Estratégia alvaro borges

581 visualizações

Publicada em

Resumo do livro "Estratégia, do planejamento à execução" de Max McKeown

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estratégia alvaro borges

  1. 1. Estratégia: do planejamento à execução Baseado no livro homônimo de Max McKeown Adm.: Álvaro Borges
  2. 2. O conceito de estratégia
  3. 3. O que é estratégia? “A estratégia pode moldar o futuro. É por isso que nos interessamos tanto por ela. E essa é a melhor definição de estratégia que posso lhe oferecer. Mas, para um estrategista, ela também pode ajudar a entender o que é ou não é estratégia. Você não precisa ter um doutorado ou um MBA. Mas é útil estar bem informado sobre isso.”
  4. 4. Estratégia antiga 508 ac
  5. 5. Estratégia corporativa Alfred Chandler Henry Mintzberg Michael Porter
  6. 6. Batalha teórica
  7. 7. Perguntas de equilíbrio entre as abordagens • O que você está fazendo no momento? • Como está em comparação a seus concorrentes? • Onde você quer chegar? • Como você pode criar algo que as pessoas querem?
  8. 8. Que tendência seguir?
  9. 9. Dever de casa • Analise se sua companhia tem uma abordagem mais analítica ou criativa e veja qual é a mais adequada para o ambiente que você está lidando. • Inclua a discussão das abordagens em uma reunião da equipe. Apresente para eles o conceito e como isso pode ser utilizado.
  10. 10. SIMULADO • Onde surgiu pela primeira vez o termo estratégia? • Em que ambiente ele foi adotado? • Que livro oriental antigo é lido até hoje por abordar o tema? • Quais autores que valorizavam a análise e o planejamento? • Que autor ignorava o planejamento, preferindo a adaptação? • Quais são os dois tipos de abordagem? • Qual é a mais adequada para o ambiente dinâmico e qual é para o ambiente estável?
  11. 11. Formato do curso Parte 1 – Seu eu estratégico Parte 2 – Pensando como estrategista Parte 5 – Fazendo sua estratégia funcionar Parte 3 – Criando sua estratégia Parte 4 – Vencendo com estratégia Parte 6 – O kit de ferramentas do estrategista
  12. 12. 1 - Seu eu estratégico
  13. 13. O que é mais importante em uma estratégia?
  14. 14. Para moldar o futuro... Planejamento Reação Raciocínio
  15. 15. Perguntas-chave de estratégia • O que queremos fazer? • O que achamos possível? • O que precisamos fazer para atingir nossos objetivos? • Quando devemos reagir a novas oportunidades e adaptar nossos planos?
  16. 16. Em que contexto estamos?
  17. 17. Desafio: evitar o planejamento de cima para baixo
  18. 18. Sucesso: participação e adaptação
  19. 19. Pense antes de planejar Pronto é melhor que perfeito
  20. 20. Início Fim 1 – Pensamento imaginativo, aberto, divertido e apaixonado 2 – Planejamento
  21. 21. O segredo de uma empresa de sucesso Planejar Fazer Pensar
  22. 22. Algumas questões sobre nosso planejamento • Quanto tempo você investiu em pensar sobre estratégia? • Quantas opiniões considerou antes do plano ser redigido • Como evitar que o pensamento por trás do plano seja sempre posto em questão? • Quanto tempo passou explorando tendências, possibilidades e coisas interessantes? • Quanto tempo passou experimentando ideias, esperanças e sonhos?
  23. 23. Pensar sobre estratégia não é para poucas pessoas! • A equipe toda está participando de maneira ativa nas sessões de geração de ideias? • Departamentos e funções diferentes estão incluídos? • A organização completa está incluída no processo de geração de ideias? • Pessoas de fora da organização (e clientes) estão incluídos?
  24. 24. Tornando-se um pensador estratégico
  25. 25. Perguntas a se fazer • Por que não mudar as regras? • Por que fazemos o que estamos fazendo? • Por que ficamos felizes (ou não) com o status quo? • Por que não fazer algo (completamente) diferente? • Por que nosso plano vai funcionar (ou falhar)?
  26. 26. O poder do pensador estratégico
  27. 27. Quando os pensadores estratégicos são mais desejados?
  28. 28. Checklist pro dia-a-dia • Como sua indústria ou setor funciona? • O que é sucesso para a sua organização? • O que seria preciso para você fazer dez vezes melhor? • Qual é a questão básica mais importante que você enfrenta? • O que você faria se não tivesse limitações? • Quantas dessas limitações são reais? • O que as pessoas mais velhas, mais jovens, mais ricas e mais pobres estão fazendo?
  29. 29. Vendendo sua estratégia
  30. 30. Para uma executar em uma organização uma ideia... Isso é bom... Isso é indispensável e essencial...
  31. 31. Perguntas-chaves • O que sua ideia precisa para funcionar? • Quais problemas a sua empresa quer que sejam resolvidos? • Qual é o processo de planejamento estratégico formal na sua organização? • Como fazer para que suas ideias obtenham apoio e financiamento? • Como é o processo de tomada de decisão informal? • Qual a melhor hora para vender suas ideias estratégicas?
  32. 32. Comece com pelo seu setor...
  33. 33. 2 - Pensando como estrategista
  34. 34. Reagir é tão importante quanto planejar Hum?
  35. 35. Quando surgir um problema, se pergunte: • Esse problema nos permite começar de novo e fazer melhor? • O que podemos fazer hoje que era impossível ontem? • Nosso planejamento ainda está funcionando? • Como podemos tirar vantagem dos eventos?
  36. 36. “Qualquer tolo pode redigir um plano. A genialidade está em ver como os eventos abrem novas possibilidades para o plano velho.”
  37. 37. Ciclo de planejamento anual
  38. 38. Passam algum tempo (nem sempre suficiente) pensando o que querem realizar
  39. 39. Cria-se um documento com objetivos, prioridades e até tarefas Pronto! Nosso planejamento está completaço!
  40. 40. Algumas pessoas seguem o plano Esse plano é perfeito! Tem que ajudar, senão me colocam pra fora do cargo!
  41. 41. Dessa forma, restam algumas questões • O que acontece quando as suposições do planejamento estão erradas? • Como os funcionários desafiam essas suposições? • Quando o planejamento estiver completo, o plano estará defasado?
  42. 42. O perigo é que seguir o plano de maneira tão servil (sem responder aos eventos) pode orientar a empresa em uma direção errada! O plano certo pode se converter em algo errado devido à força dos eventos!
  43. 43. Algumas pessoas ignoram o plano... Esse planejamento é inútil!!!
  44. 44. As pessoas que não seguem... • Ignoram e não leem o plano. • Não acham que ele tem alguma coisa a ver com o dia-a-dia do seu trabalho. • Pode reagir aos eventos, mas a maneira como reagem raramente muda. • Entendem as limitações dos planos – as contradições, a ignorância e a falta de detalhes específicos, mas não entendem o poder de planos para moldar respostas aos eventos.
  45. 45. O perigo de não seguir nenhum plano é que as ações ficam fora de sincronia uma com as outras, o que pode travar qualquer plano que esteja funcionando ou impedir uma melhora no impacto que decorre de todos trabalharem juntos!
  46. 46. O tempo de resposta deve ser melhorado de maneira ativa!
  47. 47. CUIDADO!!! A reação individual, sem ser compartilhada, pode resultar em erro!
  48. 48. Quem se dá melhor com riscos?
  49. 49. Perguntas sobre riscos a responder... • Que riscos estão fora de seu controle direto? • Que riscos estão dentro do seu controle direto? • Como você pode lidar com as mudanças que estão fora do seu controle? • Como você pode antecipar mudanças externas?
  50. 50. ESTRATÉGIA OBJETIVOS BENEFÍCIOS RISCOS RECURSOS: Dinheiro Equipamentos Habilidades Comprometimento Processos Cultura
  51. 51. Analisando os riscos Dentro da organização • Quão exigentes são suas aspirações? • Os níveis de desempenho são altos? • Há disparidade entre desempenho e aspiração? • A alta gerência possui investimento no negócio? • Quantos recursos estão sobrando? • Que habilidades a organização tem? Fora da organização • Seu mercado é complexo ou simples? • As regras do mercado são estáveis, dinâmicas ou caóticas? • Os recursos são escassos ou abundantes? • O mercado está crescendo ou encolhendo? • Como a economia em geral está indo? • Há choques além do seu mercado?
  52. 52. Olhando sobre o ombro
  53. 53. Pergunte-se • O que sua concorrência está fazendo? • O que as melhores companhias do mundo estão fazendo? • O que outras companhias estão fazendo por você?
  54. 54. Thorsten Heins
  55. 55. Pergunte-se • O que você faria para melhorar o produto de seus concorrentes? • Qual é o segredo do sucesso deles? • O que seus concorrentes poderiam fazer para eliminá-lo? • Como você pode reagir diante do pior e do melhor que seus concorrentes conseguem fazer?
  56. 56. 3 - Criando sua estratégia
  57. 57. Olhe para frente
  58. 58. Olhe para trás
  59. 59. Olhe para fora
  60. 60. Olhe para dentro
  61. 61. Liderança em custo Significa que você pode produzir os bens ou o serviço a um preço menor do que qualquer outro concorrente.
  62. 62. Diferenciação Significa que você pode produzir bens ou serviços diferentes daquele dos seus concorrentes. Você pode aumentar os preços porque seus produtos são tão valorizados pelos clientes que eles vão pagar as diferenças.
  63. 63. Um exemplo de diferenciação
  64. 64. Foco De certa forma é um tipo de diferenciação, já que você se concentra numa parte do mercado e mantém outros concorrentes longe.
  65. 65. Por fim...
  66. 66. 4 - Vencendo com estratégia
  67. 67. Teoria dos jogos
  68. 68. Cartel na economia
  69. 69. Inovação como estratégia
  70. 70. Case Nordestão
  71. 71. Case Uniamericana
  72. 72. “Com uma estratégia inteligente, cada ação reforça a si mesma. Cada ação cria mais opções e vantagens, que são mutuamente benéficas. Cada vitória não é apenas para hoje, mas para amanhã. Considere a trajetória estratégica de seu plano e como cada parte pode proporcionar a base de sucessos futuros. Esse é o teste de estratégias criativas e progressivas”Max McKeown
  73. 73. Debate: Convença o investidor
  74. 74. Como fazer seu negócio crescer? • Como sua organização cresceu no passado? • Quão rápido ela vai crescer se as tendências atuais e a competição continuarem? • Qual é o motor da organização para o crescimento? • O que ela precisa para continuar crescendo? • Que organizações, mercados e produtos podem favorecer o crescimento?
  75. 75. Ampliando o horizonte do negócio • Mais complexidade • Novas leis • Outros costumes • Relacionamentos diferentes • Outros comportamentos de clientes • Outra língua
  76. 76. Atividade – Identificando pontos forte e criando o seu slogan O quê você faz bem??? O quê as pessoas pagariam para fazer??? O quê você nasceu para fazer?
  77. 77. 5 - Fazendo sua estratégia funcionar
  78. 78. Gerenciando o processo de estratégia Método GE Clientes Inovação Tecnologia Comercial Globalização Líderes
  79. 79. Reuniões estratégicas - Dicas • Planeje cada reunião no contexto da posição geral da companhia • Inicie conversas estratégicas antes da reunião • Consiga tempo suficiente para o tipo de reunião que você precisa • Assegure-se de que cada reunião termine com passos de ação específicos • Relaxe
  80. 80. Reuniões estratégicas – perguntas a serem feitas • Onde estamos agora? • Para onde vamos? • Para onde queremos ir? • Que mudanças precisam ser feitas? • Como as mudanças devem ser feitas? • Como devemos medir o progresso? • O que vem em seguida?
  81. 81. E depois de toda estratégia montada? • O que pode dar errado? • Como podemos reagir? • O que podemos fazer agora para nos preparar?
  82. 82. Um grande exemplo de estratégia errada
  83. 83. http://www.pontagrossa.com.br/34516/diversos/antibioticos-geram-pragas-mais-violentas- e-obesidade-diz-especialista/
  84. 84. 6 - O kit de ferramentas do estrategista
  85. 85. Perguntas estratégicas
  86. 86. As 5 forças de Porter
  87. 87. Case CAERN
  88. 88. Estratégias genéricas de Porter
  89. 89. Modelo de Dinâmica de Estratégia de Burgelman
  90. 90. Cadeia de Valor de Porter
  91. 91. Competências essenciais Competências Essenciais Percepção do ambiente externo Rotinas e receitas flexíveis Conhecimento Tácito Crenças e valores compartilhados Percepção das dinâmicas internas Percepção das dinâmicas competitivas
  92. 92. Espiral do conhecimento de Nonaka e Takeuchi
  93. 93. Planejamento de cenários 1. Compreenda 2. Antecipe 3. Aprenda 4. Desenvolva estratégia
  94. 94. Grade de crescimento de Ansoff
  95. 95. Grade de crescimento de Ansoff
  96. 96. Matriz BCG de Portfólio de produtos
  97. 97. Oceano azul de Kim e Mauborgne
  98. 98. Modelo de crescimento (e crises) de Greiner
  99. 99. Disciplinas de valor de Treacy e Wiersema
  100. 100. Análise de campo de força de Lewin
  101. 101. As oito fases da mudança de Kotter
  102. 102. Balanced Scorecard de Kaplan e Norton
  103. 103. Base da Pirâmide de Prahalad
  104. 104. Trabalho: Um modelo, uma estratégia
  105. 105. Obrigado! Comente! • Adm. Álvaro Leandro Borges • admborges@yahoo.com.br / alvaroborges@caern.com.br • Administrador na CAERN – Companhia de Águas e Esgotos do RN • Administrador e Especialista em Economia Solidária e Desenvolvimento Territorial pela UFRN

×