pode ajudar muito na hora da seleção
  36. 36. O QUE PRECISO PARA ME INSCREVER Para se inscrever o jovem devera ate o dia 07/02 realizar sua inscrição nos locais indicados no Edital, onde deverá optar em qual modalidade irá inscrever o projeto, sendo vedada a inscrição do mesmo proponente, grupo ou projeto nas duas modalidades do Programa. NO ATO DA INSCRIÇÃO: Os projetos deverão ser entregues em 3 (três) vias, de igual teor e conteúdo, montados com duas perfurações (modelo “arquivo”) ou devidamente fixada com grampos, clips ou similares (não utilizar encadernação tipo espiral), sendo entregue cada via em um envelope distinto.
  37. 37. ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES? CENTRO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Av. São João, 473 – 9ºAndar - Centro Telefones: 3397-0155 / 3397-0156 2ª a 6ª feira,14h às 18h Dias 06 e 07 de fevereiro o horário de inscrições será das 10 às 18h. NORTE CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha Telefone 3984-2466 CEU JAÇANÃ Avenida Antônio César Neto, 105 / Rua Costa Brito, s/n. Telefone 3397-3977
  38. 38. ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES? OESTE CASA DE CULTURA DO BUTANTÃ Av. Junta Mizumoto, 13, no Jardim Peri-Peri Telefone 3742-6218 SUL CEU CIDADE DUTRA Avenida Interlagos, 7350 – Interlagos Telefone 5668-1955 CEU CASA BLANCA Rua João Damasceno, s/nº (próximo à Estrada de Itapecerica) Telefone 5519-5201 2ª a 6ª feira,14h às 18h Dias 06 e 07 de fevereiro o horário de inscrições será das 10 às 18h.
  39. 39. ONDE SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES? LESTE CEU ARICANDUVA Rua Olga Fadel Abarca, S/Nº - Vila Aricanduva – Cidade Líder Telefone 2723-7556 2ª a 6ª feira,14h às 18h Dias 06 e 07 de fevereiro o horário de inscrições será das 10 às 18h. CENTRO CULTURAL DA PENHA Largo do Rosário, 20 – Penha Telefone 2295-0401 CENTRO DE FORMAÇÃO CULTURAL DA CIDADE TIRADENTES Av. Inácio Monteiro, 6900 – Cidade Tiradentes Telefone 2554-2840
  40. 40. SERÃO DESCLASSIFICADOS OS PROJETOS QUE: I - orçamento superior a R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para projetos inscritos na modalidade I e orçamento superior a R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) para projetos inscritos na modalidade II; II - orçamento que apresente apenas o valor total, sem detalhamento de gastos; III - cronograma de realização acima do prazo máximo de 8 (oito) meses; IV - proponente com idade inferior a 18 anos até a data de publicação dos resultados (previsão para final de março); V - Pessoa Física residente fora do município de São Paulo ou moradora na cidade há menos de 2 (dois) anos; VI – Pessoa Jurídica
  41. 41. INFORMAÇÕES E CONTATOS programavai.blogspot.com.br facebook.com/percursoprogramavai facebook.com/programavai observatoriopopular.com agsolanotrindade@gmail.com

×