Adit brasil

291 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adit brasil

  1. 1. Florianópolis – SC06 de outubro | 2011
  2. 2. Quem está aqui hoje?
  3. 3. O que aprendemos?• Lidar com investidores e com o mercado financeiro• Comunidades planejadas e empreendimentos imobiliário- turísticos e de uso misto
  4. 4. No que acreditamos?• Não esperamos, nem reclamamos de ninguém.• Unidos podemos fazer muito. Desunidos somos presas fáceis.• Temos que ajudar o empresário brasileiro a tirar o máximo de proveito do novo momento• Possibilitar que os empresários brasileiros evitem cometer erros e possam replicar acertos através da troca de informações e de experiências
  5. 5. Porque existimos?• Servir como plataforma para a geração de negócios para nossos associados. A ADIT é business!• Capacitar, orientar e educar os empresários brasileiros a lidar com investidores e o mercado financeiro• Capacitar, orientar e educar o empresários sobre o desenvolvimento de comunidades planejadas, empreendimentos imobiliário-turísticos e de uso misto.
  6. 6. Porque existimos?• Orientar estrangeiros interessados no mercado imobiliário brasileiro• Ser um link entre empresários brasileiros e estrangeiros• Difundir pelo Brasil, e não somente nas grandes metrópoles, o acesso aos investidores e às informações• Promover o Brasil como destino de investimentos imobiliários e turísticos
  7. 7. Como fazemos isso?• ADIT Invest• Webinars• Seminários• Curso de capacitação• Cursos e consultoria in company• Rodadas de negócio• Missões técnicas• BIC – Brazil Investment Connection
  8. 8. Como fazemos isso?• Agência de investimentos• Pipeline de projetos• Gratuidades e descontos em eventos parceiros• Realização de road-shows e no exterior• Realização de road shows no Brasl• Estudos e pesquisas• Assessorias internacionais: Reino Unido, EUA, Espanha e Portugal• Segurança jurídica para o licenciamento ambiental• E muito mais...
  9. 9. E porque estamos aqui hoje?
  10. 10. Porque acreditamos que:“Comunidades planejadas – loteamentos, bairros e cidades” sãoa solução privada para a expansão e desenvolvimentosustentável do mercado imobiliário – Bom urbanismo – Dignidade para os moradores – Respeito ao meio-ambiente – Infraestrutura adequada – Oferta de lotes urbanizados (urbanização) – Criação de teias sociais e de senso de comunidade
  11. 11. Porque acreditamos que:“Comunidades planejadas - resorts” é solução privada para odesenvolvimento de destinos turísticos sustentáveis – Infraestrutura adequada – Respeito a cultura local – Integração e respeito ao meio-ambiente e à paisagem como ativo – Criação, promoção e divulgação de destinos turísticos
  12. 12. Porque acreditamos que:• “Comunidades planejadas” deveriam ser incentivadas pelo poder público. São parte da solução e não do problema.• “Comunidades planejadas” são uma resposta da iniciativa privada à falta de planejamento e capacidade de investimento do poder público• “Comunidades planejadas” são a solução para a necessidade de expansão da malha urbana e do setor imobiliário brasileiro• Que precisamos nos unir para que o poder público entenda isso
  13. 13. Porque acreditamos que:• Teremos um boom de comunidades planejadas nos próximos anos no Brasil• Alguém precisa criar terra urbanizada no Brasil.• Os empresários brasileiros não têm experiência nesse tipo de empreendimento, que é totalmente diferente da incorporação imobiliária tradicional• Conhecer in loco casos de sucesso: Jurerê e Cidade Pedra Branca• Necessidade de colocar em contato e gerar negócios entre os players deste segmento no Brasil• Necessidade de trocar experiências para evitar erros e replicar sucessos• Precisamos fazer um mix entre a realidade brasileira e a experiência internacional
  14. 14. O que nos ensina a experiência?• Ter em mente que o principal objetivo do master developer é valorizar as áreas remanescentes• Tem que ter vocação e pensamento de longo prazo• Reter a propriedade/controle dos equipamentos• Criar âncoras• Construir e operar a infraestrutura e o paisagismo• Nada tem um custo x benefício maior do que o paisagismo• Primeira impressão é fundamental (pórtico, paisagismo, sinalização, etc.)• Criar senso de lugar (placemaking)
  15. 15. O que nos ensina a experiência?• Evitar super-oferta e produtos concorrentes• Modelo de gerenciamento do empreendimento• Os empreendimentos comerciais precisam ser viáveis per si• Criar algum adensamento (nó social)• Investir em atividades pode ser melhor do que em equipamentos (Software x Hardware)• Ofertar diversos tipos de produtos, tanto em termos de tamanho e tipologia, como em termos de tipo de propriedade (plena, fractional, timeshare)• Cuidado com a formatação jurídica. Aí mora o perigo.
  16. 16. O que nos ensina a experiência? Resorts• Este é um negócio de criação de destino turístico• Tem que ter âncoras que gerem fluxo• Velocidade de vendas factível com a realidade, inclusive no lançamento• Muitas fases: diminui risco, adapta-se ao mercado e atrai investidores• É preciso ter expertise hoteleira para os serviços, mas também é preciso saber administrar condomínio para lidar com moradores• Tem que tirar o máximo de proveito da sinergia entre imobiliário e turístico• Aproveite a temporada para vender
  17. 17. Obrigado! Aproveitem! Felipe Cavalcantepresidente@adit.com.br www.adit.com.br

×