SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Engenharia de Software II
Tipos de Testes (Caixa Preta, Caixa Branca)
Adilmar Coelho Dantas
6ª Período TSPI
O que é teste de software ?
• O teste do software é a investigação do software a fim de fornecer
informações sobre sua qualidade em relação ao contexto em que ele
deve operar. Isso inclui o processo de utilizar o produto para
encontrar seus defeitos.
Testes Caixa Preta
• Teste de caixa-preta é um teste de software para verificar a saída
dos dados usando entradas de vários tipos. Tais entradas não são
escolhidas conforme a estrutura do programa.
• Quanto mais entradas são fornecidas, mais rico será o teste
• Numa situação ideal todas as entradas possíveis seriam
testadas, mas na ampla maioria dos casos isso é impossível.
Teste de Caixa Preta
• Essa técnica é aplicável a todas as fases de teste:
• teste unitário
• teste de integração
• teste de sistema
• teste de aceitação
Teste Unitário
• Consiste em validar dados válidos e inválidos via I/O (entrada/saída)
sendo aplicado por desenvolvedores ou analistas de teste.
• Uma unidade é a menor parte testável de um programa de
computador.
• Em programação procedural, uma unidade pode ser uma função
individual ou um procedimento. Idealmente, cada teste de unidade é
independente dos demais, o que possibilita ao programador testar
cada módulo isoladamente.
Teste de Integração
Teste de integração é a fase do teste de software em que módulos são
combinados e testados em grupo. Ela sucede o teste de unidade, em
que os módulos são testados individualmente, e antecede o teste de
sistema, em que o sistema completo (integrado) é testado num
ambiente que simula o ambiente de produção.
Teste de Sistema
O teste de sistema é uma fase do processo de teste de software e de
hardware em que o sistema já completamente integrado é verificado quanto
a seus requisitos num ambiente de produção.
É um teste mais limitado em relação aos testes de unidade e de
integração, fases anteriores do processo de teste, pois se preocupa somente
com aspectos gerais do sistema.
O teste de sistema não se limita a testar somente requisitos funcionais, mas
também requisitos não funcionais como a expectativa do cliente, e por isso
inclui também técnicas não funcionais de teste.
Teste de Aceitação
Sua função é verificar o sistema em relação aos seus requisitos
originais, e às necessidades atuais do usuário. É geralmente realizado
por um grupo restrito de usuários finais, num ambiente parecido com o
deles.
Teste de Caixa Preta
• O Processo normalmente envolve a criação de cenários de testes
para o uso na avaliação das funcionalidades da aplicação, validando
se o que foi especificado foi implementado corretamente.
ExemploENTRADAS SAIDAS
VALORES ALEATÓRIOS ERROS
FALAHAS, MENSSAGENS
Testes Caixa Branca
Teste Caixa Branca
• Teste de caixa-branca é uma técnica de teste que usa a perspectiva
interna do sistema para modelar os casos de teste.
• No teste de software, a perspectiva interna significa basicamente o
código fonte. No teste de hardware, cada nó de um circuito pode ser
testado.
Teste Caixa Branca
• Difere do teste de caixa-preta, em que a perspectiva interna do
sistema é desconsiderada, sendo testadas e mensuradas somente as
interfaces do sistema.
• Entretanto, ambas as técnicas podem ser usadas em conjunto, no que
é chamado teste de caixa-cinza. Dessa forma, o teste é modelado
conhecendo-se a estrutura interna do sistema, mas a execução ignora
esse aspecto, como na caixa-preta.
Teste Caixa Branca
• O teste de caixa-branca é aplicável nas fases de
unidade, integração, regressão e sistema do processo de teste, e
geralmente usado na fase de unidade.
• Estratégias usadas no teste de caixa-branca incluem o teste de fluxo
de controle, fluxo de dados e ramificação da execução, além da
análise estática.
Exemplo ( Fluxo de Controle, Fluxo de
Dados)
Referências
• DEVMEDIA Disponível em: <http://www.devmedia.com.br/uma-
visao-da-tecnica-de-teste-de-caixa-branca/15610> Acessado em 01
de Julho de 2013.
• Software Engineer Disponivel em: <http://www.sei.cmu.edu/>
Acessado em 01 de Julho de 2013.
• UFRJ Disponível em:
<http://www.dcc.ufrj.br/~schneide/es/2000/1/a1/al13_20.htm>
Acessado em 01 de Julho de 2013.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teste Dirigido por Modelos
Teste Dirigido por ModelosTeste Dirigido por Modelos
Teste Dirigido por Modelos
Natã Melo
 
Introdução a testes automatizados
Introdução a testes automatizadosIntrodução a testes automatizados
Introdução a testes automatizados
Thiago Ghisi
 
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De SoftwareTecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
marthahuback
 
A importância de utilizar testes automatizados
A  importância   de utilizar  testes automatizadosA  importância   de utilizar  testes automatizados
A importância de utilizar testes automatizados
Diego Allan Oliveira
 
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnitQualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
Domingos Teruel
 

Mais procurados (20)

Talk sobre testes automatizados. Parte 1/2
Talk sobre testes automatizados. Parte 1/2Talk sobre testes automatizados. Parte 1/2
Talk sobre testes automatizados. Parte 1/2
 
Teste Dirigido por Modelos
Teste Dirigido por ModelosTeste Dirigido por Modelos
Teste Dirigido por Modelos
 
Testes de unidade - RP Tec Com
Testes de unidade - RP Tec ComTestes de unidade - RP Tec Com
Testes de unidade - RP Tec Com
 
QA Ninja Conference 2016
QA Ninja Conference 2016QA Ninja Conference 2016
QA Ninja Conference 2016
 
Teste baseado em modelos
Teste baseado em modelosTeste baseado em modelos
Teste baseado em modelos
 
Introdução as Técnicas de Testes e Documentação
Introdução as Técnicas de Testes e DocumentaçãoIntrodução as Técnicas de Testes e Documentação
Introdução as Técnicas de Testes e Documentação
 
Verificação e Validação
Verificação e ValidaçãoVerificação e Validação
Verificação e Validação
 
Teste Estrutural usando a ferramenta Jabuti
Teste Estrutural usando a ferramenta JabutiTeste Estrutural usando a ferramenta Jabuti
Teste Estrutural usando a ferramenta Jabuti
 
Fases testes
Fases testesFases testes
Fases testes
 
Introdução a testes automatizados
Introdução a testes automatizadosIntrodução a testes automatizados
Introdução a testes automatizados
 
Testes Unitários
Testes UnitáriosTestes Unitários
Testes Unitários
 
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De SoftwareTecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
Tecnicas Para Planejamento E Execucao De Testes De Software
 
Introdução aos Testes de Desempenho
Introdução aos Testes de DesempenhoIntrodução aos Testes de Desempenho
Introdução aos Testes de Desempenho
 
Testes de Desempenho
Testes de DesempenhoTestes de Desempenho
Testes de Desempenho
 
Testes: existe vida antes do TDD
Testes: existe vida antes do TDDTestes: existe vida antes do TDD
Testes: existe vida antes do TDD
 
A importância de utilizar testes automatizados
A  importância   de utilizar  testes automatizadosA  importância   de utilizar  testes automatizados
A importância de utilizar testes automatizados
 
Testes Unitários usando TestNG
Testes Unitários usando TestNGTestes Unitários usando TestNG
Testes Unitários usando TestNG
 
Noções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoNoções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automação
 
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnitQualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
Qualidade no desenvolvimento de Software com TDD e PHPUnit
 
Qualidade
QualidadeQualidade
Qualidade
 

Destaque

Testes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão GeralTestes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão Geral
paulo peres
 

Destaque (7)

Carreira, como estou construindo a minha
Carreira, como estou construindo a minhaCarreira, como estou construindo a minha
Carreira, como estou construindo a minha
 
Behavior-Driven Development (BDD) - QA Ninja Conf 2016
Behavior-Driven Development (BDD) - QA Ninja Conf 2016Behavior-Driven Development (BDD) - QA Ninja Conf 2016
Behavior-Driven Development (BDD) - QA Ninja Conf 2016
 
Java 16 Jdbc
Java 16 JdbcJava 16 Jdbc
Java 16 Jdbc
 
BDD e TDD na prática com SpecFlow e Visual Studio 2012
BDD e TDD na prática com SpecFlow e Visual Studio 2012BDD e TDD na prática com SpecFlow e Visual Studio 2012
BDD e TDD na prática com SpecFlow e Visual Studio 2012
 
Bibliotecas de interface rica no jsf 2
Bibliotecas de interface rica no jsf 2Bibliotecas de interface rica no jsf 2
Bibliotecas de interface rica no jsf 2
 
Mocking Test - QA Ninja Conf 2016
Mocking Test - QA Ninja Conf 2016Mocking Test - QA Ninja Conf 2016
Mocking Test - QA Ninja Conf 2016
 
Testes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão GeralTestes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão Geral
 

Semelhante a Engenharia de software testes

Introdução à Engenharia de Testes de Software
Introdução à Engenharia de Testes de SoftwareIntrodução à Engenharia de Testes de Software
Introdução à Engenharia de Testes de Software
Cloves da Rocha
 
Engenharia de Testes
Engenharia de TestesEngenharia de Testes
Engenharia de Testes
UFPA
 

Semelhante a Engenharia de software testes (20)

Introdução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de SoftwareIntrodução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de Software
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
 
Testes de Software
Testes de SoftwareTestes de Software
Testes de Software
 
Aplicação de Testes Caixa Branca / Preta. Métodos dos caminhos básicos ou cri...
Aplicação de Testes Caixa Branca / Preta. Métodos dos caminhos básicos ou cri...Aplicação de Testes Caixa Branca / Preta. Métodos dos caminhos básicos ou cri...
Aplicação de Testes Caixa Branca / Preta. Métodos dos caminhos básicos ou cri...
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
 
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e ValidaçãoTeste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
 
O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?
 
Introdução à Engenharia de Testes de Software
Introdução à Engenharia de Testes de SoftwareIntrodução à Engenharia de Testes de Software
Introdução à Engenharia de Testes de Software
 
Testes Funcionais - Unidade IV
Testes Funcionais - Unidade IVTestes Funcionais - Unidade IV
Testes Funcionais - Unidade IV
 
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxGerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
 
Engenharia de Testes
Engenharia de TestesEngenharia de Testes
Engenharia de Testes
 
SLIDEPRELIMINAR.pptx
SLIDEPRELIMINAR.pptxSLIDEPRELIMINAR.pptx
SLIDEPRELIMINAR.pptx
 
UnP Eng. Software - Aula 26
UnP Eng. Software - Aula 26UnP Eng. Software - Aula 26
UnP Eng. Software - Aula 26
 
Teste de Software - Introdução
Teste de Software - IntroduçãoTeste de Software - Introdução
Teste de Software - Introdução
 
3 engenharia de software
3   engenharia de software3   engenharia de software
3 engenharia de software
 
Slid qualidade de_software
Slid qualidade de_softwareSlid qualidade de_software
Slid qualidade de_software
 
Apresentação testes white box
Apresentação testes white boxApresentação testes white box
Apresentação testes white box
 
Visão de Testes de Software segundo o SWEBOK
Visão de Testes de Software segundo o SWEBOKVisão de Testes de Software segundo o SWEBOK
Visão de Testes de Software segundo o SWEBOK
 
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem práticaIntrodução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
Introdução ao Teste de Software - Uma abordagem prática
 
Testes O que são e para que servem? - LadyTalks
Testes O que são e para que servem? - LadyTalksTestes O que são e para que servem? - LadyTalks
Testes O que são e para que servem? - LadyTalks
 

Mais de Adilmar Dantas

Mais de Adilmar Dantas (20)

Querying nosql stores
Querying nosql storesQuerying nosql stores
Querying nosql stores
 
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
APLICATIVO MÓVEL PARA AFERIÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ACOMPANHAMENTO MÉDICO...
 
Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1Programação Android Phonegap 1
Programação Android Phonegap 1
 
Potenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and ConquerPotenciação Divide and Conquer
Potenciação Divide and Conquer
 
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
Cinta de expansão torácica utilizando Arduino aplicado na fisioterapia respir...
 
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de EmoçõesAnálise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
Análise de Técnicas Computacionais para Classificação de Emoções
 
Reconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de EmoçõesReconhecimento Automático de Emoções
Reconhecimento Automático de Emoções
 
Reconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoçõesReconhecimento automático de emoções
Reconhecimento automático de emoções
 
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLPDetecção de Faces - Redes Neurais *MLP
Detecção de Faces - Redes Neurais *MLP
 
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de FacesRede Neural MLP para reconhecimento de Faces
Rede Neural MLP para reconhecimento de Faces
 
ALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - EscalonamentoALgoritmo Genético - Escalonamento
ALgoritmo Genético - Escalonamento
 
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOSBIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
BIODATA: SOFTWARE WEB PARA GERENCIAMENTO DE COLETA DE DADOS BIOMÉDICOS
 
Alinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNAAlinhamento de Sequencia DNA
Alinhamento de Sequencia DNA
 
3ª maratona de games – facom ufu
3ª maratona de games – facom  ufu3ª maratona de games – facom  ufu
3ª maratona de games – facom ufu
 
Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino Monitor Cardíaco usando Arduino
Monitor Cardíaco usando Arduino
 
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo  - Analise de AlgoritmosAlgoritmo clique maximo  - Analise de Algoritmos
Algoritmo clique maximo - Analise de Algoritmos
 
Servidores Web
Servidores WebServidores Web
Servidores Web
 
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação RemotaTCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
TCC: WebLab Laboratório de Experimentação Remota
 
Weblab TCC
Weblab TCCWeblab TCC
Weblab TCC
 
Qualidade de Software Web
Qualidade de Software WebQualidade de Software Web
Qualidade de Software Web
 

Último

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Dirceu Resende
 

Último (7)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 

Engenharia de software testes

  • 1. Engenharia de Software II Tipos de Testes (Caixa Preta, Caixa Branca) Adilmar Coelho Dantas 6ª Período TSPI
  • 2. O que é teste de software ? • O teste do software é a investigação do software a fim de fornecer informações sobre sua qualidade em relação ao contexto em que ele deve operar. Isso inclui o processo de utilizar o produto para encontrar seus defeitos.
  • 4. • Teste de caixa-preta é um teste de software para verificar a saída dos dados usando entradas de vários tipos. Tais entradas não são escolhidas conforme a estrutura do programa. • Quanto mais entradas são fornecidas, mais rico será o teste • Numa situação ideal todas as entradas possíveis seriam testadas, mas na ampla maioria dos casos isso é impossível.
  • 5. Teste de Caixa Preta • Essa técnica é aplicável a todas as fases de teste: • teste unitário • teste de integração • teste de sistema • teste de aceitação
  • 6. Teste Unitário • Consiste em validar dados válidos e inválidos via I/O (entrada/saída) sendo aplicado por desenvolvedores ou analistas de teste. • Uma unidade é a menor parte testável de um programa de computador. • Em programação procedural, uma unidade pode ser uma função individual ou um procedimento. Idealmente, cada teste de unidade é independente dos demais, o que possibilita ao programador testar cada módulo isoladamente.
  • 7. Teste de Integração Teste de integração é a fase do teste de software em que módulos são combinados e testados em grupo. Ela sucede o teste de unidade, em que os módulos são testados individualmente, e antecede o teste de sistema, em que o sistema completo (integrado) é testado num ambiente que simula o ambiente de produção.
  • 8. Teste de Sistema O teste de sistema é uma fase do processo de teste de software e de hardware em que o sistema já completamente integrado é verificado quanto a seus requisitos num ambiente de produção. É um teste mais limitado em relação aos testes de unidade e de integração, fases anteriores do processo de teste, pois se preocupa somente com aspectos gerais do sistema. O teste de sistema não se limita a testar somente requisitos funcionais, mas também requisitos não funcionais como a expectativa do cliente, e por isso inclui também técnicas não funcionais de teste.
  • 9. Teste de Aceitação Sua função é verificar o sistema em relação aos seus requisitos originais, e às necessidades atuais do usuário. É geralmente realizado por um grupo restrito de usuários finais, num ambiente parecido com o deles.
  • 10. Teste de Caixa Preta • O Processo normalmente envolve a criação de cenários de testes para o uso na avaliação das funcionalidades da aplicação, validando se o que foi especificado foi implementado corretamente.
  • 11. ExemploENTRADAS SAIDAS VALORES ALEATÓRIOS ERROS FALAHAS, MENSSAGENS
  • 13. Teste Caixa Branca • Teste de caixa-branca é uma técnica de teste que usa a perspectiva interna do sistema para modelar os casos de teste. • No teste de software, a perspectiva interna significa basicamente o código fonte. No teste de hardware, cada nó de um circuito pode ser testado.
  • 14. Teste Caixa Branca • Difere do teste de caixa-preta, em que a perspectiva interna do sistema é desconsiderada, sendo testadas e mensuradas somente as interfaces do sistema. • Entretanto, ambas as técnicas podem ser usadas em conjunto, no que é chamado teste de caixa-cinza. Dessa forma, o teste é modelado conhecendo-se a estrutura interna do sistema, mas a execução ignora esse aspecto, como na caixa-preta.
  • 15. Teste Caixa Branca • O teste de caixa-branca é aplicável nas fases de unidade, integração, regressão e sistema do processo de teste, e geralmente usado na fase de unidade. • Estratégias usadas no teste de caixa-branca incluem o teste de fluxo de controle, fluxo de dados e ramificação da execução, além da análise estática.
  • 16. Exemplo ( Fluxo de Controle, Fluxo de Dados)
  • 17. Referências • DEVMEDIA Disponível em: <http://www.devmedia.com.br/uma- visao-da-tecnica-de-teste-de-caixa-branca/15610> Acessado em 01 de Julho de 2013. • Software Engineer Disponivel em: <http://www.sei.cmu.edu/> Acessado em 01 de Julho de 2013. • UFRJ Disponível em: <http://www.dcc.ufrj.br/~schneide/es/2000/1/a1/al13_20.htm> Acessado em 01 de Julho de 2013.