Revista digital Ponto Pessoal n3 Fev 2015 - A simplicidade do luxo

321 visualizações

Publicada em

Primeira revista no país especializada em Marketing Pessoal | Capa: A simplicidade do Luxo | ISSN: 2359-2451 | Assinatura gratuita em http://www.pontopessoal.com.br

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Revista digital Ponto Pessoal n3 Fev 2015 - A simplicidade do luxo

  1. 1. /Autoconhecimento O meio para alcançar o sucesso /destaque Paramos para ler questionamentos e afirmações do mais simples dos luxos hoje em dia: nosso tempo Revista Digital Número 03 | Fevereiro de 2015 | ISSN 2359-2451 /Bike Ativa A vida pode ser simples em cima de uma bicicleta /Caminhar e correr é só começar #revistapontopessoal | www.pontopessoal.com.br/revista A simplicidade do Luxo Foto:TâniaBuchmann
  2. 2. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p2 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015
  3. 3. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p3 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /FOCO EM VOCÊ Fale com a Revista Ponto Pessoal Redação Comentários sobre o conteúdo, matérias e sugestões. falecom@pontopessoal.com.br Para assinar www.pontopessoal.com.br/revista Publicidade – Anuncie falecom@pontopessoal.com.br www.pontopessoal.com.br/revista /PP EXPEDIENTE Diretor Executivo Adriano Tadeu Barbosa Coordenação Executiva Danúbia Ravena Silva Barbosa Coordenação Comercial Mariana Holzmann Projeto Gráfico e Diagramação NAMEX Design | Design Response Jornalista Responsável e Revisora Larissa Moutinho SRTE 6805-PR
  4. 4. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p4 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /SUMÁRIO para você /p5 elogios e comentários /p6 viva! não exista /p7 a simples arquitetura de Leandro Garcia /p9 desconecte-se para se conectar /p12 Bike Ativa: a vida pode ser simples em cima de uma bicicleta /p15 caminhar e correr é só começar /p17 na grama, no luxo /p20 matéria de capa - a simplicidade do luxo /p22 viagens, filmes, livros e vídeos /p24 o que é consultoria de imagem? /p25 luxo para os pés /p27 simples assim /p30 simplicidade do luxo /p30 complexity versus simplicity /p32 la simplicidad de un relacionamiento de lujo /p33
  5. 5. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p5 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /PARA VOCÊ C hegamos à terceira edição da nossa Revista Digital Ponto Pessoal e podemos comemorar, pois agora estamos oficialmente registrados no ISSN com o número 2359-2451. Uma grande vitória para começarmos 2015 com a certeza de que será o ano de muito sucesso para todos nós, ao menos será o ano de muito luxo, no seu mais simples estado. De uns tempos para cá, venho estudando esse segmento para entender melhor como podemos aproveitar o que nele existe. Há um lado de muita ostentação, mas também há um lado muito simples, com conexão às nossas raízes, bem-estar e viver bem. E é exatamente esse lado que queremos compartilhar com você. São histórias pelo mundo, com matérias e entrevistas exclusivas, de experiências únicas. Começamos com perguntas sobre o que realmente queremos, pois essa é a grande alavanca.Passamosparaapoesiadaarquitetura, viagens e mais viagens, mas com conceitos diferentes. Você já imaginou viajar para se desintoxicar digitalmente? Depois, seguimos até a Croácia, de bicicleta. Voltamos correndo pelas ruas com orientações de dar água na boca, até chegamos às delícias de um piquenique. Paramos para ler questionamentos e afirmações do mais simples dos luxos hoje em dia, nosso tempo e, para isso, contamos com a sabedoria de Costanza Pascolato, Emanuelle Araújo e Marcus Garcia. Aproveitando o gancho da papisa da moda brasileira, uma das 30 profissões do futuro nos remete à vaidade, beleza e elegância, com a consultoria de imagem. Você sabe realmente o que é? Aprendemos com um caso empreendedor que reveste os pés de muitas mulheres e que remete também à humildade, até chegarmos a pontuar a simplicidade do luxo também com textos em inglês e espanhol. Nas próximas edições teremos muitas novidades e assuntos exclusivos para levar até você o luxo em se trabalhar estratégias de marketing pessoal. Para isso, não deixe de enviar suas sugestões. Até lá, podemos nos encontrar semanalmente em www.pontopessoal.com. br e falar de conceitos, comportamentos, entrevistas, empreendedorismo e mais de 12 editorias atualizadas para que você comunique o seu melhor. Aproveite para ter acesso à simplicidade do luxo trazida pela Ponto Pessoal e compartilhe conosco qual é a simplicidade do luxo para você. Boa Leitura! Adriano Tadeu Barbosa 12/02/2015 Adriano Tadeu Barbosa Diretor de Negócios e Marketing Pessoal da Ponto Pessoal Editorial Qual é a simplicidade do seu luxo? Créditos:DCAtelierdaMemória
  6. 6. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p6 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /ELOGIOS E COMENTÁRIOS Envie para www.pontopessoal.com.br/fale-conosco “Gostaria de parabenizar a Ponto Pessoal pela segunda edição da revista!!! Acabei de ler ela todinha e fico muuuito feliz e orgulhosa por estar fazendo parte dela! As matérias estão ótimas e a leitura é muito gostosa. Já vou compartilhar nas minhas redes sociais sobre o lançamento para quem se interessar já poder assinar também.” Jéssica Ávila – Expert em Casamentos – Set/2014 “Nós ficamos realmente muito orgulhosos em fazer parte dessa caminhada!!! Parabéns! Ficou bem encorpada e visualmente dinâmica!” Cátia Santos Schuck - Solução Seguros - Set/2014 “Nós agradecemos a oportunidade, profissionalismo e dedicação. A revista está linda e muito interessante! Parabéns a todos os envolvidos.” Carla Virmond Mello - Diretora Região Sul Lee Hecht Harrison DBM - Out/2014 “Organizar uma estrutura como essa exige, sem sombra de dúvida, uma dose de energia e uma dose de motivação. Seguir e percorrer nossas metas e objetivos é, pra mim, uma complexa mistura, que transita entre nossa mente e o nosso coração. Saber achar a fórmula para encontrar esse ponto mágico, seja com suor, dedicação, esforço e planejamento, seja dando vazões aos nossos desejos, sonhos, inquietações e aos motivadores mais intangíveis que o mundo corporativo possa conceber, é, no mínimo, uma arte. Quer expressão maior de realização do que uma arte?” Cristiano Oliveira - Diretor Região Sul Lee Hecht Harrison DBM - out/2014
  7. 7. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p7 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 O britânico Elvis Costello começou sua carreira como programador de computador, antes de se tornar cantor e compositor. Whoopi Goldberg era maquiadora em uma funerária quando descobriu a brilhante atriz que existia dentro de si. Sylvester Stallone estava muito ocupado limpando jaulas de leões em um zoológico do Central Park antes de interpretar Rock Balboa. Andrea Bocelli foi advogado até 34 anos, quando criou coragem de se dedicar ao canto em tempo integral. Na história, vários são os exemplos de profissionais que ousaram repensar suas vidas e promover uma mudança. Resultado: focaram as próprias energias para algo que fazia mais sentido para eles. Há um quê de simplicidade na felicidade. A grandeza para o sucesso não é algo distante, impossível ou apenas para escolhidos – todos nós podemos conquistar esse nível de consciência. Uma pesquisa indica que apenas 5% da população evolui durante a vida, ou seja, VIVEM; os outros 95% vão nascer, EXISTIR e morrer nos mesmos padrões que aprenderam ou criaram na família ou sociedade. Quando o desafio é definir metas para atingir objetivos, o processo de mudança é inevitável. Envolve repensar crenças, padrões comportamentais, conhecer a própria essência, se livrar de reações desagradáveis. Nossa mente necessita de exercícios que a fortaleçam, e entender onde (em que nível neurológico) a mudança deve ocorrer facilita e muito a transformação. A regra da tentativa é simples e inconsciente: /Larissa Moutinho fazemos e avaliamos o resultado. Se for positivo, ótimo, a tendência é repetir o comportamento em outras circunstâncias. Mas se for negativo, a tendência é desistir, não tentar novamente. Geralmente generalizamos o resultado e terceirizamos a responsabilidade de nosso fracasso para a economia, a política, outras pessoas ou para a empresa na qual trabalhamos. “É aquela história, se a culpa é minha dou ela pra quem eu quiser. Brincadeiras à parte, esse comportamento é muito comum. Não aceitamos a derrota, é incompatível com nossa natureza”, afirma a Coach Vânia Dobrovolski. Autoconhecimento: o meio para alcançar o sucesso Viva! Não exista da Redação Créditos:DUOFlashes
  8. 8. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p8 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Mas quem está insatisfeito não deve acreditar que esse é o resultado final, absoluto, imutável. “Mude as suas ações, adicione habilidades, use suas emoções e tente novamente mais tarde”, estimula a coach. Para assumir o controle, pergunte-se: O que pode ser feito diferente? O que deixei de fazer? O que me impediu de fazer isso antes? Quais recursos podem me ajudar a atingir esses resultados? Para ajudar nesta caminhada de autoconhecimento, um profissional cada vez mais requisitado tem sido o Coach. É ele que fará o papel de facilitador de mudanças para o Coachee – ou seja, quem contrata o serviço – desbravar a incrível jornada de mudança com o apoio do especialista. Com o coaching é possível identificar seus pontos fortes, habilidades, talentos e conhecimento, explorar sua verdadeira identidade, os próprios valores, reconhecer e entender o seu sistema de crenças, solucionar conflitos e identificar oportunidades despercebidas.“Ocoachingéefetivonoprocesso de mudanças de médio e longo prazo. Todos potencialmente temos o que precisamos para agirmos efetivamente, basta descobrir e explorar esse conteúdo que adormece em cada um de nós. É o COMO, o intervalo entre onde está e onde deseja chegar. O conhecimento individual aplicado para gerar resultados”, explica Vânia. Na prática Vânia promoveu uma mudança na própria trajetória. Começou a trabalhar aos 13 anos. Enérgica, alegre e otimista, sempre acreditou que o sucesso é algo que todos nós podemos conquistar, que temos o controle e podemos escolher direcionar nossa vida para um propósito próprio, o grande sonho. Ela trabalhou por anos na área comercial de uma grande empresa. O que mais gostava era a relação interpessoal com seus clientes e as negociações. Mas a assustava a ideia de rotina, de trabalhar por anos em uma “Não conheço fato mais encorajador que a inquestionável capacidade do homem para elevar sua vida através de um esforço consciente.” HENRY THOREAU mesma empresa até se aposentar, de se limitar às funções de um cargo. Isso foi gerando ansiedade e frustração. Foi então que começou a dar voz às próprias emoções e reconhecer que algo precisava acontecer. E foi em um processo de coaching que obteve as respostas que procurava. “Descobri no meu coaching que minha área de alavancagem era meu desenvolvimento pessoal. Sempre tive sede pelo conhecimento, mas assumi de vez essa necessidade e comecei imediatamente a ler mais livros, ouvir mais, conheci e estudei a PNL, enfim, mergulhei de cabeça no conhecimento e autoconhecimento. Foi nesse processo que descobri minha missão de vida, meu propósito. O resultado desse mergulho não poderia ter sido melhor! Hoje atuo como Coach, minha paixão! Posso auxiliar pessoas a serem melhores para si, acredito sim que contribuo para um mundo melhor. Gosto de dizer: ‘quando você se reconhece, o universo te reconhece!’ O que faço flui de modo natural, motivador, empolgante!” Vânia construiu uma nova carreira, baseada em sua missão de vida, onde pôde utilizar os próprios talentos e potenciais. E assim deu vida ao ActionMIND Coaching. Ela destaca que frequentemente nos deparamos com as adversidades da vida, e tendemos a analisá-las apenas de forma pessimista. “Muitas vezes as pessoas dão mais valor para o que não têm ou para o que deu errado, do que para aquilo que desejam ou já possuem”, revela. Mas o segredo para o sucesso, explica Vânia, está em justamente saber claramente quem você realmente é e o que quer. Ela ensina algumas etapas para chegar lá. Confira em http://bit.ly/passos-para-o-autodesenvolvimento Um passo a passo para avaliar a própria trajetória. SERVIÇO ActionMIND Coaching Av. Manoel Ribas, 376 Cj 02 | 41 3618-8200 / 9624-6120 / 9586-1421 www.actionmind.com.br
  9. 9. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p9 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 A simples arquitetura de Leandro Garcia /Adriano Tadeu Barbosa Entrevista por Foto:MarcelSequinel Arquiteto e Urbanista formado pela Universidade do Grande ABC (UniABC), Leandro Garcia iniciou os estudos na área há mais de 20 anos, quando cursou o colégio técnico em Desenho de Construção Civil. I magine um espaço, comercial ou residencial, em um ambiente natural, sem exageros, simples, com objetos adequados e muita história. Que seja único, bem particular, elegante e sofisticado, passando experiências quando visitado e atemporal à sua época. Um espaço exclusivo, reconhecido pelo design que apresenta, funcional, confortável e que valoriza seu proprietário: o grande protagonista. Assim são organizados os projetos do Arquiteto e Designer Leandro Garcia. Natural de São Paulo, ainda na universidade recebeu menção honrosa no Concurso Internacional de Escolas de Arquitetura da 4a Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. Colaborou com os escritórios do designer Marcelo Rosenbaum e do renomado arquiteto Isay Weinfeld, em projetos como os do Grupo Fasano e nas lojas Livrarias da Vila, recebendo diversos prêmios nacionais e internacionais. Atualmente, dirige seu próprio escritório em Curitiba, o Leandro Garcia Arquitetura e Design, que desenvolve projetos residenciais, comerciais, institucionais, de interiores e mobiliário, e conta com projetos publicados em diversas revistas do Brasil e exterior. Desde 2013, integra o grupo de designers da Schuster Móveis e Design, indústria moveleira que prioriza o design, respeitando as tendências mundiais, porém sem perder a essência do mobiliário brasileiro, e em 2014 passou a fazer parte do time de professores do curso de Design de Interiores do Centro Europeu. Para conhecer mais detalhes do seu escritório, projetos e complementos desta matéria, acesse http://bit.ly/leandro-garcia
  10. 10. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p10 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 A PERSONALIZAÇÃO TOTAL Leandro Garcia vai ao encontro de algumas empresas que aqui no Brasil trabalham com a personalização total, como é o caso da incorporadora Idea!Zarvos, do administrador Otávio Zarvos. Em seus projetos, concebidos por grandes nomes da arquitetura e também por jovens talentos, o foco está nos projetos autorais, com plantas individuais, mesmo nos grandes prédios. O objetivo é dar a chance aos moradores de organizarem seus estilos de vida. “O legal é saber que cada apartamento é um apartamento, porque cada pessoa é uma pessoa, e isso já existe.” Leandro Garcia /p10 No Brasil, o espaço luxuoso é considerado uma ostentação para a maioria. Mas na verdade ele é a essência, o pouco com valor, que tenha história, estimule respirar profundamente e pensar em coisas boas. Quando falamos da simplicidade do luxo durante a entrevista, Leandro explicou que o luxo na arquitetura e no design é sair da questão material e ir para a experiência. Ele consegue materializar isso nos gostos, tradições e objetos com histórias de famílias, por exemplo, que são importantes para os projetos. Os mobiliários originais, muitas vezes desgastados, vêm para valorizar. A textura, o material quente e frio e a madeira com história servem para cada um conhecer o processo, a origem, e para agregar valor, muito mais do que simplesmente deixar o ambiente bonito ou feio. Na casa da uma pessoa, essa história é valorizada, porque não se trata de um modismo, não some com o passar dos anos. Ela agrega valor ao que é realmente importante e essencial, ao que sintetiza. “O resto é pano de fundo”, considera o arquiteto. Pode-se gastar pouco com um projeto elegante e luxuoso. “O piso pode ser simples, valorizar os pés no chão com pedrinhas e texturas, sem brilho, e se gastar um pouco mais com os móveis de madeiras, mármore, sabendo dosar, sem exageros. É fundamental avaliar o que é importante, para se investir no que é preciso. Os itens precisam ter uma hierarquia de importância”, contextualiza o arquiteto. “A simplicidade do luxo é chegar naquilo que realmente é importante, sem superficialidade, com conteúdo, com pouco.” LEANDRO GARCIA A simplicidade do luxo Projeto GAYA BEM-ESTAR Autor: Arq. Leandro Garcia | Área: 392,60m2 Localização: Curitiba, Brasil | Ano: 2014 Fotos: Fran Parente (www.franparente.com) Para conhecer ainda mais este projeto, acesse http://bit.ly/leandro-garcia
  11. 11. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p11 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Isso pode fazer com que o processo de compra e venda mude, pois antes mesmo de construir um empreendimento, pode-se apresentar aos futuros donos opções de plantas ou até a total flexibilidade delas, valorizando cada morador e seu apartamento, que é o que realmente importa, deixando em segundo plano questões como áreas comuns e de lazer. Descrita pela revista The Economist, a Terceira Revolução Industrial, que começou nos anos 2000, marca a capacidade de personalização dos produtos, graças às novas tecnologias, insumos e processos. Diferente das duas últimas revoluções, em 1760 e 1830, onde foi criado e reforçado o paradigma da produção massificada. Para contextualizar o assunto, perguntamos ao designer reconhecido internacionalmente pela Fetiche Design para Casa (www.fetichedesign.com.br), Paulo Biacchi, como é possível continuar tendo grande escala de produção mesmo fazendo produtos customizados. Sua resposta e alguns de seus trabalhos podem ser vistos também no link http://bit.ly/leandro-garcia O TAMANHO DO LUXO A empresa norte-americana LifeEdited é reconhecida por construir apartamentos pequenos, mas completamente adaptados para seus moradores, como o menor apartamento à venda no Brasil, de 19m2. Localizado em São Paulo, é completamente adaptado à vida simples que algumas pessoas utilizam, mas sem privá-las de atividades diárias. O apartamento é repleto de armários e paredes que se deslocam, para facilitar a utilização do espaço. Esse conceito rema contra a maré de que um apartamento ou escritório de luxo precisa ser grande, espaçoso e com carros importados incorporados na decoração. Em vez disso, eles podemsermenoreseteremumespaçoexclusivo para as bicicletas, por exemplo, utilizadas todos os dias como meio de transporte – que além de zero emissão de poluentes, ainda colaboram com os exercícios diários. Em Curitiba, Leandro Garcia projetou um apartamento de apenas 30m2, com a proposta de ampliar e valorizar ao máximo a área social e tirar o maior proveito possível de cada espaço. Assim, as salas de estar e jantar ocupam exatamente o mesmo local. Isso é possível, em parte, graças à mesa Camelo (1998), da Ovo (Luciana Martins e Gerson de Oliveira), que tem alturas reguláveis e ora pode ser utilizada como mesa de centro, ora como mesa de jantar. A cozinha restringe- se a apenas uma bancada de trabalho e poucos armários locados em um nicho criado na lateral da área social, próximo às áreas molhadas (área de serviço e banho). O espelho âmbar sobre essa bancada gera uma sensação de amplitude da área social, enfatizada ainda pelo tapete listrado e pelo sofá sem braços laterais, desenhado pelo arquiteto. Uma das laterais desse sofá fica encostadanagrandeestantebrancaquecircunda boa parte do apartamento e oculta o acesso ao dormitório por meio de uma porta de correr. Apartamento ÁGUA VERDE Autor: Arq. Leandro Garcia | Área: 30m2 Localização: Curitiba, Brasil | Ano: 2013 Fotos: Fran Parente (www.franparente.com) Para conhecer ainda mais este projeto, acesse http://bit.ly/leandro-garcia Serviço Leandro Garcia Arquitetura e Design www.leandrogarcia.com.br leandro@leandrogarcia.com.br
  12. 12. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p12 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /Camila Ferrari Desconecte-se para se conectar Especial para Revista Digital Ponto Pessoal www.animatrends.com Quem tem acesso à tecnologia e habita áreas urbanas, está enfrentando experiências nunca antes vividas na história da humanidade: excesso de informação, tecnologia, trânsito e poluição. A natureza dá sinais de que o estilo de vida adotado pela sociedade contemporânea é insustentável. Estamos mais conectados do que nunca, mas nunca estivemos tão desconectados de nós mesmos. O stress e a ansiedade angustiam cada vez mais pessoas e parece que o tempo passa cada vez mais rápido, trazendo o sentimento de impotência – não conseguimos fazer tudo o que gostaríamos. Diante disso, as pessoas têm procurado experiências e sensações opostas: estão buscando silenciar, meditar, se desconectar das tecnologias, apreciar a simplicidade e valorizar a natureza. Essas tendências da desconexão, da busca pela simplicidade e dos cuidados com a natureza se refletem em diversos segmentos. Especificamente na área da hospitalidade é muito fácil de perceber: em diversos países encontramos cada vez mais hotéis, restaurantes e experiências alinhados a esses comportamentos. O MELHOR RESTAURANTE DO MUNDO As pessoas estão cada vez mais interessadas em bens e serviços que entreguem soluções sustentáveis, éticas e verdadeiras. O restaurante dinamarquês Noma, eleito o melhor do mundo, adota a prática da Culinária Zero Quilômetro: os ingredientes são produzidos localmente, de forma sazonal e orgânica. Essa prática auxilia na diminuição da emissão de poluentes e agrega ao alimentomuitomaisfrescor,saboreautenticidade. DESINTOXICAÇÃO DIGITAL Você conseguiria ficar sem usar seu celular, tablet ou computador? Para muitos, seria um grande desafio, afinal nos comunicamos, nos divertimos e trabalhamos por meio deles. Mas muitas pessoas estãobuscandoa“desintoxicaçãodigital”.Jáexistem empresas que organizam acampamentos em meio à natureza onde não é permitido o uso de qualquer dispositivo eletrônico. O objetivo é se distanciar da tecnologia e praticar atividades completamente diferentes da rotina, como yoga, meditação, caminhadas e aulas de culinária orgânica. Restaurante Noma - Copenhague - Dinamarca Culinária Zero Quilômetro: o uso de ingredientes orgânicos, locais e sazonais, incentiva os produtores da região e diminui a emissão de poluentes. Semcréditosconhecidos
  13. 13. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p13 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 AS NOVAS DEMANDAS Estar em contato com a natureza e vivenciar experiências simples e, ao mesmo tempo, com conforto, comodidade e sofisticação é o que os viajantes têm buscado cada vez mais. De olho nesse novo perfil, alguns hotéis oferecem estruturas e atividades que atendem a essas novas exigências dos hóspedes. O hotel astronômico Elqui Domos em Pisco Elqui, no Chile, foi projetado para admirar o céu durante a noite. Localizado em uma região desértica, o hotel possui o ambiente ideal para observar constelações e planetas e ainda oferece aulas de astronomia. Hotel Astronômico Elqui Domos, em Pisco Elqui, Chile Semcréditosconhecidos SemcréditosconhecidosSemcréditosconhecidos Divulgação da desintoxicação digital em um Hotel Desintoxicação digital: participantes e hóspedes não podem usar dispositivos eletrônicos durante a experiência. Semcréditosconhecidos Hotel no meio do deserto para admirar estrelas. O Hotel Casas na Areia, em Comporta, Portugal, oferece uma proposta simples e sofisticada: um antigo refúgio de pescadores foi transformado pelo arquiteto Manuel Aires Mateus em uma hospedaria rústica-minimalista. Alguns dos cômodos têm como piso somente a areia. Já os quartos e banheiros oferecem todo o conforto. Na região ainda é possível fazer observação de pássaros e passeios a cavalo na praia. Hotel Casas na Areia - Comporta/Portugal Antigo refúgio de pescadores, hoje é um spot rústico minimalista e sofisticado.
  14. 14. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p14 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Créditos:arquivopessoal BUSINESS ENGLISH TRAINING IN ENGLISH INTERCÂMBIO Inglês para Adultos Fone: (55) 41 3091-9506 / 9969-5069 www.linkuplanguage.com.br Esses novos formatos de hotéis e experiências são apenas os sinais dos novos tempos: a materialização do desejo do ser humano em busca da preservação da natureza, da valorização do momento presente, do retorno às origens e da conexão com a sua verdadeira essência. Tânia Coelho, especialista em personalização de serviços hoteleiros, retrata que o acesso à informação sem dúvida facilita e muito a nossa vida nos dias de hoje, desde que sejamos o sujeito ativo, ou seja, quando procuramos pela informação e isso é um ponto positivo. O ponto negativo é a informação que recebemos no dia a dia e que não procuramos, que chega por todos os lados, ao abrir nossos e-mails, consultar a internet, acessar as redes sociais, etc., e que, na maior parte, além de indesejadas, são de baixa qualidade. A questão da conexão é que se tem mais quantidade do que qualidade. Saber filtrar as informações é um grande desafio, pois muitas pessoas já se tornaram reféns desta situação. Estar desconectado é deixar para trás o dia a dia, é a fuga da rotina. Nem todos conseguem, somente algumas pessoas que compreendem que sair da rotina é encontrar o equilíbrio que tanto buscamos dentro de nós. Alguns hotéis compreenderam essa necessidade que as pessoas têm de se desligar deste bombardeio de informações e criaram alternativas para que o hóspede sinta a plenitude de estar naquele lugar. Na verdade, isso tudo está relacionado ao luxo experiencial, que é sair da rotina e permitir que você viva mais intensamente, se concentrando mais em você em primeiro lugar. Essa é a fonte mais valiosa, a informação da experiência. “Em 2010, tive a oportunidade de experimentar esta situação ao me hospedar em um hotel nas savanas na África do Sul em que o bem-estar é colocado como parte da experiência de viver aquele momento mais intensamente, permitindo sentir o ambiente e tudo o que ele tem para oferecer. Neste hotel, não há televisão, nem internet nos quartos, apesar do requinte e da sofisticação do ambiente e dos serviços.” Tânia Coelho. Kapama River Lodge/5 estrelas África do Sul
  15. 15. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p15 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 A ndar de bicicleta é um estilo de vida para quem utiliza esse meio de transporte. De tempos para cá, o brasileiro tem se rendido a aproveitar mais o ar fora dos carros, os dias ensolarados do país, e tem adotado um estilo de vida até mesmo mais moderno do que a maioria que utiliza meios públicos e carros. Para alguns, andar de bicicleta é sinônimo de luxo, por poder usufruir do ar puro, trocar de caminhos semanalmente para ir ao trabalho, observar acontecimentos simples que as quatro rodas não deixam–oupelapressaemsechegaratéodestino final, ou pelas várias companhias isoladas em suas quatro rodas lado a lado, mas sem uma única troca de olhares, em um trânsito sem fim. Ainda faltam recursos mínimos em algumas cidades que deem suporte aos ciclistas, mas já há movimentos e pessoas em órgãos públicos lutando a favor disso. Fonte:InstagramBoyestilo Bike Ativa: a vida pode ser simples em cima de uma bicicleta /Adriano Tadeu Barbosa “Um espírito engrandecido por uma nova experiência não pode nunca mais voltar às suas antigas dimensões.” OLIVER HOLMES Sem dúvida, andar de bicicleta é uma experiência. EU UTILIZO Quem adota esse estilo de vida, já vivido pelo europeu há algum tempo, não se priva de nenhum conforto, se adapta. Homens de ternos, mulheres elegantes, computadores e refeições nas mochilas e bolsas são itens normais no dia a dia do uso da bicicleta para trabalhar, ir a um encontro, a um compromisso, ou para passar o fim de semana acompanhado ou sozinho, ao lado de um bom livro e comidas saudáveis. Ana Carolina Ribeiro, psicóloga e estudante de letras – inglês (ambas pela UFPR), cozinheira profissional formada pelo SENAC-PR, tradutora e intérprete com formação pelo curso da Versão Brasileira,emCuritiba,éumadasusuáriasdiárias deste estilo de vida. Desde 2013, ela atua no ramo do turismo, acompanhando grupos brasileiros como guia bilíngue em viagens ao redor do mundo. Ela nos contou desde quando anda de bicicleta e leva esse estilo de vida, bem como tudo que faz, com facilidades e dificuldades. Você pode encontrar essa entrevista em http://bit.ly/bicicleta-uma-experiencia-de-luxo QUAL O SEU ESTILO? Quem costuma andar de bicicleta sabe que há um estilo próprio para isso, desde as roupas que devem se adequar – ou que devem estar na mochila ou bolsa que acompanha o ciclista – até da Redação
  16. 16. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p16 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 o modelo de cada bicicleta. Existem diferentes modelos de bicicletas, como também diferentes valores. Procure o que mais se adapta ao seu estilo. Uma ajuda de um profissional em uma loja especializada pode fazer com que você, depois de comprar a sua bicicleta, realmente a utilize e não a deixe encostada na sua garagem ou armário. Para os que não gostam de estar sozinhos, há diferentes grupos que se reúnem para andar de bicicleta, em diferentes cidades. Existem os grupos que se encontram à noite, nos fins de semana e até mesmo que marcam viagens em lugares um tanto quanto luxuosos, simplesmente para andar de bicicleta. A Bike Ativa é a melhor organizadora de expedições de bicicleta do país. Com sede em Curitiba, a empresa organiza desde 2008 viagens utilizando bicicletas. É o chamado cicloturismo, que permite conhecer diferentes lugares pedalando, praticando o turismo sustentável durante as viagens e proporcionando o conhecimento sociocultural e gastronômico. Tudo sempre acompanhado de belas paisagens e caminhos deslumbrantes. Em suas expedições, a Bike Ativa conta com um veículo 4x4 para apoio, carreta para transporte das bicicletas, micro-ônibus adaptado e toda a logística necessária para garantir ao cicloturista apoio e segurança nas viagens. Os organizadores são apaixonados por bicicletas e adeptos do estilo de vida simples. POR QUE ANDAR DE BICICLETA? A Bike Ativa também desenvolve roteiros para empresas-sejaparafugirdarotinaouaprofundar as relações entre os membros de uma equipe, porque compartilhar uma aventura na natureza é uma experiência inesquecível e transformadora. Para quem deseja aumentar os conhecimentos técnicos e a performance, é possível escolher o Personal Biker - Luciano Hulse, um serviço personalizado com um profissional de alto potencial para administrar e supervisionar seus treinos. Planilhas e treinamento aeróbico são algumas das ferramentas oferecidas pelo profissional para você atingir os seus objetivos. Outros benefícios que viagens desse tipo trazem são a redução do stress, aumento da qualidade de vida,contatocomanatureza,estímuloàpráticade atividade física e até mesmo autoconhecimento. Por isso, também conversamos com a biker Soraya Calvo, psicóloga, que trabalha com desenvolvimento de pessoas há mais de 15 anos e que em 2014 viajou com o time da Bike Ativa para a Croácia. Em entrevista exclusiva no nosso site, ela relata sua experiência, seu contato com a bicicleta e compartilha lindas fotos da viagem. Luciano Hülse foi corredor de bicicleta na categoria speed e realizou o apoio logístico da equipe oficial da Caloi junto com o atleta Mauro Ribeiro.Possui uma grande experiência na organização de expedições de cicloturismo e como guia condutor em roteiros nacionais e internacionais. Michèle Bruce é responsável pelos roteiros internacionais. Participou de corridas de aventuras, corridas de rua, mountain bike e regatas de remo. Também tem uma grande experiência em trekking e caminhadas longas, como a do Caminho de Santiago (Espanha) e ao Everest Base Camp (Nepal). Possui formação em engenharia química e segurança do trabalho e é pós-graduada em gestão ambiental. Créditos:DUOFlashes Luciano Hülse e Michèle Bruce, da Bike Ativa Você confere a entrevista e mais fotos de expedições já realizadas pela Bike Ativa em http://bit.ly/bicicleta-uma-experiencia-de-luxo Agenda 2015 Bike Ativa Colômbia – Cartagena e Santa Marta | Mar 2015 França – Canal de Midi | Mai 2015 Espanha – Caminho francês de Santiago de Compostela | Mai 2015 Peru – Vale Sagrado dos Incas | Jun 2015 Grécia – Ilhas Jônicas | Out 2015 Argentina – De Salta a Jujuy | Out 2015 Serviço www.bikeativa.com.br / contato@bikeativa.com.br
  17. 17. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p17 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 I niciar uma atividade é sempre um desafio. Tudo parece muito difícil e as metas, imbatíveis. Michael Jordan, um dos maiores jogadores de basquete da história, era o primeiro a chegar ao treino e o último a sair. “Errei mais de 9 mil cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo... e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso”. Este depoimento de Jordan é utilizado frequentemente em treinamentos de motivação no mundo todo. Paula Gracia Koppe Colleoni é nutricionista, proprietária do Centro de Qualidade de Vida e Nutrição, em Curitiba, e corredora de rua. Ela conta que duas das maiores preocupações trazidas ao consultório são o sedentarismo e o excesso de peso. “Por volta de 80 a 90% das pessoas que atendo procuram assistência por problemas de peso”, quantifica. Para vencer a barreira da inércia, um dos exercícios mais simples é a corrida. Para começar a correr, basta um tênis e disposição. “É diferente de uma musculação, onde se precisa de estrutura específica”, exemplifica Paula. Mas extrair o melhor dessa atividade física, sem o risco de lesões, exige alguns cuidados. Confira a seguir o que você não pode deixar de considerar ao correr: A simplicidade e o luxo de quem descobriu na corrida uma paixão Caminhar e correr é só começar /Larissa Moutinho da Redação Créditos:AdrianoT.Barbosa Créditos:DUOFlashes PRÉ-TREINO Cada atividade física exige um comportamento único do organismo: “você pode ter um ótimo condicionamento físico, mas a musculatura treinadapararealizarcorridanãoestácondicionada para praticar natação”, exemplifica Paula. Por isso, comece devagar e evolua gradualmente. Alimentação Emboramuitagenterecorraaumadietarestritiva quando tem a expectativa de emagrecer, Paula explica que fazer isso é agir contra si mesmo. O corpo precisa de energia, e nutrientes como proteínas e carboidratos para a manutenção da musculatura e dos estoques de glicogênio (que são os estoque de energia de nossa musculatura), caso contrário usará a massa muscular como fonteenergética,afetandonegativamenteasaúde e aumentando os riscos de lesões. O verdadeiro segredo está na combinação do tempo de treino com uma alimentação correta e equilibrada. Queijo, leite, iogurte e carnes são boas fontes de proteínas e ajudam a poupar a musculatura. Paula Gracia Koppe Colleoni
  18. 18. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p18 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Já pães, torradas, sucos de frutas, arroz, feijão, batatas e farofa pertencem ao grupo dos carboidratos e oferecerão energia ao organismo. Ambas são importantes para quem pretende praticar atividade física, mesmo que o objetivo seja perder peso. São elas quem garantirão ao atleta um melhor rendimento durante os treinos. Ingerir vitamina C antes do treino ajuda a prevenir o processo inflamatório dos tecidos musculares – responsável pelas dores depois do treino. Acrescente esta substância ingerindo uma boa variedade de verduras e frutas ricas em vitamina C, como laranja, limão, acerola e kiwi. E lembre-se de variar as fontes, para não enjoar do alimento. Banana: um antídoto para cãimbras? Um mito comum para quem sofre com cãimbras é acreditar que a ingestão de banana irá aliviá- las. “Um dos motivos das cãimbras é a perda grande de sódio e potássio, mas isso a gente só observa com exercícios ou treinos que durem mais de 1h30e onde o indivíduo apresentou uma sudorese realmente excessiva”, revela Paula. A banana pode ser uma boa opção antes do treino, porque é fonte de carboidrato, vitaminas e minerais, mas não necessariamente resolverá problemas com cãimbras. “A maior parte das cãimbraquesesenteéporfadigamuscular,ouseja, cansaço da musculatura. Então vale muito mais a pena pensar em comer direito antes e depois do treino para realizar a recuperação muscular adequada, do que simplesmente achar que uma banana vai resolver”, explica a nutricionista. A caminhada Praticar uma atividade física sem preparo e ou acompanhamento pode causar lesões, além de tornar muito mais fácil o abandono do treino com o tempo. Da mesma forma, praticar exercício físico apenas uma vez por semana não trará grandes benefícios, porque a atividade causará um grande estresse para o corpo e os benefícios serão menores e demorarão muito mais tempo para aparecer. “Pense que para quem treina três vezes por semana ou diariamente, o corpo está recebendo frequentemente um estímulo de adaptação. Então, o stress é sempre pequeno e a cada vez o condicionamento vai ficando melhor”, descreve Paula. E, se é na regularidade que está o sucesso do exercício, uma atitude se torna crucial para alcançá-lo: o comprometimento. É necessário inserir verdadeiramente o exercício físico na rotina do seu dia a dia. Não tem tempo para ir à academia? Simplifique. “Chegue em casa, coloque um tênis e saia para caminhar. Ande por 15 minutos e volte. Com essa simples rotina, facilmente aplicável, você realizará meia hora de caminhada, o que já trará benefícios à sua saúde”, exemplifica a nutricionista. Cada vez mais populares, as assessorias de corrida oferecem acompanhamento profissional e planilha para controle de atividades e definição de metas. Elas colocam a disposição um profissional de educação física com a função de corrigir a postura dos atletas, o movimento dos braços e as passadas. Já a planilha serve para que cada um possa acompanhar a própria evolução e para que o professor vá gradualmente ajustando o treino, para motivar a prática e melhorar a performance. Os treinos acontecem em parques e outros ambientes abertos. PÓS-TREINO Depois de praticar uma atividade física, o corpo precisa repor as energias, líquidos, vitaminas, proteínas e carboidratos para o seu pleno funcionamento. Para isso, fontes proteicas como carne, proteínas industrializadas, barrinhas de proteína, leite e seus derivados, peito de peru, presunto magro, pasta de amendoim e castanhas são boas opções para recuperação pós-treino. Na opção de fontes de carboidratos, para quem está buscando eliminar peso, boas apostas são os carboidratos ricos em fibras, como pão e torrada integral ou frutas com casca ou bagaço. Esses alimentos farão com que o carboidrato reponha parte do que foi gasto, mas com controle do
  19. 19. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p19 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 acúmulo de gordura. Para quem não tem problema com peso e tem como foco melhorar o condicionamento físico, a dica de Paula é adicionar carboidratos simples, como cereais matinais ou pão branco ou biscoito sem recheio e pobres em fibras, que oferecem uma melhor recuperação da musculatura. O LUXO DAS CORRIDAS Apesar de inicialmente ser um esporte barato, a corrida pode dar início a uma série de outras atividades e conquistas. A corredora de rua Carolina Bevilacqua é exemplo disso. Formada em Direito e analista na Embratel, ela começou a correr para ajudar os colegas de empresa a fechar uma equipe de atletas. Hoje, 3 anos depois, se diz apaixonada pelo exercício. Nadadora do Clube Curitibano e ex-jogadora de vôleipelaseleçãocarioca,elacontaquedetestava correr.“Comeceicorrendo1minutoecaminhando por 5 minutos. O início foi muito difícil. A perda de peso veio com acompanhamento do treino e nutricionista. Mas o estresse mental já mudou de início, muito rápido”, relembra Carolina. Com a prática e orientação da assessoria esportiva Sulgiro, ela atingiu primeiro 5 km correndo. O passo seguinte foi alcançar 10km. Em 2014, concluiu um dos maiores desafios para atletas no país: a corrida de São Silvestre. Para isso, dedicou-se durante três meses a uma preparação específica para a prova. O treino acontecia três vezes por semana, com uma primeira etapa de distância curta e em alta velocidade, para ganhar resistência; treinos médios com percursos de 8 km; e no último dia da semana percursos longos, acima de 12 km. O próximo desafio já está marcado: Carolina quer percorrer 21 km, para realizar as maratonas do Rio de Janeiro e de Florianópolis. Paralelo a isso, o grupo com o qual corre também se prepara para uma atividade em conjunto: enfrentar o deserto do Atacama, no norte do Chile. “E é assim que correr vai ficando luxuoso. Torna-se uma tribo, em que você se encontra”, finaliza. Nutricionista Paula Gracia Koppe Colleoni Mestre em Fisiologia da Performance (2007) pela UFPR, Especialista em Fisiologia Humana e da Nutrição (2005) pela PUC–PR e Bacharel em Nutrição (2004) pela PUC–PR. Atualmente atua em consultório particular e como professora de cursos de pós-graduação. Foi professora da Universidade Positivo em nível de graduação (2010-2013), nutricionista da Equipe de Tênis (2010-2013) e da Equipe de Natação (2008-2011) do Clube Curitibano. Desenvolveu trabalho com a categoria de base da Equipe de Futebol do Paraná Clube (2009) e trabalhou nas áreas de Atendimento ao Consumidor e Pesquisa para Desenvolvimento de Produtos na Empresa Nutrilatina (2004). Contato: paula@cqvn.com.br / 41 3026.5156 Serviço Arquivopessoal
  20. 20. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p20 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 U m casal apaixonado em Port de l´Alma, embarcando no Bateaux Mouches. Ela elegante num Dior, ele ostenta um Lanvin, ambos brindando a vida com um Goût de Diamants após um café da manhã esplêndido no Café de Flore. A manhã perfeita. Mais luxuosa apenas se num singelo piquenique no parque. Sim, afinal, o que há de mais luxuoso do que a simplicidade? E um piquenique – ainda que no Buttes de Chaumont com toalha e cesto da Printemps – é o retrato do simples. A tal simplicidade virou artigo de luxo e sorte dos mais abastados – ao menos no quesito mente e coração – que conseguem enxergar esta dádiva. Luxo é tempo na rotina de trabalho para se dedicar à família, tempo ao lazer, tempo aos amigos, tempo aos que precisam de algum apoio, tempo ao autoconhecimento, tempo ao ócio. São muitos os momentos do nosso dia a dia que nos permitem manter a simplicidade e, em troca, recebermos as maiores de todas as recompensas: o estar presente de corpo e alma, o contato com nosso “eu”, o olho no olho, uma conversa despretensiosa e agradável, um sorriso, o contemplar. A origem do piquenique remonta aos tempos medievais na Inglaterra e era um evento exclusivo para nobres. Eram festas onde se Na grama, no luxo ofereciam iguarias e carnes especiais e que marcavam o início da temporada de caças. Um texto francês datado do século 16 registra a primeira aparição do termo, dando nome ao ato de um grupo de pessoas levar o próprio vinho a um jantar. Centenas de anos mais tarde, o termo deixou de significar apenas um encontro onde todos contribuem com bebidas e/ou um prato de comida, mas também um encontro ao ar livre, “para além das portas”. Para organizar um piquenique, você não precisa de grandes planejamentos, mas é importante que algumas precauções sejam tomadas: separe alimentos saudáveis e que, de preferência, não exijam o uso de pratos e talheres; acondicione corretamente os alimentos em embalagens térmicas; vista-se com roupas casuais e confortáveis; escolha um local adequado (uma praia, a praça do bairro, um parque tranquilo ou até o quintal da sua casa, desde que com uma bela paisagem e uma sombra gostosa); verifique a previsão do tempo (mas se forem surpreendidos por uma chuva repentina, aproveitem para fechar o dia com um banho de lavar a alma!); coloque repelente e protetor solar na mochila; carregue a bateria da câmera fotográfica (só não exagere nos cliques e curta mais o momento); bola, jogos de tabuleiro e /Danielle Cristina Machado Salmória Especial para Revista Digital Ponto Pessoal www.facebook.com/DCatelierdamemoria Fonte:parispicnic.com
  21. 21. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p21 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 cartas podem ser uma boa pedida; leve um saco de lixo para deixar o local limpinho ao final do dia; ah, e o principal: convide a família, os amigos, as crianças, os amigos de seus filhos, os vizinhos etc. Tudo preparado?! Estenda sua toalha xadrez e curta esse sossego luxuoso, digno das mais requintadas mesas! INSPIRE-SE Para se inspirar ainda mais com serviços de piquenique oferecidos por duas grandes cidades: Paris e Nova Iorque, separamos dois sites para você se organizar e ainda montamos uma dica de cesta de alimentos para você levar em seu passeio. Acesse http://bit.ly/pic-nic-inspirado Mais do que seu escritório, sua comunidade de negócios. ÷ ambiente compartilhado + experiências somadas - custos reduzidos x resultado multiplicado www.businessvillage.com.br
  22. 22. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p22 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 N ão foi fácil pensar no simples e no luxo ao mesmo tempo. Primeiro, porque a resposta imediata que temos sobre luxo é dinheiro, coisas caras, elegantes, luxuosas. Mas não era isso que gostaríamos de abordar. Nós queríamos o desafio de unir esses dois conceitos. O que pretendíamos com essa matéria era falar do mais simples de todos os luxos que podemos ter, para qualquer pessoa, independente de classe social ou idade. Confira a seguir alguns dos pontos que unem luxo e simplicidade, na visão de dois especialistas e colunistas da Ponto Pessoal e de uma das principais referências da moda no Brasil. A simplicidade do luxo /matéria de capa por Adriano Tadeu Barbosa “Viver não é exatamente a experiência mais simples do mundo, mas os “pequenos milagres” diários nos ajudam a perceber os verdadeiros luxos da vida. Luxuoso,afinal,é o que é raro!” Foi o que me disse a consultora de moda Costanza Pascolato, considerada a mulher mais elegante do país, na conversa que tivemos quando ela esteve em Curitiba, no fim de 2014. Emanuelle Araújo Mendes em Curitiba/PR Créditos:DCAtelierdaMemória da Redação
  23. 23. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p23 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Faz todo o sentido, em especial se pensarmos no tempo, que parece cada vez mais escasso, e na maneira como o utilizamos para realizar as coisas que são verdadeiramente importantes para nós. Autêntico luxo da nossa época, o tempo é o bem mais precioso que temos e é por isso que precisamos cuidar dele com carinho e disciplina. “E quando penso, sob essa perspectiva, na ‘simplicidade’ do luxo, penso também que é fundamentalpoderparticiparativamentedavida em família, brincar com os filhos, compartilhar o tempo com o seu companheiro (a), encontrar pessoas das quais gosta, fazer aquela atividade que é especial para você, passear, viajar, ouvir boa música, trabalhar com o que ama, saborear uma boa comida... Sim, parece muita coisa para tão ‘pouco tempo’, mas é essencial criar as condições para fazer tudo isso ou ‘ter tempo’ para viver bem”, exemplifica Emanuelle Araújo Mendes, Psicóloga e Coach. Professor Marcus Garcia Sob essa perspectiva, quando aceitamos pagar um pouco a mais por um serviço ou produto, esperamos receber algo que simplesmente funcione MUITO BEM, cumprindo exatamente o que foi prometido e que ainda consiga nos surpreender com algum benefício adicional. Este será o diferencial, aquilo que nos encantará. “Uma das características da sofisticação é a simplicidade. Um serviço ou produto sofisticado deve ter como primeiro atributo a ser atendido a simplicidade. Sofisticação não pressupõe complexidade, exagero, exorbitância, mas ao contrário,deveentregaraqualidadeprometida.Em sua essência, a individualidade é a característica mais marcante do luxo e ela é conquistada com a simplicidade”, finaliza o Professor Marcus Garcia, especialista em desenvolvimento humano. Luxo, hoje em dia, sem dúvida é ter tempo para se dedicar a assuntos agradáveis e de real interesse. Ter tempo para estar com quem você gosta e para estar 100% dedicado a você. BElieve in YOUrself, faça 2015 ser o ano mais simples e luxuoso da sua história individual. “O traço mais marcante da nossa individualidade é aquele que nos faz únicos.O luxo não pressupõe soberba e ostentação,mas sim compromisso com a qualidade.Por qualidade entenda-se, além dos atributos relacionados àquilo que se recebe pelo que se está investindo, a simplicidade (sim,investindo,pois tudo que adquirimos em troca de nosso poder de compra - bens ou serviços - é um investimento). Se for muito complicado,difícil de entender,usar ou aplicar,este algo estará nos subtraindo algo muito precioso,o tempo,que poderíamos aplicar em outra atividade de lazer ou trabalho.” Professor Marcus Garcia Créditos:DCAtelierdaMemória
  24. 24. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p24 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Como entender e prever o comportamento humano? O livro “Decifrar Pessoas” relata algumas técnicas usadas em tribunal nos EUA por Jo-Ellan Dimitrius durante 15 anos, com experiências práticas, ensinando como decifrar as pessoas que estão ao nosso redor pela linguagem corporal e aparência. Leia mais. Participe da campanha #Leitura2015 nas redes sociais e compartilhe o que você lê neste ano /DICAS VIAGENS, FILMES, LIVROS & VÍDEOS Como adoramos viajar, pedimos aos colunistas da Revista Ponto Pessoal que nos dissessem quais os destinos desejados e indicados por eles em 2015. Nenhum se repetiu, imagine quanto podemos aproveitar? Viaje mais em http://bit.ly/destinos-desejados-em-2015 Decifrar Pessoas Jo-Ellan Dimitrius Divergente Ponto Pessoal no YouTube Lançado em 2014, “Divergente” é um filme de ação, ficção científica e suspense norte- americano dirigido por Neil Burger, baseado no livro homônimo de Veronica Roth. Você segue um só comportamento ou destaca-se por seguir vários? Descubra neste filme. 2015 será o ano de novidades para todos que acompanham a Ponto Pessoal. Inscreva-se em nosso canal do You Tube e acompanhe os vídeos que serão lançados durante o ano. www.youtube.com/pontopessoalmkt Viagens Livros Vídeos Filmes
  25. 25. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p25 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 A consultoria de imagem surgiu há 30 anos nos Estados Unidos, quando a atividade era restrita a políticos, modelos e esportistas. Nos últimos anos, houve um aumento significativo na utilização deste serviço. Ao acompanhar a evolução da moda e analisar as décadas de 10 até 90, cada uma delas foi marcada por algum diferencial no vestuário. Porém, no ano 2000 – período marcado pela globalização – novas tendências e conceitos surgiram. Ao estudar design de moda, obtive o conhecimento das várias áreas da moda e, em paralelo, me especializei em consultoria de imagem para atender o público que se preocupa com a aparência, deseja descobrir o próprio estilo, trabalhar com suas preferências e construir uma imagem. A consultoria nada mais é de que um processo de autoconhecimento. A atividade é composta por três análises: do tipo físico, onde são feitas as medições do corpo para identificar as melhores roupas para cada /Natália Cavi Especial para Revista Digital Ponto Pessoal www.nataliacavi.com.br O que é Consultoria de Imagem? Foto:DUOFlashes Nati Cavi / www.nataliacavi.com.br Consultora de imagem formada em marketing com especialização em moda. tipo físico; da geometria facial, com base em uma foto do rosto da cliente são feitas algumas divisões e é possível entender qual o formato dele, para indicar os acessórios e corte de cabelo adequados; e da análise cromática, na qual é
  26. 26. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p26 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 aplicado um teste para identificar a cartela de cores correspondentes para cada tipo de pele, para selecionar as cores de roupas, do cabelo e até da maquiagem. Após estas três primeiras análises, é analisado o guarda-roupa da cliente (roupas, sapatos, acessórios) e são feitas algumas possibilidade de looks. Geralmente nesta etapa é importante a participação da cliente para que eu possa identificar quais as dificuldades dela em fazer as combinações. Também faço uma lista de peças básicas que não podem faltar no guarda- roupa e, se a cliente preferir, fazemos o personal shopping e, em seguida, registramos esses looks que serão incluídos no dossiê que será entregue na etapa final da consultoria com todas as informações específicas. O que usar, o que evitar, sugestões de combinações de cores, indicações de lojas, enfim, é um trabalho bem completo. Há pessoas que optam por fazer consultorias específicas, como um auxílio para ocasiões especiais, festas e eventos. Há também homens e mulheres que com a correria do dia a dia optam por uma consultora de imagem pela simples conveniência em separar as roupas a serem usadas durante a semana. Agora estou elaborando um novo projeto de consultoriaon-line.Nestaopçãonãoconseguimos fazer todas as etapas, mas é ideal para quem não dispõe de tempo e deseja ou precisa deste serviço. E ao contrário do que muitos pensam, a consultoria de imagem atende todos os públicos, homens e mulheres de várias idades e poderes aquisitivos. É possível, sim, adequar a consultoria para atender as necessidades e a disponibilidade de gasto de cada pessoa. Com base em pesquisas feitas recentemente, em Curitiba, o valor de consultoria de imagem completa está entre R$ 2.000,00 e R$ 4.000,00. Levando em conta que esses valores para muitas pessoas saem do orçamento, pode-se oferecer cada serviço separadamente, pois nem todo mundo quer ou pode fazer todos os serviços disponíveis. A consultoria ajuda a traduzir e contextualizar o que cada pessoa sente de acordo com a própria personalidade. Uma parceria de sucesso que tenho ao fim das minhas consultorias e que registra a nova fase que meus clientes entram depois deste trabalho é com a empresa DUO Flashes. Conheça um pouco mais este trabalho em http://bit.ly/duo-flashes
  27. 27. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p27 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 A té o século XVI, o salto não era muito utilizado; as mulheres usavam sapatinhosquelembravamassapatilhas de hoje. Tudo mudou quando Catarina de Médici, rainha consorte da França naquela época, pediu ao sapateiro real que colocasse dois centímetros de salto em seus sapatos de casamento e o mundo inteiro quis copiá- la. Depois disso, as sapatilhas só teriam fama novamente graças à outra francesa, Brigitte Bardot. Bailarina clássica, ela pediu para Rose Repetto, criadora da marca de ballet Repetto, para que criasse um modelo de sapatilha que pudesse usar no dia a dia. A partir desse Luxo para os pés /Adriano Tadeu Barbosa e Mariana Holzmann OsproprietáriosdaTutuSapatilhas,GustavoKrelling,empresárioefigurinista, formado em jornalismo e artes visuais, e Fabiana Montalvão, empresária e designer de sapatos, formada em artes visuais e design de sapatos. Para conhecer mais fotos da Loja, acesse http://bit.ly/tutu-sapatilhas Foto:TutuSapatilhas da Redação
  28. 28. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p28 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 momento, a sapatilha começou a ser utilizada e adorada por muitas mulheres. Inspirado na história dessas duas marcantes mulheres, nasceu a Tutu Sapatilhas, em um mercado crescente com várias oportunidades. Em 2011 foi lançada a loja virtual, contando com modelos exclusivos, versáteis, atemporais e confortáveis. Um ano depois, os proprietários montaram o ateliê na Praça da Espanha, em Curitiba, onde desenvolvem os modelos das sapatilhas e recebem os clientes que buscam um produto diferenciado. Além disso, eles também contam com uma fábrica exclusivamente dedicada às sapatilhas da marca, localizada no Rio Grande do Sul. Em 2014, sentiram a necessidade de ter uma loja física, em que as clientes pudessem provar o conforto que as sapatilhas da marca proporcionam, e a loja foi inaugurada na parte de baixo do ateliê. As sapatilhas da Tutu são extremamente versáteis e confortáveis, com modelos mais básicos e atemporais que podem ser usados por todos os estilos de mulheres. São procuradas por um público que varia de senhoras que buscam conforto e elegância, até jovens com estilo, que procuram um sapato parafinalizar o look com beleza e modernidade. Os tamanhos variam do 33 ao 40. Devido à grande miscigenação do povo brasileiro, existem aproximadamente nove tipos de pés femininos no país, e a Tutu procurou criar um molde que se adequasse a praticamente todos os pés. QUANDO E COMO COMEÇOU A USAR SAPATILHAS? Acredito que eu uso sapatilha desde criança. Eu associava tênis a sapato masculino, então ela era o mais próximo de um “sapato de princesa”. O tempo passou, meus conceitos mudaram, mas o hábito continua. HÁ UMA OCASIÃO EM QUE O USO DELAS É INDISPENSÁVEL? Acho que, na verdade, não há uma situação comum em que uma sapatilha não se encaixe. Afinal, ela pode ir facilmente de um almoço no campo a um evento social, ou do litoral à cidade grande. QUAL COR E FORMATO SÃO FUNDAMENTAIS PARA VOCÊ? Para mim, depende muito da época, mas já usei de todos os formatos e cores. Ter uma preta é sempre importante, porque é possível usá-la com tudo. Mas, no momento, a minha favorita é uma vermelha de bico arredondado. O conforto é uma das maiores preocupações da marca, que tem o forro espumado e um saltinho de madeira, o qual não deixa os pés totalmente no chão. Tudo pensado e desenvolvido para que as clientes se sintam muito bem com sapatilhas versáteis, que atendam todos os estilos de mulheres e idades. O USO NO DIA A DIA TRABALHO, PASSEIO E CASAMENTOS Atualmente, as sapatilhas podem ser usadas em qualquer ocasião, desde momentos que requerem mais formalidade, como no trabalho e em eventos sociais, até os mais despojados, como em um passeio no parque no final de semana ou para sair à balada. A mais nova onda do uso das sapatilhas são as noivas, que estão optando pelo conforto em um dos momentos mais importantes de suas vidas. A personal stylist especialista em noivas, Jamile Santos, gestora do Divine Style (www.divinestyle.com.br), explica que assim como existe a troca do vestido de noiva por um maisleveparaafesta,tambémépossíveltrocaro QUEM USA | Luiza Fernanda Santos, estudante de Relações Internacionais, na Unicuritiba
  29. 29. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p29 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 sapato. “A sapatilha de noiva deve ser ao menos em cor clara, logicamente não é uma regra, mas modelos mais finos com brilho e pedraria combinam melhor com a ocasião. Casamentos de dia, na praia ou campo combinam bastante com sapatilhas e elas até são mais indicadas, pela facilidade ao andar nesse tipo de terreno, o que não significa que o calçado não deva ser usado em uma grande festa na cidade também. A noiva só precisa ficar atenta ao modelo: em uma festa mais sofisticada, por exemplo, o uso de uma peça mais elaborada é obrigatório”, ressalta a especialista. Para não errar, Jamile Santos indica alguns cuidados: não use um vestido longo e justo e dê atenção ao comprimento da barra. Na hora dos últimos ajustes, é interessante falar para a estilista ou costureira a intenção da troca de sapato. Ela com certeza irá encontrar uma forma na qual a caudasejapresaechegueaumcomprimentobom para que a noiva se movimente confortavelmente e não estrague o vestido. VERÃO 2015 A Tutu tem novidades todas as semanas e traz as mais novas tendências para o verão de 2015. Cores como amarelo, pink, verde e roxo, estampas como o poá, modelos mais neutros em cores como cinza claro e dourado e as sapatilhas pep toe que são excelentes dicas na estação mais quente do ano.Todosestesitens,aliados ao excelente atendimento, à qualidade e à preocupação da Tutu desde ao papel de seda da caixa, fazem com que as clientes retornem à loja para adquirir novos modelos.
  30. 30. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p30 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 E m algum ponto da vida, perdemos o contato com nossa essência e passamos a ter atitudes inconscientes de querer ser como o mercado dita ou como nossos pais nos instruíram, dizendo o que o senso comum pensa, que para viver em sociedade, precisamos agir desta ou daquela maneira. Somamos ainda as influências dos primeiros professores, colegas e ídolos. Todas estas experiências e o significado que damos a elas formam a nossa maneira de pensar. Elas dão origem às nossas crenças, que determinam nossas ações e consequentemente nosso caráter, ou seja, emergem o Sandro, o João, a Maria, seres humanos com características singulares, frutos de nossas experiências e, principalmente, do significando que damos a elas. Nesse sentido, C ada vez mais, o status se desloca para as atitudes das pessoas, as quais são algo imaterial, singelo, que não se destaca pelo luxo, preço ou marca famosa. A educação, o respeito, a polidez, um sorriso, um cumprimento, um “como vai você”, o aprender a dizer “não” com educação, respeito e polidez são requisitos mínimos para quem quer ter estilo e elegância. Hábitos simples, como se interessar pelos outros, sersincero,autêntico,sensívele,aomesmotempo, saber valorizar os seus pontos fortes no que tange ao físico e comportamental, estão sendo muito Simples assim /Sandro Binello Empresário, autor e palestrante “A simplicidade é o último grau da sofisticação.” Leonardo da Vinci o segredo do sucesso pode estar no retorno à consciência de quem realmente somos, em saber o que faz sentido e traz significado às nossas vidas, sem precisar representar um papel, vestir uma máscara social para agradar, muitas vezes, quem sequer conhecemos. Quando temos maior consciência de nossos movimentos automáticos, passamos a perceber nossos talentos natos, que nada mais são do que padrões recorrentes de pensamentos, sentimentos e ações. Compreendemos, então, as diferenças entre desejos e necessidades e a vida fica mais bela, considerando a desmistificação de nossas crenças. Portanto, luxo é poder identificar nossos talentos e descobrir nos pontos fortes. Assim podemos “ser nós mesmos” e entregar o nosso melhor para um mundo mais distributivo e contributivo, que precisa cada vez mais deixar fluir a vida na simplicidade. requisitados, tanto no aspecto pessoal quanto profissional. Aplaudimos hoje a nossa liberdade para nos vestir e nos expressar fisicamente (com estilos variados), verbalmente e socialmente. Entretanto, quem se destaca é aquele com atitude positiva, empática e solidária. Atualmente, muitos já chegaram ao limite da matéria, e agora é o momento de ser feito o caminho inverso, isto é, o retorno aos hábitos e comportamentos de nossos avós, onde tais qualidades eram naturais e involuntárias. Onde o luxo e a simplicidade coexistiam em perfeita harmonia e equilíbrio. Simplicidade do luxo /Carla Valente Master Coach
  31. 31. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p31 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015
  32. 32. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p32 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /Thiago Azeredo H ello dear readers, the other day I was reading an interesting article titled “Mastering the Complexity of Simplicity” by Shannon Ables. In her article, she goes on about how she realized even in her early days that she wanted a life with simplicity, with less stuff, free from clutter and to be able to move freely and use her imagination. Basedonherownexperiencesheelaboratedalistof elementsshebelievesarethecoreofthemovement to deal with a more simply and happy life. Here are the six elements Shannon described on her article: 1. Discipline: “…”self-discipline, the ability to say no whensomethingdoesn’tfitintoyourlifeplan…” 2. Patience: “… Do the necessary work, then take a step back and take a breath. The results will appear in due time,whichisnotalwaysonourschedule…” 3. Clear direction and purpose: “…uncertainty complicateslifeandpreventsusfromlivingsimply...” 4. Understanding society´s desires and your own: “… do I need this and does it contribute to my life goals and priorities? ...” Complexity versus simplicity Professional and Life Coach 5. Civility: “…communicate our frustrations in a manner that is not violent and in doing so solve problems using compassion,compromiseandlove…” 6. Maturity: “…Behaving in a mature manner requires great self-discipline, self-examination and a desire to understand the world…” Although I find the list quite compelling, I believe I could add a few others elementsintothemixinordertohelpyoutodiveeven deeper into your own conclusions about complexity versus simplicity. 7. Mindfulness: “The intentional, accepting and non- judgmental focus of one’s attention on the emotions, thoughts and sensations occurring in the present moment (Zgierska 2009). Constantly practice to be in the here and in the now, connected to what you see, feel, hear, touch, right here, right now. 8. Profound curiosity: Curiosity will move you toward asking more and opening up a new space of understanding generating brilliant new insights and a new perspective for you to incorporate into your dailyactivitiesandrelationships. 9. Reconsider technology: In today´s, modern society is hard to deny the influence, benefits and convenience delivered by new technology. My invitation here is for you to consider, the importance of technology in your life. How much time are you devoting to it? How often have you visited, called, or contacted your friends and family versus simply hitting the “like button” on a social network? When it was the last time you hugged and kissed your dearest ones and told them face-to-face “I love you” or“Ireallylikeyou”or“ImissedyouSOmuch”versus adding little colored emoticons on WhatsApp or Facebook?Simplicityasformostthingsinlifeisvery simple but not an easy state of being to accomplish. Ihonestlyhopethatthearticleabovestimulatesyou and help you gain a new understanding of how you live your own simplicity. See you next time! Read more: http://www.thesimplyluxuriouslife. com/mastering-complexity-of-simplicity Arquivopessoal Thiago Azeredo
  33. 33. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p33 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 /Djoni Alexi Y o siempre me encuentro en frente a situaciones que exigen muchos niveles de relacionamiento, desde la “tía” de la limpieza y café hasta los directores o presidentes de grandes compañías. ¿Es una cuestión de perfil? Creo que sí, pero pienso que todas las personas pueden desarrollar esta habilidad, que es natural, somos individuos aptos a lacolectividad.Creo que es algo que viene del corazón, de la pasión por el trabajo y por las personas. En mi día-día y en mis viajes, hablo de manera igual y con tratamiento igual a todas las personas. Del chofer del taxi a los directores o personas con quien hago los proyectos. Pero eso es algo mío. Gracias a mis papás y la educación que me dieron y gracias a empezar a trabajar muy joven (desde los 15 años, formalmente), yo fui aprendiendo que todas las personas son iguales. Todos somos una gran familia! Tal vez ahí esté el éxito de mis proyectos: tratar a las personas cómo me gustaría que me tratasen a mí. Simples así. La vida es muy preciosa, cabe a ti saber cómo la quieres pasar. Yo suelo decir que no tengo clientes, tengo amigos. La vida es llena de personas con quien La simplicidad de un relacionamiento de lujo Executivo de Vendas para América Latina na Schattdecor puedes disfrutar momentos muy agradables, de trabajo, de relax, de felicidad, de problemas, de stress... pero amigos, esto es vivir! Hayquetenerencuentaquelostemastratadoscon los directores en las reuniones, no son los mismos que tratamos con el chofer del taxi, por ejemplo. Perosivasconunasonrisayconelcorazónabierto, tienes la mitad del trabajo y del éxito garantizados. Cada vez más me doy cuenta de que las relaciones humanas son mucho más importantes que las relaciones de negocios. Los negocios son, nada más, que la consecuencia de los relacionamientos. Por eso tenemos que buscar siempre dar todo el soporte, la ayuda, las sonrisas, hacer el trabajo de manera impecable, calidad en el atendimiento, seguridad, confianza y amistad a todas las personas, independiente del nivel que están. Somos todos personas, con sentimientos y deseos. Las personas llegan y se van de las compañías, pero los contactos, los amigos, los recuerdos, se quedan para toda la vida! Hasta la próxima, y que 2015 sea un año lleno de felicidad a todos. Djoni Alexi Créditos:DCAtelierdaMemória
  34. 34. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p34 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Batel 24h Al. Dom Pedro II, 541 Cabral Munhoz da Rocha, 1059 Mueller Shop. Mueller - Piso Cinema Palladium Shop. Palladium - Piso L3 São José dos Pinhais Shop. São José - Piso L2 O melhor do teatro brasileiro está em Curitiba. E os melhores sabores do mundo estão no Babilônia. @babiloniagastronomia @babilonia24h/babiloniagastronomia
  35. 35. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p35 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015
  36. 36. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p36 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 SO M OSRESPO NSÁVEIS CO M ASOCIED ADE +55 (41) 3387.8950 Acesse www.pontopessoal.com.br
  37. 37. REVISTA DIGITAL PONTO PESSOAL /p37 NÚMERO 03/FEVEREIRO 2015 Seja voluntário do Programa Adotei um Sorriso. E descubra que não existe recompensa melhor do que a alegria. Adote um Sorriso. Seja voluntário da Fundação Abrinq. Você que é dentista, psicólogo, fonoaudiólogo, pediatra, nutricionista, oftalmologista e apaixonado pelo que faz pode fazer parte da equipe de voluntários da Fundação Abrinq e se dedicar a crianças e adolescentes que precisam de auxílio. A recompensa, não tenha dúvida, vem em sorrisos. Inscreva-se pelo www.fundabrinq.org.br/adotei Atuando no seu consultório ou dentro de organizações sociais, você vai fazer a diferença. AnuncioAdotei_18,5x12,3.indd 1 30/06/2014 09:42:09

×