Anedotas da escola

2.227 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.227
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anedotas da escola

  1. 1. -Mamã , mamã ! Na escola chamaram-me mentiroso! -Está caladinho que ainda não andas na escola!
  2. 2.  -João, indica no mapa onde fica o Brasil - pede a professora. O João dirigiu-se ao mapa de parede e apontou o sítio correcto. -Muito bem ! Agora Manelinho, diz-me quem descobriu o Brasil? -Foi o João.
  3. 3.  A Ana levou a Bíblia da avó para a aula de Educação Moral e Religiosa. Estava a folhear as páginas quando caiu qualquer coisa do livro. Era uma folha de árvore muito antiga, que tinha estado prensada entre as páginas. -Professor – disse ela – encontrei o vestido do Adão!
  4. 4.  -Menino Manelinho, quais são os meses mais curtos do ano? -Os meses das férias, senhor professor.
  5. 5.  O professor vira-se para um aluno: -Diga-me o nome de cinco coisas que contenham leite, se faz favor. -Essa é muito fácil, senhor professor. Um queijo e quatro vacas.
  6. 6.  A mãe está a deitar o seu filho: -Mamã, na escola os meus amigos estão sempre a chamar-me extraterrestre! -Não ligues, filho. Agora, fecha os teus três olhinhos e dorme.
  7. 7.  Diz o professor da quinta: -Acha bem menino Ouriço tirar zero no teste? O Gatinho desata a chorar. -Ó menino Gatinho, porque é que está a chorar pela nota do seu colega ?- pergunta o professor. -Porque copiei tudo pelo Ouriço!
  8. 8.  Na escola, o professor atende o telefone: -Senhor professor, era para avisar que o Pedrinho está doente e não vai poder ir hoje á escola. -Ai sim? Mas com quem estou a falar ao telefone? -É o meu pai, senhor professor.
  9. 9.  O professor perguntou ao Carlinhos: -Na frase:”O homem morreu” onde está o sujeito? -No cemitério.
  10. 10.  A professora pediu á turma para que cada aluno trouxesse um objecto eléctrico e depois explicasse a sua função. No dia seguinte o Luís é o primeiro a mostrar: -Trouxe um leitor de MP3.Serve para ouvir músicas. -Muito bem. E agora, o próximo pode ser…ali a Elsinha. Não estou a ver nada na tua carteira. Esqueceste-te? -Não, está ali no corredor porque não cabia na porta. Levantam-se todos e dirigem-se ao corredor. -É uma máquina de ventilação de coração e pulmões, que os médicos usam no hospital. -Ahh! E os teus pais não disseram nada por trazeres isso? -Não foi aos meus pais que eu pedi emprestada, mas á minha avó, que começou a gritar: -Socorro! Aiiiiiiii!
  11. 11.  A professora de Português percebe que o Manelinho está desatento, a fazer desenhos no caderno: -Manelinho, diz-me dois pronomes! -Quem? Eu? -Muito bem! Agora presta atenção á aula.
  12. 12. A mãe está preocupada com o filho que ainda não setinha levantado para ir para a escola:-Levanta-te e toma o pequeno-almoço!-Não! – respondeu o filho. – Eu não quero ir para aescola! Os meninos são maus para mim, os professoresnão gostam de mim e os almoços são uma porcaria!Porque é que sou obrigado a ir?-Porque tens 48 anos e és o Presidente do ConselhoDirectivo!
  13. 13. -Rodrigo, quantos corações temos?-Dois, senhor professor.-Dois?-Sim, o meu e o seu!
  14. 14. O professor da Real Escola e Caça do rei D.João II andava pela floresta com alguns alunos, quando reparou em várias árvores. Tinham um alvo pintado com uma seta espetada no centro.-Que arqueiro magnífico! – diz o professor.-Quem será? Mais adiante, encontrou um pequeno rapaz com um arco e uma flecha.-Foste tu quem acertou com as setas nos alvos?-Sim senhor! Disparei-as a trinta passos das árvores!-Fantástico! Exclamou o professor. Convido-te a seres o professor – mor da Escola Real de Caça!O rapaz agradeceu tamanha honra. -Mas diz-me só uma coisa. Como te tornas-te um arqueiro tão magnífico, que acerta sempre no centro dos alvos?-É fácil. Primeiro disparo a seta para a árvore depois pinto o alvo á volta.
  15. 15.  Pai, hoje expulsaram-me da escola. - Expulsaram-te ? O que fizeste? - Pus dinamite na cadeira da professora… O quê! Vai já á escola pedir desculpas á professora! Qual escola ?
  16. 16.  - O que é que um termómetro e um professor têm em comum? - Toda a gente fica a tremer quando marcam zero.
  17. 17.  Depois das aulas, Raquel chega a casa. A mãe aproxima-se e pergunta-lhe com um ar satisfeito: - Sabes, filha, a tua professora também foi a minha! Ela nunca te falou de mim? - Já, já, mãezinha! Está-me sempre a dizer: “Pareces mesmo a palerma da tua mãe…”
  18. 18.  Pergunta o professor: - Menino Manelinho, sabe quem foi o primeiro rei de Portugal? - O professor sabe? -É claro que sei! - Então porque é que pergunta?
  19. 19.  -Mamã, mamã! Hoje na escola chamaram-me mafioso! -Não te preocupes, filho. Amanhã eu vou lá tratar do assunto. -Boa mamã! Mas faz com que tudo pareça um acidente…
  20. 20.  O Manelinho não foi ás aulas de manhã porque teve de ir a uma consulta médica com a Mãe. No consultório, uma senhora grávida sentou-se ao seu lado. - Porque é que tem uma barriga tão grande? – perguntou – lhe. - Porque tenho lá dentro um bebé. O Manelinho começa a chorar: - Mamã, esta senhora comeu um menino…
  21. 21.  - Menino Luís conjugue o verbo andar no presente do indicativo. - Eu ando, tu andas… - Mais depressa, Luís. - Eu corro, tu corres…
  22. 22.  - Menino Zezinho, o que é a matéria? - Matéria é tudo aquilo que eu não sei!
  23. 23.  -Manelinho, já corrigi o teu trabalho de casa – diz a professora. -Porque é que só fizeste 3 dos 8 exercícios que marquei? -Era para a professora não perder muito tempo a corrigi-los!
  24. 24.  -Quem quer ir para o céu? – pergunta a professora. Todos levantam o braço menos o Zezinho. -Zezinho, então não queres ir para o céu? -Não. A minha mãe disse – me que quando saísse da escola fosse direitinho para casa.
  25. 25.  O professor pediu á turma para escreverem, com a ajuda dos pais,tr

×