Projeto interdisciplinar

552 visualizações

Publicada em

Ed. infantil

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
552
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto interdisciplinar

  1. 1. Educação Infantil<br />GRUPO AÇÃO EDUCATIVA<br />Adriana Teixeira<br />Bruno Gawyrszewsky<br />Daniele Rosa<br />Elane Neves<br />Maria Margarida Avelar<br />Monica Rocha<br />Entrevista com a Prof.ª Regina Couto<br />Tutora do Programa Proinfantil<br />SME/MEC<br />Prof.ª de Geografia da E. M. França<br />Trabalho de campo<br />realizado na Creche Municipal Guaraciara<br />
  2. 2. ENTREVISTA<br />GR: O que é o Proinfantil?<br /> RC: É um curso à distância na modalidade Formação de Professores, para profissionais em exercício (agentes auxiliares exercendo função docente) nas creches e pré-escolas da rede pública municipal comunitárias ou conveniadas.<br />GR: Qual a dinâmica dessa qualificação?<br />RC: O tutor é encarregado pelo acompanhamento da formação em Fundamentos da Educação e Organização do Trabalho Pedagógico, observando em encontros quinzenais e nas visitas semanais às creches, o desenvolvimento dos cursistas.<br />RC: É atribuição do tutor orientar e acompanhar a prática pedagógica com as crianças ,a partir do embasamento teórico que recebem , bem como orientar e auxiliar na correção dos cadernos, portfólios e projetos.<br />
  3. 3. Entrevista<br />RC: E também em brincadeiras com elementos da natureza, como a água, areia, frutas, legumes e hortaliças; algumas creches possuem pequenas hortas. Também através de músicas e da contação de diferentes tipos de histórias.<br /> À medida que vão trabalhando com isso, os pequenos adquirem informações sobre o mundo e constróem seu conhecimento sobre a natureza e o espaço que os cerca.<br />Gr: Como é a rotina dessas unidades escolares?<br />RC: A rotina se constitui de diferentes momentos <br />privilegiando a disposição das crianças nas diversas partes do dia; alguns momentos calmos, outros ativos . Trabalhos individuais , em pequenos e em grandes grupos.<br />Gr: E o trabalho voltado para Natureza e Sociedade,como é realizado?<br />RC: Pela exploração do ambiente , observando<br /> animais , vegetais, pedras, enfim, materiais a<br />serem explorados pelos sentidos.<br />
  4. 4. ENTREVISTA<br />GR: Como é trabalhada a educação para a formação de valores?<br /> RC: Pelo diálogo, mediando os conflitos normais do cotidiano, desenvolvendo os valores e atitudes que gerem a igualdade de direitos, mesmo na diversidade das culturas.<br /> GR: Acontecem situações de bulling nas creches?<br /> RC: O relacionamento entre crianças na creche é geralmente conflituoso, porque ainda estão na idade das mordidas, do egocentrismo. Muitas vivem um ambiente violento em casa, mas não soube, até agora, de nenhum caso de bulling.<br />GR: A que estratégias os docentes costumam recorrer para o desenvolvimento da consciência crítica das crianças?<br />RC: A roda de conversa é uma oportunidade para falar de problemas que surgem no cotidiano; na contação de histórias, e, em vários momentos, pela conversa individual, quando uma intervenção for necessária. O diálogo é fundamental.<br />
  5. 5. Relatório da observação<br />Observamos uma turma de EI de 4 anos, da Creche Municipal Guaraciara, que atende à crianças da Comunidade Morro do Sossego, no bairro de Madureira, em duas oportunidades.<br />A sala é arrumadas em vários cantinhos , e num dos dias, os alunos apresentavam dificuldades de se autoregularem. Percebendo essa questão, a professora trabalhou com o tema violência de forma bem apropriada, utilizando a estratégia da contação de história, através da leitura do livro “Pinote, o fracote , Janjão, o fortão. Mediou de forma pontual para que o grupo não se dispersasse e não se desviasse do tema proposto: como lidar com o colega brigão. <br />
  6. 6. A escolha do livro como ponto de partida para desenvolver o tema foi bem acertada, pela utilização da linguagem literária , bem como a sequência dada: roda para debate e reflexão ,dramatização, desenhos ou recortes sobre o que cada criança entendeu da história.<br />Como avaliação, a criação de regras de convívio entre o grupo foi muito enriquecedora.<br />Com estas atividades , a professora oportunizou momentos de cooperação , ampliação do relacionamento social , criação, estética, etc. Suas intervenções os levaram a refletir sobre os seus próprios comportamentos para com os colegas e a gerarem regras para o grupo.<br />Percebemos que a professora manteve o domínio do grupo e que seu planejamento foi muito consistente , no sentido de formar cidadãos mais reflexivos e críticos , para a formação de um mundo melhor.<br />
  7. 7. Em outra oportunidade, acompanhamos o desenvolvimento inicial do projeto<br />“Brincando com os animais”.<br />A sensibilização ocorreu naturalmente, quando uma menina em período de adaptação , levou para a escola o patinho, filhote, que havia ganhado.<br />Percebendo a euforia e a comoção da turminha, a professora cantou com eles “Dois patinhos na lagoa, promovendo a partir daí o início do projeto, formalizado posteriormente. De acordo com seu planejamento ( gentilmente enviado pela web) o objetivo geral é atender aos conteúdos Natureza e Sociedade, através de brincadeiras como cabra-cega, por exemplo ; músicas que imitem sons dos animais; histórias . Com essas estratégias conhecerão as principais características de diversos animais e a sua importância para o meio ambiente.<br />

×