1
ANEXO AO VOLUME II
DIMENSÕES DEMOGRÁFICA E ECONÔMICA
1. LISTA DE MUNICÍPIOS DAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA DOS
EMPREENDIMENTOS ...
2
2. CRIAÇÃO E DESMEMBRAMENTO DOS MUNICÍPIOS
Quadro 1: Municípios do Sudeste Paraense; ano e origem de criação
Municípios ...
3
2.1 Diagrama de criação dos municípios da área de influência da CVRD
1980 1982 1988 1991 1993/94/95/96
Água Azul do Nort...
4
3. TABELAS RESULTADO DA ESTRUTURA AGRÁRIA DO SUDESTE PARAENSE – 1995
Tabela 1 – Estrutura da Economia de Base Agrária do...
5
Tabela 2 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Direta da CVRD no Sudeste Paraense: Matriz de Ins...
6
Tabela 3 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Indireta da CVRD no Sudeste Paraense: Matriz de I...
7
Tabela 4 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Periférica da CVRD (demais municípios) no Sudeste...
8
4. TABELAS ESTATÍSTICAS
Tabela 1: Estado do Pará, Sudeste Paraense e município das áreas de influência dos empreendiment...
9
Tabela 2: Estado do Pará, Sudeste Paraense e municípios das áreas de influência dos
empreendimentos da CVRD. Massa salar...
10
5. MATRIZES PARA OS DIVERSOS CENÁRIOS DE INVESTIMENTOS DA CVRD
Tabela 1ª: Estrutura da Economia do Sudeste Paraense. Ma...
11
Produção Intermediária
Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Alfa...
12
Tabela 1b – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta e Indireta (AID e AII) da CVRD: Matriz de Insumo-Produto...
13
Produção Intermediária
Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Alfa...
14
Tabela 1c: Estrutura da Economia da Área de Influência Direta da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2003, R$ 1.000.0...
15
Produção Intermediária
Economia Local
Economia Estadual /
Regional
Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Al...
16
Tabela 2a: Estrutura da Economia do Sudeste Paraense. Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004, R$ 1.000.000 correntes
Prod...
17
Produção Intermediária
Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Alfa...
18
Tabela 2b – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta (AID) e Indireta (AII) da CVRD: Matriz de Insumo-Produto...
19
Produção Intermediária
Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Alfa...
20
Tabela 2c – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004, R$ 1.000....
21
Produção Intermediária
Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional
Demanda Final
Produção
(Setores Alfa...
22
5.1 RESULTADOS DAS ESTIMATIVAS DOS IMPACTOS NAS VARIÁVEIS: VALOR DA PRODUÇÃO, VALOR
ADICIONADO, MARGEM BRUTA, MASSA SAL...
23
Tabela 3b: Matriz Inversa de Leon-Tief da Economia da Área de Influência Direta e Indireta* da CVRD com base na Matriz ...
24
Tabela 3c - Matriz Inversa de Leontief da Área de Influência Direta* com base na Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004
(...
25
Tabela 4a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVR...
26
Tabela 4b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos...
27
Tabela 4c – Evolução do impacto na Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando...
28
Tabela 4d – Evolução do impacto na Margem Bruta Total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, consider...
29
Tabela 4e – Evolução do impacto sobre a geração do emprego total (local e extra-local) derivados dos novos empreendimen...
30
Tabela 5a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVR...
31
Tabela 5b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos...
32
Tabela 5c – Evolução do impacto Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 75...
33
Tabela 5d – Evolução do impacto na Margem Bruta (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 7...
34
Tabela 5e – Evolução do impacto sobre a geração do emprego total (local e extra-local) derivados dos novos empreendimen...
35
Tabela 6a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVR...
36
Tabela 6b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos...
37
Tabela 6c - Evolução do impacto na Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando...
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale

365 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Municípios do Entorno dos Projetos Minerais da Vale

  1. 1. 1 ANEXO AO VOLUME II DIMENSÕES DEMOGRÁFICA E ECONÔMICA 1. LISTA DE MUNICÍPIOS DAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA DOS EMPREENDIMENTOS DA CVRD Área de Influência Direta: Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Ourilândia do Norte, Parauapebas e Tucumã. Área de Influência Indireta: Agua Azul do Norte, Bannach, Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Cumaru do Norte, Palestina do Pará, Pau D'Arco, Piçarra, Redenção, Rio Maria, São Domingos do Araguaia, São Félix do Xingu, São Geraldo do Araguaia, São João do Araguaia, Sapucaia, Xinguara. Demais Municípios do Sudeste Paraense: Abel Figueiredo, Breu Branco, Conceição do Araguaia, Dom Eliseu, Floresta do Araguaia, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento, Paragominas, Rondon do Pará, Santa, Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, Tucuruí, Ulianópolis. O Sudeste Paraense é composto por 39 municípios listados nestes três grupos acima.
  2. 2. 2 2. CRIAÇÃO E DESMEMBRAMENTO DOS MUNICÍPIOS Quadro 1: Municípios do Sudeste Paraense; ano e origem de criação Municípios do Sudeste Paraense: ano e origem de criação Município Ano de criação Município de origem Abel Figueiredo 1991 Bom Jesus do Tocantins Água Azul do Norte 1991 Parauapebas Bannach 1993 Ourilândia do Norte Bom Jesus do Tocantins 1988 São João do Araguaia Brejo Grande do Araguaia 1988 São João do Araguaia Breu Branco 1991 Tucuruí, Moju (NE) e Rondon do Pará Canaã dos Carajás 1994 Parauapebas Conceição do Araguaia 1920 Baião (NE) Cumaru do Norte 1991 Ourilândia do Norte Curionópolis 1988 Marabá Dom Eliseu 1998 Paragominas Eldorado do Carajás 1991 Curionópolis Floresta do Araguaia 1993 Conceição do Araguaia Goianésia do Pará 1991 Rondon do Pará, Jacundá, Moju (NE) e Tucuruí Itupiranga 1948 Marabá Jacundá 1948 Marabá Marabá 1913 Baião (NE) Nova Ipixuna 1993 Jacundá e Itupiranga Novo Repartimento 1991 Tucuruí, Itupiranga e Pacajá (NE) Ourilândia do Norte 1988 São Félix do Xingu Palestina do Pará 1991 Brejo Grande do Araguaia Paragominas 1965 São Domingos do Capim e Viseu (NE) Parauapebas 1988 Marabá Pau D'Arco 1991 Redenção Piçarra 1995 São Geraldo do Araguaia Redenção 1982 Conceição do Araguaia Rio Maria 1982 Conceição do Araguaia Rondon do Pará 1982 São Domingos do Capim Santa Maria das Barreiras 1988 Santana do Araguaia Santana do Araguaia 1961 Conceição do Araguaia São Domingos do Araguaia 1991 São João do Araguaia São Félix do Xingu 1961 Altamira (SO) São Geraldo do Araguaia 1988 Xinguara São João do Araguaia 1961 Marabá Sapucaia 1996 Xinguara Tucumã 1988 São Félix do Xingu Tucuruí 1947 Baião (NE) Ulianópolis 1991 Paragominas Xinguara 1982 Conceição do Araguaia Fonte: SEPOF-PA (www.sepof.pa.gov.br)
  3. 3. 3 2.1 Diagrama de criação dos municípios da área de influência da CVRD 1980 1982 1988 1991 1993/94/95/96 Água Azul do Norte (1991) Parauapebas (1988) Canaã dos Carajás (1994) Marabá (1913) Curionópolis (1988) Eldorado dos Carajás (1991) Cumarú do Norte (1991) Orilândia do Norte (1988) Bannach (1993) São Felix do Xingu (1961 - Altamira) Tucumã (1988) Palestina do Pará (1991) Brejo Grande do Araguaia (1988) São João do Araguaia (1961- Marabá) São Domingos do Araguaia (1991) Bom Jesus do Tocantins (1988) Abel Figueiredo (1991) Redenção (1982) Pau D'Arco (1991) Rio Maria (1982) Conceição do Araguaia (1920) Floresta do Arguaia (1993) Xinguara (1982) São Geraldo do Araguaia (1988) Piçarra (1995) Sapucaia (1996) Área de Influência Direta Área de Influência Indireta Fora da área de influência
  4. 4. 4 3. TABELAS RESULTADO DA ESTRUTURA AGRÁRIA DO SUDESTE PARAENSE – 1995 Tabela 1 – Estrutura da Economia de Base Agrária do Sudeste Paraense: Matriz de Insumo-Produto CSα em 1995, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Camonesa Patronal VarejoRural Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo/ Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Total Famílias Formação deCapital Estadual/ Regional Nacional Total VBP 1a. Produção Campones 10,83 - 5,12 9,54 12,23 17,78 13,85 0,17 - 0,57 - - - 1,72 0,00 71,8 82,04 19,24 - - 101,3 173,1 1b. Produção Patronal - 7,54 12,69 7,51 4,97 41,01 23,38 0,12 - 0,10 - - - 0,30 0,00 97,6 63,18 35,22 - - 98,4 196,0 2.Varejo Rural - - 0,00 72,65 - 2,08 0,01 0,00 - 0,18 0,01 - - 0,01 - 74,9 13,14 - 0,02 - 13,2 88,1 3. FInd. de Benef. - - 0,00 0,14 3,18 0,97 37,93 0,00 0,54 71,05 10,37 0,00 2,71 54,92 4,87 186,7 0,82 - - 7,34 8,2 194,8 4. Ind. de Transf. - - 0,18 - - - 2,47 - - - 2,61 - 4,28 - 15,62 25,1 - 24,60 - - 24,6 49,7 5. Atacado 0,65 0,53 11,74 0,49 3,44 4,48 64,86 29,59 8,48 17,49 0,01 1,06 - 10,68 0,00 153,5 1,50 - - - 1,5 155,0 6. Varejo Urbano 9,47 15,05 0,01 2,70 - 0,13 0,00 - 0,00 0,04 0,00 0,00 - - 0,00 27,4 267,11 8,70 0,00 - 275,8 303,2 7. FInd. de Benef. - - - - - - 0,59 - 58,81 - - - - 0,00 0,00 59,4 - - 0,00 0,00 0,0 59,4 8. Ind. de Transf. - - - - - 1,23 - - - 42,37 52,42 - - 2,70 - 98,7 - - 0,00 0,38 0,4 99,1 9. Atacado 4,57 8,96 0,32 6,61 4,85 35,14 56,34 2,01 2,95 0,79 17,67 0,18 - - - 140,4 - - 7,11 102,83 109,9 250,3 10. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - - - 111,01 - 111,0 111,0 11. FInd. de Benef. - - - - - - - - 7,91 - - - 91,31 0,00 0,21 99,4 - - - 0,03 0,0 99,5 12. Ind. de Transf. - - - - 3,44 35,81 43,10 - - 50,65 - - - - 13,29 146,3 - - - 0,54 0,5 146,8 13. Atacado - - - - - - - - - - - 3,10 4,98 0,40 8,20 16,7 5,55 - - 96,35 101,9 118,6 14. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - 0,00 - - 64,18 64,2 64,2 x.Campones 147,58 - 12,67 34,81 9,06 8,99 29,76 7,77 5,66 18,83 7,10 27,09 15,90 13,13 9,61 347,9 y.Patronal - 163,97 45,37 60,40 8,57 7,39 30,90 19,74 14,73 48,27 20,82 68,02 27,67 34,72 12,39 563,0 s.Val. Adicionado (x+y) 147,58 163,97 58,04 95,21 17,63 16,38 60,65 27,51 20,39 67,10 27,92 95,11 43,57 47,85 22,00 910,9 x.Salários 21,96 44,62 27,94 50,35 9,32 11,46 29,20 13,14 9,74 45,55 12,76 59,92 27,45 35,41 11,81 410,6 y.Lucros 125,62 119,35 30,10 44,87 8,31 4,91 31,46 14,37 10,65 21,54 15,17 35,19 16,12 12,44 10,19 500,3 Renda Bruta (r+s) 173,10 196,04 88,10 194,85 49,75 155,01 303,19 59,40 99,09 250,34 111,01 99,46 146,84 118,57 64,18 2.108,9 Emprego (em 1.000) 134,28 37,48 16,78 30,24 3,54 4,35 8,52 3,83 4,53 21,21 4,11 14,76 6,76 8,27 2,76 301,4 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα .
  5. 5. 5 Tabela 2 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Direta da CVRD no Sudeste Paraense: Matriz de Insumo- Produto CSα em 1995, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Camponesa Patronal VarejoRural Benef. Trans. Ata-cado Varejo Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo Urba-no Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Total Famí-lias Formação deCapi-tal Estadual/ Regional Nacional Total VBP 1a. Produção Campones 2,24 - 0,73 1,75 2,82 4,48 3,91 0,02 - 0,11 - - - 0,42 0,00 16,5 17,89 5,87 - - 23,8 40,2 1b. Produção Patronal - 1,52 0,33 1,99 1,00 10,01 5,12 0,02 - 0,02 - - - 0,04 0,00 20,0 7,80 8,87 - - 16,7 36,7 2.Varejo Rural - - - 2,44 - 0,48 0,00 - - 0,09 0,00 - - 0,00 - 3,0 2,07 - 0,00 - 2,1 5,1 3. FInd. de Benef. - - 0,00 0,04 0,79 0,23 6,72 - 0,12 2,32 2,57 - 0,66 1,80 1,20 16,4 0,14 - - 1,99 2,1 18,6 4. Ind. de Transf. - - 0,00 - - - 0,52 - - - 0,58 - 1,06 - 3,49 5,6 - 6,13 - - 6,1 11,8 5. Atacado 0,21 0,06 1,88 0,08 0,86 0,99 8,60 7,32 2,09 3,98 0,00 0,56 - 2,52 - 29,2 0,36 - - - 0,4 29,5 6. Varejo Urbano 1,71 2,43 0,00 0,67 - 0,03 - - - 0,01 - 0,00 - - - 4,8 44,71 1,52 0,00 - 46,2 51,1 7. FInd. de Benef. - - - - - - 0,08 - 11,23 - - - - - - 11,3 - - - - - 11,3 8. Ind. de Transf. - - - - - 0,31 - - - 5,76 12,97 - - 0,42 - 19,5 - - - 0,06 0,1 19,5 9. Atacado 0,79 1,14 0,02 0,63 1,16 4,68 8,24 0,38 0,60 0,08 4,37 0,11 - - - 22,2 - - 1,62 3,65 5,3 27,5 10. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - - - 27,37 - 27,4 27,4 11. FInd. de Benef. - - - - - - - - 1,18 - - - 12,73 - 0,05 14,0 - - - 0,00 0,0 14,0 12. Ind. de Transf. - - - - 0,86 4,88 5,96 - - 7,52 - - - - 4,79 24,0 - - - 0,10 0,1 24,1 13. Atacado - - - - - - - - - - - 0,43 0,82 0,03 2,03 3,3 1,28 - - 3,99 5,3 8,6 14. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - 0,00 - - 17,37 17,4 17,4 r.Total de Insumos 4,96 5,15 2,96 7,59 7,47 26,09 39,13 7,74 15,22 19,89 20,50 1,10 15,26 5,22 11,56 189,8 74,25 22,40 29,00 27,15 152,8 342,6 x.Campones 35,29 - 1,01 4,89 2,59 2,15 6,26 1,26 1,24 2,94 1,67 4,65 4,46 1,79 2,79 73,0 y.Patronal - 31,57 1,12 6,08 1,72 1,27 5,67 2,30 3,06 4,65 5,21 8,22 4,37 1,56 3,02 79,8 s.Val. Adicionado (x+y) 35,29 31,57 2,13 10,96 4,31 3,43 11,93 3,56 4,29 7,58 6,88 12,87 8,84 3,35 5,81 152,8 x.Salários 5,01 9,62 1,03 5,80 2,28 2,40 5,74 1,70 2,05 5,15 3,14 8,11 5,57 2,48 3,12 63,2 y.Lucros 30,27 21,95 1,11 5,17 2,03 1,03 6,19 1,86 2,24 2,44 3,74 4,76 3,27 0,87 2,69 89,6 Renda Bruta (r+s) 40,24 36,72 5,09 18,56 11,78 29,51 51,07 11,30 19,52 27,48 27,37 13,97 24,10 8,57 17,37 342,6 Emprego (em 1.000) 29,05 8,14 0,62 3,48 0,86 0,91 1,68 0,50 0,96 2,40 1,01 2,00 1,37 0,58 0,73 54,3 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα .
  6. 6. 6 Tabela 3 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Indireta da CVRD no Sudeste Paraense: Matriz de Insumo- Produto CSα em 1995, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Camponesa Patronal VarejoRural Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Total Famílias Formação deCapi-tal Estadual/ Regional Nacional Total VBP 1a.Produção Campones 4,54 - 1,65 2,77 5,15 6,65 4,36 0,10 - 0,13 - - - 0,33 0,00 25,7 29,14 7,07 - - 36,2 61,9 1b. Produção Patronal - 3,14 0,27 1,52 1,90 18,29 8,74 0,08 - 0,03 - - - 0,11 0,00 34,1 22,60 15,99 - - 38,6 72,7 2.Varejo Rural - - 0,00 6,83 - 0,44 0,00 - - 0,04 0,00 - - 0,00 - 7,3 3,17 - 0,00 - 3,2 10,5 3. FInd. de Benef. - - 0,00 0,07 1,46 0,24 12,15 - 0,25 6,62 4,75 - 1,22 5,13 2,23 34,1 0,19 - - 0,10 0,3 34,4 4. Ind. de Transf. - - 0,01 - - - 0,94 - - - 1,08 - 1,96 - 6,44 10,4 - 9,83 - - 9,8 20,3 5. Atacado 0,13 0,16 2,87 0,14 1,38 0,92 14,42 13,55 3,89 5,87 0,00 0,32 - 3,76 0,00 47,4 0,47 - - - 0,5 47,9 6. Varejo Urbano 4,11 6,36 0,00 1,24 - 0,02 0,00 - 0,00 0,01 0,00 0,00 - - 0,00 11,7 73,61 2,52 0,00 - 76,1 87,9 7. FInd. de Benef. - - - - - - 0,37 - 20,21 - - - - - - 20,6 - - - - - 20,6 8. Ind. de Transf. - - - - - 0,49 - - - 10,65 24,00 - - 0,68 - 35,8 - - 0,00 0,18 0,2 36,0 9. Atacado 1,73 4,00 0,04 1,17 1,89 7,98 16,28 0,70 1,09 0,16 8,09 0,05 - - - 43,2 - - 1,58 9,67 11,2 54,4 10. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - - - 50,64 - 50,6 50,6 11. FInd. de Benef. - - - - - - - - 2,55 - - - 20,67 - 0,10 23,3 - - - 0,01 0,0 23,3 12. Ind. de Transf. - - - - 1,38 8,30 10,30 - - 14,47 - - - - 5,24 39,7 - - - 0,21 0,2 39,9 13. Atacado - - - - - - - - - - - 0,70 1,35 0,05 3,74 5,9 1,22 - - 9,49 10,7 16,6 14. Varejo Urbano - - - - - - - - - - - - - - - - 0,00 - - 27,18 27,2 27,2 r.Total de Insumos 10,51 13,66 4,84 13,72 13,15 43,33 67,56 14,43 27,99 37,98 37,92 1,07 25,20 10,07 17,75 339,2 130,42 35,42 52,23 46,84 264,9 604,1 x.Campones 51,39 - 4,87 11,19 3,81 2,07 10,32 2,91 2,37 7,25 3,17 10,00 5,98 4,50 3,80 123,6 y.Patronal - 59,01 0,77 9,50 3,31 2,47 9,99 3,24 5,66 9,19 9,55 12,25 8,71 1,98 5,63 141,3 s.Val. Adicionado (x+y) 51,39 59,01 5,65 20,69 7,11 4,55 20,31 6,15 8,02 16,44 12,72 22,25 14,70 6,48 9,43 264,9 x.Salários 8,05 16,91 2,72 10,94 3,76 3,18 9,78 2,94 3,83 11,16 5,81 14,02 9,26 4,80 5,06 112,2 y.Lucros 43,34 42,10 2,93 9,75 3,35 1,36 10,54 3,21 4,19 5,28 6,91 8,23 5,44 1,69 4,37 152,7 Renda Bruta (r+s) 61,89 72,67 10,49 34,41 20,27 47,87 87,87 20,58 36,01 54,42 50,64 23,32 39,90 16,56 27,18 604,1 Emprego (em 1.000) 47,14 14,31 1,63 6,57 1,43 1,21 2,85 0,86 1,78 5,20 1,87 3,45 2,28 1,12 1,18 92,9 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα .
  7. 7. 7 Tabela 4 – Estrutura da Economia de Base Agrária da Àrea de Influência Periférica da CVRD (demais municípios) no Sudeste Paraense: Matriz de Insumo-Produto CSα em 1995, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual / Regional Economia Nacional Demanda Final Produção Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Camponesa Patronal VarejoRural Benef. Trans. Atacado Varejo Urba-no Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Benef. Trans. Atacado Varejo Urbano Total Famílias For-mação deCapital Estadual/ Regional Nacional Total VBP 1a. Produção Campones 4,05 - 2,74 4,97 4,23 6,66 5,55 0,05 - 0,34 - - - 0,96 0,00 29,5 35,01 6,28 - - 41,3 70,8 1b. Produção Patronal - 2,88 12,26 4,01 2,07 12,70 9,51 0,03 - 0,05 - - - 0,15 0,00 43,7 32,78 10,37 - - 43,1 86,8 2.Varejo Rural - - - 64,15 - 1,15 0,00 0,00 - 0,05 0,01 - - 0,01 - 65,4 6,76 - 0,02 - 6,8 72,2 3. FInd. de Benef. - - 0,00 0,04 0,94 0,50 18,85 0,00 0,17 62,87 3,05 0,00 0,82 48,58 1,44 137,3 0,49 - - 5,23 5,7 143,0 4. Ind. de Transf. - - 0,18 - - - 1,01 - - - 0,94 - 1,26 - 5,65 9,0 - 8,63 - - 8,6 17,7 5. Atacado 0,31 0,30 5,96 0,27 1,21 2,57 41,55 8,72 2,50 7,62 0,00 0,19 - 4,38 - 75,6 0,66 - - - 0,7 76,2 6. VarejoUrbano 3,65 6,27 0,00 0,79 - 0,08 - - - 0,02 - 0,00 - - - 10,8 146,69 4,66 0,00 - 151,4 162,2 7. FInd. de Benef. - - - - - - 0,16 - 26,83 - - - - 0,00 0,00 27,0 - - 0,00 0,00 0,0 27,0 8. Ind. de Transf. - - - - - 0,43 - - - 25,33 15,44 - - 1,57 - 42,8 - - - 0,13 0,1 42,9 9. Atacado 2,05 3,82 0,26 4,85 1,81 21,84 31,14 0,91 1,24 0,55 5,21 0,03 - - - 73,7 - - 3,89 90,59 94,5 168,2 10. VarejoUrbano - - - - - - - - - - - - - - - - - - 32,98 - 33,0 33,0 11. FInd. de Benef. - - - - - - - - 4,15 - - - 56,31 0,00 0,06 60,5 - - - 0,02 0,0 60,5 12. Ind. de Transf. - - - - 1,21 22,00 26,19 - - 28,05 - - - - 3,30 80,7 - - - 0,23 0,2 81,0 13. Atacado - - - - - - - - - - - 1,91 2,75 0,32 2,42 7,4 3,03 - - 83,84 86,9 94,3 14. VarejoUrbano - - - - - - - - - - - - - - - - 0,00 - - 19,61 19,6 19,6 r.Total de Insumos 10,06 13,28 21,40 79,08 11,46 67,95 133,96 9,71 34,90 124,89 24,66 2,13 61,14 55,96 12,86 663,4 225,42 29,94 36,89 199,66 491,9 1.155,4 x.Campones 60,79 - 6,79 18,60 2,65 4,71 13,15 3,57 2,04 8,63 2,26 12,35 5,46 6,83 3,02 150,9 y.Patronal - 73,53 43,97 45,32 3,56 3,58 15,07 13,71 5,96 34,67 6,06 46,06 14,38 31,49 3,73 341,1 s.Val. Adicionado (x+y) 60,79 73,53 50,76 63,92 6,21 8,29 28,21 17,28 8,00 43,30 8,32 58,41 19,84 38,31 6,75 491,9 x.Salários 8,89 18,14 24,43 33,80 3,28 5,80 13,58 8,25 3,82 29,40 3,80 36,80 12,50 28,35 3,62 234,5 y.Lucros 51,90 55,39 26,33 30,12 2,93 2,49 14,63 9,03 4,18 13,90 4,52 21,61 7,34 9,96 3,13 257,4 Renda Bruta (r+s) 70,84 86,80 72,16 143,00 17,66 76,24 162,17 26,99 42,90 168,19 32,98 60,54 80,98 94,27 19,61 1.155,4 Emprego (em 1.000) 58,07 15,05 14,67 20,30 1,25 2,20 3,96 2,41 1,78 13,69 1,22 9,06 3,08 6,62 0,85 154,2 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα .
  8. 8. 8 4. TABELAS ESTATÍSTICAS Tabela 1: Estado do Pará, Sudeste Paraense e município das áreas de influência dos empreendimentos da CVRD no Sudeste do Pará: População total, População em Idade Ativa (PIA), População Economicamente Ativa (PEA) e População ocupada (POC) 1991 / 2000 População Total PIA PEA POC Municípios e áreas 1991 2000 1991 2000 1991 2000 1991 2000 Total do Pará 4.949.222 6.195.965 3.513.640 4.650.076 1.629.632 2.412.061 1.528.980 2.081.163 Sudeste Paraense 889.413 1.192.640 621.987 885.404 300.105 454.028 285.939 401.021 AID – Área de Influência Direta 275.773 344.384 193.854 256.567 99.430 137.871 94.215 119.615 Canaã dos Carajás - 10.922 - 8.286 - 4.031 - 3.824 Curionópolis 38.673 19.486 26.448 14.328 15.037 7.039 14.591 5.888 Eldorado do Carajás - 29.608 - 21.190 - 10.919 - 9.838 Marabá 123.668 168.020 86.080 126.095 41.646 67.776 38.725 58.560 Ourilândia do Norte 28.719 19.471 21.870 14.808 13.061 7.265 12.428 5.985 Parauapebas 53.337 71.568 37.150 52.702 17.978 30.758 17.344 26.079 Tucumã 31.376 25.309 22.306 19.158 11.708 10.083 11.127 9.441 AII – Área de Influência Indireta 241.625 294.540 169.328 220.582 81.148 107.379 77.740 96.845 Demais municípios do Sudeste Paraense 372.015 553.716 258.805 408.255 119.527 208.778 113.984 184.561 Fonte: IBGE – Censos Demográficos
  9. 9. 9 Tabela 2: Estado do Pará, Sudeste Paraense e municípios das áreas de influência dos empreendimentos da CVRD. Massa salarias anual por setor de atividade - 2000 Em R$ 1000 Municípios Total Agropecuária Industria Serviços Pará 3.155.948 90.446 541.767 2.523.735 Sudeste Paraense 294.131 4.352 131.032 114.664 Área de Infl. Direta - AID 118.403 61 44.396 71.564 Canaã dos Carajás 90 - 56 34 Curionópolis 200 - 31 169 Eldorado do Carajás 706 - 115 98 Marabá 52.044 29 13.787 38.228 Ourilândia do Norte 1.887 X 84 51 Parauapebas 61.811 - 29.395 32.409 Tucumã 1.665 32 928 575 Área de Infl. Indireta - AII 29.569 1.190 5.353 10.232 Demais mun. do Sudeste Paraense 146.159 3.101 81.283 32.868 Fonte: IBGE - Cadastro Central de Empresas Nota, conforme a Fonte: "Os dados com menos de 3 (três) informantes estão identificados com o caracter X" Tabela 3: Estado do Pará, Sudeste Paraense e municípios das áreas de influência dos empreendimentos da CVRD Massa salarias anual por setor de atividade - 2003 Em R$ 1000 Área geográfica Total Agropecuária Indústria Serviços Pará 4.960.622 50.486 966.629 3.943.507 Sudeste Paraense 630.894 11.378 232.416 244.431 Área de Infl. Direta - AID 247.641 286 66.744 141.971 Canaã dos Carajás 23.530 X 21.321 889 Curionópolis 731 X 135 193 Eldorado do Carajás 2.542 X 154 295 Marabá 110.810 86 28.932 81.792 Ourilândia do Norte 4.300 - 268 276 Parauapebas 102.409 58 14.855 56.533 Tucumã 3.319 142 1.079 1.993 Área de Infl. Indireta - AII 80.237 3.948 16.296 34.781 Demais mun. do Sudeste Paraense 303.016 7.144 149.376 67.679 Fonte: IBGE - CEMPRE - Cadastro Central de Empresas Nota, conforme a Fonte: "Os dados com menos de 3 (três) informantes estão identificados com o caracter X".
  10. 10. 10 5. MATRIZES PARA OS DIVERSOS CENÁRIOS DE INVESTIMENTOS DA CVRD Tabela 1ª: Estrutura da Economia do Sudeste Paraense. Matriz de Insumo-Produto CSα em 2003, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Demanda Final VBP Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Total Produção (Setores Alfa) 1 Intermediação primária Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Estadual/ Regional Nacional7 Total Sudeste Rural Mineral Beneficiamento Beneficiamento. Transformação 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formação deCapital 5 1a. Rural 71,15 - 12,75 392,62 79,20 36,97 118,24 0,28 - 1,81 - - - 7,23 0,02 720,3 255,86 157,91 - - 413,8 1.134,0 1b. Mineral - - - 314,38 - - - - - - - 216,31 - - - 530,7 - - - 2.720,46 2.720,5 3.251,2 2.Intermed. Primária - - 0,00 19,60 - 7,86 0,02 0,00 - 1,45 0,05 - - 0,01 - 29,0 82,05 - 0,10 - 82,1 111,1 3. Beneficiamento - - 0,01 22,27 56,50 3,64 234,86 0,00 9,08 17,95 183,95 0,00 45,38 14,20 86,17 674,0 2,69 - - 486,19 488,9 1.162,9 4. Ind. Transformação - - 0,83 - - - 228,44 - - - 12,01 - 75,94 - 71,94 389,2 - - - - - 389,2 5. Comércio Atacado 3,76 27,15 73,59 1,52 100,03 17,49 1.236,47 0,00 1,21 30,96 0,03 7,59 - 16,52 0,00 1.516,3 3,50 - - - 3,5 1.519,8 6. Varejo e Serviços 102,59 295,26 0,00 5,23 - 0,66 0,00 - 0,00 0,26 0,00 0,01 - - 0,00 404,0 3.221,9 6 363,67 0,01 - 3.585,6 3.989,7 7. Beneficiamento - - - - - - 0,55 - 490,04 31,81 - - - 0,00 0,00 522,4 - - 0,00 0,00 0,0 522,4 8. Ind. Transformação - - - - - 6,07 - - - 596,88 33,52 - - 60,77 - 697,2 - - 0,00 5,36 5,4 702,6 9. Comércio Atacado 2,62 4,66 0,40 39,42 27,89 633,41 693,12 17,71 20,50 5,06 13,91 1,59 - - - 1.460,3 - - 26,03 39,34 65,4 1.525,7 10. Varejo e Serviços - 45,38 - - - - - - - - - - - - - 45,4 - - 320,21 - 320,2 365,6 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 64,68 - - - 2.450,66 0,00 - 2.515,3 - - - 0,05 0,0 2.515,4
  11. 11. 11 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formação deCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 12. Ind. Transformação - - - - 16,99 618,12 814,03 - - 646,61 3,31 - - 602,02 196,04 2.897,1 - - - 309,50 309,5 3.206,6 13. Comércio Atacado - 441,87 - - - 86,18 100,22 - - 17,43 1,86 83,08 108,70 2,55 1,71 843,6 19,86 - - 40,71 60,6 904,2 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,05 - - 475,04 475,1 475,1 r.Total de Insumos 180,12 814,31 87,58 795,02 280,61 1.410,41 3.425,96 17,99 585,50 1.350,23 248,64 308,58 2.680,68 703,31 355,88 13.244,8 3.585,96 521,58 346,35 4.076,66 8.530,6 21.775,4 x.Produção Rural 953,92 - 19,20 325,04 72,74 41,69 244,40 76,16 48,08 74,97 89,50 295,09 158,95 45,30 119,20 2.564,2 - - - - - - y.Produção Mineral - 2.436,84 4,36 42,81 35,81 67,72 319,30 428,26 69,02 100,46 27,46 1.911,72 366,99 155,58 - 5.966,3 - - - - - - s.Val. Adicionado 6 (x+y) 953,92 2.436,84 23,56 367,85 108,55 109,41 563,70 504,42 117,11 175,43 116,95 2.206,81 525,94 200,87 119,20 8.530,6 - - - - - - x.Salários 206,67 104,17 11,34 194,51 57,40 76,58 271,33 240,91 55,93 119,11 53,43 1.390,29 331,34 148,65 63,97 3.325,6 - - - - - - y.Margem Bruta 747,25 2.332,67 12,22 173,34 51,15 32,82 292,36 263,51 61,18 56,33 63,53 816,52 194,60 52,23 55,23 5.204,9 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 1.134,04 3.251,15 111,14 1.162,88 389,16 1.519,82 3.989,66 522,41 702,61 1.525,66 365,59 2.515,39 3.206,62 904,18 475,08 21.775,4 - - - - - - Emprego (em 1.000) 185,95 6,85 3,62 57,44 13,38 22,68 59,40 64,16 19,89 41,82 9,63 316,03 67,41 30,23 6,35 904,8 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  12. 12. 12 Tabela 1b – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta e Indireta (AID e AII) da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2003, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãoCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 1a. Rural 52,18 - 4,89 232,21 50,21 17,54 76,23 0,20 - 0,91 - - - 3,26 0,01 437,6 127,32 117,51 - - 244,8 682,4 1b. Mineral - - - 314,38 - - - - - - - 216,31 - - - 530,7 - - - 2.720,46 2.720,5 3.251,2 2.Intermed. Primária - - - 3,27 - 3,54 0,02 - - 1,09 0,00 - - 0,00 - 7,9 67,28 - 0,01 - 67,3 75,2 3. Beneficiamento - - 0,00 15,71 39,85 2,11 133,64 - 6,28 2,46 129,75 - 31,96 1,95 60,77 424,5 1,03 - - 398,82 399,9 824,3 4. Ind. Transformação - - 0,06 - - - 199,67 - - - 7,66 - 53,56 - 45,91 306,9 - - - - - 306,9 5. Comércio Atacado 1,90 27,15 60,96 0,69 96,54 7,28 1.156,08 - 0,79 11,03 0,02 6,40 - 6,80 - 1.375,6 1,72 - - - 1,7 1.377,4 6. Varejo e Serviços 64,41 295,26 0,00 3,69 - 0,24 - - - 0,17 - 0,00 - - - 363,8 2.823,96 324,79 0,00 - 3.148,8 3.512,5 7. Beneficiamento - - - - - - 0,39 - 455,92 31,81 - - - - - 488,1 - - - - - 488,1 8. Ind. Transformação - - - - - 4,82 - - - 551,34 23,64 - - 56,90 - 636,7 - - - 3,50 3,5 640,2 9. Comércio Atacado 1,89 4,66 0,27 27,94 22,01 592,14 628,85 16,55 18,73 4,50 13,56 1,34 - - - 1.332,4 - - 11,73 5,95 17,7 1.350,1 10. Varejo e Serviços - 45,38 - - - - - - - - - - - - - 45,4 - - 224,59 - 224,6 270,0 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 57,79 - - - 2.324,89 - - 2.382,7 - - - 0,02 0,0 2.382,7 12. Ind. Transformação - - - - 13,50 576,11 761,03 - - 589,03 3,31 - - 589,44 143,57 2.676,0 - - - 308,91 308,9 2.984,9
  13. 13. 13 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãoCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 13. Comércio Atacado - 441,87 - - - 86,18 87,37 - - 17,43 1,86 78,81 101,19 2,35 1,21 818,3 8,94 - - 10,09 19,0 837,3 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,03 - - 335,14 335,2 335,2 r.Total de Insumos 120,38 814,31 66,19 597,88 222,11 1.289,95 3.043,28 16,74 539,51 1.209,77 179,81 302,88 2.511,59 660,70 251,46 11.826,6 3.030,28 442,30 236,33 3.782,89 7.491,8 19.318,4 x.Produção Rural 562,06 - 4,66 183,61 48,94 19,70 149,95 43,12 31,68 39,90 62,70 168,10 106,32 21,03 83,71 1.525,5 - - - - - - y.Produção Mineral - 2.436,84 4,36 42,81 35,81 67,72 319,30 428,26 69,02 100,46 27,46 1.911,72 366,99 155,58 - 5.966,3 - - - - - - s.Val. Adicionado 6 (x+y) 562,06 2.436,84 9,02 226,42 84,75 87,41 469,24 471,38 100,70 140,37 90,15 2.079,82 473,31 176,60 83,71 7.491,8 - - - - - - x.Salários 6a 127,48 104,17 4,34 119,73 44,82 61,19 225,87 225,13 48,10 95,30 41,18 1.310,29 298,19 130,69 44,92 2.881,4 - - - - - - y.Margem Bruta 6b 434,59 2.332,67 4,68 106,70 39,94 26,22 243,38 246,25 52,61 45,07 48,97 769,53 175,13 45,92 38,78 4.610,4 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 682,44 3.251,15 75,21 824,31 306,86 1.377,37 3.512,52 488,12 640,21 1.350,13 269,96 2.382,70 2.984,91 837,31 335,17 19.318,4 - - - - - - Emprego (em 1.000) 108,31 6,85 1,83 38,36 11,35 20,20 53,77 62,21 18,34 37,12 7,95 307,67 63,94 28,45 4,46 770,8 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropec, PAM, PEM, PPM. RAIS/MTE; CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás. Indireta: São Felix do Xingu, São João do Araguais, Brejo Grande do Araguaia, Bom Jesus dos Tocantins, Palestina do Pará, São Domingos do Araguaia, Pau D’Arco, Redenção, Rio Maria e Xinguara. 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  14. 14. 14 Tabela 1c: Estrutura da Economia da Área de Influência Direta da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2003, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual / Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãoCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 1a. Rural 29,30 - 2,59 94,43 17,55 9,63 45,75 0,03 - 0,38 - - - 1,67 0,00 201,3 53,63 49,54 - - 103,2 304,5 1b. Mineral - - - 314,38 - - - - - - - 216,31 - - - 530,7 - - - 2.720,46 2.720,5 3.251,2 2.Intermed. Primária - - - 1,10 - 1,88 0,01 - - 0,76 0,00 - - 0,00 - 3,8 55,78 - 0,00 - 55,8 59,5 3. Beneficiamento - - 0,00 5,51 13,98 1,39 47,35 - 2,05 0,58 45,52 - 11,20 0,47 21,33 149,4 0,51 - - 398,15 398,7 548,0 4. Ind. Transformação - - 0,02 - - - 167,80 - - - 2,68 - 18,79 - 16,05 205,3 - - - - - 205,3 5. Comércio Atacado 1,03 27,15 50,59 0,29 92,67 3,83 1.100,03 - 0,20 5,87 0,01 4,45 - 3,54 - 1.289,7 0,81 - - - 0,8 1.290,5 6. Varejo e Serviços 19,10 295,26 0,00 1,29 - 0,15 - - - 0,12 - 0,00 - - - 315,9 2.503,11 290,03 0,00 - 2.793,1 3.109,1 7. Beneficiamento - - - - - - 0,07 - 430,71 31,81 - - - - - 462,6 - - - - - 462,6 8. Ind. Transformação - - - - - 3,44 - - - 516,62 8,30 - - 53,33 - 581,7 - - - 0,87 0,9 582,6 9. Comércio Atacado 0,77 4,66 0,21 18,58 15,23 561,74 572,38 15,68 17,10 4,15 13,04 0,94 - - - 1.224,5 - - 5,92 2,32 8,2 1.232,7 10. Varejo e Serviços - 45,38 - - - - - - - - - - - - - 45,4 - - 78,79 - 78,8 124,2 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 51,51 - - - 2.228,26 - - 2.279,8 - - - 0,00 0,0 2.279,8 12. Ind. Transformação - - - - 9,64 544,65 723,97 - - 538,99 3,31 - - 575,00 61,45 2.457,0 - - - 308,29 308,3 2.765,3
  15. 15. 15 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual / Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediação primária Beneficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formação Capital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 13. Comércio Atacado - 441,87 - - - 86,18 72,61 - - 17,43 1,86 75,54 93,74 2,26 0,48 792,0 4,58 - - 4,34 8,9 800,9 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,01 - - 132,70 132,7 132,7 r.Total de Insumos 50,20 814,31 53,42 435,58 149,08 1.212,90 2.729,98 15,72 501,57 1.116,72 74,71 297,24 2.351,99 636,26 99,31 10.539,0 2.618,42 339,57 84,70 3.567,14 6.609,8 17.148,8 x.Produção Rural 254,30 - 1,75 69,64 20,45 9,88 59,79 18,61 11,96 15,54 21,99 70,82 46,31 9,06 33,40 643,5 - - - - - - y.Produção Mineral - 2.436,84 4,36 42,81 35,81 67,72 319,30 428,2 6 69,02 100,46 27,46 1.911,7 2 366,99 155,58 - 5.966,3 - - - - - - s.Val. Adicionado 6 (x+y) 254,30 2.436,84 6,12 112,46 56,26 77,59 379,08 446,8 8 80,99 116,00 49,45 1.982,5 3 413,30 164,64 33,40 6.609,8 - - - - - - x.Salários 6a 56,69 104,17 2,94 59,46 29,75 54,32 182,47 213,4 3 38,68 78,76 22,59 1.249,0 0 260,38 121,83 17,93 2.492,4 - - - - - - y.Margem Bruta 6b 197,61 2.332,67 3,17 52,99 26,51 23,28 196,61 233,4 4 42,31 37,25 26,86 733,54 152,92 42,81 15,48 4.117,4 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 304,50 3.251,15 59,54 548,03 205,34 1.290,49 3.109,06 462,5 9 582,56 1.232,72 124,1 6 2.279,7 7 2.765,29 800,90 132,7 1 17.148,8 - - - - - - Emprego (em 1.000) 43,59 6,85 1,48 22,99 8,93 19,10 48,39 60,76 16,48 33,84 5,41 301,26 59,99 27,57 1,78 658,4 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás. 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  16. 16. 16 Tabela 2a: Estrutura da Economia do Sudeste Paraense. Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual / Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transformação 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãodeCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 1a. Rural 87,56 - 14,37 447,04 100,27 36,53 129,37 0,26 - 2,00 - - - 8,94 0,03 826,4 270,82 210,85 - - 481,7 1.308,1 1b. Mineral - - - 410,47 - - - - - - - 334,68 - - - 745,1 - - - 4.098,75 4.098,8 4.843,9 2.Intermed. Primária - - 0,00 22,79 - 9,11 0,03 0,00 - 1,30 0,04 - - 0,01 - 33,3 157,34 - 0,07 - 157,4 190,7 3. Beneficiamento - - 0,01 33,73 83,80 4,50 273,15 0,00 13,82 20,78 272,87 0,00 66,93 16,21 127,80 913,6 3,13 - - 482,53 485,7 1.399,3 4. Ind. Transformação - - 0,60 - - - 260,63 - - - 15,25 - 112,64 - 91,36 480,5 - - - - - 480,5 5. Comércio Atacado 4,66 32,44 142,08 1,88 117,67 19,86 1.767,35 0,01 1,97 33,48 0,02 6,93 - 19,50 0,00 2.147,9 4,12 - - - 4,1 2.152,0 6. Varejo e Serviços 133,59 352,75 0,01 6,25 - 0,59 0,00 - 0,00 0,22 0,00 0,00 - - 0,00 493,4 4.519,70 643,87 0,01 - 5.163,6 5.657,0 7. Beneficiamento - - - - - - 0,52 - 721,68 38,01 - - - 0,04 0,01 760,2 - - 0,00 0,00 0,0 760,2 8. Ind. Transformação - - - - - 6,59 - - - 873,96 49,73 - - 87,82 - 1.018,1 - - 0,00 8,77 8,8 1.026,9 9. Comércio Atacado 2,93 5,56 0,69 47,44 32,36 920,59 1.011,23 25,77 30,15 7,24 16,93 1,45 - - - 2.102,3 - - 31,58 38,74 70,3 2.172,7 10. Varejo e Serviços - 54,21 - - - - - - - - - - - - - 54,2 - - 471,08 - 471,1 525,3 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 90,80 - - - 3.569,78 0,00 - 3.660,6 - - - 0,07 0,1 3.660,7 12. Ind. Transformação - - - - 18,46 900,45 1.300,16 - - 938,78 3,95 - - 719,38 269,13 4.150,3 - - - 477,53 477,5 4.627,8 13. Comércio Atacado - 526,55 - - - 102,96 121,14 - - 20,83 2,22 121,02 156,88 3,04 2,42 1.057,1 24,56 - - 46,82 71,4 1.128,5 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,07 - - 652,26 652,3 652,3 r.Total de Insumos 228,74 971,52 157,75 969,59 352,56 2.001,20 4.863,58 26,05 858,42 1.936,60 361,01 464,08 3.906,24 854,95 490,75 18.443,0 4.979,75 854,72 502,74 5.805,46 12.142,7 30.585,7
  17. 17. 17 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediação primária Benefici- amento. Trans- formação. 4 Atacado Varejo 2 Benefici- amento 3 Trans- formação. 4 Atacado Varejo 2 Benefici- amento 3 Trans- formação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formação deCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP x.Produção Rural 1.079,31 - 22,16 373,82 89,25 52,09 281,08 86,25 64,77 87,32 131,48 337,05 193,81 54,14 161,58 3.014,1 - - - - - - y.Produção Mineral - 3.872,38 10,78 55,86 38,69 98,68 512,33 647,95 103,67 148,73 32,80 2.859,52 527,79 219,37 - 9.128,6 - - - - - - s.Val. Adicionado 6 (x+y) 1.079,31 3.872,38 32,94 429,68 127,93 150,77 793,42 734,20 168,45 236,06 164,28 3.196,58 721,60 273,51 161,58 12.142,7 - - - - - - x.Salários 6a 230,96 272,04 15,86 227,21 67,65 105,54 381,91 350,66 80,45 160,26 75,05 2.013,84 454,61 202,40 86,72 4.725,1 - - - - - - y.Margem Bruta 6b 848,35 3.600,33 17,09 202,47 60,28 45,23 411,51 383,54 88,00 75,79 89,23 1.182,73 266,99 71,11 74,86 7.417,5 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 1.308,05 4.843,90 190,69 1.399, 27 480,49 2.151,97 5.656,99 760,24 1.026, 87 2.172,66 525,29 3.660,65 4.627,84 1.128,46 652,33 30.585,7 - - - - - - Emprego (em 1.000) 185,88 13,94 5,55 62,81 14,56 31,46 86,91 94,82 28,52 57,50 12,16 463,49 93,30 41,49 7,69 1.200,1 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  18. 18. 18 Tabela 2b – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta (AID) e Indireta (AII) da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãoCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 1a. Rural 63,88 - 5,45 307,20 63,74 17,90 81,02 0,18 - 0,99 - - - 4,03 0,02 544,4 150,47 159,74 - - 310,2 854,6 1b. Mineral - - - 410,47 - - - - - - - 334,68 - - - 745,1 - - - 4.098,75 4.098,8 4.843,9 2.Intermed. Primária - - - 3,87 - 4,15 0,02 - - 1,00 0,00 - - 0,00 - 9,0 145,27 - 0,01 - 145,3 154,3 3. Beneficiamento - - 0,00 23,79 59,11 2,66 159,85 - 9,54 2,84 192,46 - 47,17 2,23 90,13 589,8 1,27 - - 482,36 483,6 1.073,4 4. Ind. Transformação - - 0,04 - - - 233,35 - - - 9,73 - 79,45 - 58,30 380,9 - - - - - 380,9 5. Comércio Atacado 2,45 32,44 131,71 0,85 114,54 8,62 1.693,48 - 1,29 13,09 0,01 5,84 - 8,34 - 2.012,7 1,97 - - - 2,0 2.014,6 6. Varejo e Serviços 85,36 352,75 0,00 4,41 - 0,24 - - - 0,15 - 0,00 - - - 442,9 4.113,20 607,31 0,00 - 4.720,5 5.163,4 7. Beneficiamento - - - - - - 0,37 - 691,64 38,01 - - - - - 730,0 - - - - - 730,0 8. Ind. Transformação - - - - - 5,48 - - - 833,05 35,07 - - 83,86 - 957,5 - - - 5,72 5,7 963,2 9. Comércio Atacado 2,31 5,56 0,56 36,39 26,11 884,20 945,78 24,75 28,35 6,69 16,43 1,22 - - - 1.978,3 - - 14,30 5,63 19,9 1.998,3 10. Varejo e Serviços - 54,21 - - - - - - - - - - - - - 54,2 - - 330,70 - 330,7 384,9 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 83,82 - - - 3.455,03 - - 3.538,9 - - - 0,03 0,0 3.538,9 12. Ind. Transformação - - - - 15,33 863,44 1.252,13 - - 881,60 3,95 - - 704,67 194,65 3.915,8 - - - 477,15 477,1 4.392,9
  19. 19. 19 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento. Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias FormaçãoCapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 13. Comércio Atacado - 526,55 - - - 102,96 106,12 - - 20,83 2,22 117,13 148,92 2,81 1,65 1.029,2 11,06 - - 12,03 23,1 1.052,3 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,05 - - 457,48 457,5 457,5 r.Total de Insumos 154,00 971,52 137,76 786,98 278,83 1.889,64 4.472,12 24,93 814,65 1.798,25 259,89 458,87 3.730,57 805,94 344,74 16.928,7 4.423,29 767,05 345,00 5.539,14 11.074,5 28.003,2 x.Produção Rural 700,61 - 5,77 230,57 63,36 26,31 178,98 57,14 44,85 51,30 92,22 220,49 134,56 26,97 112,78 1.945,9 - - - - - - y.Produção Mineral - 3.872,38 10,78 55,86 38,69 98,68 512,33 647,95 103,67 148,73 32,80 2.859,52 527,79 219,37 - 9.128,6 - - - - - - s.Val. Adicionado 6 (x+y) 700,61 3.872,38 16,56 286,43 102,04 125,00 691,31 705,08 148,53 200,04 125,02 3.080,01 662,35 246,35 112,78 11.074,5 - - - - - - x.Salários 6a 156,08 272,04 7,97 151,46 53,96 87,50 332,76 336,75 70,94 135,81 57,11 1.940,41 417,28 182,30 60,53 4.262,9 - - - - - - y.Margem Bruta 6b 544,53 3.600,33 8,59 134,97 48,08 37,50 358,55 368,33 77,59 64,23 67,91 1.139,60 245,07 64,05 52,26 6.811,6 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 854,61 4.843,90 154,31 1.073,41 380,88 2.014,64 5.163,43 730,01 963,17 1.998,28 384,91 3.538,88 4.392,93 1.052,29 457,53 28.003,2 - - - - - - Emprego (em 1.000) 111,80 13,94 3,75 45,54 12,59 28,86 81,47 93,28 26,84 53,17 9,97 456,62 89,81 39,71 5,37 1.072,7 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropec, PAM, PEM, PPM. RAIS/MTE; CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás. Indireta: São Felix do Xingu, São João do Araguais, Brejo Grande do Araguaia, Bom Jesus dos Tocantins, Palestina do Pará, São Domingos do Araguaia, Pau D’Arco, Redenção, Rio Maria e Xinguara. 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  20. 20. 20 Tabela 2c – Estrutura da Economia da Área de Influência Direta da CVRD: Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004, R$ 1.000.000 correntes Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formaçãoapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP 1a. Rural 35,59 - 2,82 108,00 22,28 9,60 48,63 0,03 - 0,41 - - - 2,06 0,00 229,4 62,42 66,87 - - 129,3 358,7 1b. Mineral - - - 410,47 - - - - - - - 334,68 - - - 745,1 - - - 4.098,75 4.098,8 4.843,9 2.Intermed. Primária - - - 1,31 - 2,18 0,01 - - 0,69 0,00 - - 0,00 - 4,2 128,50 - 0,00 - 128,5 132,7 3. Beneficiamento - - 0,00 8,35 20,74 1,71 56,73 - 3,10 0,67 67,53 - 16,54 0,53 31,63 207,5 0,62 - - 482,35 483,0 690,5 4. Ind. Transformação - - 0,01 - - - 192,02 - - - 3,40 - 27,88 - 20,38 243,7 - - - - - 243,7 5. Comércio Atacado 1,30 32,44 116,57 0,36 109,51 4,49 1.611,59 - 0,32 6,86 0,01 4,05 - 4,31 - 1.891,8 0,97 - - - 1,0 1.892,8 6. Varejo e Serviços 25,18 352,75 0,00 1,55 - 0,15 - - - 0,11 - 0,00 - - - 379,7 3.699,57 562,13 0,00 - 4.261,7 4.641,4 7. Beneficiamento - - - - - - 0,06 - 654,55 38,01 - - - - - 692,6 - - - - - 692,6 8. Ind. Transformação - - - - - 3,68 - - - 782,50 12,31 - - 78,79 - 877,3 - - - 1,43 1,4 878,7 9. Comércio Atacado 0,87 5,56 0,48 23,41 17,12 839,49 865,56 23,48 25,93 6,20 15,66 0,85 - - - 1.824,6 - - 7,22 1,94 9,2 1.833,8 10. Varejo e Serviços - 54,21 - - - - - - - - - - - - - 54,2 - - 116,01 - 116,0 170,2 11. Indust. de Benef. - - - - - - - - 75,07 - - - 3.317,34 - - 3.392,4 - - - 0,00 0,0 3.392,4 12. Ind. Transformação - - - - 10,31 817,37 1.198,61 - - 810,40 3,95 - - 686,01 78,38 3.605,0 - - - 476,75 476,8 4.081,8 13. Comércio Atacado - 526,55 - - - 102,96 87,05 - - 20,83 2,22 112,46 138,37 2,70 0,63 993,8 5,67 - - 5,19 10,9 1.004,6 14. Varejo e Serviços - - - - - - - - - - - - - - - - 0,01 - - 174,25 174,3 174,3 r.Total de Insumos 62,94 971,52 119,89 553,44 179,96 1.781,63 4.060,26 23,51 758,98 1.666,68 105,07 452,05 3.500,13 774,41 131,02 15.141,5 3.897,75 629,00 123,24 5.240,66 9.890,6 25.032,1 x.Produção Rural 295,79 - 2,03 81,20 25,05 12,46 68,84 21,16 16,05 18,36 32,35 80,85 53,85 10,85 43,24 762,1 y.Produção Mineral - 3.872,38 10,78 55,86 38,69 98,68 512,33 647,95 103,67 148,73 32,80 2.859,52 527,79 219,37 - 9.128,6 - - - - - -
  21. 21. 21 Produção Intermediária Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Demanda Final Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Local Sudeste Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 Total Famílias Formaçãoapital 5 Estadual/Regional Nacional7 Total VBP s.Val. Adicionado 6 (x+y) 295,79 3.872,38 12,81 137,07 63,74 111,14 581,17 669,11 119,72 167,09 65,15 2.940,37 581,65 230,23 43,24 9.890,6 - - - - - - x.Salários 6a 64,42 272,04 6,17 72,48 33,70 77,80 279,74 319,57 57,18 113,44 29,76 1.852,43 366,44 170,37 23,20 3.738,7 - - - - - - y.Margem Bruta 6b 231,37 3.600,33 6,64 64,59 30,03 33,34 301,43 349,54 62,54 53,65 35,39 1.087,94 215,21 59,86 20,03 6.151,9 - - - - - - Renda Bruta (r+s) 358,73 4.843,90 132,70 690,50 243,69 1.892,78 4.641,43 692,62 878,70 1.833,77 170,22 3.392,41 4.081,77 1.004,64 174,26 25.032,1 - - - - - - Emprego (em 1.000) 43,85 13,94 3,34 27,53 9,67 27,46 75,60 91,38 24,41 49,22 6,63 448,40 85,06 38,65 2,06 947,2 - - - - - - Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa - CSα . * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás. 1 Setores originais da CSα . Com base nos seus produtos, um a um, são calculados os valores básicos dos fluxos. 2 Inclui todas as formas de serviço. 3 Produção primária e primeiro beneficiamento. 4 Inclui produção de energia. 5 FBK dos setores alfa intermediada pelos setores da economia local. 6a Incluindo encargos. 6b incluindo importações e antes da tributação. 7 Inclui exportações para o resto do mundo.
  22. 22. 22 5.1 RESULTADOS DAS ESTIMATIVAS DOS IMPACTOS NAS VARIÁVEIS: VALOR DA PRODUÇÃO, VALOR ADICIONADO, MARGEM BRUTA, MASSA SALARIAL E EMPREGO Tabela 3a: Matriz Inversa de Leontief da Economia do Sudeste Paraense com base na Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004 (multiplicadores usados para as projeções 2005 a 2010 Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transfor-mação. 4 Atacado Varejo 2 Bene-iciamento 3 Transfor-mação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 1a. Rural 1,253195 0,183704 0,280476 0,532629 0,471005 0,206555 0,245889 0,174202 0,179424 0,187440 0,369876 0,175170 0,188015 0,197533 0,291614 1b. Mineral 0,081259 1,087242 0,118055 0,383588 0,149834 0,131874 0,138752 0,075380 0,088921 0,119701 0,240712 0,168543 0,155207 0,132549 0,178950 2.Intermed. Primária 0,030963 0,031041 1,034425 0,047670 0,034996 0,035666 0,033555 0,030660 0,030927 0,031781 0,039750 0,030690 0,031049 0,031264 0,034753 3. Beneficiamento 0,123797 0,130476 0,135236 1,148946 0,306078 0,140228 0,192537 0,116084 0,130779 0,141903 0,660356 0,117653 0,137735 0,146202 0,353863 4. Indust. de Transformação 0,064708 0,064751 0,074641 0,063212 1,066357 0,075314 0,118804 0,058368 0,058815 0,070153 0,090715 0,059180 0,084104 0,075167 0,211069 5. Comércio de Atacado 0,376867 0,370464 1,107194 0,376128 0,605528 1,365891 0,680424 0,335929 0,339466 0,359543 0,365759 0,341168 0,347877 0,362393 0,386384 6. Varejo e Serviços 1,024038 0,988096 0,927684 0,977047 0,950040 0,921218 1,925770 0,913365 0,914954 0,918171 0,947835 0,920255 0,920688 0,920052 0,933977 7. Beneficiamento 0,123944 0,127944 0,221110 0,133696 0,174474 0,255754 0,219757 1,121377 0,831187 0,425513 0,203186 0,114783 0,117897 0,174508 0,127354 8. Ind. de Transformação 0,166902 0,172829 0,297551 0,180143 0,234803 0,344134 0,295570 0,163431 1,172862 0,571177 0,278713 0,154801 0,159094 0,239350 0,171649 9. Comércio de Atacado 0,374467 0,364953 0,680512 0,400119 0,535370 0,789457 0,677529 0,367730 0,390000 1,372350 0,412673 0,337377 0,342860 0,352829 0,378503 10. Varejo e Serviços 0,082054 0,093313 0,082466 0,085438 0,082822 0,082621 0,082698 0,081988 0,082140 0,082484 1,083839 0,083031 0,082882 0,082628 0,083147 11. Indust. de Benef. 0,491586 0,535594 0,857352 0,509174 0,656788 0,992488 0,899878 0,452034 0,552987 0,853969 0,514085 1,465993 1,255700 0,980698 0,821936 12. Ind. de Transformação 0,618156 0,674528 1,077356 0,639439 0,824539 1,247206 1,132713 0,567280 0,582435 1,041602 0,634506 0,586364 1,609644 1,243931 1,045875 13. Comércio de Atacado 0,094423 0,206326 0,162080 0,127900 0,125321 0,187160 0,168557 0,086337 0,092093 0,131510 0,115548 0,130863 0,157605 1,137069 0,132854 14. Varejo e Serviços 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 0,000013 1,000013 Fonte: Tabela 4 desse Anexo.
  23. 23. 23 Tabela 3b: Matriz Inversa de Leon-Tief da Economia da Área de Influência Direta e Indireta* da CVRD com base na Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004 (multiplicadores usados para as projeções 2005 a 2010 Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Rural Mineral Intermediação primária Bene-ficiamento Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Trans-formação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 1a. Rural 1,198494572 0,119204243 0,166074008 0,433630112 0,350261986 0,130230083 0,159720161 0,113043718 0,116398839 0,119384856 0,279905656 0,113576061 0,121485625 0,123845304 0,209973159 1b. Mineral 0,078713842 1,085314798 0,123297934 0,472084132 0,15941492 0,131695557 0,137746501 0,072757483 0,086244392 0,116780614 0,278420793 0,169205917 0,156205295 0,130842007 0,197793038 2.Intermed. Primária 0,027471952 0,027473042 1,02938355 0,031150937 0,028716441 0,029725223 0,028442248 0,027364446 0,027418798 0,02793674 0,02932307 0,027363676 0,027428353 0,027436192 0,028305118 3. Beneficiamento 0,08100546 0,086573436 0,088405734 1,104818088 0,24212655 0,090264331 0,1263258 0,075879181 0,086498429 0,088760328 0,596179482 0,076965273 0,091172702 0,089207437 0,306196721 4. Indust. de Transformação 0,057014847 0,056817461 0,06263758 0,055588253 1,057986567 0,064042196 0,107605033 0,05112901 0,051465648 0,0599858 0,079401901 0,051849534 0,070347445 0,064121549 0,188453003 5. Comércio de Atacado 0,371540293 0,364710718 1,200492905 0,361722518 0,649378514 1,348022186 0,685404097 0,330449568 0,332867618 0,343444732 0,355015632 0,335477982 0,340962224 0,345908894 0,381664412 6. Varejo e Serviços 0,978057988 0,943578849 0,878344292 0,93451405 0,89991891 0,875399296 1,878847253 0,869178174 0,870541174 0,87314791 0,902967081 0,876258959 0,876161384 0,874542677 0,888919108 7. Beneficiamento 0,127216525 0,131131907 0,24726591 0,136860843 0,188819209 0,268311167 0,232301807 1,12414567 0,849655912 0,445351707 0,208571208 0,11712179 0,120050169 0,177905978 0,130563475 8. Ind. de Transformação 0,167314065 0,173038415 0,325044101 0,180174317 0,2482169 0,352697684 0,30525272 0,163256658 1,173002862 0,584066471 0,279429924 0,154279887 0,158243972 0,238664928 0,171913279 9. Comércio de Atacado 0,368110785 0,357975135 0,725246533 0,389804992 0,552812486 0,787697483 0,681978871 0,360246097 0,382491686 1,360678027 0,412850186 0,329841325 0,33414347 0,339746678 0,370771941 10. Varejo e Serviços 0,06058306 0,071848732 0,061082036 0,064985579 0,06148625 0,06117602 0,061243741 0,060516397 0,06066734 0,061009095 1,062818139 0,061595828 0,061450328 0,061166467 0,06191577 11. Indust. de Benef. 0,504776549 0,552061009 0,946283768 0,524546722 0,70662484 1,027564666 0,945735324 0,462522046 0,562193768 0,875936223 0,53340132 1,477970746 1,28305631 1,02281274 0,853370233 12. Ind. de Transformação 0,623288189 0,682774978 1,167192586 0,647002089 0,870977569 1,26747785 1,168685275 0,570012324 0,585007392 1,049086523 0,647277221 0,590648025 1,613842065 1,274054257 1,066001581 13. Comércio de Atacado 0,091911127 0,204116788 0,17407032 0,135100954 0,130388095 0,189244441 0,169447979 0,083616838 0,089289612 0,129625448 0,119313415 0,128621292 0,155838333 1,135846536 0,133834015 14. Varejo e Serviços 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 8,78292E-06 1,000008783 Fonte: Tabela 5 desse Anexo. * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás. Indireta: São Felix do Xingu, São João do Araguais, Brejo Grande do Araguaia, Bom Jesus dos Tocantins, Palestina do Pará, São Domingos do Araguaia, Pau D’Arco, Redenção, Rio Maria e Xinguara.
  24. 24. 24 Tabela 3c - Matriz Inversa de Leontief da Área de Influência Direta* com base na Matriz de Insumo-Produto CSα em 2004 (multiplicadores usados para as projeções de 2005 a 2010) Economia Local Economia Estadual/Regional Economia Nacional Produção (Setores Alfa) 1 Indústria Comércio Indústria Comércio Indústria Comércio Rural Mineral Intermediaçãoprimária Beneficiamento Transfor-mação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficia-mento 3 Transfor-mação. 4 Atacado Varejo 2 Beneficiamento 3 Transformação. 4 Atacado Varejo 2 1a. Rural 1,159945 0,050945 0,078400 0,225994 0,168490 0,055690 0,070394 0,048128 0,048816 0,049663 0,121338 0,048448 0,050044 0,051887 0,095370 1b. Mineral 0,066125 1,075474 0,116113 0,674024 0,148541 0,123443 0,126211 0,062203 0,074087 0,106781 0,313805 0,162904 0,148944 0,122765 0,222204 2.Intermed. Primária 0,025122 0,025134 1,026258 0,027058 0,025879 0,026419 0,025680 0,025081 0,025098 0,025476 0,025920 0,025077 0,025089 0,025093 0,025534 3. Beneficiamento 0,027582 0,032538 0,030982 1,042626 0,115715 0,031592 0,046444 0,026106 0,029855 0,030538 0,431954 0,026763 0,031502 0,030626 0,223511 4. Indust. de Transformação 0,041797 0,042382 0,042898 0,041518 1,041671 0,043321 0,084257 0,038296 0,038435 0,041712 0,060150 0,038771 0,045703 0,043381 0,159555 5. Comércio de Atacado 0,361221 0,363324 1,217052 0,357874 0,788846 1,339126 0,702543 0,328230 0,329306 0,336229 0,350239 0,332973 0,335633 0,337755 0,390779 6. Varejo e Serviços 0,899545 0,895216 0,827370 0,880534 0,836200 0,826320 1,827531 0,821212 0,822136 0,824635 0,845590 0,828569 0,827675 0,825896 0,836628 7. Beneficiamento 0,124814 0,132284 0,259518 0,139249 0,215544 0,278036 0,243732 1,124976 0,877772 0,465849 0,214221 0,117368 0,119576 0,178394 0,132955 8. Ind. de Transformação 0,157844 0,167860 0,328150 0,176400 0,272515 0,351566 0,308140 0,158016 1,167981 0,587839 0,275173 0,148653 0,151567 0,230398 0,168363 9. Comércio de Atacado 0,348493 0,348898 0,726883 0,378064 0,604736 0,778753 0,683764 0,350155 0,372495 1,348654 0,445390 0,319625 0,321383 0,326018 0,363275 10. Varejo e Serviços 0,022877 0,034173 0,023436 0,029680 0,023799 0,023518 0,023549 0,022833 0,022966 0,023332 1,025649 0,023960 0,023804 0,023511 0,024624 11. Indust. de Benef. 0,504069 0,568975 0,990278 0,549806 0,808413 1,060900 0,999470 0,473212 0,571082 0,898364 0,578099 1,489983 1,319922 1,059842 0,905565 12. Ind. de Transformação 0,603632 0,682442 1,183978 0,657957 0,966053 1,268411 1,197391 0,565646 0,579894 1,043582 0,682387 0,587266 1,608147 1,279848 1,096540 13. Comércio de Atacado 0,086453 0,201492 0,177431 0,155966 0,142936 0,190677 0,169549 0,080455 0,085820 0,127570 0,131191 0,126026 0,153700 1,133870 0,137796 14. Varejo e Serviços 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 0,000002 1,000002 Fonte: Tabela 6 desse Anexo. * Marabá, Parauapebas, Curionópolis, Ourilândia do Norte, Tucumã, Eldorado do Carajás e Canaã dos Carajás.
  25. 25. 25 Tabela 4a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 100% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 1.134,04 1.308,05 2.085,01 2.772,54 4.365,62 5.545,86 6.319,66 7.312,78 1b. Mineral 3.230,43 4.796,54 7.566,47 8.028,79 10.174,13 12.155,61 13.858,91 17.526,80 2.Intermed. Primária 111,10 190,49 314,33 410,80 636,88 807,21 920,90 1.076,37 3. Beneficiamento 1.160,27 1.393,31 1.978,44 2.580,44 4.035,79 5.101,48 5.810,06 6.596,44 4. Ind. de Transformação 389,16 480,49 785,61 1.122,63 1.912,80 2.454,90 2.801,03 3.200,88 5. Comércio de Atacado 1.510,35 2.130,36 3.715,50 5.160,66 8.189,45 10.477,28 11.880,25 13.911,17 6. Varejo e Serviços 3.968,85 5.609,57 9.827,16 13.706,11 21.674,91 27.735,77 31.398,31 36.834,13 7. Beneficiamento 518,69 751,76 1.343,37 1.884,83 3.033,26 3.905,55 4.453,07 5.184,37 8. Ind. de Transformação 697,88 1.016,08 1.818,41 2.552,72 4.111,25 5.295,16 6.039,15 7.029,00 9. Comércio de Atacado 1.515,96 2.150,49 3.711,11 5.139,03 8.126,06 10.389,09 11.775,42 13.781,45 10. Varejo e Serviços 365,59 525,29 883,69 1.164,99 1.875,08 2.518,06 2.977,27 3.488,49 11. Ind. de Benef. 2.500,85 3.627,44 6.381,80 9.056,04 14.884,31 19.132,47 21.833,89 25.110,68 12. Ind. de Transformação 3.189,86 4.589,57 8.068,32 11.451,02 18.828,07 24.199,64 27.616,46 31.750,99 13. Comércio de Atacado 903,13 1.126,06 2.870,78 4.526,66 8.130,67 10.774,15 12.554,62 14.203,16 14. Varejo e Serviços 475,08 652,33 761,79 1.243,74 2.829,79 3.635,98 4.210,92 4.449,66 Total 21.671,24 30.347,85 52.111,79 70.800,99 112.808,07 144.128,21 164.449,91 191.456,34 Resumo Agropecuária 1.134,04 1.308,05 2.085,01 2.772,54 4.365,62 5.545,86 6.319,66 7.312,78 Mineral 3.230,43 4.796,54 7.566,47 8.028,79 10.174,13 12.155,61 13.858,91 17.526,80 Ind. Com .e Serv. Local 7.139,73 9.804,23 16.621,04 22.980,64 36.449,82 46.576,64 52.810,55 61.618,98 Ind. Com .e Serv. Estadual 3.098,12 4.443,63 7.756,59 10.741,57 17.145,65 22.107,87 25.244,91 29.483,30 Ind. Com .e Serv. Nacional 7.068,92 9.995,40 18.082,68 26.277,45 44.672,85 57.742,24 66.215,89 75.514,48 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) a variação da demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  26. 26. 26 Tabela 4b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos da CVRD no Sudeste Paraense, considerando a realização de 100% dos investimentos – 2003 a 2010 – em R$ 1.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 953,92 1.079,31 1.720,40 2.287,70 3.602,20 4.576,05 5.214,53 6.033,99 1b. Mineral 2.416,11 3.825,02 6.039,40 6.408,99 8.124,05 9.708,11 11.069,79 14.002,03 2.Intermed. Primária 23,56 32,92 54,32 70,98 110,04 139,46 159,10 185,96 3. Beneficiamento 367,55 428,99 608,67 793,53 1.240,43 1.567,68 1.785,26 2.026,74 4. Ind. de Transformação 108,55 127,93 209,17 298,90 509,28 653,61 745,77 852,23 5. Comércio de Atacado 108,93 149,67 260,73 361,98 574,18 734,47 832,77 975,05 6. Varejo e Serviços 561,84 789,20 1.380,73 1.924,77 3.042,43 3.892,49 4.406,17 5.168,57 7. Beneficiamento 500,83 726,00 1.297,34 1.820,25 2.929,34 3.771,74 4.300,50 5.006,74 8. Ind. de Transformação 116,56 167,20 298,81 419,27 674,92 869,13 991,18 1.153,55 9. Comércio de Atacado 174,64 234,25 403,81 558,95 883,49 1.129,36 1.279,99 1.497,94 10. Varejo e Serviços 116,95 164,28 276,37 364,35 586,42 787,51 931,13 1.091,01 11. Ind. de Benef. 2.194,90 3.169,39 5.574,56 7.909,78 12.999,17 16.708,77 19.067,72 21.929,10 12. Ind. de Transformação 523,97 717,12 1.259,55 1.787,00 2.937,28 3.774,85 4.307,63 4.952,31 13. Comércio de Atacado 200,15 271,86 694,73 1.096,08 1.969,61 2.610,32 3.041,87 3.441,43 14. Varejo e Serviços 119,20 161,58 188,69 308,07 700,93 900,62 1.043,03 1.102,16 Total 8.487,68 12.044,72 20.267,29 26.410,60 40.883,77 51.824,18 59.176,42 69.418,80 Resumo Agropecuária 953,92 1.079,31 1.720,40 2.287,70 3.602,20 4.576,05 5.214,53 6.033,99 Mineral 2.416,11 3.825,02 6.039,40 6.408,99 8.124,05 9.708,11 11.069,79 14.002,03 Ind. Com .e Serv. Local 1.170,43 1.528,72 2.513,62 3.450,16 5.476,35 6.987,71 7.929,07 9.208,55 Ind. Com .e Serv. Estadual 908,99 1.291,73 2.276,34 3.162,81 5.074,18 6.557,75 7.502,79 8.749,24 Ind. Com .e Serv. Nacional 3.038,23 4.319,94 7.717,54 11.100,93 18.606,99 23.994,57 27.460,24 31.425,00 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) a variação da demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  27. 27. 27 Tabela 4c – Evolução do impacto na Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 100% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 206,67 230,96 368,15 489,54 770,83 979,22 1.115,85 1.291,20 1b. Mineral 104,17 272,04 427,61 453,58 574,06 685,35 781,01 987,01 2.Intermed. Primária 11,34 15,85 139,68 236,16 462,23 632,56 746,26 901,73 3. Beneficiamento 194,35 226,84 321,85 419,60 655,91 828,96 944,01 1.071,70 4. Ind. de Transformação 57,40 67,65 110,60 158,05 269,30 345,62 394,35 450,64 5. Comércio de Atacado 76,25 104,77 182,51 253,39 401,93 514,13 582,93 682,54 6. Varejo e Serviços 270,44 379,87 664,61 926,47 1.464,45 1.873,62 2.120,88 2.487,85 7. Beneficiamento 239,20 346,74 619,62 869,36 1.399,07 1.801,41 2.053,95 2.391,25 8. Ind. de Transformação 55,67 79,85 142,71 200,24 322,35 415,10 473,39 550,94 9. Comércio de Atacado 118,57 159,04 274,16 379,48 599,82 766,75 869,01 1.016,98 10. Varejo e Serviços 53,43 75,05 126,25 166,44 267,89 359,76 425,36 498,40 11. Ind. de Benef. 1.382,79 1.996,72 3.511,98 4.983,16 8.189,48 10.526,53 12.012,67 13.815,33 12. Ind. de Transformação 330,10 451,78 793,51 1.125,81 1.850,49 2.378,16 2.713,80 3.119,96 13. Comércio de Atacado 148,11 201,17 514,10 811,10 1.457,51 1.931,64 2.250,98 2.546,66 14. Varejo e Serviços 63,97 86,72 101,27 165,33 376,17 483,34 559,77 591,51 Total 3.312,46 4.695,06 8.298,62 11.637,73 19.061,49 24.522,14 28.044,23 32.403,70 Resumo Agropecuária 206,67 230,96 368,15 489,54 770,83 979,22 1.115,85 1.291,20 Mineral 104,17 272,04 427,61 453,58 574,06 685,35 781,01 987,01 Ind. Com .e Serv. Local 609,78 794,98 1.419,26 1.993,67 3.253,82 4.194,89 4.788,43 5.594,46 Ind. Com .e Serv. Estadual 466,87 660,68 1.162,74 1.615,53 2.589,13 3.343,02 3.821,71 4.457,58 Ind. Com .e Serv. Nacional 1.924,98 2.736,39 4.920,86 7.085,41 11.873,65 15.319,67 17.537,22 20.073,46 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) a variação da demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  28. 28. 28 Tabela 4d – Evolução do impacto na Margem Bruta Total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 100% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 747,25 848,35 1.352,25 1.798,16 2.831,37 3.596,83 4.098,68 4.742,78 1b. Mineral 2.311,95 3.552,97 5.611,79 5.955,42 7.549,99 9.022,77 10.288,78 13.015,02 2.Intermed. Primária 12,22 17,08 32,61 44,72 73,08 94,45 108,71 128,22 3. Beneficiamento 173,20 202,15 286,82 373,93 584,51 738,72 841,25 955,04 4. Ind. de Transformação 51,15 60,28 98,56 140,85 239,98 308,00 351,42 401,59 5. Comércio de Atacado 32,68 44,90 78,22 108,60 172,26 220,34 249,83 292,52 6. Varejo e Serviços 291,40 409,32 716,13 998,30 1.577,98 2.018,87 2.285,29 2.680,71 7. Beneficiamento 261,63 379,26 677,72 950,89 1.530,27 1.970,33 2.246,55 2.615,49 8. Ind. de Transformação 60,89 87,34 156,10 219,02 352,58 454,03 517,78 602,61 9. Comércio de Atacado 56,07 75,21 129,65 179,47 283,67 362,61 410,98 480,96 10. Varejo e Serviços 63,53 89,23 150,12 197,90 318,53 427,76 505,77 592,61 11. Ind. de Benef. 812,11 1.172,67 2.062,59 2.926,62 4.809,69 6.182,25 7.055,06 8.113,77 12. Ind. de Transformação 193,87 265,33 466,03 661,19 1.086,79 1.396,70 1.593,82 1.832,35 13. Comércio de Atacado 52,04 70,68 180,63 284,98 512,10 678,68 790,89 894,77 14. Varejo e Serviços 55,23 74,86 87,42 142,73 324,75 417,27 483,25 510,65 Total 5.175,22 7.349,66 12.086,65 14.982,76 22.247,55 27.889,60 31.828,07 37.859,09 Resumo 20.015,67 Agropecuária 747,25 848,35 1.352,25 1.798,16 2.831,37 3.596,83 4.098,68 4.742,78 Mineral 2.311,95 3.552,97 5.611,79 5.955,42 7.549,99 9.022,77 10.288,78 13.015,02 Ind. Com .e Serv. Local 560,65 733,74 1.212,34 1.666,38 2.647,81 3.380,37 3.836,51 4.458,08 Ind. Com .e Serv. Estadual 442,12 631,05 1.113,59 1.547,28 2.485,04 3.214,73 3.681,08 4.291,66 Ind. Com .e Serv. Nacional 1.113,25 1.583,55 2.796,68 4.015,52 6.733,34 8.674,90 9.923,02 11.351,55 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) a variação da demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  29. 29. 29 Tabela 4e – Evolução do impacto sobre a geração do emprego total (local e extra-local) derivados dos novos empreendimentos na economia do Sudeste Paraense, considerando a realização de 100% dos investimentos – 2003 a 2010 (em 1.000 pessoas) Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 185,95 185,88 296,29 393,99 620,38 788,09 898,05 1.039,18 1b. Mineral 6,85 13,94 21,92 23,25 29,42 35,13 40,03 50,59 2.Intermed. Primária 3,62 5,54 7,45 8,93 12,40 15,02 16,77 19,15 3. Beneficiamento 57,34 62,59 88,86 115,88 181,20 229,04 260,85 296,15 4. Ind. de Transformação 13,38 14,56 23,80 34,01 57,95 74,37 84,86 96,97 5. Comércio de Atacado 22,56 31,17 54,34 75,46 119,74 153,18 173,69 203,37 6. Varejo e Serviços 59,14 86,32 151,11 210,70 333,13 426,24 482,51 566,01 7. Beneficiamento 63,66 93,68 167,47 235,00 378,24 487,03 555,32 646,53 8. Ind. de Transformação 19,77 28,25 50,53 70,93 114,22 147,11 167,77 195,27 9. Comércio de Atacado 41,57 56,93 98,23 136,02 215,07 274,95 311,64 364,73 10. Varejo e Serviços 9,63 12,16 20,46 26,97 43,41 58,30 68,93 80,77 11. Ind. de Benef. 314,19 459,27 808,01 1.146,60 1.884,54 2.422,41 2.764,45 3.179,33 12. Ind. de Transformação 67,11 92,60 162,74 230,93 379,66 487,95 556,83 640,19 13. Comércio de Atacado 30,10 41,20 105,35 166,23 298,73 395,92 461,38 521,99 14. Varejo e Serviços 6,35 7,69 8,98 14,67 33,37 42,88 49,66 52,48 Total 901,21 1.191,78 2.065,52 2.889,57 4.701,45 6.037,63 6.892,74 7.952,72 Resumo Agropecuária 185,95 185,88 296,29 393,99 620,38 788,09 898,05 1.039,18 Mineral 6,85 13,94 21,92 23,25 29,42 35,13 40,03 50,59 Ind. Com .e Serv. Local 156,04 200,17 325,55 444,98 704,42 897,85 1.018,66 1.181,66 Ind. Com .e Serv. Estadual 134,63 191,01 336,69 468,92 750,94 967,39 1.103,67 1.287,30 Ind. Com .e Serv. Nacional 417,75 600,77 1.085,08 1.558,43 2.596,30 3.349,16 3.832,32 4.393,99 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) a variação da demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  30. 30. 30 Tabela 5a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 75% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 1.134,04 1.308,05 1.890,77 2.406,42 3.601,23 4.486,41 5.066,75 5.811,60 1b. Mineral 3.230,43 4.796,54 6.873,99 7.220,73 8.829,73 10.315,84 11.593,31 14.344,23 2.Intermed. Primária 111,10 190,49 283,37 355,73 525,28 653,03 738,30 854,90 3. Beneficiamento 1.160,27 1.393,31 1.832,16 2.283,66 3.375,17 4.174,44 4.705,87 5.295,65 4. Ind. de Transformação 389,16 480,49 709,33 962,10 1.554,72 1.961,30 2.220,90 2.520,78 5. Comércio de Atacado 1.510,35 2.130,36 3.319,22 4.403,09 6.674,67 8.390,55 9.442,78 10.965,97 6. Varejo e Serviços 3.968,85 5.609,57 8.772,76 11.681,98 17.658,57 22.204,22 24.951,13 29.027,99 7. Beneficiamento 518,69 751,76 1.195,47 1.601,56 2.462,89 3.117,10 3.527,74 4.076,21 8. Ind. de Transformação 697,88 1.016,08 1.617,83 2.168,56 3.337,46 4.225,39 4.783,38 5.525,77 9. Comércio de Atacado 1.515,96 2.150,49 3.320,96 4.391,89 6.632,17 8.329,44 9.369,19 10.873,71 10. Varejo e Serviços 365,59 525,29 794,09 1.005,07 1.537,63 2.019,87 2.364,28 2.747,69 11. Ind. de Benef. 2.500,85 3.627,44 5.693,21 7.698,89 12.070,09 15.256,21 17.282,28 19.739,87 12. Ind. de Transformação 3.189,86 4.589,57 7.198,63 9.735,65 15.268,45 19.297,12 21.859,74 24.960,64 13. Comércio de Atacado 903,13 1.126,06 2.434,60 3.676,51 6.379,52 8.362,13 9.697,48 10.933,88 14. Varejo e Serviços 475,08 652,33 734,43 1.095,89 2.285,43 2.890,07 3.321,27 3.500,33 Total 21.671,24 30.347,85 46.670,80 60.687,71 92.193,01 115.683,12 130.924,40 151.179,22 Resumo Agropecuária 1.134,04 1.308,05 1.890,77 2.406,42 3.601,23 4.486,41 5.066,75 5.811,60 Mineral 3.230,43 4.796,54 6.873,99 7.220,73 8.829,73 10.315,84 11.593,31 14.344,23 Ind. Com .e Serv. Local 7.139,73 9.804,23 14.916,84 19.686,54 29.788,42 37.383,54 42.058,97 48.665,29 Ind. Com .e Serv. Estadual 3.098,12 4.443,63 6.928,35 9.167,08 13.970,15 17.691,81 20.044,59 23.223,38 Ind. Com .e Serv. Nacional 7.068,92 9.995,40 16.060,86 22.206,94 36.003,49 45.805,53 52.160,77 59.134,71 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  31. 31. 31 Tabela 5b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos da CVRD no Sudeste Paraense, considerando a realização de 75% dos investimentos – 2003 a 2010 – em R$ 1.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 953,92 1.079,31 1.560,13 1.985,60 2.971,48 3.701,86 4.180,72 4.795,32 1b. Mineral 2.416,11 3.825,02 5.485,80 5.763,00 7.049,29 8.237,34 9.258,60 11.457,78 2.Intermed. Primária 23,56 32,92 48,97 61,47 90,76 112,83 127,56 147,70 3. Beneficiamento 367,55 428,99 563,75 702,39 1.037,57 1.283,00 1.446,19 1.627,30 4. Ind. de Transformação 108,55 127,93 188,86 256,16 413,94 522,19 591,31 671,15 5. Comércio de Atacado 108,93 149,67 232,97 308,90 468,06 588,27 661,99 768,71 6. Varejo e Serviços 561,84 789,20 1.232,85 1.640,88 2.479,12 3.116,66 3.501,93 4.073,73 7. Beneficiamento 500,83 726,00 1.154,51 1.546,69 2.378,50 3.010,30 3.406,87 3.936,56 8. Ind. de Transformação 116,56 167,20 265,91 356,25 547,99 693,65 785,18 906,96 9. Comércio de Atacado 174,64 234,25 361,42 477,78 721,18 905,59 1.018,55 1.182,02 10. Varejo e Serviços 116,95 164,28 248,35 314,33 480,89 631,71 739,42 859,33 11. Ind. de Benef. 2.194,90 3.169,39 4.973,27 6.724,69 10.541,73 13.323,93 15.093,14 17.239,17 12. Ind. de Transformação 523,97 717,12 1.123,94 1.519,53 2.382,24 3.010,42 3.410,00 3.893,51 13. Comércio de Atacado 200,15 271,86 589,01 890,02 1.545,17 2.025,71 2.349,36 2.649,04 14. Varejo e Serviços 119,20 161,58 181,91 271,45 566,09 715,86 822,66 867,02 Total 8.487,68 12.044,72 18.211,65 22.819,13 33.674,01 41.879,32 47.393,50 55.075,28 Resumo Agropecuária 953,92 1.079,31 1.560,13 1.985,60 2.971,48 3.701,86 4.180,72 4.795,32 Mineral 2.416,11 3.825,02 5.485,80 5.763,00 7.049,29 8.237,34 9.258,60 11.457,78 Ind. Com .e Serv. Local 1.170,43 1.528,72 2.267,39 2.969,80 4.489,44 5.622,96 6.328,98 7.288,59 Ind. Com .e Serv. Estadual 908,99 1.291,73 2.030,18 2.695,04 4.128,56 5.241,24 5.950,03 6.884,86 Ind. Com .e Serv. Nacional 3.038,23 4.319,94 6.868,14 9.405,68 15.035,23 19.075,91 21.675,17 24.648,74 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  32. 32. 32 Tabela 5c – Evolução do impacto Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 75% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 206,67 230,96 333,85 424,90 635,86 792,16 894,63 1.026,14 1b. Mineral 104,17 272,04 388,72 408,19 498,56 582,02 653,77 808,27 2.Intermed. Primária 11,34 15,85 108,73 181,08 350,64 478,38 563,65 680,26 3. Beneficiamento 194,35 226,84 298,10 371,41 548,65 678,43 764,72 860,48 4. Ind. de Transformação 57,40 67,65 99,86 135,45 218,88 276,13 312,67 354,89 5. Comércio de Atacado 76,25 104,77 163,08 216,23 327,64 411,79 463,39 538,09 6. Varejo e Serviços 270,44 379,87 593,42 789,82 1.193,31 1.500,18 1.685,63 1.960,86 7. Beneficiamento 239,20 346,74 551,40 738,71 1.135,99 1.437,74 1.627,15 1.880,13 8. Ind. de Transformação 55,67 79,85 127,00 170,15 261,72 331,29 375,01 433,17 9. Comércio de Atacado 118,57 159,04 245,38 324,37 489,62 614,82 691,52 802,50 10. Varejo e Serviços 53,43 75,05 113,45 143,59 219,68 288,58 337,79 392,56 11. Ind. de Benef. 1.382,79 1.996,72 3.133,16 4.236,55 6.641,29 8.394,07 9.508,68 10.860,68 12. Ind. de Transformação 330,10 451,78 708,08 957,30 1.500,81 1.896,56 2.148,30 2.452,91 13. Comércio de Atacado 148,11 201,17 435,87 658,62 1.143,43 1.499,02 1.738,53 1.960,29 14. Varejo e Serviços 63,97 86,72 97,63 145,68 303,81 384,19 441,51 465,31 Total 3.312,46 4.695,06 7.397,73 9.902,06 15.469,89 19.565,37 22.206,93 25.476,54 Resumo Agropecuária 206,67 230,96 333,85 424,90 635,86 792,16 894,63 1.026,14 Mineral 104,17 272,04 388,72 408,19 498,56 582,02 653,77 808,27 Ind. Com .e Serv. Local 609,78 794,98 1.263,19 1.694,00 2.639,11 3.344,91 3.790,07 4.394,59 Ind. Com .e Serv. Estadual 466,87 660,68 1.037,23 1.376,82 2.107,02 2.672,43 3.031,46 3.508,36 Ind. Com .e Serv. Nacional 1.924,98 2.736,39 4.374,74 5.998,15 9.589,33 12.173,85 13.837,02 15.739,19 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  33. 33. 33 Tabela 5d – Evolução do impacto na Margem Bruta (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 75% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 747,25 848,35 1.226,28 1.560,71 2.335,62 2.909,71 3.286,10 3.769,17 1b. Mineral 2.311,95 3.552,97 5.097,08 5.354,81 6.550,73 7.655,32 8.604,83 10.649,51 2.Intermed. Primária 12,22 17,08 28,73 37,81 59,08 75,11 85,80 100,43 3. Beneficiamento 173,20 202,15 265,65 330,98 488,92 604,58 681,47 766,82 4. Ind. de Transformação 51,15 60,28 88,99 120,71 195,06 246,07 278,64 316,26 5. Comércio de Atacado 32,68 44,90 69,89 92,67 140,42 176,48 198,60 230,61 6. Varejo e Serviços 291,40 409,32 639,43 851,05 1.285,81 1.616,48 1.816,30 2.112,87 7. Beneficiamento 261,63 379,26 603,11 807,98 1.242,52 1.572,56 1.779,73 2.056,43 8. Ind. de Transformação 60,89 87,34 138,91 186,10 286,27 362,36 410,17 473,79 9. Comércio de Atacado 56,07 75,21 116,04 153,40 231,56 290,76 327,04 379,52 10. Varejo e Serviços 63,53 89,23 134,90 170,74 261,21 343,13 401,63 466,77 11. Ind. de Benef. 812,11 1.172,67 1.840,11 2.488,13 3.900,44 4.929,85 5.584,46 6.378,49 12. Ind. de Transformação 193,87 265,33 415,86 562,23 881,43 1.113,85 1.261,70 1.440,60 13. Comércio de Atacado 52,04 70,68 153,14 231,41 401,74 526,68 610,83 688,75 14. Varejo e Serviços 55,23 74,86 84,28 125,77 262,28 331,67 381,16 401,70 Total 5.175,22 7.349,66 10.902,40 13.074,49 18.523,08 22.754,61 25.708,47 30.231,73 Resumo Agropecuária 747,25 848,35 1.226,28 1.560,71 2.335,62 2.909,71 3.286,10 3.769,17 Mineral 2.311,95 3.552,97 5.097,08 5.354,81 6.550,73 7.655,32 8.604,83 10.649,51 Ind. Com .e Serv. Local 560,65 733,74 1.092,69 1.433,22 2.169,29 2.718,71 3.060,82 3.526,99 Ind. Com .e Serv. Estadual 442,12 631,05 992,96 1.318,22 2.021,54 2.568,81 2.918,57 3.376,51 Ind. Com .e Serv. Nacional 1.113,25 1.583,55 2.493,40 3.407,53 5.445,89 6.902,06 7.838,15 8.909,55 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  34. 34. 34 Tabela 5e – Evolução do impacto sobre a geração do emprego total (local e extra-local) derivados dos novos empreendimentos na economia do Sudeste Paraense, considerando a realização de 75% dos investimentos – 2003 a 2010 (em 1.000 pessoas) Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 185,95 185,88 268,69 341,96 511,75 637,54 720,01 825,86 1b. Mineral 6,85 13,94 19,92 20,92 25,55 29,83 33,51 41,43 2.Intermed. Primária 3,62 5,54 6,97 8,08 10,69 12,65 13,96 15,75 3. Beneficiamento 57,34 62,59 82,29 102,56 151,55 187,43 211,28 237,76 4. Ind. de Transformação 13,38 14,56 21,49 29,15 47,10 59,42 67,28 76,37 5. Comércio de Atacado 22,56 31,17 48,54 64,39 97,59 122,67 138,06 160,32 6. Varejo e Serviços 59,14 86,32 134,91 179,61 271,42 341,26 383,46 446,09 7. Beneficiamento 63,66 93,68 149,02 199,67 307,10 388,70 439,91 508,32 8. Ind. de Transformação 19,77 28,25 44,96 60,26 92,73 117,39 132,89 153,51 9. Comércio de Atacado 41,57 56,93 87,90 116,24 175,53 220,45 247,96 287,78 10. Varejo e Serviços 9,63 12,16 18,39 23,27 35,60 46,76 54,74 63,62 11. Ind. de Benef. 314,19 459,27 720,82 974,77 1.528,22 1.931,63 2.188,15 2.499,32 12. Ind. de Transformação 67,11 92,60 145,20 196,35 307,89 389,11 440,77 503,29 13. Comércio de Atacado 30,10 41,20 89,31 134,97 234,35 307,24 356,34 401,80 14. Varejo e Serviços 6,35 7,69 8,66 12,92 26,95 34,08 39,17 41,28 Total 901,21 1.191,78 1.847,08 2.465,12 3.824,04 4.826,17 5.467,50 6.262,48 Resumo Agropecuária 185,95 185,88 268,69 341,96 511,75 637,54 720,01 825,86 Mineral 6,85 13,94 19,92 20,92 25,55 29,83 33,51 41,43 Ind. Com .e Serv. Local 156,04 200,17 294,21 383,78 578,36 723,43 814,04 936,29 Ind. Com .e Serv. Estadual 134,63 191,01 300,27 399,44 610,96 773,30 875,51 1.013,23 Ind. Com .e Serv. Nacional 417,75 600,77 964,00 1.319,01 2.097,42 2.662,06 3.024,44 3.445,68 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  35. 35. 35 Tabela 6a – Evolução do impacto no Valor Bruto da Produção total (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 50% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 1.134,04 1.308,05 1.696,53 2.040,29 2.836,84 3.426,95 3.813,85 4.310,42 1b. Mineral 3.230,43 4.796,54 6.181,50 6.412,66 7.485,33 8.476,07 9.327,72 11.161,67 2.Intermed. Primária 111,10 190,49 252,41 300,65 413,68 498,85 555,70 633,43 3. Beneficiamento 1.160,27 1.393,31 1.685,88 1.986,87 2.714,55 3.247,40 3.601,69 3.994,87 4. Ind. de Transformação 389,16 480,49 633,05 801,56 1.196,65 1.467,70 1.640,76 1.840,69 5. Comércio de Atacado 1.510,35 2.130,36 2.922,93 3.645,51 5.159,90 6.303,82 7.005,31 8.020,76 6. Varejo e Serviços 3.968,85 5.609,57 7.718,36 9.657,84 13.642,24 16.672,67 18.503,94 21.221,85 7. Beneficiamento 518,69 751,76 1.047,57 1.318,29 1.892,51 2.328,65 2.602,41 2.968,06 8. Ind. de Transformação 697,88 1.016,08 1.417,25 1.784,40 2.563,66 3.155,62 3.527,62 4.022,54 9. Comércio de Atacado 1.515,96 2.150,49 2.930,80 3.644,76 5.138,28 6.269,79 6.962,96 7.965,97 10. Varejo e Serviços 365,59 525,29 704,49 845,14 1.200,19 1.521,68 1.751,28 2.006,89 11. Ind. de Benef. 2.500,85 3.627,44 5.004,62 6.341,74 9.255,87 11.379,95 12.730,67 14.369,06 12. Ind. de Transformação 3.189,86 4.589,57 6.328,94 8.020,29 11.708,82 14.394,60 16.103,01 18.170,28 13. Comércio de Atacado 903,13 1.126,06 1.998,42 2.826,36 4.628,37 5.950,10 6.840,34 7.664,61 14. Varejo e Serviços 475,08 652,33 707,06 948,04 1.741,06 2.144,16 2.431,63 2.551,00 Total 21.671,24 30.347,85 41.229,82 50.574,42 71.577,96 87.238,03 97.398,88 110.902,09 Resumo Agropecuária 1.134,04 1.308,05 1.696,53 2.040,29 2.836,84 3.426,95 3.813,85 4.310,42 Mineral 3.230,43 4.796,54 6.181,50 6.412,66 7.485,33 8.476,07 9.327,72 11.161,67 Ind. Com .e Serv. Local 7.139,73 9.804,23 13.212,63 16.392,44 23.127,02 28.190,44 31.307,39 35.711,60 Ind. Com .e Serv. Estadual 3.098,12 4.443,63 6.100,11 7.592,60 10.794,64 13.275,75 14.844,27 16.963,46 Ind. Com .e Serv. Nacional 7.068,92 9.995,40 14.039,04 18.136,43 27.334,13 33.868,82 38.105,65 42.754,94 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  36. 36. 36 Tabela 6b - Evolução do impacto sobre o Valor Adicionado Total (local e extra-local) derivado dos novos empreendimentos da CVRD no Sudeste Paraense, considerando a realização de 50% dos investimentos – 2003 a 2010 – em R$ 1.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 953,92 1.079,31 1.399,86 1.683,51 2.340,76 2.827,68 3.146,92 3.556,65 1b. Mineral 2.416,11 3.825,02 4.932,21 5.117,01 5.974,53 6.766,57 7.447,40 8.913,52 2.Intermed. Primária 23,56 32,92 43,62 51,95 71,48 86,19 96,01 109,44 3. Beneficiamento 367,55 428,99 518,83 611,26 834,71 998,33 1.107,13 1.227,86 4. Ind. de Transformação 108,55 127,93 168,55 213,41 318,60 390,77 436,85 490,08 5. Comércio de Atacado 108,93 149,67 205,20 255,83 361,93 442,07 491,22 562,36 6. Varejo e Serviços 561,84 789,20 1.084,96 1.356,98 1.915,81 2.340,84 2.597,68 2.978,88 7. Beneficiamento 500,83 726,00 1.011,67 1.273,13 1.827,67 2.248,87 2.513,25 2.866,37 8. Ind. de Transformação 116,56 167,20 233,00 293,23 421,06 518,16 579,19 660,37 9. Comércio de Atacado 174,64 234,25 319,03 396,60 558,87 681,81 757,12 866,09 10. Varejo e Serviços 116,95 164,28 220,33 264,32 375,35 475,90 547,71 627,65 11. Ind. de Benef. 2.194,90 3.169,39 4.371,98 5.539,59 8.084,28 9.939,08 11.118,56 12.549,24 12. Ind. de Transformação 523,97 717,12 988,33 1.252,06 1.827,20 2.245,98 2.512,37 2.834,71 13. Comércio de Atacado 200,15 271,86 483,30 683,97 1.120,73 1.441,09 1.656,86 1.856,64 14. Varejo e Serviços 119,20 161,58 175,14 234,82 431,25 531,10 602,30 631,87 Total 8.487,68 12.044,72 16.156,00 19.227,66 26.464,24 31.934,45 35.610,57 40.731,76 Resumo Agropecuária 953,92 1.079,31 1.399,86 1.683,51 2.340,76 2.827,68 3.146,92 3.556,65 Mineral 2.416,11 3.825,02 4.932,21 5.117,01 5.974,53 6.766,57 7.447,40 8.913,52 Ind. Com .e Serv. Local 1.170,43 1.528,72 2.021,17 2.489,44 3.502,54 4.258,21 4.728,89 5.368,63 Ind. Com .e Serv. Estadual 908,99 1.291,73 1.784,03 2.227,27 3.182,95 3.924,74 4.397,26 5.020,49 Ind. Com .e Serv. Nacional 3.038,23 4.319,94 6.018,74 7.710,44 11.463,47 14.157,25 15.890,09 17.872,47 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).
  37. 37. 37 Tabela 6c - Evolução do impacto na Massa Salarial (local e extra-local) dos novos empreendimentos da CVRD, considerando 50% de realização dos investimentos e produção projetados – em R$ 1.000.000 correntes Anos 2003 2004 2005* 2006* 2007* 2008* 2009* 2010* 1a. Rural 206,67 230,96 299,55 360,25 500,90 605,09 605,09 780,45 1b. Mineral 104,17 272,04 349,83 362,81 423,05 478,70 478,70 684,69 2.Intermed. Primária 11,34 15,85 77,77 126,00 239,04 324,21 324,21 479,68 3. Beneficiamento 194,35 226,84 274,35 323,22 441,38 527,90 527,90 655,59 4. Ind. de Transformação 57,40 67,65 89,13 112,85 168,47 206,63 206,63 262,93 5. Comércio de Atacado 76,25 104,77 143,64 179,08 253,35 309,45 309,45 409,05 6. Varejo e Serviços 270,44 379,87 522,24 653,17 922,16 1.126,75 1.126,75 1.493,72 7. Beneficiamento 239,20 346,74 483,18 608,05 872,91 1.074,07 1.074,07 1.411,38 8. Ind. de Transformação 55,67 79,85 111,28 140,05 201,10 247,48 247,48 325,03 9. Comércio de Atacado 118,57 159,04 216,60 269,26 379,43 462,89 462,89 610,87 10. Varejo e Serviços 53,43 75,05 100,65 120,75 171,47 217,40 217,40 290,44 11. Ind. de Benef. 1.382,79 1.996,72 2.754,35 3.489,94 5.093,10 6.261,62 6.261,62 8.064,29 12. Ind. de Transformação 330,10 451,78 622,65 788,80 1.151,13 1.414,97 1.414,97 1.821,12 13. Comércio de Atacado 148,11 201,17 357,64 506,14 829,34 1.066,41 1.066,41 1.362,08 14. Varejo e Serviços 63,97 86,72 93,99 126,03 231,45 285,03 285,03 316,77 Total 3.312,46 4.695,06 6.496,84 8.166,40 11.878,28 14.608,60 14.608,60 18.968,08 Resumo Agropecuária 206,67 230,96 299,55 360,25 500,90 605,09 605,09 780,45 Mineral 104,17 272,04 349,83 362,81 423,05 478,70 478,70 684,69 Ind. Com .e Serv. Local 609,78 794,98 1.107,12 1.394,33 2.024,40 2.494,94 2.494,94 3.300,96 Ind. Com .e Serv. Estadual 466,87 660,68 911,71 1.138,11 1.624,91 2.001,85 2.001,85 2.637,72 Ind. Com .e Serv. Nacional 1.924,98 2.736,39 3.828,62 4.910,90 7.305,02 9.028,03 9.028,03 11.564,26 Fonte: IBGE, Censo Agropecuário, Produção Agrícola Municipal, Produção Extrativa Municipal, Produção Pecuária Municipal. RAIS/MTE. CVRD, diversos setores. Pesquisa primária. Sistema Netz de Contas Sociais Alfa – CSα . * Projeções : a) as informações da CVRD sobre as variações anuais do Valor da Produção consideradas equivalentes às variações na demanda exógena do setor (alfa) mineral dos mesmos anos; b) os investimentos projetados pela CVRD foram considerados variações equivalentes nas demandas exógenas dos setores correspondentes; c) o vetor de variações na demanda exógena de cada ano foi multiplicada pela matriz (15 x 15) dos multiplicadores apresentados na Tabela 3, correspondentes ao ano de 2004, cuja base de conta está na tabela 2, obtendo-se o nível da atividade econômica (VBP) de cada setor para aquele incremento da demanda exógena; c) cada elemento da matriz coluna resultante de “b” – o Valor Bruto da Produção de cada setor para a variação explicitada em “a” – foi multiplicado pela matriz linha de coeficientes técnicos da variável em tela em relação ao VBP (se Valor Adicionado, então valor adicionado do setor dividido pelo VBP do setor).

×