Trabalho de ergonomia

375 visualizações

Publicada em

Trabalho de ergonomia

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de ergonomia

  1. 1. Adriana Arezes Andreia Ferreira Tiago Dantas
  2. 2.  É uma forma de pensar e planear o trabalho, adequando-a às capacidades e necessidades das pessoas que o realizam. ADAPTAR
  3. 3.  O conforto;  A segurança;  O Bem-estar dos trabalhadores
  4. 4.  Está relacionada com as características da anatomia humana, antropometria, fisiologia e biomecânica em sua relação a atividade física.  Exemplo: posturas, manuseio de materiais, movimentos repetitivos.
  5. 5.  Pretende analisar o impacto que esses processos têm na interação do ser humano e outros elementos dentro de um sistema.  Carga mental de trabalho, tomada de decisão, interação homem-computador, stress, treinamento, qualificação e confiabilidade
  6. 6.  Concerne à otimização dos sistemas sócio técnicos, incluindo suas estruturas organizacionais, políticas e de processos.
  7. 7.  Imobilização de parte do esqueleto em determinadas posições, solidárias umas com as outras, sobre o efeito de uma actividade muscular.
  8. 8. Postura com tronco inclinado(sentado/pé) De pé no lugar Postura sentada(sem apoio para as costas) Postura de mão forçada em objetos (ex: comandos ou ferramentas) Braço estendido (frente, lados ou para cima) Região lombar, desgaste dos discos invertebrais. Pés e pernas, eventualmente varizes Musculatura distensora das costas Antebraço inflamações das bainhas e tendões Ombros e braço, eventualmente periatrite dos ombros
  9. 9. 25% 24% 24% 11% 9% 7% Problemas Nas pernas e nos pés Costas Dores de cabeça Orgãos digestivos e fígado Reumatismo, artrites, nevralgias Nervosismo
  10. 10. o Baixa solicitação da musculatura dos membros inferiores, reduzindo assim a sensação de desconforto e cansaço; o Possibilidade de evitar posições forçadas do corpo; menor consumo de energia; o Adopção de posturas desfavoráveis; o Retenção sanguínea nos membros inferiores, situação agravada quando há compressão da face posterior das coxas contra a cadeira, se esta estiver mal posicionada.
  11. 11.  Má concentração - erros, perca na produtividade;  Má produtividade - mau desempenho - atritos com chefia;  Alterações da saúde física - dores musculares;  Alterações da saúde mental - stress, irritabilidade, etc.
  12. 12.  Cerca de 25% de todas as lesões que ocorrem estão diretamente relacionadas com o levantamento, transporte e deslocação de materiais.
  13. 13. o Aumento do número de acidentes e incidentes; o Elevada incidência de traumatismos músculo- esqueléticos; o Aparecimento de patologias: Lumbagos, lombalgias, hérnias discais , ciática e fadiga.
  14. 14. o Carga mal posicionada, manipulada a grande distância do tronco ou com flexão / torção do tronco; muito pesada ou difícil de agarrar o Inexistência de espaço suficiente para o trabalhador se movimentar juntamente com a carga; o Movimentação da carga a alturas inapropriadas ou adotando posturas incorretas;
  15. 15. o Pavimento degradado com desníveis; o Ponto de apoio instáveis – ex.: existência de tapetes ou carpetes não fixadas ao chão;

×