9 - Email marketing

3.609 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Mídia II, na faculdade de Publicidade e Propaganda da FACHA.
Prof. Luiz Agner
2011

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.609
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.537
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

9 - Email marketing

  1. 1. E-mail marketing Curso: Publicidade e Propaganda FACHA – Faculdades Hélio Alonso Outubro 2011 LUIZ AGNER MÍDIA II
  2. 2. Plano de aula: <ul><li>Diferenças do SPAM </li></ul><ul><li>Vantagens e limitações </li></ul><ul><li>Fatores de sucesso </li></ul><ul><li>Banco de dados do E-mail Mkt </li></ul><ul><li>Boas maneiras no E-mail Mkt </li></ul>
  3. 3. Spam: o que é isso?
  4. 4. Spam: o que é isso? <ul><li>SPAM = Spiced Ham (presunto apimentado) </li></ul><ul><li>Comediantes do Monthy Python: sketches humorísticos na déc. 1970, retratando grupo de vikings, à mesa. </li></ul><ul><li>Boatos, correntes, golpes, vírus e programas maliciosos. </li></ul><ul><li>Propaganda de produtos ilegais ou de origem duvidosa. </li></ul>
  5. 5. Spam: o que é isso? <ul><li>SPAM não deve ser usado por empresas </li></ul><ul><li>É associado ao que há de pior na internet </li></ul><ul><li>Não gera resultados: < 0,005% </li></ul><ul><li>É detectável e seu e-mail nunca mais será aberto nem lido </li></ul><ul><li>É denunciável: o servidor de domínio pode ser bloqueado. </li></ul>
  6. 6. E-mail marketing <ul><li>Não está relacionado ao SPAM </li></ul><ul><li>É uma técnica de marketing direto </li></ul><ul><li>Deve ser usada com muito critério, para não ser confundida </li></ul><ul><li>Dois resultados são perseguidos: </li></ul><ul><ul><li>Garantir que os e-mails sejam lidos </li></ul></ul><ul><ul><li>Garantir o retorno comercial dos e-mails </li></ul></ul>
  7. 7. Softwares de envio
  8. 8. Vantagens do e-mail <ul><li>Custo extremamente baixo </li></ul><ul><li>Adequado principalmente para: </li></ul><ul><ul><li>Informativos </li></ul></ul><ul><ul><li>Promoções </li></ul></ul><ul><ul><li>Lançamentos </li></ul></ul>
  9. 9. Resultados do e-mail <ul><li>O resultado depende de 5 fatores: </li></ul><ul><ul><li>De onde vem o mailing list </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação da lista à mensagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrutura dos e-mails </li></ul></ul><ul><ul><li>Tipo de oferta ou mensagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Periodicidade </li></ul></ul>
  10. 10. De onde vem a lista <ul><li>Há diversas ofertas de venda de listas de e-mails “qualificados” </li></ul><ul><li>Podem ter sido obtidas via pirataria, roubo de dados, ou hackers </li></ul><ul><li>Empresas sérias fazem cadastro pedindo autorização para divulgar aos parceiros </li></ul><ul><li>Os e-mails mudam: após dois anos estarão desatualizados </li></ul><ul><li>Sempre saber como foram obtidos! </li></ul>
  11. 11. Público da mensagem <ul><li>Importante: relação entre o público-alvo e a mensagem </li></ul><ul><li>É melhor ter uma lista de mil e-mails, cujo perfil do público é conhecido, do que cem mil e-mails dos quais nada se sabe. </li></ul>
  12. 12. Estrutura da mensagem
  13. 13. Estrutura da mensagem
  14. 14. Estrutura da mensagem <ul><li>O consumidor tem pressa </li></ul><ul><li>Criar mensagens de fácil leitura </li></ul><ul><li>Não devem depender de imagens para iniciar a compreensão </li></ul><ul><li>Peças com imagens gráficas, apesar de bonitas, diminuem as chances de o e-mail ser aberto </li></ul><ul><li>Os anexos são piores: há empresas que os bloqueiam </li></ul><ul><li>Alternativa + segura: o formato HTML </li></ul>
  15. 15. Estrutura da mensagem <ul><li>Na mala direta física, você pode trabalhar a atratividade do envelope: cores, formato, etc. </li></ul><ul><li>No e-mail, você só tem os campos de endereço e o assunto </li></ul><ul><li>Apagar e-mails se tornou hábito diário </li></ul><ul><li>Evitar que a mensagem pareça com SPAM é fundamental: os programas estão configurados para apagar SPAM </li></ul>
  16. 16. Estrutura da mensagem
  17. 17. Estrutura da mensagem <ul><li>Máximo cuidado no campo “Assunto” </li></ul><ul><li>Deve ter entre 6 e 10 palavras </li></ul><ul><li>Deve ser de fácil leitura </li></ul><ul><li>Deve refletir a sua mensagem </li></ul><ul><li>Deve chamar a atenção do consumidor </li></ul>
  18. 18. Qual é a sua oferta? <ul><li>Um só clique indica que é SPAM </li></ul><ul><li>Deve causar impacto imediato! </li></ul><ul><li>Se está lançando um novo produto, crie uma oferta, um desconto, uma vantagem exclusiva: só ofertada naquele e-mail </li></ul><ul><li>Evite enviar algo similar ao que já está sendo veiculado em outras mídias </li></ul><ul><li>Crie algo único, novo e exclusivo! </li></ul>
  19. 19. Quando enviar e-mail
  20. 20. Quando enviar e-mail <ul><li>Enviado no fim-de-semana, o seu e-mail aparecerá junto de todo o lixo de spams acumulado de sexta até segunda de manhã. </li></ul><ul><li>Um executivo está acostumado a esta enxurrada de bobagens. </li></ul>
  21. 21. Quando enviar e-mail <ul><li>Pense em quem é o seu consumidor, como se comporta, qual é o seu dia-a-dia, e quando abrirá seu e-mail. </li></ul><ul><li>O dia da semana e o horário são importantes </li></ul><ul><li>Na terça, em torno das 17:30h, é um bom horário. </li></ul>
  22. 22. Crie seu banco de dados <ul><li>Tenha em seu site uma forma simples de cadastro: de preferência só o e-mail </li></ul><ul><li>Lista de e-mails como patrimônio! </li></ul>
  23. 23. Boas maneiras <ul><li>Ética: Associação Brasileira de Marketing Direto faz a autorregulamentação </li></ul><ul><li>Registro (Opt-in): pedir permissão explícita para o início do relacionamento </li></ul><ul><li>Remoção (Opt-out): oferecer forma de remoção da lista </li></ul><ul><li>Cadastro: deve-se indicar que o e-mail pode ser utilizado para o envio de mensagens comerciais </li></ul>
  24. 24. Boas maneiras <ul><li>Anexos e executáveis: nunca envie! Use um link para uma página de download. </li></ul><ul><li>Relevância: só envie mensagens relevantes para o consumidor </li></ul><ul><li>Frequência: dar ao consumidor a opção de definir a frequência de envio. Não mais que 1 ou 2 mensagens na semana. </li></ul><ul><li>Política de relacionamento: criá-la e colocá-la disponível no seu site. </li></ul>
  25. 25. O que vimos hoje: <ul><li>Diferenças do SPAM </li></ul><ul><li>Vantagens e limitações </li></ul><ul><li>Fatores de sucesso: </li></ul><ul><ul><li>Origem da lista, adequação ao público, estrutura, oferta, periodicidade </li></ul></ul><ul><li>Como formar o banco de dados </li></ul><ul><li>Boas maneiras: </li></ul><ul><ul><li>Ética, permissão, remoção, cadastro, anexos, executáveis, relevância, frequência, política de relacionamento </li></ul></ul>
  26. 26. Baixar esta aula <ul><li>Apresentação de hoje: www.agner.com.br/download/ f acha </li></ul>

×