Propaganda de Carro feita há 57 anos
Propaganda de Carro feita atualmente
Redes SociaisAs redes sociais estão mudando a forma como as pessoas se comunicam,trabalham e se divertem.Orkut, Twitter, F...
Regras da Comunicação emRedes Sociais1- Redes sociais devem ser trabalhadas com foco em relacionamento;2- As ações devem s...
Regras da Comunicação emRedes Sociais5- Transparência e clareza seguem sendo imprescindíveis na comunicação viaredes;6- Na...
ORKUT É quase unanimidade entre os internautas brasileiros. Movimenta discussõessobre todos os assuntos: de ventiladores a...
FACEBOK é a Maior Rede Social do mundo e em 2008 chegou no Brasil.
MYSPACE Se o assunto é música, o MySpace é referência. Quem se interessa peloassunto está lá.
HI5 Não pode ser esquecido. Tem tido crescimento moderado no país.HI5 Não pode ser esquecido. Tem tido crescimento moderad...
8P.COM.BR Ficou famoso por ser o portal que recebe os vídeos e perfis deusuários candidatos ao Big Brother Brasil.
SONICO O maior núcleo de relacionamento da América Latina também chegou comforça no Brasil.
LIMÃO Inicialmente focado em São Paulo, obtém penetração considerável.
LINKEDIN A maior rede de relacionamentos direcionada para contatos de trabalho.
Plaxo Aplicativo de agenda de contatos profissionais
NING É o modo mais fácil de ter sua própria rede de relacionamentos.Já é um fenômeno mundial.
YOUTUBE :Maior portal de vídeo do mundo. Dá para termos um canal de vídeospersonalizado, com dicas e vídeos institucionais...
Slideshare É o modo mais fácil de divulgar e compartilhar seus slides e apresentações.
Seth Godin define o marketing viral como:“Algo que estabelece a base e do processo onde aspessoas interessadas podem fazer...
AnuncianteConsumidoresMensagemAnuncianteConsumidoresMensagemMarketing de interrupção tradicionalVírus de ideia
1. MEIOELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL1/7Uma ideia precisa ser encapsulada em um meio.O meio determina o quanto o vírus pode ...
2. FLUIDEZELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL2/7Que facilidades existem para que o usuário da pontaespalhe um vírus de ideia?Rela...
3. FLUIDEZELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL3/7Que facilidades existem para que o usuário da pontaespalhe um vírus de ideia?Rela...
4. COLMÉIAELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL4/7Conceito de comunidade, segmentação.Sentido de pertencer do consumidor.A colmeia ...
5. AGENTESCONTAMINADORESELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL5/7Algumas pessoas têm mais chances de propagar umvírus do que outras....
6. PERSISTÊNCIAELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL6/7Algumas ideias têm vida longa ... outras não.É importante desenvolver uma sé...
6. AMPLIFICADORELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL6/7Uma diferença entre o vírus de ideia e o boca a boca éque enquanto o segundo...
Ciclo de vida deadoção de produto.InovadoresAdeptos iniciaisMaioria inicial Maioria tardiaRetardatáriosGeorge MooreColmeia
Ciclo de vida deadoção de produto.InovadoresAdeptos iniciaisINOVADORESPessoas que estão procurando novosprodutos em um mer...
Ciclo de vida deadoção de produto.MaioriainicialMaioriatardiaMAIORIA TARDIA - Conservadores-Mostram-se pessimistas quanto ...
Ciclo de vida deadoção de produto.RetardatáriosRetardatários- Céticos-Pessoas que relutam em comprar qualquer produtonovo,...
RECOMENDAÇÕESVIRAIS
Fique totalmentevirótico.1/5
Pague aospromíscuos.2/5
Possibilite fluidezaos poderosos.3/5
Aumentedigitalmente o bocaa boca.4/5
Recompense osamigos dospromíscuos.5/5
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA1Faça-o merecedor de se tornarum vírus.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA2Identifique a colmeia.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA3Exponha sua ideia.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA4Defina o que você querque oscontaminadoresdigam.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA5Dê aos contaminadoresas ferramentas de queprecisam paraEspalhar o vírus.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA6Uma vez que o consumidordeu sua atenção, peçapermissão.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA 7Deixe pasma a suaplateia para que elavenha a disseminar ovírus e mantenhacrescendo.
TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA8Admita que poucos vírusduram para sempre eabrace o ciclo de vidado vírus.
ÚLTIMA DICA...MASSAGEM RELAXANTE NÃO È UM VÍRUS DEIDEIA ........... MASSAGEM DO DIVINO TOQUE PODESER.
OBRIGADO.Alexandre Augusto Giorgioalexandre.giorgio@usp.brwww.giorgiomj.com.br/blogLinkedIn - br.linkedin.com/in/alexandre...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rede social

377 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rede social

  1. 1. Propaganda de Carro feita há 57 anos
  2. 2. Propaganda de Carro feita atualmente
  3. 3. Redes SociaisAs redes sociais estão mudando a forma como as pessoas se comunicam,trabalham e se divertem.Orkut, Twitter, Facebook, blogs e portais colaborativos…Devo investir nisso?Se você acha que investir nisso não tem nada a ver, está na hora de reverseus conceitos e aprender a usufruir das Mídias Sociais paraalavancar seus objetivos em vendas de produtos e serviços. Issoé primordial para incrementar o relacionamento direto e francocom seus clientes daqui para frente.
  4. 4. Regras da Comunicação emRedes Sociais1- Redes sociais devem ser trabalhadas com foco em relacionamento;2- As ações devem ser adequadas ao contexto no qual serão realizadas;3- Usuários de redes manifestam interesse de interação devem ser alvos deprogramas consistentes de relacionamento, não apenas de contatospontuais;4- Perfis e contas não devem ser abandonados nem aparecer desatualizados,mas também não devem oferecer excesso de conteúdo. Deve –se tambémequilibrar as quantidades dos vários gêneros de conteúdo: informações,divulgação, promoção;
  5. 5. Regras da Comunicação emRedes Sociais5- Transparência e clareza seguem sendo imprescindíveis na comunicação viaredes;6- Nas mídias sociais não é possível controlar a informação, mas pode-setrabalhar para ter influência sobre ela;7- Antes de iniciar um projeto de comunicação é precisa definir objetivos eestruturar sua gestão e manutenção;8- Caso não seja possível a presença consistente nas várias redes, é maisinteressante focar em apenas uma.
  6. 6. ORKUT É quase unanimidade entre os internautas brasileiros. Movimenta discussõessobre todos os assuntos: de ventiladores até a sua marca. Uma crise não gerenciadaaqui pode ter conseqüências muito sérias.
  7. 7. FACEBOK é a Maior Rede Social do mundo e em 2008 chegou no Brasil.
  8. 8. MYSPACE Se o assunto é música, o MySpace é referência. Quem se interessa peloassunto está lá.
  9. 9. HI5 Não pode ser esquecido. Tem tido crescimento moderado no país.HI5 Não pode ser esquecido. Tem tido crescimento moderado no país.
  10. 10. 8P.COM.BR Ficou famoso por ser o portal que recebe os vídeos e perfis deusuários candidatos ao Big Brother Brasil.
  11. 11. SONICO O maior núcleo de relacionamento da América Latina também chegou comforça no Brasil.
  12. 12. LIMÃO Inicialmente focado em São Paulo, obtém penetração considerável.
  13. 13. LINKEDIN A maior rede de relacionamentos direcionada para contatos de trabalho.
  14. 14. Plaxo Aplicativo de agenda de contatos profissionais
  15. 15. NING É o modo mais fácil de ter sua própria rede de relacionamentos.Já é um fenômeno mundial.
  16. 16. YOUTUBE :Maior portal de vídeo do mundo. Dá para termos um canal de vídeospersonalizado, com dicas e vídeos institucionais sobre tudo o que acontece: delançamentos a entrevistas de TV oriundas de clippings.
  17. 17. Slideshare É o modo mais fácil de divulgar e compartilhar seus slides e apresentações.
  18. 18. Seth Godin define o marketing viral como:“Algo que estabelece a base e do processo onde aspessoas interessadas podem fazer marketing entresi. As redes de consumidores se incendeiam edepois saem do próprio caminho para promover oboca-a-boca.”
  19. 19. AnuncianteConsumidoresMensagemAnuncianteConsumidoresMensagemMarketing de interrupção tradicionalVírus de ideia
  20. 20. 1. MEIOELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL1/7Uma ideia precisa ser encapsulada em um meio.O meio determina o quanto o vírus pode fluir assimcom ao velocidade de seu crescimento.O meio não se restringe à Mídia.São todos os elementos que conduzem o conceito dovírus de idéia a outras pessoas.
  21. 21. 2. FLUIDEZELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL2/7Que facilidades existem para que o usuário da pontaespalhe um vírus de ideia?Relação óbvia entre vírus de ideia e contágio.Os vírus mais fluidos se alastram por si só.Produtos com alta qualidade intrínseca e inovadorestêm alta capacidade de fluidez (geram interesse).
  22. 22. 3. FLUIDEZELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL3/7Que facilidades existem para que o usuário da pontaespalhe um vírus de ideia?Relação óbvia entre vírus de ideia e contágio.Os vírus mais fluidos se alastram por si só.Produtos com alta qualidade intrínseca e inovadorestêm alta capacidade de fluidez (geram interesse).Um vírus de ideia adora um vácuo...
  23. 23. 4. COLMÉIAELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL4/7Conceito de comunidade, segmentação.Sentido de pertencer do consumidor.A colmeia deve respeitar o valor essencial do vírus.Idealmente a colmeia deve conter um vácuo a serpreenchido.Atenção à capacidade de contágio do gruposelecionado...
  24. 24. 5. AGENTESCONTAMINADORESELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL5/7Algumas pessoas têm mais chances de propagar umvírus do que outras.Identificar e cortejar agentes contaminadores é umfator chave para uma estratégia viral.
  25. 25. 6. PERSISTÊNCIAELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL6/7Algumas ideias têm vida longa ... outras não.É importante desenvolver uma série de estratégias queirão impactar o consumidor com consistência ao longodo tempo.
  26. 26. 6. AMPLIFICADORELEMENTOS PARAUMA AÇÃO VIRAL6/7Uma diferença entre o vírus de ideia e o boca a boca éque enquanto o segundo desaparece o primeiro crescecada vez mais.Isso ocorre devido a elementos que amplificam amensagem mais e mais.Pode ser a mídia digital, escrita, eletrônica ou qualqueroutro elemento dessa natureza.
  27. 27. Ciclo de vida deadoção de produto.InovadoresAdeptos iniciaisMaioria inicial Maioria tardiaRetardatáriosGeorge MooreColmeia
  28. 28. Ciclo de vida deadoção de produto.InovadoresAdeptos iniciaisINOVADORESPessoas que estão procurando novosprodutos em um mercado específico.Esse segmento depende da naturezado produto: as pessoas que procuramnovas tecnologias são diferentes dasque estão atrás de uma nova moda ounovos destinos de viagem.ADEPTOS INICIAISSão os verdadeiros revolucionários.Ao explorar o novo, acreditam quepoderão obter uma vantagemcompetitiva em relação à velha ordem.Esses dois grupos representam de 5 a 10 % da populaçãototal.Colmeia
  29. 29. Ciclo de vida deadoção de produto.MaioriainicialMaioriatardiaMAIORIA TARDIA - Conservadores-Mostram-se pessimistas quanto à capacidade deobter algum valor dos investimentos em tecnologia esó adotam sob pressão.-Muito sensíveis a preço, céticos e exigentes.-Compram um produto ou marca que estiveremestabelecidos.MAIORIA INICIAL - Pragmáticos-Englobam o início do mercado de massa.-Estão prontos para comprar qualquer produto seacreditarem que vale o que custa.-Adotam inovações somente após somente umhistórico comprovado de melhoras deprodutividade, incluindo fortes referências de pessoasem quem confiam.ColmeiaEsses dois grupos representam de 55 a 65 % da populaçãototal.
  30. 30. Ciclo de vida deadoção de produto.RetardatáriosRetardatários- Céticos-Pessoas que relutam em comprar qualquer produtonovo, seja por problemas com orçamento ou algumtemor (tecnologia, ou aparência diferente).-Adoram desafiar a badalação e a adulação domarketing de alta tecnologia.ColmeiaEsses dois grupos representam de 55 a 65 % da populaçãototal.
  31. 31. RECOMENDAÇÕESVIRAIS
  32. 32. Fique totalmentevirótico.1/5
  33. 33. Pague aospromíscuos.2/5
  34. 34. Possibilite fluidezaos poderosos.3/5
  35. 35. Aumentedigitalmente o bocaa boca.4/5
  36. 36. Recompense osamigos dospromíscuos.5/5
  37. 37. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA1Faça-o merecedor de se tornarum vírus.
  38. 38. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA2Identifique a colmeia.
  39. 39. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA3Exponha sua ideia.
  40. 40. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA4Defina o que você querque oscontaminadoresdigam.
  41. 41. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA5Dê aos contaminadoresas ferramentas de queprecisam paraEspalhar o vírus.
  42. 42. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA6Uma vez que o consumidordeu sua atenção, peçapermissão.
  43. 43. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA 7Deixe pasma a suaplateia para que elavenha a disseminar ovírus e mantenhacrescendo.
  44. 44. TÁTICASDOVÍRUSDEIDEIA8Admita que poucos vírusduram para sempre eabrace o ciclo de vidado vírus.
  45. 45. ÚLTIMA DICA...MASSAGEM RELAXANTE NÃO È UM VÍRUS DEIDEIA ........... MASSAGEM DO DIVINO TOQUE PODESER.
  46. 46. OBRIGADO.Alexandre Augusto Giorgioalexandre.giorgio@usp.brwww.giorgiomj.com.br/blogLinkedIn - br.linkedin.com/in/alexandregiorgioFacebook – www.facebook.com/alexandre.giorgio

×