Navegação e Arquitetura de Informação

4.273 visualizações

Publicada em

Usabilidade Arquitetura de Informação IHC Agner

Publicada em: Design, Tecnologia
0 comentários
15 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.273
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Navegação e Arquitetura de Informação

  1. 1. As interfaces de navegação deveriam auxiliar o usuário a responder a três perguntas fundamentais: • Onde estou? • De onde vim? • Para onde vou?
  2. 2. Onde estou? • com relação à WWW como um todo; • com relação à estrutura do próprio website. Navegação
  3. 3. Onde estou? "O logotipo deve ser transformado em um link para a homepage, de forma que o usuário possa chegar à homepage de qualquer página, rapidamente ”.
  4. 4. De onde vim? • Botão voltar • Lista histórica • Links de páginas visitadas "Saber quais links já foram visitados ajuda a aprender a estrutura do site e evita o tempo gasto voltando-se à mesma página."
  5. 5. De onde vim? Utilizar cores de links padrão nos hipertextos auxiliaria o usuário na questão de recompor mentalmente o caminho já navegado.
  6. 6. Para onde vou? Esta pergunta deve ser respondida pelas opções de navegação visíveis em cada página.
  7. 8. Louis Rosenfeld Peter Morville Introduziram a Arquitetura de Informação nos websites Arquitetura de Informação
  8. 9. Louis Rosenfeld Peter Morville Arquitetura de Informação Arquitetura de Informação
  9. 10. O que é Arquitetura de Informação em websites? Tornar o complexo claro (Wurman, 1997). Wurman cunhou a expressão na década de 70. O arquiteto de informação seria o indivíduo com a missão de organizar padrões de dados e de transformar o que é complexo em algo mais claro. Arquitetura de Informação
  10. 11. O que é Arquitetura de Informação em websites? 1. O design estrutural de ambientes de informação compartilhados. 2. A combinação dos esquemas de organização, de rotulação de busca e de navegação dentro de websites e intranets. 3. A arte e a ciência de dar forma a produtos e experiências de informação para suportar a usabilidade e a findability . 4. Uma disciplina emergente e uma comunidade de prática focada em trazer princípios do design e arquitetura ao espaço digital. Arquitetura de Informação
  11. 12. O que é Arquitetura de Informação em websites? Arquitetura de Informação
  12. 13. Rosenfeld e Morville dividem a Arquitetura de Informação de um website em 4 grandes sistemas interdependentes, cada um composto por regras próprias e suas aplicações: Arquitetura de Informação
  13. 14. Arquitetura de Informação Sistemas de navegação na AI
  14. 15. Arquitetura de Informação Sistemas de navegação na AI Encaixada no conteúdo
  15. 16. Arquitetura de Informação Navegação Embutida
  16. 17. Arquitetura de Informação A navegação global mostra links para as áreas-chave e normalmente está localizada no cabeçalho ou no rodapé da tela. A navegação local dá acesso a subseções do site . A navegação contextual seria a coleção de referências cruzadas que ligam a páginas com temas relacionados em outras seções. Navegação Embutida
  17. 18. Arquitetura de Informação
  18. 19. Arquitetura de Informação Navegação Suplementar
  19. 20. Arquitetura de Informação Este sistema cumpre o papel de apresentar uma visão alternativa de como acessar a informação. Mapas mostram uma visão de águia sobre a totalidade do conteúdo. Índices permitem o acesso direto a conteúdo específico. Guias oferecem navegação linear customizada para determinada audiência, assunto ou tarefa. Navegação Suplementar
  20. 21. Arquitetura de Informação Os mecanismos de busca constituem a parte central da navegação suplementar , o método favorito para muitos usuários que preferem utilizar suas próprias palavras-chave e permitem grande focalização. Formas de navegação avançada são a personalização , a customização e a navegação social . Navegação Suplementar

×