Educação Física X Deficiência Física

16.287 visualizações

Publicada em

O papel da educação física adaptada junto aos profissionais da área de saúde com pacientes que apresentam deficiência física, pela Profa. Vera Baruki. Apresentação no Simpósio de Neurociência e Reabilitação 2008, em Campo Grande - MS, realizado pela Adone e Unepe.

Publicada em: Saúde e medicina
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.287
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
185
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
290
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação Física X Deficiência Física

  1. 1. O papel da Educação Física Adaptada junto aos profissionais da área da saúde com pacientes que apresentam Deficiência Física Prof Msc Vera Lícia de Souza Baruki Docente do Curso de Educação Física UCDB
  2. 2. O PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA <ul><li>É especialista em atividades físicas nas suas diversas manifestações; </li></ul><ul><li>Ampliação do mercado de trabalho; </li></ul><ul><li>Resolução 218/97 do Conselho Nacional de Saúde; </li></ul><ul><li>Regulamentação da profissão </li></ul><ul><li>(lei 9696/98); </li></ul>
  3. 4. Considerações O enfoque muda da visão apenas biológica e anatômica para uma visão mais abrangente com iguais oportunidades, associadas aos direitos humanos/sociais
  4. 5. A EFA PRIORIZA <ul><li>AUTONOMIA : capacidade de governar por si mesmo, liberdade ou independência moral ou intelectual; </li></ul><ul><li>INDEPENDÊNCIA : condição de quem está livre de qualquer dependência ou sujeição, caracterizado pela autonomia. </li></ul>
  5. 8. Atividades realizadas dentro da EFA <ul><li>Esporte </li></ul><ul><li>Lazer </li></ul><ul><li>Atividades físicas </li></ul><ul><li>Outras </li></ul>
  6. 9. Componentes advindos da prática de uma atividade física <ul><li>Promoção de estilo de vida saudável e meio ambiente saudável; </li></ul><ul><li>Prevenção de complicações de saúde (condições médicas secundárias) e outras complicações da deficiência; </li></ul><ul><li>Preparação da pessoa com deficiência para compreender e monitorar a própria saúde e necessidades de cuidados especiais; </li></ul><ul><li>Promoção de oportunidades para participação em atividades diárias comuns . </li></ul>
  7. 10. Trabalho na água <ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Orgânico – Capacidade funcional de diversos sistemas; </li></ul><ul><li>Neuromuscular – Desenvolvimento perceptivo-motor; O aprendizado do equilíbrio </li></ul><ul><li>Social – a interação com os outros; </li></ul><ul><li>Emocional – Deixar alguns dispositivos para se locomover. Viver com o máximo de êxito possível as suas experiências corporais. </li></ul>
  8. 12. Bocha <ul><li>A Calha ou rampa serve como fixador da bola na calha quando da impossibilidade de fixar com as mãos ou com qualquer outra parte do corpo, até o momento de direcionar a bola para o local desejado, soltando-a assim pela calha na direção ajustada </li></ul>
  9. 14. Antena utilizada por atleta americano
  10. 15. Atletas com os seguintes diagnósticos e os perfis abaixo podem ser elegíveis para a Classe BC4 <ul><li>Ataxia de Friedrich </li></ul><ul><li>Distrofia Muscular (força mais próxima menor que 60%) </li></ul><ul><li>Esclerose múltipla </li></ul><ul><li>AVE </li></ul>
  11. 16. <ul><li>Lesão medular de C5 e acima; </li></ul><ul><li>Espinha Bífida com envolvimento da extremidade superior; </li></ul><ul><li>Outras condições semelhantes que resultem em problemas de força e coordenação; </li></ul><ul><li>C4 – Indivíduos com uma diplegia de moderada a severa com boa força funcional e limitações e problemas de controle mínimos nas extremidades superiores e no tronco. Normalmente é escolhida uma cadeira de rodas para a prática esportiva. </li></ul>
  12. 17. <ul><li>C5 – Indivíduos com diplegia ou triplegia moderada, que podem necessitar de alguns artifícios para auxiliar a sua deambulação, mas não necessariamente quando estão parados em pé ou arremessando objetos. Podem ocorrer problemas com o equilíbrio dinâmico. </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Hoje o profissional de Educação Física entende que a sociedade mudou e com ela alguns paradigmas foram quebrados. Portanto hoje ele deve... </li></ul>
  14. 19. <ul><li>“ OLHAR O MUNDO COM A CORAGEM DO CEGO LER DA TUA BOCA AS PALAVRAS COM A ATENÇÃO DO SURDO e FALAR COM OS OLHOS E AS MÃOS COMO FAZEM OS MUDOS. “ ( Cazuza) </li></ul>
  15. 20. <ul><li>OBRIGADA! </li></ul>

×