Abordagens comparativas

1.691 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.691
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abordagens comparativas

  1. 1. Abordagens Comparativas Pesquise e compare, reflita... Tradicional Comportamen- Humanista talistaGerais -conduzir o aluno até o contato com as grandes -primazia do -enfoque no realizações da humanidade; objeto(empirismo) sujeito,como o -ênfase aos modelos,aos especialistas e ao professor -conhecimento principal como elaborador do descoberta, algo conhecimento dado do mundo humano; exterior; -ênfase às -ciência: como relações tentativa de interpessoais, à descobrir a vida ordem na psicológica e natureza e nos emocional; eventos. -preocupação com o auto- conceito; -professor facili- tador; -conteúdos advém das próprias experiências dos alunos.Homem Tradicional Comportamental Humanista -inserido no mundo que irá conhecer através de -é conseqüência -situado no informações que lhe são fornecidas; das influências mundo; -receptor passivo. ou forças -não existem existentes no modelos pron- meio ambiente; tos nem regras a -controle da seguir, mas um situação processo de vir a ambiental pelo ser; sujeito, para que -se apresenta ele se torne auto- como um projeto controlável e perma- auto-suficiente; nente e inaca- -pode ser bado, em controlado e constante pro- manipulado. cesso de atua- lização; -pressuposto que a pessoa pode crescer e desenvolver-se.
  2. 2. Mundo Tradicional Comportamenta Humanista -realidade transmitida pe- -já é construído e o -papel funda- lo processo da educação, família e igreja homem é produto mental de criar -é externo ao indivíduo. do meio. condições de expressão para a pessoa, pleno desenvolvimento de seu potencial inerente; - é algo produzi- do pelo homem diante de si mesmo.Sociedade Tradicional Comportamental HumanistaCultura -visão individualista do processo edu- -ideal é a que -não trata espe- cacional; implica num cificamente da -diploma:hierar- planejamento social sociedade; quização do indivíduo num contexto social; e cultural; -preocupação - educação bancária; -cultura: repre- com o indivíduo, -visa a perpetuação. sentada pelos usos confiança no e costumes homem e no pe- dominantes (re- queno grupo; forçados na medida -não aceita em que servem ao projeto de pla- poder). nificação social, o controle e a manipulação das pessoas.Educação Tradicional Comportamental Humanista -produto, modelos já pré- -intimamente -centrada no estabelecidos; ligada à aluno; -ausência de transmissão -finalidade: criar ênfase no processo; cultural; condições que -papel de ajus- -finalidade básica facilitem a tamento social. :promover aprendizagem; mudanças nos -objetivo: liberar indivíduos; a capacidade de -implicam auto aquisição de novos aprendizagem comporta- para o mentos e / ou desenvolvimento modificações dos já intelectual e existentes; emocional; -indivíduo não -valorização da participa das busca da decisões autonomia em curriculares; oposição à
  3. 3. -comportamento heteronomia; moldado a partir da _autodescoberta estimulação e firmar a externa. autodeterminaçã oEscola Tradicional Comportamental Humanista -lugar onde se realiza a educação; -atende aos -deve respeitar a -restringe-se a um processo de transmissão de informações; objetivos de caráter criança tal qual é -defesa de um ambiente austero; social; -oferecer condi- -faz parte da vida, (e não sendo a vida). -considerada ções para que agência possa desenvol- educacional e visa ver-se em seu adotar formas de processo de vir a controle, de acordo ser; com os -possibilitar a comportamentos autonomia do que pretende aluno. instalar e manter.Ensino- Tradicional Comportamental HumanistaAprendiza- -ênfase dada às situações de sala de aula; -ensinar é igual a -dirigir a pessoagem -aprendizagem considerada como um fim em si mesmo; arranjo e à sua própria -decorrência: ignora-se as diferenças individuais; planejamento de experiência pra -verbalismo; reforço; estruturar-se e -artificialismo dos programas que não facili- -aplicação do agir; tam a transfe- método científico -método não rência da apren- -não há modelos ou diretivo; dizagem; sistemas ideais de -aprendizagem -organização de um ensino pre- instrução; significativa, dominantemente dedutivo, com o sujeito tendo um papel -aprendizagem é a pois envolve toda insignificante na elaboração e aquisição dos conhecimentos. mudança de uma a pessoa. tendência comportamental, resultante de uma prática reforçada.Professor- Tradicional Comportamental HumanistaAluno -relação vertical : professor detêm o poder decisório quanto a -professor: -professor: metodologia, conteúdo e avaliação; responsabilidade de facilitador da -professor= planejar e aprendizagem; mediador entre cada aluno e os modelos culturais. desenvolver o -aluno: respon- sistema de sabiliza-se pelos aprendizagem; objetivos refe-
  4. 4. -aluno: controle do rentes à apren- processo de dizagem que tem aprendizagem. significado para ele.Metodolo- Tradicional Comportamental Humanistagia -aula expositiva, conteúdos prontos, alunos ouvintes; individualização do -clima favorável -motivação: ex- ensino, ao trínseca (depen- especificação dos desenvolvimento derá de caracte- objetivos, controle das pessoas; rísticas pessoais do professor ); das contingências, -as informações -assunto tratado é terminado com a conclusão do professor, respeito ao ritmo devem ser signi- pro- individual de cada ficativas para os longando-se apenas através de exercícios de repetição, apli- aluno; alunos e cação, recapitu- -baseado na percebidas como lação; competência; mutáveis; -privilegia-se o verbal, raciocí- -grande ênfase á -pesquisa do nio abstrato e atividades intelectuais. programação: conteúdo será Instrução feita pelos Programada. alunos.Avaliação Tradicional Comportamental Humanista -visa a exatidão da reprodução do conteúdo comunicado em -visa a constatar se -auto avaliação sala de aula; o aluno aprendeu e -desprezo por -os meios de avaliação passam a ter um fim em si Abordagens atingiu os objetivos qualquer Comparativas propostos; padronização de -momentos: pré- produtos de testagem, no aprendizagem. decorrer do processo e ao seu final.
  5. 5. Principais Durkein Skinner RogersAutores Alain Mager Neill E. Chartier Prophan Mahoney Gerlach Combs Briggs E. Fromm Glaser Papay Popper

×