Pouca vergonha

186 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pouca vergonha

  1. 1. O Assassino do índio Pataxó agora é funcionário federal e ganha R$6.600,00 por mês
  2. 2. É o fim da picada... Assassino do índio Pataxó agora é funcionário federal! Bruno, o rapaz que matou o Índio Galdino queimado foi libertado, "passou" no concurso público e agora ganha R$ 6.600,00 por mês.
  3. 3. "Nomeado com louvor", este foi o título da reportagem do Correio Brasiliense do dia 22/12/02, a respeito da seguinte situação:
  4. 4. O filho do presidente do TJDF, Bruno (aquele marginalzinho que pôs fogo no índio pataxó), fez concurso público para o cargo de segurança (12 vagas disponíveis; salário de R$1.300,00; nível exigido 2º grau) e ficou em 65º lugar. Depois do resultado do concurso, o número de vagas aumentou para 70!
  5. 5. Após 12 dias no cargo, ele foi promovido a dentista do TJDF para ganhar R$ 6.600,00. O presidente do TJDF, o pai, juiz (?!) Edmundo Minervino, ainda teve a cara-de-pau de afirmar na entrevista: "Não houve ato ilegal nenhum".
  6. 6. Depois dessa vergonha toda, nós, cidadãos brasileiros, perguntamos: 1) Se Bruno é tão bom assim, por que não fez concurso para o cargo de dentista? 2) Por que aumentar o número de vagas exatamente para 70 ?
  7. 7. 3) Como estão se sentindo as outras pessoas que foram melhores colocadas que Bruno no concurso? Será que, algum dia na vida, estas pessoas vão ganhar R$ 6.600,00? E os outros profissionais que já estão trabalhando há mais tempo no TJDF? 4) O que se pode esperar de um país que tem na sua justiça um juiz federal com esse comportamento?
  8. 8. E mais duas perguntas que não querem calar: 1) Que julgamento foi esse, que pena foi essa que o assassino cruel de uma pessoa já cumpriu, já foi solto e até teve tempo de fazer concurso e tudo? 2) Assassinos podem fazer concurso público ?
  9. 9. O objetivo deste e-mail é tentar alcançar o maior número de pessoas possível para mostrar como o coronelismo e paternalismo ainda existem fortemente no serviço público brasileiro.
  10. 10. Tomara que este e-mail chegue até ao meritíssimo (?) Sr.Minervino ou ao Bruno ou, melhor ainda, a algum promotor de Justiça para impedir essa baixaria...
  11. 11. Faça um favor para o nosso BRASIL !!! Repasse este e-mail !!!

×