Rp Em Ação - Sociedade Orpheu

2.624 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.624
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rp Em Ação - Sociedade Orpheu

  1. 1. Sociedade Orpheu Fundada em 20 de janeiro de 1858 na casa de Jacob Geyer, a Sociedade Orpheu de São Leopoldo era chamada de Sociedade de Canto Orpheus, e tinha como finalidade e objetivos enobrecer o canto alemão, influindo e animando o gosto por ele, e promovendo a vida sociável e harmoniosa dos imigrantes alemães. O clube também era ponto de encontro de políticos e autoridades locais.
  2. 2. Dados de Identificação <ul><li>Razão social </li></ul><ul><li>Sociedade Orpheu. </li></ul><ul><li>Nome fantasia </li></ul><ul><li>Orpheu. </li></ul><ul><li>Nome dos diretores </li></ul><ul><li>Diretora social: Sara Neri. </li></ul><ul><li>Endereço </li></ul><ul><li>Rua Brasil, 506 – Centro, São Leopoldo. </li></ul><ul><li>Telefone </li></ul><ul><li>3592.1834. </li></ul><ul><li>E-mail </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Contatos </li></ul><ul><li>Foram vários contatos, entre eles a diretora Social, Sara Neri, e a funcionária da secretária do clube, responsável pelo atendimento ao público, Renata. </li></ul>
  3. 3. O Orpheu <ul><li>A instituição tem o objetivo de promover a vida social da população de São Leopoldo, proporcionando a seus sócios lazer e entretenimento, através das atividades promovidas e locais disponibilizados, tais como Salão Social, sede Campestre e Piscinas. </li></ul><ul><li>O clube fundado em 1958 já foi ponto de encontro de empresários locais, inclusive em 1865, recebeu a visita do Imperador Dom Pedro II, durante sua passagem pelo Brasil. O Orpheu era bastante conhecido pelas suas festas, entre elas o Carnaval e Festa de Debutantes. Eram famílias inteiras comemorando datas festivas, desde crianças, jovens, adultos e idosos. No Orpheu, os adolescentes da época eram introduzidos na vida social. </li></ul><ul><li>Atualmente a sociedade é composta por 15 funcionários, entre eles secretárias, porteiros e pessoal da limpeza das três sedes: social, campestre e piscinas. Além disso, existe uma presidência e diretores voluntários, formada por um presidente, vice-presidente financeiro e administrativo, vice-presidente social, vice-presidente de esporte e recreação, vice-presidente artístico cultural, 21 diretores e conselho fiscal. </li></ul><ul><li>Em 1999, o Orpheu tinha aproximadamente sete mil sócios ativos e independentes. Em 2008, este número passou para 2.240 sócios ativos e independentes e 484 sócios beneméritos (são sócios vitalícios, que não pagam mais mensalidade, esse benefício é passado de pai para filho). </li></ul>
  4. 4. Diagnóstico <ul><li>Verificamos que na estrutura administrativa da sociedade nunca existiu nenhum departamento de comunicação ou assessoria de imprensa. Há uma diretoria social, coordenada por uma advogada, que se dedica a criação de algumas peças específicas, tais como, um selo postal comemorativo pela passagem dos 150 anos do clube. Para comunicar os sócios sobre os eventos, a sociedade costuma enviar correspondências pelo correio. Percebe-se que são feitas ações isoladas, mas não há um comprometimento de todos os funcionários, ou talvez seja somente a falta de alguém para organizar o processo. </li></ul><ul><li>Em São Leopoldo existe um jornal local com forte circulação que é o Jornal Vale dos Sinos e duas revistas de grande penetração na cidade, Revista Rua Grande e a Revista News. O que pode ser visto nestes veículos de comunicação são pequenas notas de colunistas a respeito de alguns eventos realizados no clube </li></ul>
  5. 5. Diagnóstico <ul><li>A sociedade voltou a promover no início do ano passado o baile da Terceira Idade, que ocorre todas as quintas-feiras na sede social. Ainda este ano, foi realizado um chá, em comemoração aos 150 anos do clube. Durante a última São Leopoldo Fest, evento realizado anualmente pela prefeitura da cidade, em comemoração a imigração européia que se fixou no município, foi promovido um café colonial para a comunidade. Também são realizadas aulas de dança e atividades culturais no local. </li></ul><ul><li>Além destas promoções, o clube sobrevive da contribuição dos sócios, aluguel do Salão Social para eventos e terceirização de um restaurante que serve almoços diários nas dependências do Orpheu. Em São Leopoldo, existem cerca de 15 clubes, porém os mais expressivos são a Sociedade Orpheu e a Sociedade Ginástica. </li></ul>
  6. 6. Públicos Aumentar o número de sócios, a fim de atingir melhoras financeiras para um maior investimento em seus patrimônios. Encontrar na sociedade um lugar que supra seus desejos em termos de entretenimento e lazer. Futuros sócios Retomar o envolvimento e restaurar a identificação com o clube. Encontrar no clube um local de lazer, entretenimento, cultura, além de proporcionar segurança e um ambiente sadio para a convivência de seus filhos. Ex-sócios Motivação, disposição e qualidade nos serviços prestados Valorização. Funcionários Fidelidade, assiduidade. Lazer, entretenimento, atividades culturais. Tratamento diferenciado. Sócios Interesse do clube no público Interesse do público no clube Público
  7. 7. Públicos Manter a organização da sociedade, sem perder o foco principal de lazer e entretenimento. Encontrar um local de trabalho, fonte de renda e divulgação de seus serviços. Terceiros Ter seus eventos e ações divulgados a toda a população da região Divulgar as realizações da Sociedade mais antiga e conceituada na cidade. Mídia (VS) Apoio da administração municipal nas atividades culturais realizadas pela sociedade. Resgatar a história da cidade. Administração municipal Aumentar o público presente em seus eventos e fortalecer sua imagem em São Leopoldo. Encontrar no Orpheu um local seguro e sadio a ser freqüentado. Comunidade local
  8. 8. Objetivos <ul><li>Públicos estratégicos </li></ul><ul><li>Sócios </li></ul><ul><li>Funcionários </li></ul><ul><li>Ex-sócios </li></ul><ul><li>OBJETIVOS </li></ul><ul><li>Objetivo geral </li></ul><ul><li>Desenvolver um plano de comunicação que resgate a identidade da Sociedade Orpheu junto a seus públicos e retome o lugar de destaque ocupado historicamente pelo Clube. </li></ul><ul><li>Objetivos específicos </li></ul><ul><li>Fidelizar sócios por meio de atividades que agucem seu interesse e proporcionem lazer e entretenimento. </li></ul><ul><li>Resgatar antigos sócios através de planos voltados as necessidades e desejos destes em relação ao clube. </li></ul><ul><li>Valorizar e motivar funcionários, a fim de implementar ações duradouras e eficazes que possibilitem atendimento diferenciado ao público, e total realização profissional dos colaboradores </li></ul>
  9. 9. Projeto I Calendário de eventos <ul><li>Justificativa: Organizar a programação anual do clube de modo a elevar constantemente o padrão dos eventos realizados. </li></ul><ul><li>Objetivo:Promover atividades de qualidade a fim de fidelizar sócios, resgatar antigos sócios e valorizar os funcionários a partir da participação dos mesmos na elaboração do calendário. </li></ul><ul><li>Públicos Alvos: Sócios, ex-sócios e funcionários. </li></ul><ul><li>Dinâmica de ação: A partir de pesquisa de interesse com sócios e ex sócios, e, posteriormente, reuniões com os funcionários e direção da sociedade será planejada e criada uma agenda fixa de eventos anuais. Em seguida será montado uma estratégia de divulgação do calendário . </li></ul><ul><li>Instrumentos de comunicação: Pesquisa, reuniões, folder, envio de releases para jornais locais. </li></ul><ul><li>Período de realização: Novembro à dezembro de 2008. </li></ul><ul><li>Cronograma: Novembro ( pesquisas e reuniões); dezembro ( distribuição dos folders, confecção e envio de releases) </li></ul>
  10. 10. Projeto I Calendário de eventos <ul><li>Recursos humanos e materiais:Os próprios funcionários do clube e as alunas voluntárias. </li></ul><ul><li>Orçamento: R$ 1.000 para a produção de 10.000 folders. </li></ul><ul><li>Controle e avaliação: Através do retorno dos questionários de pesquisa e efetividade de participação nas reuniões. </li></ul><ul><li>Ação 1: Retorno do baile de carnaval. </li></ul><ul><li>Ação 2: Festa de Reveillon. </li></ul><ul><li>Créditos do trabalho: </li></ul><ul><li>Projeto experimental em Relações Públicas II </li></ul><ul><li>Professora: Vera Schimitz </li></ul><ul><li>Alunas: Carolina Goulart, Fabiele Baum, Isabel Kroetz </li></ul>

×