ngm)
@É
à,  

, _ FA


! q
um*
m

. Sit
o _ 7 «frailrnt» ríla-. iriwínlvlicílo : ramal o írf-içraiitrirriariko
di: : F'r-í1'rr¡<íxgfã1<í~ Cio lÍíríirriâircii<í> e...
ÓESÍÍHO'
Desafio

Criar

› A FERRAMENTA
› A REFERÊNCIA 
› o DOCUMENTO GO-TO A *A ÍDÍAÍAE* o  
›ABmuA

de apoio ao investimento na P...
Objectivos

¡Nábs *m y

_ A _ ENERGY

› criar um documento de referencia para quem procura @Elj l:  j¡
informação sobre a ...
u_
V* (Iedüourismxom

Àhalidw r 9mm »cm-w , s
Desenvolvimento
deArquitectura

hum ms# . m. a;  naun-ngm» gI-. lk- t-Ilirzx-'tr

  

Uma arquitectura bem pensada corresp...
r. 
..  O
. ...  ..  anovm
. .. . .. màls mma
. . . . . mae mib
. . . . “dv 9mm
. . . . . , . .L
, . _.  97mm a. a0
_.  .....
Layout

uniformidade sem monotonia

Num projecto desta envergadura é importante criar um fio condutor que
garanta a sua un...
Separadores

Entremets

Da mesma forma que na degustação se usa um sorbet
para limpar paladar entre pratos (entremets),  t...
%j]Érat am en to

: dA/ Fotografico

Imagens quefazem jus à realidade
'WA

O que não falta na Pológia sãojpaisagengde

cor...
agr,
Produção

E o design ganha corpo

Para garantir um elevado nível de qualidade ao
longo de todas as etapas do processo, 
ac...
Versão
Interactiva

Contar sempre com as novas tecnologias

Há que tirar partido de todas as ferramentas à
nossa disposiçã...
Resultados

› principal ferramenta de comunicação na promoção das
relações Portugal-Polónia

› publicação utilizada em div...
Resultados

› aumento da notoriedade do Departamento de Promoção do
Comércio e do Investimento da Embaixada da Polónia

› ...
sgn oranoing marKetng ven
; dia web international ne biz
nsulting strategy design b nc
rrketing advertising digital
ab int...
Destino Polónia - case study
Destino Polónia - case study
Destino Polónia - case study
Destino Polónia - case study
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Destino Polónia - case study

171 visualizações

Publicada em

O trabalho desenvolvido para o Departamento de Promoção do Comércio e do Investimento da Embaixada da Polónia em Lisboa é um excelente exemplo do alcance global da ADSO.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Destino Polónia - case study

  1. 1. ngm) @É à, , _ FA ! q um* m . Sit
  2. 2. o _ 7 «frailrnt» ríla-. iriwínlvlicílo : ramal o írf-içraiitrirriariko di: : F'r-í1'rr¡<íxgfã1<í~ Cio lÍíríirriâircii<í> e Cio lr›v¡; ›:iürr¡;1r¡k<í› dia¡ Errlííra. :camila ríílai Prxlõirltai alrrl Lfr-fiííxcrai. â urn rfílríw rrrafle. arsxrttarikéa: QIGIFTTUFÍÉ @to §lÍ(? =.lí“lC*= l , gitríxtrail vital lÍ›1F¡rwL«Alí¡El[t i É* citar-muito íílÍlliÍlíÍfãllÍÍÍií> «int¡rmtlíínihirnritan ai ríílsiiirtriçãirv «tits» LJrrrai f-siiraikáxçíiai. «tits m: nrrluritcrançríin: › : mural <: › :1'! <í¡i= x<í¡i(<í› _Ht-r-: íihxçt: ,F'ÇI_ÍÕI'IIÍ*_= _ÍL, LITTl : iralfírailrnv Chi alliltesiirrrai. araeitníirmltilltríiauíta LIFTEI_ um qu: m truta Cito ricmaimñw iiraltrallttilji s» ; i : ÍWÍYFÍÀIÇYEÇIÊJ Cia LJrn ; talk
  3. 3. ÓESÍÍHO'
  4. 4. Desafio Criar › A FERRAMENTA › A REFERÊNCIA › o DOCUMENTO GO-TO A *A ÍDÍAÍAE* o ›ABmuA de apoio ao investimento na Polónia
  5. 5. Objectivos ¡Nábs *m y _ A _ ENERGY › criar um documento de referencia para quem procura @Elj l: j¡ informação sobre a Polónia 5°? ” E p . ~ r - BUSW i PEOPL › destacar e valorizar as relaçoes Portugal-Polonia é _ q V_ - - ~ EídElívr A › agregar e apresentar de forma apelativa a informaçao úsT-ky' - t: ¡ l . disponível a w ^ > incentivar o aproximar de relações e valorizar as oportunidades existentes › Destino: Polónia como guia de apoio e valorização das relações entre os 2 países
  6. 6. u_ V* (Iedüourismxom Àhalidw r 9mm »cm-w , s
  7. 7. Desenvolvimento deArquitectura hum ms# . m. a; naun-ngm» gI-. lk- t-Ilirzx-'tr Uma arquitectura bem pensada corresponde às fundações que sustentam e fortalecem qualquer projecto, garantindo a sua sustentabilidade.
  8. 8. r. .. O . ... .. anovm . .. . .. màls mma . . . . . mae mib . . . . “dv 9mm . . . . . , . .L , . _. 97mm a. a0 _. .. Sá. .d. . .. e 90 C0 . .. . .x . edaantuz&hd __ . .. smmP çmm . . . . aeeomsr . _ . . db . Dntea . . . . oeB coe . . . . Y¡BO 3.14M . J esvr -mo . raáa o n _ mdsnãmo S. m0.© Qbã arnpc Mev Í WeBpmdÍee Oden aou o cmmw bLmÇo. h mmammmms m cmmveaam a amam vmo O ue @Non a Qrmace es a apdu Oda Y d YYOQA N
  9. 9. Layout uniformidade sem monotonia Num projecto desta envergadura é importante criar um fio condutor que garanta a sua uniformidade, continuidade e coerência. O desafio está em fazê-Io de forma única e original em cada página de forma a contrariar a monotonia. A cada nova página um detalhe de descontinuidade que mantém a atenção do leitor. r* Qpnañuçnavã hqglrvnvaW m. .. W
  10. 10. Separadores Entremets Da mesma forma que na degustação se usa um sorbet para limpar paladar entre pratos (entremets), também aqui optamos por utilizar separadores para marcar o fim e o início de determinadas secções do guia. Uma pausa na forma mas não no conteúdo já que cada separador serve também para passar um conceito específico e reforçar as vantagens de negociar/ trabalhar/ viver/ visitar a Polónia.
  11. 11. %j]Érat am en to : dA/ Fotografico Imagens quefazem jus à realidade 'WA O que não falta na Pológia sãojpaisagengde cortar a respiração e Iugaresãljgnos de extensas A** »N reportagens fotográficas. Um rigorosotratamento "MX fotográfico é essencial para que cada imagem ' r Cohsigatransmitir aosleitores amagia / dgs extraordinário pais. ylelhorüfqueisto, so mesmo ao VIVO.
  12. 12. agr,
  13. 13. Produção E o design ganha corpo Para garantir um elevado nível de qualidade ao longo de todas as etapas do processo, acompanhamos bem de perto a produção da versão fisica do Destino: Polónia. No final uma concretização que evidencia as mais-valias do projecto num formato prático para melhor ser manuseado pelo leitor. a; “ ' "' .4 ' _Nil l '* ' n* ~ p , _ g. : '¡q.1ir; -*'l"¡“”' c_ ~, .à . Jal gen', .muqurii ' Í: ' as &at; ãââàííêêàt a "as Mpnrii*
  14. 14. Versão Interactiva Contar sempre com as novas tecnologias Há que tirar partido de todas as ferramentas à nossa disposição. Desta forma, e sendo o digital uma realidade incontornável nos dias de hoje não pode ser esquecida. Pelo contrário, deve ser aproveitada. Para isso foi criada uma versão do guia Destino: Polónia, interactiva e optimizada para a web, alargando exponencialmente a esfera de influência da publicação. 'Iaborate ' . ' Suure ' v _ ¡_ 'IÉU' INDICE . Venha (onhetera Polonia! 1 Negocios (oiii a Polonia i1 informaçoes gerais sobre 3 Polonia Iii] Economia III RMC-ae: comerciais NI In , lmentos estrançe 'os IH ! Çcmo constiiu ' uma sociedade na Polonia* lvl Apoicvnnanceiroinsti' izionalaosinmestioores estrangeiros ! lj Impostos m Portugal ~ o partelro emnorrrlco da Polonia EE Visite a Polonia - esta mais perto do que pensa Bemvnnco a Psyloiwra Pais_ historia e tradição Os Polacos r Çidadaos do ? dando 213312503 e Paiacriãs Polonia r um pais no toraçao da Europa Trad : oe-s re 1" osas na Polonia Desfrute Ca (ozinlta tradicional pofata idades tlaiscvulia_ (recorra, Gdansk_ _ : :na Poa . . , Í EHCOFÉUEHWOWIOS na Polonia 'nar tagcs, ríoresras e montanhas E7l'. i!ll3'S-Í- na Polonia r EIIIEICÍIVIÕSCÊS Produtos da Polonia de que nos orgullrainos - Iate-s Endereços Urr-Is s- Irrforinaçoes Prátkas : lu Sign V Forms' B Multimedia ' P) Comment' I' s( -í , .
  15. 15. Resultados › principal ferramenta de comunicação na promoção das relações Portugal-Polónia › publicação utilizada em diversas cerimónias oficiais › considerado fonte essencial de informação sobre a Polónia e recomendado por diversas entidades › aumento de empresas interessadas em investir e desenvolver negócios bilaterais
  16. 16. Resultados › aumento da notoriedade do Departamento de Promoção do Comércio e do Investimento da Embaixada da Polónia › maior facilidade e eficácia no contacto com potenciais investidores › melhor percepção das oportunidades existentes › criação de novas parcerias e iniciativas de promoção das relações Portugal-Polónia (das
  17. 17. sgn oranoing marKetng ven ; dia web international ne biz nsulting strategy design b nc rrketing advertising digital ab international newbiz consu ti sign branding marketing adv ¡Efülvvlllçuqdla web international i§gjj: r;ç: ci; t°_§: :“; :“: uIting strategy des¡ sign marketing advertising 'ç ih infornnfinnnl nat/ vim# renn iil

×