O Piauí No Twitter

1.171 visualizações

Publicada em

Slides para a apresentação do artigo resultado de uma pesquisa, que mapeou o perfil do usuário piauiense do Twitter.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Piauí No Twitter

  1. 1. O Piauí no Twitter: O perfil do usuário da plataforma no estado Afonso Rodrigues Layanna Maiara Lígia Melo
  2. 2. OBJETO <ul><li>@ O perfil do usuário piauiense no Twitter e o uso que o mesmo faz do serviço de microblogging. </li></ul>
  3. 3. PROBLEMA <ul><li>@ Quem é o usuário piauiense do </li></ul><ul><li>Twitter? </li></ul>
  4. 4. OBJETIVOS <ul><li>@ Mapear o uso da plataforma </li></ul><ul><li>de interação social Twitter no </li></ul><ul><li>Piauí. </li></ul>
  5. 5. JUSTIFICATIVA <ul><li>@ crescimento do Twitter; </li></ul><ul><li>@ relevância da ferramenta; </li></ul><ul><li>@ espaço crescente na mídia; </li></ul><ul><li>@ poucos estudos sobre. </li></ul>
  6. 6. ESTRUTURA <ul><li>@ pesquisa de campo, aplicação de questionário na internet e análise dos resultados; </li></ul><ul><li>@ criação do perfil: twittepiaui </li></ul>
  7. 8. DE BLOGS À MICROBLOGS <ul><li>@ histórico; </li></ul><ul><li>@ blogs: diários virtuais; </li></ul><ul><li>@ a evolução dos blogs; </li></ul><ul><li>@ a rapidez da informação. </li></ul>
  8. 9. O TWITTER <ul><li>@ o início do Twitter; </li></ul><ul><li>@ What are you doing? </li></ul><ul><li>@ características: </li></ul><ul><li>-mensagens curtas; </li></ul><ul><li>-interface de programação aberta; </li></ul><ul><li>-várias utilidades. </li></ul>
  9. 10. JAVA et al (2007) <ul><li>@ intenções mais frequentes: </li></ul><ul><li>@ descrever a rotina (mais usada); </li></ul><ul><li>@ conversar; </li></ul><ul><li>@ compartilhar links ; </li></ul><ul><li>@ transmitir notícias. </li></ul>
  10. 11. O TWITTER NO MUNDO <ul><li>@ casos: eleições americanas e o pouso do Air-Bus A-320, da US AirWays, no rio Hudson em Nova Iorque. </li></ul>
  11. 12. O TWITTER NO BRASIL <ul><li>@ casos: terremoto em São Paulo e scripts. </li></ul><ul><li>@ espaço na mídia . </li></ul>
  12. 13. TWITTER NO PIAUÍ <ul><li>@ fenômeno recente; </li></ul><ul><li>@ espaço na mídia; </li></ul><ul><li>@ laço social forte; </li></ul><ul><li>@ caso: enchentes (#sospiauí); </li></ul><ul><li>@ link para página pessoal; </li></ul><ul><li>@ usuários ativos e perfis </li></ul><ul><li>abandonados. </li></ul>
  13. 14. O PERFIL DO USUÁRIO PIAUIENSE NO TWITTER <ul><li>@ Como descobriu o Twitter? </li></ul><ul><li>@ Quem é o usuário? </li></ul><ul><li>@ Como ele usa o Twitter? </li></ul><ul><li>@ Para quê ele usa o Twitter? </li></ul>
  14. 15. COMO DESCOBRIU O TWITTER?
  15. 16. QUEM É O USUÁRIO? Idade
  16. 17. QUEM É O USUÁRIO? <ul><li>Sexo </li></ul>
  17. 18. QUEM É O USUÁRIO? Nível de escolaridade
  18. 19. QUEM É O USUÁRIO? Localização
  19. 20. QUEM É O USUÁRIO? Área de atuação
  20. 21. QUEM É O USUÁRIO? Uso de outras redes sociais
  21. 22. QUEM É O USUÁRIO? <ul><li>@ médias: </li></ul><ul><li>-seguidos: 96,3; </li></ul><ul><li>-seguidores: 74,5; </li></ul><ul><li>-updates: 1247,7* </li></ul>
  22. 23. COMO USA O TWITTER? Plataforma para “twittar”
  23. 24. QUEM É O USUÁRIO? De onde o usuário “twitta” mais
  24. 25. QUEM É O USUÁRIO? Quando usa mais o Twitter?
  25. 26. QUEM É O USUÁRIO? Você já fez alguma cobertura ao vivo de um evento ou acontecimento?
  26. 27. QUEM É O USUÁRIO? Você utiliza mais o Twitter para...
  27. 28. QUEM É O USUÁRIO? Há quanto tempo você usa o Twitter?
  28. 29. QUEM É O USUÁRIO? Com que frequência você usa o Twitter?
  29. 30. QUEM É O USUÁRIO? Seu perfil no Twitter é:
  30. 31. PARA QUE USA O TWITTER? Você utiliza mais o Twitter para:
  31. 32. PARA QUÊ USA O TWITTER? Que tipos de link você costuma enviar mais pelo Twitter?
  32. 33. PARA QUÊ USA O TWITTER? Que tipo de link você costuma clicar mais no Twitter?
  33. 34. CONSIDERAÇÕES <ul><li>@ rede social flexível e frágil; </li></ul><ul><li>@ a “twittosfera” piauiense; </li></ul><ul><li>@ o “twitteiro” piauiense. </li></ul>
  34. 35. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>ACIOLI, Sônia. Redes Sociais e Teoria Social: Revendo os Fundamentos do Conceito. </li></ul><ul><li>Revista Informação & Informação, vol 12. No 0. 2007. Disponível em </li></ul><ul><li><http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/1784/1520> Acesso em: </li></ul><ul><li>10.abr.2009. </li></ul><ul><li>ALVAREZ, Miguel. O que é HTML . Junho, 2005. Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.criarweb.com/artigos/7.php>. Acesso em: 11.abr.2009. </li></ul><ul><li>CASSANO, Roberto. O Twitter e as redes sociais efêremeras. 2008. Disponível em </li></ul><ul><li><http://webinsider.uol.com.br/index.php/2008/07/30/o-twitter-e-as-redes-sociais-efemeras/>. </li></ul><ul><li>Acesso em: 10.abr.2009. </li></ul><ul><li>CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 2007. </li></ul>
  35. 36. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>FERRARI, Pollyana. Jornalismo Digital. São Paulo: Contexto, 2003. </li></ul><ul><li>HALLETT, Josh. Origin of Blog, Blogging, Weblog - July 25, 1999? Winter Haven, USA, 2005. Disponível em: <http://hyku.com/blog/archives/000238.html>. Acesso em: 10.abr.2009 </li></ul><ul><li>MALINI, Fábio. Por uma genealogia da blogosfera: considerações históricas (1997 a 2001). </li></ul><ul><li>Disponível em: <http://fabiomalini.wordpress.com/files/2008/05/modeloinovcom_sudestefabio-malini-com-referencias.pdf>. Acesso em: 10.abr.2009. </li></ul>
  36. 37. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>PASSANT, Alexandre; HASTRUP, Tuukka; BOJARS, Uldis; BRESLIN, John. </li></ul><ul><li>Microblogging: a semantic and distributed approach. Paris, 2008. Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.semanticscripting.org/SFSW2008/papers/11.pdf>. Acesso em: 09.abr.2009. </li></ul><ul><li>RADWANICK, Sarah. Twitter traffic explodes... And not being driven by the usual </li></ul><ul><li>suspects! Abril, 2009. Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.comscore.com/blog/2009/04/twitter_traffic_explodes.html>. Acesso em </li></ul><ul><li>11.abr.2009. </li></ul><ul><li>TRÄSEL, Marcelo. Do gatekeeper ao gatewatcher. Dezembro, 2006. Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/viewPDFInterstitial/4268/4430>. Acesso </li></ul><ul><li>em: 11.abr.2009. </li></ul><ul><li>WHITNEY, Daisy. 11% of Online Americans Now Using Twitter. Fevereiro, 2009. </li></ul><ul><li>Disponível em: </li></ul><ul><li><http://www.tvweek.com/news/2009/02/11_of_online_americans_now_usi.php>. Acesso em: </li></ul><ul><li>11.abr.2009. </li></ul>
  37. 38. OBRIGADO. <ul><li>@afonsorodrigues </li></ul><ul><li>@layannamaiara </li></ul><ul><li>@ligiasmelo </li></ul><ul><li>Professor Orientador: </li></ul><ul><li>Orlando Berti </li></ul>

×